• Leão vai a China apresentar oportunidades de investimentos na Bahia

    O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), inicia nesta segunda-feira nova viagem à China, onde apresentará "as grandes oportunidades" oferecidas pelo maior estado nordestino a empresários e autoridades chinesas; a comitiva liderada pelo vice-governador visitará Pequim, Tianjin, Xian e Shenzhen

  • TRABALHO SOCIAL DO CAPS AD II EM GUANAMBI

    Hoje (7), às 9 horas, a TV Latinha/Blog do Latinha visitou a sede do CAPS AD II - CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL ÁLCOOL E DROGAS DR. GERALDO CORREA DE-VECCHI, que fica localizado na Rua Osvaldino Pereira Donato, s/n no bairro São Sebastião em Guanambi.

  • Abertura Oficial da III Conferência Municipal de Educação de Guanambi

    Ontem (5), no auditório do CETEP, aconteceu a abertura oficial da III COMEG – Conferência Municipal de Educação de Guanambi com uma importância palestra com o Coordenador do Fórum Estadual de Educação da Bahia, Professor Drº. Marcius de Almeida Gomes, que fez uma abordagem sobre o tema “A consolidação do Sistema Municipal de Educação (SME) e o Plano Municipal de Educação (PME): monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.oblemas.

  • SEMINÁRIO TERRITORIAL DO PDI BAHIA 2013 EM GUANAMBI

    Ontem (5), no Campus da UNEB Guanambi, aconteceu o seminário de elaboração do Plano de Desenvolvimento Integrado – PDI Bahia 2035 dos Territórios Sertão Produtivo e Bacia do Paramirim com a participação dos municípios de Guanambi, Candiba, Botuporã, Paramirim, Brumado, Érico Cardoso, Rio do Antônio, Livramento e Macaúbas.

  • Pavimentação e urbanização da avenida do bairro e do Riacho dos Brindes

    No dia 20 de abril de 2017, o Prefeito Jairo Magalhães sancionou a Lei Nº 1.107 que institui o Sistema Municipal de Meio Ambiente - SISMUMA, estabelecendo o cronograma administrativo e políticas públicas com ações, programas e projetos, gestão de fundo municipal do meio ambiente.

ENTREVISTA DE ZÉ DIRCEU


Imagem: Blog Desabafo País

Dirceu: ''Estamos caminhando para a ditadura da mídia no país''

O ex-ministro José Dirceu (Casa Civil) disse hoje que está ''perplexo'' com a possibilidade de o STF (Supremo Tribunal Federal) ter se sentido acuado pela mídia ao decidir se aceitava as denúncias contra os 40 acusados de envolvimento com supostas ilegalidades o chamado ''esquema do mensalão''.''No mínimo, o julgamento está sob suspeição. Como acusado, preciso medir as palavras. Mas estou perplexo, estupefato e quase em pânico. Isso é impensável em qualquer país'', disse o ex-ministro em uma entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira (30). Dirceu disse que teme pelo seu futuro e que teme a influência da imprensa sobre as decisões do Judiciário. ''Estamos caminhando para a ditadura da mídia no país.''

O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, deputado federal pelo PT de São Paulo cassado em 2005, concedeu, nesta quinta-feira (30), uma entrevista coletiva na capital paulista para se defender da acusação de que teria sido o grande comandante do `Mensalão', caso que abalou o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva há dois anos.

Dirceu voltou a classificar como "injusta" a aceitação da denúncia contra ele pelo STF e afirmou que o mensalão nunca existiu. "Não encontro nenhum indício, nenhuma prova das acusações", afirmou. "Leio e releio os votos dos ministros do STF, mas não encontro nenhum indício, nenhuma prova das acusações que foram feitas", disse Dirceu. "Estou com a consciência tranqüila, pois sou inocente. E isso ficará provado no julgamento do mérito." O ex-ministro ainda deixou claro que o `Mensalão' nunca existiu: "não está provado que houve mensalão", afirmou Dirceu,

Para ele, os membros da Suprema Corte aceitaram a denúncia contra ele e mais 39 pessoas acusadas de participar do escândalo devido a uma forte pressão exercida pela mídia brasileira. "No mínimo, este julgamento está sob suspeição", declarou.

Dirceu ainda criticou a interferência do jornal `O Globo' no julgamento, já que durante uma das sessões no Supremo, quando os advogados dos suspeitos ainda apresentavam suas versões sobre o caso, um fotógrafo do veículo de comunicação flagrou uma troca de e-mails entre os ministros Ricardo Lewandowski e Carmen Lúcia, em que eles discutiam méritos do julgamento. "Foi uma interferência brutal", protestou.

Dirceu manifestou, também, "perplexidade" com o fato do ministro do STF Lewandowski ter confidenciado a pressão da opinião pública pela abertura dos processos. "No mínimo, o julgamento está sob suspeição e disse temer pelo resultado final do seu processo junto à Corte no futuro. Como acusado, preciso medir as palavras". "Quem me dá garantia que vou ser julgado, daqui a dois anos, seguindo apenas a Constituição?", perguntou Dirceu a jornalistas

A suspeição, segundo Dirceu, se deve à reportagem publicada pela Folha de S.Paulo nesta quinta-feira. De acordo com o jornal, em uma conversa telefônica testemunhada por uma jornalista, o ministro do STF Ricardo Lewandoski afirmou que o Supremo votou com a "faca no pescoço", acuado pela imprensa.

Dirceu afirmou estar "quase em pânico" com a suposta influência da imprensa sobre as decisões da Justiça. "Estamos caminhando para a ditadura da mídia no país." Para o ex-ministro "o Supremo precisa se pronunciar" sobre o peso da opinião pública e da imprensa nos votos do julgamento.

No entanto, Dirceu disse que não pretende tomar nenhuma medida judicial para anular a decisão do STF. Ele espera que o próprio tribunal avalie a relevância das declarações de Lewandowski.

O ex-ministro disse ainda que desistiu de fazer um campanha para pedir a anistia da cassação do seu mandato de deputado federal, ocorrida no final de 2005 em função da crise.

Aparentando tranquilidade, Dirceu disse, ao lado apenas de seu advogado José Luis Oliveira Lima, que "em respeito ao Poder Judiciário, tenho que esperar a decisão."

Dirceu declarou, também, que não volta à direção do PT. "Eu já cumpri com minha obrigação com partido. O PT tem outros quadros. Vou participar do encontro [o Congresso Nacional do partido acontece entre sexta-feira e domingo] como militante", destacou ele.

O ex-ministro afirmou que a decisão do Supremo Tribunal Federal não atinge o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nem o PT. Segundo Dirceu, "nem o presidente nem o governo estão sendo julgados". Para ele, o PT "já pagou um preço por tudo isso".

Fonte: www.vermelho.org.br
Share:

CPI DA MÍDIA GOLPISTA

CPI Abril-Telefônica

Deputado diz que Grupo Abril deve ter razões para temer CPI

''Não vejo por que tanto medo, ou melhor, deve ter razões para esse medo e é isso que nós temos que investigar''. A afirmação é do vice-líder do PT, deputado Fernando Ferro (PE), que defende a abertura da CPI da Abril-Telefônica.

Fonte: Leia e acesse o Portal Vermelho - www.vermelho.org.br
Share:

CORRENTE CONTRA A MÍDIA GOLPISTA






Fonte: Dy Bira - Blog Amigos do Presidente Lula

A corrente contra a mídia golpista tem que ser eficaz e eficiente. Por isso, precisamos fazer uma corrente de divulgação dos blogs e sites da imprensa livre e alternativa. Acessem e divulgem para os amigos e parentes os seguintes BLOGS e SITES:

www.vermelho.org.br;
blogdomino.blig.ig.com.br;
www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com;
desabafopais.blogspot.com;
blog amigos da bahia;
bahia de fato;
blog do Zé Dirceu;
Flanklin Martins - Site Oficial;entre outros.

Não faça assinatura da Veja, diga um não à TV Globo e procure um canal de TV alternativo, que forma e informa verdadeiramente o cidadão. A formação cultural é um direito do povo. Diga NÃO a manipulação da MÍDIA GOLPISTA. ENTRE NESTA CORRENTE DE DEFESA DA DEMOCRACIA E VIVA A VERDADEIRA LIBERDADE DE IMPRENSA!
Share:

O SUCESSO DO GOVERNO LULA


Lula pediu que ministros tenham dados sociais do governo como 'livro de cabeceira'. 'Legado do governo é a política social e a solidez econômica', afirmou. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, durante reunião ministerial nesta quinta-feira (30), que as realizações econômicas e sociais de seu governo, ao final do segundo mandato, só poderão ser comparadas com a passagem de Getúlio Vargas pela presidência da República. “Estou convencido que as realizações sociais e econômicas e o projeto de país só terão comparação com o governo do presidente Getúlio Vargas”, disse Lula durante sua exposição na reunião.

O presidente pediu para ser feito um estudo comparativo da agenda social programada do segundo mandato com a implementada no primeiro. E determinou que essa comparação se torne o "livro de cabeceira" de todos os ministros e parlamentares da base aliada. Durante o primeiro mandato, o presidente gostava de fazer comparações entre seus quatro anos e os oito anos da administração de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). Desde que foi reeleito, ele tem dito que esqueceu seu antecessor e que gostaria de fazer comparações entre seus dois mandatos.

Legado - Nessa nova visão, Lula fez um discurso animado, elogiando a atual situação política do país. “O legado do nosso governo é a consolidação das políticas sociais com crescimento da economia e uma situação macroeconômica sólida”, afirmou. O presidente citou como exemplo do desempenho do governo o crescimento de 13,6% das vendas no varejo no primeiro semestre do ano em comparação com o mesmo período de 2006. Lula lembrou também os dados que mostram que oito milhões de famílias saíram da miséria por meio de ações do governo.

Área Social -
O presidente determinou um aumento dos gastos na área social, estimados em cerca de R$ 4,7 bilhões, em 2008, para R$ 16,5 bilhões. Esses recursos têm como objetivo atender ações em quatro eixos: combate à pobreza, juventude, cidadania e cultura. A principal medida é a inclusão de 1,75 milhão de jovens beneficiados pelo Bolsa Família, um dos programas da área. O ministro Patrus Ananais (Desenvolvimento Social) anunciou que a idade de jovens que recebem o beneficio extra do programa vai subir de 15 para 17 anos. O novo valor do benefício extra, segundo o ministro, deve ser de R$ 30.

Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, o governo considera que pode implementar a partir de 2008 uma série de medidas para emancipação dos beneficiados por programas sociais. Entre elas, alfabetização de adultos e qualificação profissional. Todos as iniciativas, segundo Patrus, envolvem outros ministérios. A segunda reunião ministerial do novo mandato teve duração de oito horas e ocorreu na Granja do Torto. Participaram todos os ministros menos o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que está nos Estados Unidos cumprindo agenda oficial.

Fonte: Blog Desabafo País
Share:

AUDIÊNCIA COM O SECRETÁRIO RUI COSTA


No dia 23/08/07, o Vereador Paulo Costa (PCdoB) e o Deputado Federal Daniel ALmeida (PCdoB) participaram de uma audiência com o Secretário de Relações Institucionais, Rui Costa, onde foram debatidos assuntos relacionados com as reivindicações da região da Serra Geral e, em especial, as questões e demandas da área de educação (DIREC 30).

Fonte: Assessoria do Vereador Paulo Costa
Share:

ÁGUA PARA TODOS


Edição Extra:

“Água para Todos” vai investir mais de 2,1 bilhões em abastecimento e esgotamento sanitário

Mais de R$ 2,1 bilhões serão investidos pelo Governo do Estado para aumentar a oferta de água de qualidade e ampliar os serviços de esgotamento sanitário, ao longo dos próximos quatro anos, com o programa “Água para Todos”, que será lançado amanhã (31), às 10h, no Centro de Convenções, pelo governador Jaques Wagner.

Entre 2007 e 2010, o programa vai atender 1,25 milhão de baianos, 950 mil na área rural e 300 mil na área urbana. Isso significa que a cobertura da zona rural passará de 30,8% para 51,2%. No mesmo período, o crescimento da cobertura de abastecimento da área urbana vai saltar de 94,3% para 98%. Em termos de esgotamento sanitário serão atendidos 2,3 milhões de baianos.

A essas iniciativas estarão articulados componentes de sustentabilidade ambiental, como a proteção e recuperação de matas ciliares, nascentes, mananciais e áreas de recargas; educação ambiental; melhorias habitacionais e projetos socioeconômicos.

Do total de recursos, cerca de R$ 980 milhões serão investidos em abastecimento de água, R$ 752 milhões destinados ao esgotamento sanitário, R$368 milhões para saneamento integrado e R$ 6 milhões para meio ambiente e projetos socioeconômicos. Os recursos são oriundos de fontes internacionais, federal e estadual.

O “Água para Todos” abrangerá todo o estado. Serão implantados 100 mil cisternas, 1.800 poços tubulares e 1,5 mil sistemas simplificados de abastecimento de água, priorizando as áreas do semi-árido baiano, Bacia do São Francisco e seus principais núcleos urbanos e rurais. Serão beneficiadas as populações ribeirinhas, os núcleos próximos aos equipamentos hídricos, as pessoas atendidas pelo Programa Bolsa Família, os residentes nas periferias das grandes cidades, nas áreas de reforma agrária, comunidades indígenas, remanescentes de quilombos, reservas extrativistas e ainda os locais que enfrentam risco de desabastecimento.

O primeiro eixo do programa consiste na perfuração e operação de poços, construção de cisternas para captação de água de chuva, construção e operação de barragens, implantação, ampliação e melhoria de sistemas de abastecimento de água. O segundo, é conduzido por outras três linhas de ação: esgotamento sanitário, saneamento integrado e meio ambiente.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Governo do Estado da Bahia
Share:

AGECOM INFORMA

Projeto de Lei do PPA é entregue à Assembléia


Construído através do debate com a população, o Plano Plurianual Participativo (PPA) do Governo do Estado aguarda a apreciação e aprovação da Assembléia Legislativa da Bahia (ALB). Hoje (30), o governador Jaques Wagner apresentou na AL o projeto de lei que oficializará as ações e o orçamento previstos no plano.

Formulado através da participação direta de mais de 12 mil baianos das 26 territórios do estado, o PPA (2008-2011) prioriza a área social. Do total de R$ 83 bilhões previstos, o plano destina 58,7% para ações de combate à pobreza e promoção de emprego e renda. A área de gestão pública deteve 18,1% dos recursos e a de produção 23,2%.
Para o governador, o resultado do PPA Participativo foi uma surpresa positiva. “As prioridades estabelecidas pelo governo foram confirmadas pelos 12 mil participantes do PPA. Nossa convicção foi chancelada pelo povo”, comemorou.

Na área social, o PPA prevê ações para o desenvolvimento e a divulgação da economia solidária. Para isso, foi criado um o Programa Bahia Solidária que deve aplicar R$ 157,6 milhões na promoção de oportunidade de trabalho e renda para a população carente e para os jovens.

Para a saúde, o PPA prevê a criação de 3,5 mil novas equipes do Programa Saúde Família. A recriação do Programa de Assistência Farmacêutica, que inclui a reabertura da Bahiafarma, também é contemplada pelo plano. A alfabetização de jovens e adultos, relacionada pelo Programa Todos pela Educação (Topa), a melhoria da estrutura física das escolas de ensino médio e a expansão do ensino profissionalizante também estão entre os desejos da população que foram contemplados no PPA.

Na área econômica, o anseio dos baianos pelo fortalecimento da agricultura familiar vai permitir que sejam investidos R$ 62,8 milhões em iniciativas de assistência técnica e extensão rural.

Os recursos previstos no PPA 2004-2007 eram de R$ 13,9 bilhões. O novo PPA apresenta um crescimento de 598%, no volume de distribuição de recursos. Isso se deu, principalmente, porque foram incluídas as despesas administrativas e de operações especiais no PPA (2008-2011) Ao mesmo tempo em que apresenta esse crescimento, o novo PPA traz uma redução nos gastos administrativos.

O governador afirmou que a discussão dos planos de governo com a população é uma ferramenta da gestão moderna. “O PPA não saiu dos gabinetes para o povo. Nele a competência dos gestores públicos está aliada à vontade do povo. Os baianos deixaram de ser destinatários para se tornar atores da construção do desenvolvimento”, afirmou o governador.

Depois de apresentado aos deputados, o Projeto de Lei que vai regulamentar o PPA segue para a Comissão de Constituição e Justiça. Em seguida, ele será encaminhado para as comissões técnicas. A votação deve ocorrer em dezembro. “Esse projeto será votado com as providências necessárias. Ele é importante porque foi formado com a opinião do povo e por isso, deve ter prioridade, afinal estamos aqui para atender aos reclames do povo”, disse o presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo.

O secretário do Planejamento, Ronald Lobato, disse que a população baiana mostrou muito comprometimento e consciência coletiva na formulação do PPA. “89% das proposições foram programáticas. Isso demonstra o nível daqueles que se dispuseram discutir o plano".
Share:

FUNDAÇÃO JOAQUIM DIAS GUIMARÃES


Os membros da Fundação Joaquim Dias Guimarães e a sociedade relembram a história de Guanambi, no 13º Abraço da Cidade, na Praça Coronel Cajaíba.


ASPECTOS HISTÓRICOS DA ENTIDADE


A Fundação Joaquim Dias Guimarães foi criada em 1994 com a finalidade de resgatar, preservar e pesquisar aspectos históricos, culturais e folclóricos da cidade de Guanambi. Joaquim Dias Guimarães doou partes de suas terras para a criação do distrito de Beija-Flor, que mais tarde veio a ser Guanambi. A entidade está instalada provisoriamente na Avenida Barão do Rio Branco, no prédio da LC Vídeo, até que se consiga sua sede definitiva. O seu museu possui um precioso acervo, parte pertencente ao fazendeiro Joaquim Dias Guimarães e que foi ampliado ao longo dos anos por doações de muitos colaboradores, a exemplo do professor e escritor Elísio Cardoso Guimarães e do artista plástico, escultor, escritor e poeta Vagner Moraes (ambos falecidos), sócios fundadores da entidade.

A fundação é dirigida por uma diretoria composta por 10 membros e pelos seus sócios instituidores, tendo a frente da sua presidência, a dinâmica, atuante e histórica professora da cidade, Nice Amaral Guimarães Baleeiro.

O grande sonho dos seus sócios é a construção de uma sede definitiva para a fundação. Os primeiros passos foram dados com o tombamento da casa do túmulo de Joaquim Dias Guimarães, através de Projeto de Lei do Vereador Paulo Costa.

Mais o sonho continua e, recentemente, negociamos com o Prefeito Nilo Augusto Moraes Coelho a construção da sede definitiva da fundação na casa do túmulo de Joaquim Dias Guimarães, que fica localizada na Rua Sete de Setembro, 151. O compromisso do Prefeito de Guanambi é trabalhar para que as medidas legais e estruturais para a efetivação deste sonho sejam encaminhadas urgentemente. Também contamos com o empenho do Presidente da Câmara Municipal, José Élder Guimarães, bem como do Secretário de Infra-Estrutura, Dr. Geovane.

Vale destacar que a finalidade principal da entidade é de fincar as raízes da história de Guanambi e a FUNDAÇÃO JOAQUIM DIAS GUIMARÃES conta com a sensibilidade e a contribuição da sociedade para garantir a sobrevivência e a perpetuação da memória da nossa terra.
Share:

SINDICATO DOS EMPREGADOS DO COMÉRCIO DE URANDI, GUANAMBI E REGIÃO

No mês de agosto/07, o Sindicato dos Comerciários, lançou um boletim imformativo para a categoria, onde trata de diversos temas: o Editorial aborda sobre o sindicato, sua atuação firme, mais forte e atuante em defesa dos associados; a Convenção Coletiva que garante um novo piso salarial; e uma importante homenagem ao companheiro Juarez.

Outras matérias jornalistas são destaques no informativo,a exemplo do curso de Inclusão Digital que prepara jovens para o mercado de trabalho; o projeto Segundo Tempo do Ministério do Esporte do Governo Federal; a luta pelo veto da Emenda 3; e uma abordagem especial sobre o Governo Lula e qual o significado do movimento "Cansei".

O informativo também faz uma análise sobre o comércio da cidade e os 88 anos do aniversário de Guanambi, bem como divulga os convênios e a organização e atuação do sindicato na região, conclamando os comerciários a ficarem sócio desta importante entidade sindical.

Tá de parabéns o presidente do sindicato, Alípio Guimarães, e toda a diretoria, pela iniciativa de lançamento de um instrumento informativo da categoria. A redação do informativo está sobre a responsabilidade do competente jornalista José Roberto Teixeira.

Comerciários de Urandi, Guanambi e Região - SINDICALIZE-SE E LEIA O INFORMATIVO DO SINDICATO. A sede da entidade fica localizada na Rua Coronel Zequinha, 21 - Centro - Guanambi-BA, Fone: (77)3451-1210.
Share:

MOVIMENTOS


''Isso não Vale'' é o lema do Grito dos Excluídos deste ano

''Isso não Vale! Queremos participação no destino da nação'' é o lema que vai nortear as manifestações que ocorrem em todo o país, durante o dia 7 de setembro no Grito dos Excluídos. É também o tema do plebiscito popular que acontece de 10 a 7 de setembro, quando a população brasileira pode se manifestar, por meio de voto, se a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), privatizada no governo de Fernando Henrique Cardoso, deve continuar nas mãos do capital privado.

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

FOLHA: LEWANDOWSKI AFIRMA QUE "IMPRENSA ACUOU O SUPREMO"


A capa: enganadora ou enganada?

''A imprensa acuou o Supremo'' e ''todo mundo votou com a faca no pescoço'', teria afirmado o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski, em telefonema particular ''inteiramente testemunhado'' pelo jornal Folha de S.Paulo, que fez da afirmação a sua manchete desta quinta-feira (30). Não se sabe se Lewandowski foi vítima pela segunda vez de um procedimento jornalístico eticamente duvidoso (na quinta-feira da semana passada foi O Globo que se valeu de fotos para ler e-mails particulares do ministro), ou se tirou partido da ''gana paparazza'' da mídia para tornar público o que pensa.

Por Bernardo Joffily

Conforme a Folha, Lewandowski conversava com um interlocutor não identificado, de nome ''Marcelo'', sobre o resultado do julgamento que aceitou as denúncias contra os 40 acusados no Caso ''Mensalão''. O ministro teria dito também que ''a tendência era amaciar para o Dirceu''.

''Você não tenha dúvida''

O telefonema ocorreu por volta das 21h35 de terça-feira (28). Lewandowski jantava, acompanhado, no recém-inaugurado restaurante Expand Wine Store by Piantella, na Asa Sul, em Brasília. Conforme a Folha, a repórter Vera Magalhães, que assina a matéria, estava no jardim externo do restaurante e ouviu a conversa do ministro ao celular.

''Na conversa de cerca de dez minutos com Marcelo, opinou que a decisão da Corte poderia ter sido diferente, não fosse a exposição dos diálogos. 'Você não tenha dúvida', repetiu em seguidas ocasiões ao longo da conversa'', segundo relata a repórter.

O jornal recorda que ''Lewandowski foi o único a divergir do relator, Joaquim Barbosa, quanto à imputação do crime de formação de quadrilha para o ex-ministro da Casa Civil e deputado cassado José Dirceu''. A matéria especifica que ''Enrique Ricardo Lewandowski, 58, foi o quinto ministro do STF nomeado por Lula, em fevereiro do ano passado''. Uma nota ao lado, lembra ainda que a ''primeira-dama é amiga da mãe de Lewandowski'', dando a entender que Marisa, a mulher de Lula, teria tido influência na escolha.

Novo capítulo da pressão

A manchete da Folha de S.Paulo, depois daquela do Globo, dá a medida de como será o comportamento da mídia nos longos meses que se seguirão, de julgamento do processo no Supremo. Em seu principal editorial do dia, a mesma Folha, obtida a inclusão dos 40 ''quadrilheiros'' como réus, passa ao capítulo seguinte da cadeia de pressões.

Para o editorialista, ''a mais imediata preocupação'' agora é uma oitiva ''ágil'', para acelerar o julgamento, embora reconheça contristada que ''existe a expectativa de que ele se prolongue por mais de dois anos''. Transmite também o que julga ser a tarefa do procurador-geral da República: ''demonstrar de modo irrefutável os elos da cadeia de comando'' que ligariam ''chefes do calibre de José Dirceu'' aos ''operadores materiais dos delitos do mensalão, de maneira a instruir uma eventual condenação''.

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

PARA CUT, GLOBO SERÁ COLOCADA EM "XEQUE" NO DIA 5 DE OUTUBRO


A secretária nacional de Comunicação da CUT, Rosane Bertotti, destaca o acerto dos movimentos sociais na escolha do 5 de outubro -dia em que expiram as cinco concessões próprias da Rede Globo (SP, RJ, BH, Brasília e Recife) - como data simbólica para propor ao Congresso Nacional que as concessões públicas sejam feitas com controle social. ''Este é o momento propício para tomarmos as ruas e fazer o debate com a sociedade, principalmente porque a Rede Globo se tornou um partido que está sendo colocado em xeque'', avalia.

"Globo é um partido que está em xeque" Conforme Rosane, ''o que temos hoje é o monopólio das versões de um fato social nas mãos do poder privado. Precisamos garantir a democratização, estruturando a TV Pública, fortalecendo a rede de rádios e tevês comunitárias e garantindo recursos institucionais para as diversas vertentes de opinião. Onde não tem marco regulatório, a verdade privada prevalece, negando espaço ao contraditório''. Rosane acredita que é hora de colocar a mudança na lei em pauta, ''numa articulação no Senado e na Câmara para questionar a forma como um bem público está sendo manipulado''.

Partido político


A dirigente cutista denuncia que assim como na Venezuela, a mídia brasileira tem se comportado como partido político de ''oposição aos avanços sociais, relegando à invisibilidade quem se contrapõe aos seus mesquinhos interesses, como foi o caso da recente manifestação contra a Emenda 3. Apesar de termos levado mais de 20 mil às ruas de Brasília no 15 de agosto, ao contrário da meia dúzia do ato do 'Cansei' na Praça da Sé, a mídia golpista ignorou solenemente nossa mobilização''.

Para Rosane Bertotti, é preciso investir na estruturação de uma ampla rede pública de rádio e televisão e também apoiar meios alternativos, ''com recursos para se contrapor à ditadura da meia dúzia de famílias que controlam o espectro rádio e televisivo, os jornais e revistas''.

Portal do Mundo do Trabalho

Fonte: www.vermelh.org.br
Share:

STF É SUPREMO TUCANATO FEDERAL?


Imagem do Blog Amigos do Presidente Lula - Dy Bira
Share:

PETROBRÁS

Quinta-feira, 30 de Agosto de 2007

"The Wall Street Journal" cobre de elogios a Petrobrás

É triste constatarmos que cada vez mais temos que recorrer a fontes da imprensa estrangeira para termos uma visão da realidade brasileira. A imprensa brasileira virou porta-voz da oposição demo-tucana, e é incapaz de dar cobertura adequada a assuntos favoráveis ao Brasil, para não favorecer a popularidade do presidente Lula. É preciso todos os dias tentar passar uma imagem surreal de terra arrasada, de caos, quando o quadro geral é amplamente favorável. Felizmente o brasileiro é muito mais inteligente do que os manipuladores da informação e aprenderam como ninguém a filtrar as verdades das mentiras.

Isso só reforça a necessidade de democratizar os meios de comunicação para que o Brasileiro consiga ser bem informado.

Deu na BBC Brasil:

'Gigante' Petrobrás deixa 'Petrossauro' no passado, diz Wall Street Journal

Uma reportagem publicada nesta quinta-feira no jornal financeiro The Wall Street Journal cobre de elogios a Petrobrás, afirmando que a estatal brasileira deixou para trás uma antiga imagem de ineficiência.

Sob o título "Além de 'Petrossauro': Como uma gigante petroleira dorminhoca se tornou um ator global" (tradução livre), o diário de nova-iorquino diz que a companhia é uma "rara história de sucesso entre estatais de petróleo".

"Há uma década, Petrobrás era tão retardatária na indústria que mereceu um apelido: Petrossauro. Os trabalhadores eram 25% menos produtivos que a média da indústria, e o Brasil precisava importar quase metade do seu petróleo", escreve o WSJ.

"Hoje, a Petrobrás tem mais reservas de petróleo que a Chevron Corp, custos menores de prospecção que a Exxon Mobil Corp, e é listada na Bolsa de Valores de Nova York – com um valor de mercado de cerca de US$ 130 bilhões."

Leia mais aqui.

Comentário meu:

Isso prova que aquela conversa de que estatal é ineficiente, só é verdade sob governos demo-tucanos. O governador José Serra, por exemplo, já prepara seu pacote de privatização em SP. A Yeda Crusius faz o mesmo no RS.

Isso desmente também que a Vale do Rio Doce seria menos eficiente se fosse estatal. Com uma gestão semelhante à da Petrobrás, a Vale estaria não só batendo os recordes de lucro que bate, como estaria contribuindo mais para o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

A lógica da Vale em aplicar seus lucros e patrimônio em aquisições no exterior, obedece a lógica de investidores internacionais. Seria diferente se fosse uma empresa com controle estatal. Provavelmente priorizaria esses investimentos em ampliar sua atuação no Brasil e investiria mais na infra-estrutura brasileira (portos, ferrovias, hidrovias, geração de eletricidade), como fazia a própria Vale antigamente e como faz a Petrobrás ainda hoje.

By Zé Augusto . Quinta-feira, Agosto 30, 2007 Comente(0) | Trackback Links para esta postagem

Fonte: BLog Amigos do Presidente Lula
Share:

A MÍDIA NA ERA FHC


Imagem: Blog Desabafo País

OMISSÃO OU INTERESS$$$$$$$$$$E ?
Share:

TENTARAM ME ATINGIR E 61% DO POVO DEU A RESPOSTA, DIZ LULA


Imagem: Blog Desabafo País

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu nesta quarta-feira oposicionistas que viram condenação ao governo na decisão. Para Lula, "ninguém foi inocentado ou culpado" ainda.

"Eles (a oposição) na verdade tentaram me atingir e 61 por cento do povo deu a resposta na eleição do ano passado", disse Lula a jornalistas depois da solenidade de lançamento do relatório oficial do governo sobre mortos e desaparecidos na ditadura militar (1964-1985).

"Eles sabem perfeitamente bem o que é o processo", disse Lula. Fico assistindo sem poder dar palpite nas decisões do Supremo, e o que aconteceu é a demonstração de que no Brasil as instituições estão funcionando e a democracia está sólida."

Na mesma linha de ministros políticos que comentaram a decisão anteriormente, Lula procurou demonstrar que recebeu com naturalidade essa fase do julgamento, na qual o STF acolheu denúncia do procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, sem examinar o mérito das acusações.

"Houve um processo, houve um pedido de indiciamento, houve a aceitação desse indiciamento. Até agora ninguém foi inocentado e ninguém foi culpado", disse o presidente.

Para Lula, a ação penal do mensalão entra agora "em sua rotina normal", com exame de provas de acusação e defesa.

"Quem tiver culpa pagará o preço, quem não tiver culpa será inocentado e quem ganhará com isso é a democracia brasileira."

Fonte: Reuters/Portal Vermelho - PCdoB
Share:

GLOBO: TÔ FORA!



Fonte: Blog DESABAFO PAÍS - BRASIL
Share:

COMISSÃO DO SENADO APROVA PROJETO DA NOVA LEI DO ESTÁGIO

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira, o projeto da nova Lei do Estágio.O projeto encaminhado pelo Executivo estebelece limites de carga horária para os estágios e também estende direitos como vale-transporte e férias.

Segundo a senadora Ideli Salvati (PT-SC), relatora da proposta na Comissão, "o projeto reforça o caratér educacional do estágio, pois exige um orientador que faça o acompanhamento adequado e direciona o estágio para a área do estudante".

"Outro avanço é a incorporação de cotas para os portadores de necessidades especiais e também aumenta o espaço para nbovos estágiários ao incorporar os estudantes que cursam a Educação para Jovens e Adultos".

Em entrevista à Rádio Vermelho, a relatora do projeto na Câmara, deputada Manuela d'Ávila (PCdoB-RS) saudou a aprovação da Lei na Comissão, "esta é uma lei que tem pressa, porque o Brasil precisa que este jovens tenham uma formação adequada, para que possamos pensar o desenvolvimento do país de forma a envolver a juventude nele".

Fonte: http://www.vermelho.org.br/
Share:

PROJETO DE LEI DO VEREADOR PAULO COSTA (PCdoB)

Ontem (27),na sessão da Câmara Municipal de Guanambi, o Vereador Paulo Costa apresentou um Projeto de Lei que propõe o tombamento da Serra Geral de Mutans, localizada no distrito de Mutans, município de Guanambi, parte integrante da denominada Serra de Monte Alto, patrimônio ambiental natural, histórico e cultural do município.

O projeto destaca a necessidade da preservação de todas as características dos seus recursos naturais em todos os seus elementos essenciais à vida humana e à manutenção do equilíbrio ecológico, florestas, flora e da fauna, nascentes e mananciais, recantos naturais, sítios arqueológicos e geológicos, e outros elementos da natureza local, destacando as medidas legais e os meios administrativos para a preservação e conservação da área, garantindo o controle da poluição e dos fatores de destruição ou degradação do território da Serra de Mutans.

Outro aspecto importante do projeto é a garantida da participação de instituições, ONGs e entidades ligadas à área de pesquisa histórico-cultural e de defesa do meio ambiente no desenvolvimento do projeto de restauração e recuperação das áreas degradadas e destruídas.

O objetivo geral desta Lei é contribuir com o processo de legalização e criação do Parque Arqueológico e Natural da Serra de Monte Alto, que surgiu a partir das audiências públicas realizadas nas cidades que compõe a Serra de Monte Alto (Guanambi, Candiba, sebastião Laranjeiras e Palmas de Monte Alto), promovida pela entidade PRISMA (Preservação e Revitalização Integrada e Sustentável da Serra de Monte Alto).

O presente Projeto de Lei está em consonância com os preceitos legais da Constituição Federal, Constituição Estadual e Lei Orgânica do Município, bem como do Anteprojeto de Lei Complementar Nº 001/2007 que dispõe sobre a instituição do Plano Diretor Participativo do Município de Guanambi, que tem como um dos seus objetivos e princípios gerais da política territorial a preservação do meio ambiente natural, o combate a poluição e a degradação ambiental. Neste sentido, está proposta visa fortalecer e garantir a efetivação da preservação e proteção da Serra de Mutans, através da recuperação das áreas degradadas e promoção da recomposição da vegetação nesta importante área de preservação permanente.
Share:

OS GOLPISTAS



Fonte: Blog Desabafo País - Brasil
Share:

ACESSE O BLOG DESABAFO PAÍS




Com DANIEL PEARL - Revista Jornalística - CONTRA A MÍDIA CONSERVADORA
Share:

NOVO VISUAL DO BLOG




Veja as sugestões do leitor e comentarista, João Ribeiro Rocha Pina, para um novo visual do Blog.
Share:

PROJETO PREVÊ FIM DE CONCESSÃO DE RÁDIO E TV A PARLAMENTARES

Em entrevista à Rádio Nacional, a presidente da Subcomissão de Radiodifusão da Câmara dos Deputados, deputada Luiza Erundina (PSB-SP), disse nesta segunda-feira (27) que está trabalhando para que o artigo 54 da Constituição Federal — que proíbe pessoas com cargos públicos de explorar concessões de outorgas de rádio e televisão — seja de fato cumprido e acabe com o domínio de políticos na radiodifusão.

A subcomissão tentará finalizar neste segundo semestre o processo de regulamentação de concessão de licenças de rádio e TV. Para Erundina, o trabalho iniciado neste ano já apresenta melhoras. A parlamentar citou como exemplo a atualização, em maio deste ano, do Ato Normativo nº 1, de 1999. A medida estabelece critérios, normas e procedimentos para outorga e renovação de concessões de rádio e TV.

Segundo a presidente da subcomissão, será um trabalho difícil alterar o artigo 54 da Constituição — afinal, as alterações mexem com os interesses dos próprios parlamentares. Apesar da dificuldade, Erundina afirmou que está na hora de corrigir esse artigo. Seu texto atual suscita interpretações controversas e acaba gerando anomalias, como a concessões do serviço de radiodifusão para quem está no poder.

A deputada se declarou preocupada com o fato de que, a partir da incorporação de novas tecnologias — como o padrão digital —, o sistema de radiodifusão do país fique ainda mais concentrado na mão de políticos. Erundina disse que é preciso se antecipar e impedir que a formação do monopólio, como tem acontecido no sistema analógico.

Da Redação, com informações do site meio&mensagem

Fonte: POrtal Vermelho - PCdoB
Share:

RENAN X VEJA



Grupo Abril treme diante de CPI

Foi só a Câmara dos Deputados reunir assinaturas para fazer uma CPI sobre o estranho negócio bilionário da TVA com a Telefonica, que o Grupo Abril entrou em ataque de nervos e perdeu as estribeiras.

Isso é sinal de que a CPI torna-se imprescindível.
Afinal o que teme a Abril? Se ela diz que os negócios são lícitos? Será que não resiste à uma mera investigação?

A Revista Veja já fez matéria desqualificando os deputados signatários da CPI. Para a Veja, os 181 deputados que firmaram o requerimento, ou são "mal-intencionados", ou "ingênuos", ou "enganados".

A tropa de choque de blogueiros da Revista Veja já se manifestou defendendo a Abril (e o emprego, é claro), e naturalmente, atacando Renan e os deputados que assinaram a CPI.

Apelam para a velha lenga-lenga de ataque à liberdade de imprensa. Mas a CPI não vai investigar nada a respeito de jornalismo, e sim os contratos comerciais entre a empresa TVA do Grupo Abril e a Telefonica, sobre o qual pesa enorme indícios de infração à Constituição Federal, já apontadas pelo conselheiro da ANATEL, Plínio Aguiar.

Se liberdade de imprensa servir para esconder todo e qualquer crime, daqui a pouco basta os traficantes editarem jornais e revistas, que não poderão mais ser investigados.

Menos, Veja... menos... Chegou a hora do Grupo Abril deixar de ser só estilingue e expor sua vidraça, que parece estar bem suja e nada transparente.

By Zé Augusto . Domingo, Agosto 26, 2007 Comente(0) | Trackback Links para esta postagem

Fonte: Blog Amigos do Presidente Lula
Share:

MÉDICOS FORMADOS EM CUBA LUTAM PARA PODER ATUAR NO BRASIL


Lucas Rodrigo Oliveira Viana - Estudante Guanambiense que estuda medicina em Cuba.

Os jovens brasileiros que se formam na Escola Latino Americana de Medicina de Cuba (Elam) não conseguem atuar no Brasil. O problema está na revalidação de seu diploma por parte das universidades brasileiras. Para tentar reverter essa situação, eles realizaram na semana passada seu 3º Encontro Nacional e iniciaram uma ofensiva de articulações dentro e fora do Congresso Nacional para buscar saídas ao impasse. O Objetivo é garantir que as comissões de Relação Exterior, Educação, Saúde e Justiça aprovem um ajuste complementar - que institui uma prova para revalidação do diploma cubano - e pelo empenho do governo federal na ampliação de convêncios das universidades brasileiras com a Elam.

Por Caral Santos

O Encontro do jovens médicos teve a participação de 120 pessoas em Brasília na última segunda (20). A atividade foi prestigiada pelo secretário de Relações Internacionais do PT, Valter Pomar, por representantes das embaixadas da venezuela e de Cuba, e por parlamentares do Congresso Nacional.

A principal resolução foi a constituição de uma comissão responsável por acompanhar pari passo as iniciativas que existem para possibilitar que uma das melhores escolas de medicina do mundo, a cubana, chegue aos brasileiros.

Logo após o encerramento do encontro a comissão de médicos iniciou uma jornada pela Esplanada dos Ministérios. Eles conversaram com os ministérios da Saúde, Educação, Relações Exteriores e parlamentares.

A jornada reavivou os ânimos dos médicos brasileiros. Em menos de uma semana, eles venceram a morosidade burocrática de Brasília e colocaram novamente em pauta o ajuste complementar, do deputado federal Nilson Mourão (PT-Acre), que garantirá aos médicos já graduados a chamada prova única e justa e aos que estão em processo de graduação a complementação curricular por meio de algumas faculdades.

Além disso, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, se comprometeu pessoalmente em firmar junto às universidades brasileiras convênios com a Elam.

''Está demostrado que se nos unirmos, podemos alcançar o sol. A revalidação é só um passo que estamos dando, pois nossa luta transcede este ato. Organizados podemos lutar por um País onde crianças, mulheres e idosos não morram por falta de atendimento médico. Onde os pobres de mais de mil municípios de nosso País, que não tem acesso a um médico, possam conhecer a ação humana dos médicos formados pela Revolução Cubana, dos médicos formados pelo espírito da humildade e humanidade, dos médicos sonhado por nossa comandante Fidel Castro'', diz o boletim informativo dos jovens.

Morosidade

O documento de acordo bilateral, de autoria do deputado Morão, estava parado no Congresso Nacional devido à comissão de Relação Exterior, que verificou inconstitucionalidade no Artigo 2º do texto. Para a comissão o texto retirava das universidades uma resposabildiade a elas inerente: a analise de compatibilidade curricular.

A partir de então, cabia ao MEC fazer a correção, e ao Itamaraty fazer a troca de nota diplomática com o governo Cubano e mandar novamente o documento para comissão.

Depois de verificar que o MEC já havia feito a correção, os estudantes seguiram a sua saga até o Itamaraty, onde foram recebidos pelo Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães. ''Me interei a meia hora que esse documento estava parado aqui, o que posso dizer a vocês é que dia 22 ele está pronto e devolvido a comissão de Relação Exterior na câmara para ser votado'', falou aos médicos o embaixador.

Conforme a promessa, o ajuste complementar foi devolvido e será votado, nesta quarta-feira (29) na comissão de Relação Exterior. Para se tornar realidade o texto ainda terá que ser apreciado pelas comissões de Educação, Saúde e Justiça, além do plenário da Câmara e do Congresso.

A redação do ajuste complementar que voltou a tramitar no Congresso a partir da semana passada diz: ''O Minstério de Educação do Brasil, em conjunto com o Ministério de Saúde, coordenará, por intermédio de Comissão Nacional, a ser constituída por portaria interministerial, em que terão assento outras entidades de representatividade nacional e especialistas de notório saber, a elaboração do exame nacional, teórico e pratico, para reconhecimento de diplomas de medicina, obtidos por brasileiros em Cuba, sempre que a comissão nacional comprove a inexistência de compatibilidade curricular''.

Congresso Nacional

Os médicos acreditam que se o texto passar nas comissões, aprová-lo no plenário da Câmara e do Senado não será obstácu-lo. Eles já conquistaram o compromisso - com o apoio dos deputados Nilson Mourão, Perpétua Almeida (PCdoB-AC) e Jakson Mourão (PMDB-SE) - do vice-presidente da Casa, o senador e médico Tião Viana (PT-AC), para que a votação do texto seja agilizada no Senado.

O senador também propôs, como mecanismo rápido para o reconhecimento do diploma, que o presidente Lula, através do Ministério de Saúde, fizesse um Decreto Lei reconhecendo a validade dos títulos a partir da aprovação em uma prova de residência em alguma das universidades brasileiras. Tião Viana também sugeriu que fosse ampliada para os médicos formados em Cuba as vagas na área de medicina geral integrada.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, foi outro colaborador na busca de saídas para agilizar a validação do diploma cubano. ''Existem algumas universidades, como a do Acre, Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Banhia, Santa Catariana, entre outras, que já manifestarm ao ministério vontade política de fazer convênio com a Elam, vou repassar o recurso que for necessário para fazer tais convênios, nesta semana mesmo, se for o caso'', disse o ministro.

Apoio

Os jovens médicos brasileiros agora buscam apoio de organizações e entidades brasileiras para presionar o Congresso a aprovar o ajuste complementar o quanto antes possível.

''Nosso primeiro desafio será nesta quarta (29), quando o ajuste será votado na primeira comissão, a de Relação Exterior. Esperamos contar com uma grande presença de todos aqueles interessados na validação de nossos diplomas para fazer pressão pela aprovação do ajuste'', diz o boletim do médicos.

Para maiores informações, envie um e-mail para Renato de Souza Lemos, lemosrenato@yahoo.com.br.

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

UVERMIG BUSCA CONGREGAR CÂMARAS MUNICIPAIS



20/08/2007 -

Por: Assessoria de Imprensa da Câmara de Guanambi

Dando continuidade ao trabalho de divulgação e reorganização da entidade, a Diretoria da UVERMIG União de Vereadores da Micro Região de Guanambi, participou da sessão ordinária das Câmaras de Riacho de Santana e Igaporã, nesta última sexta-feira dia 17. O Presidente da Câmara de Vereadores de Malhada e da UVERMIG Mário Zan, os Diretores José Adolfo (Caetité), Marivando Fagundes (Igaporã) e o suplente de Vereador José Carlos Lélis (Latinha), visitando os dois Municípios, discutindo os problemas regionais e as reivindicações a serem encampadas pela entidade. Latinha apresentou um estudo regional e os Diretores conclamaram as Câmara a se integrarem a entidade para fortalecer a representatividade do Legislativo regional. O Presidente da UVERMIG, Mário Zan revelou que as visitas foram extremamente positivas “Riacho e Igaporã já se integra a este trabalho, Palmas de Monte Alto por onde iniciamos este trabalho, que aponta na reorganização e fortalecimento da nossa entidade”.

Na sua exposição, Latinha destacou que o processo de desenvolvimento do Estado tem se concentrado em outras regiões “Daí a necessidade das lideranças se unirem, os legislativos tomarem a dianteira com a UVERMIG para mudar este trabalho”. O Presidente da Câmara de Igaporã, Elenizo Magalhães (Leno) frisou a importância da discussão e parabenizou a nova diretoria da UVERMIG “pela retomada da entidade, com esta causa que é comum a todos nós e Igaporã apóia esta luta”.

Em Riacho de Santana, o Presidente Ver. José Santana, e todos os Vereadores declararam apoio às bandeiras regionais e a reorganização da UVERMIG. A Diretoria irá continuar visitando as Câmaras da região, para agregação dos legislativos e a campanha pela defesa da região.
Share:

NOVA DIRETORIA DO SINJORBA TOMA POSSE

A nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Bahia (Sinjorba) tomou posse na noite desta sexta-feira (24/08). A cerimônia aconteceu no Espaço Cultural da Câmara de Vereadores de Salvador com a presença em massa da categoria e de autoridades da administração municipal e estadual.

O evento foi comandado pela jornalista Inamara Melo que chamou para compor a mesa, o Prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro, o Secretário Estadual de Comunicação, Robson Almeida, o presidente da Câmara de Vereadores, Valdenor Cardoso, o diretor da Fenaj José Carlos Torres, o diretor da CUT Valdemir Medeiros, além da presidente reeleita do Sinjorba, Kardé Mourão.

Na oportunidade, o diretor de mobilização, negociação salarial e direito autoral da Fenaj, Carlos Tavares, falou sobre novas mídias e o mercado de trabalho para os jornalistas, ressaltando a necessidade de regulamentação da profissão e da atualização constantes dos trabalhadores. A pressão exercida pelo poder financeiro e a precarização da mão de obra também foram abordados na palestra.

Ao tomar posse, Kardé Mourão falou da satisfação e das dificuldades de ser sindicalista em um país onde ainda há muitos preconceitos. Assumiu ainda o compromisso de comandar uma grande virada no Sinjorba, lutando sempre para que os direitos da categoria sejam respeitados. “Estamos aqui para garantir a dignidade e ética desta profissão. Vamos brigar pela manutenção da obrigatoriedade do diploma e por um Conselho Federal de Jornalismo”, ressaltou.

Compareceram ainda ao evento, os vereadores do PCdoB Everaldo Augusto e Aladilce Souza, o Secretário Estadual da Saúde, Jorge Sola, os secretários municipais de Salvador de Ação Social, Maria das Graças Bruni, de Comunicação, Jair Mendonça e de Governo, Gilmar Santiago, do Secretário de Comunicação de Camaçari, Rogaciano de Medeiros, representantes dos deputados federais Alice Portugal (PCdoB) e Walter Pinheiro (PT), dos mototaxistas, da APLB, do Sinpojud, dos taxistas, da Fetrab, dos bancários, da Bahiagás, dos trabalhadores da seguridade social, além de jornalistas e representantes de diversos segmentos da sociedade.

Eleita com 57% dos votos, a nova diretoria é composta por 31 diretores e tem como presidente reeleita, Kardé Mourão, 1ª vices-presidente, Marjorie Moura, e 2º, Raymundo Alves da Silva. O interior do estado está representado pelas diretorias regionais Norte - Juazeiro, Sul -Ilhéus e Itabuna, Nordeste - Feira de Santana; Sudeste- Jequié, Sudoeste – Vitória da Conquista, Extremo Sul – Eunápolis e Oeste – Barreiras.

De Salvador
Eliane Costa

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB



--------------------------------------------------------------------------------
Share:

UVERMIG MOBILIZA REGIÃO EM TORNO DE PROJETOS












O Presidente da União de Vereadores da Micro Região de Guanambi (UVERMIG),Mario Zan, acompanhado de uma comissão de diretores (José Adolfo - Caetité, Marivando Fagundes - Igaporã, Olimpio Guedes - Iuiú, Ivete Prado - Candiba) tem visitado as Câmaras da região da Serra Geral, procurando resgatar o trabalho regional da entidade. Já acnoteceu visitas as Câmaras de Palmas de Monte Alto, Igaporã e Riacho de Santana.

O Presidente da Câmara Municipal de Guanambi e diretor da ABRACAM, José Élder Guimarães, tem dado importante apoio a UVERMIG neste trabalho. Também estamos prestando uma assessoramento a entidade, apresentando um projeto de desenvolvimento regional para ser debatido com os vereadores das cidades da região.

O objetivo principal é a união das diversas forças políticas da região com vista a realização de grande uma mobilização dos Prefeitos, Vereadores, Deputados, Entidades dos Trabalhadores e dos Empresários e a Sociedade Civil Organizada exigindo do Governo Federal e Estadual solução para os problemas que atinge o desenvolvimento da região da Serra Geral.
Share:

RODOVIA BA-265

A recuperação do trecho da rodovia BA-265,que liga os municípios de Sebastião Laranjeiras a Palmas de Monte Alto e o asfaltamento do trecho complementar de 20 km da estrada que liga Sebastião Laranjeiras ao Projeto de Irrigação Estreito IV é de fundamental importância para o desenvolvimento da produção agrícola e pecuária região, facilitando o escoamento da produção. Esse trecho de estrada é estratégica e fica a menos de 100 km da ponte sobre o Rio Carinhanha e dá acesso à BR-135, ligando as cidades do oeste da Bahia (Barreiras) e as cidades do Sudoeste (Guanambi, Caetité, Brumado,Vitória da Conquista, entre outras), além de fazer divisa com Minas Gerais.

O Governo Federal incluiu o Estreito IV no PAC, prevendo a liberação de R$ 50 milhões (2007/2008) para diversas intervenções na infra-estrutura do projeto, inclusive o asfaltamento 30 km da estrada que liga Urandi ao Projeto Estreito IV. Agora só falta o Governo Estadual incluir a recuperação da BA-265. A união das forças políticas da região da Serra Geral é fundamental para garantir essa importante conquista do povo do sertão.
Share:

Movimentos questionam concessões de TV

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Coletivo Brasil de Comunicação Social – Intervozes e outros movimentos sociais vão realizar, em 5 de outubro, uma série de debates sobre mecanismos de fiscalização para a distribuição e renovação de concessões de canais de TV e rádio.

Nesta data, vence o prazo de validade das concessões da Record, Band, TV Gazeta e TV Cultura em São Paulo, além de cinco filiais da Rede Globo. Segundo o coordenador do Intervozes, João Brant, a idéia é questionar o fato de que essas emissoras não respeitam os critérios estabelecidos pela Constituição, apesar de utilizarem uma concessão pública.

“O quadro das concessões no Brasil é um cenário de Velho Oeste, uma várzea, uma barbárie. Sobre a própria questão da renovação, não há critérios, em nenhum momento há uma avaliação se essas emissoras observaram os próprios preceitos constitucionais. São as próprias emissoras que assinam a declaração dizendo que não constituem monopólio ou oligopólio. O espectro é público, as concessões são públicas, mas quem menos é ouvido nessa história toda é o público.”

Os movimentos pretendem debater também o chamado “coronelismo eletrônico” – o domínio dos meios de comunicação no Brasil por alguns grupos, os quais possuem ligação ou são dominados por políticos. O último levantamento realizado pela Agência Repórter Social em 2006 mostrou que mais de um terço dos 81 senadores possuem concessões de emissoras de rádio ou TV. O Ministério das Comunicações, a Anatel, o Congresso Nacional e o Senado Federal nunca vetaram a renovação de alguma concessão de rádio e TV pertencente a esses grandes grupos.

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

VIÚVAS DE FHC

Lula fala sobre a campanha da mídia contra o seu governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na sexta-feira (24), no Paraná, que sofre uma ''campanha da imprensa'' contra ele e seu governo. ''Tem gente que fica o tempo inteiro torcendo para a coisa não dar certo'', disse Lula. ''A inveja e o preconceito são duas doenças malignas que nascem na cabeça de algumas pessoas'', completou.

O presidente afirmou identificar esse comportamento em ''determinados setores da imprensa [...] que pensam que, por falar na televisão ou escrever, são donos da verdade''. Ele se valeu da deixa do governador Roberto Requião (PMDB), que, em discurso antes de Lula, falou em ''mídia deletéria'' e ''mídia desacreditada''.

''Certamente, as críticas que o companheiro Requião fez ao comportamento de determinados setores da imprensa brasileira não atinge os profissionais da imprensa, os jornalistas, aqueles que vivem de salário. Atinge, na verdade, aqueles que pensam que por falar na televisão ou escrever são os donos da verdade. Então, eu acho que nós estamos vivendo um momento importante'', disse Lula, para cerca de 3 mil pessoas.

Ainda na sexta, Lula viajou para Porto Alegre (RS). Nos dois Estados, participou de eventos do PAC. No Rio Grande do Sul, partidos da base aliada e movimentos sociais simpatizantes ao governo fizeram uma manifestação pró-Lula. Mas um grupo de dez integrantes do movimento Luto Brasil -criado a partir do acidente com o vôo da TAM- tentou fazer uma manifestação contra o presidente.

O protesto terminou com um princípio de tumulto e cartazes do movimento rasgados pelos manifestantes favoráveis ao governo, o que fez os integrantes do Luto Brasil desistir da manifestação e ir embora.

Em outubro o Governo Federal deverá decidir sobre a renovação ou não da concessão de canais de rádio e TV no País. Movimentos sociais estão se articulando para fazer uma ampla discussão sobre o que é uma concessão pública de comunicação e deverão apresentar propostas para que as concessões sejam feitas sobre outras bases.

A expectativa é de que diante da campanha na mídia contra as ações do governo Lula, o presidente seja sensível as reivindicações.

Da redação, com agências

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

ALTAMIRO BORGES: "CANSEI" DA HEBE E DA REGINA DUARTE


Sem conseguir retirar das suas mansões a “elite branca” e as “madames enfadadas”, segundo a ironia mordaz do insuspeito Cláudio Lembro, o movimento golpista “Cansei” resolveu apelar a alguns artistas para ludibriar os incautos e garantir público nas suas minguadas manifestações. O sofisticado folheto de convocatória do protesto na capital paulista, na semana passada, trouxe as imagens das animadoras de televisão Hebe Camargo e Ana Maria Braga, da atriz global Regina Duarte e da cantora Ivete Sangalo. A escolha destas figurinhas carimbadas, conhecidas por seus antigos laços de amizade com ricaços exibicionistas e notórios tucanos, não poderia ser pior.Por Altamiro Borges*

Revista trás musas do Cansei na semana do dia 17 Para baratear os altos custos das agências de publicidade, o “Cansei” até poderia ter aproveitado a foto de capa de uma edição recente da revista Caras, especializada em bajular os bilionários e fazer futrica com as celebridades do meio artístico. Na foto aparecem, sorridentes e servis, Hebe Camargo, Ana Maria Braga e Regina Duarte no luxuoso casamento da filha de Geraldo Alckmin, ex-governador e candidato tucano rechaçado nas eleições presidenciais. Elas devem ter adquirido seus modelitos no paraíso de consumo das elites, a butique Daslu, onde a badalada noiva Sophia Alckmin foi gerente e deu uma mãozinha para intermediar negócios junto ao governo do seu pai.

“Perua assumida” e reacionária

A apresentadora Hebe Camargo já é famosa nos meios políticos. Ela se projetou na televisão nos anos de chumbo da ditadura militar e depois virou cabo-eleitoral de luxo do ex-governador Paulo Maluf, aparecendo “gratuitamente” nas suas propagandas eleitorais. Na sucessão presidencial de 2006, ela abandonou seu antigo protegido e fez campanha aberta para o tucano Geraldo Alckmin. As suas opiniões reacionárias também são conhecidas. Hebe usa a sua exposição na telinha para defender as piores causas. Em 2003, declarou ao vivo na SBT que mataria um menor acusado do assassinato de um casal de jovens. As fitas foram requisitadas pelo Ministério Público, taxadas de “incitamento ao crime”, e a apresentadora recuou: “Se me excedi, peço desculpas”. Também foi ativa militante da campanha contra o desarmamento. “Possuir arma é um direito do cidadão”.

Além de direitista e reacionária, Hebe Camargo é a expressão grotesca da “madame enfadada”, que está “cansada” de tanto luxo e ostentação. Segundo edição especial da revista Veja dedicada à “moda&estilo”, de maio de 2005, “certa vez ela fez um balanço de todas suas jóias. Depois de cobrir o chão de um cômodo inteiro com um tapete de brilhantes, pérolas, esmeraldas e outras pedras, chegou à conclusão de que não deveria comprar mais nenhuma peça. Durou pouco a sua decisão. Para o bem de seu humor e alegria da fila de joalheiros que a abastecem. Para Hebe, em se tratando de jóias, tamanho é documento. ‘Quando as pessoas vêm me mostra uma joinha, um anelzinho, digo logo que não combina comigo... Sou perua assumida e com muito orgulho’, diz”.

A “perua assumida” também gosta de colecionar Mercedes, que chegam a cinco na sua garagem. “Com rendimento mensal estimado em 1,2 milhão de reais, entre salário e merchandising, Hebe pode se entregar de corpo, alma e talão de cheque à paixão das jóias... ‘É difícil ter em São Paulo uma mulher que vença a Hebe Camargo em quantidade de jóias. Ela chega a comprar três peças por mês’, avalia um especialista do ramo... Como nenhuma mulher aparece na televisão com os seus tesouros – ou talvez nem saia de casa com eles –, Hebe Camargo permanece como a rainha dos quilates”, conclui a bajuladora reportagem da Veja. Ela realmente deve estar “cansada”!

De namoradinha à tucana


Já a atriz global Regina Duarte tem uma trajetória política errática. Durante a ditadura militar, ela foi a “namoradinha do Brasil”, participando de novelas que ajudaram a entorpecer a sociedade e a esconder os horrores das torturas e assassinatos. Posteriormente, como ela própria confessou, fez autocrítica e teve participação destacada na luta pela redemocratização, como na campanha das Diretas-Já. Nos anos da avalanche neoliberal, porém, converteu-se numa ativa militante do PSDB, ajudando nas duas campanhas de FHC e nas derrotadas empreitadas de Serra e Alckmin.

Na eleição presidencial de 2002, ela ficou famosa por aparecer no programa eleitoral tucano com a fisionomia apavorada e o bordão “eu tenho medo”, contra o risco da vitória de Lula. De forma hipócrita, ela agora engrossa o “Cansei”. Quando da chacina de Eldorado do Carajás, em abril de 1996, ela não surgiu na telinha para se solidarizar com as famílias dos camponeses mortos e para dizer que estava “cansada” da violência do amigo FHC. Em janeiro último, quando um acidente no Metrô abriu uma cratera num bairro central da capital e matou várias pessoas, a atriz global também não pintou na telinha para dizer que estava “cansada” do atual e do ex-governador. Pelo contrário. Pouco tempo depois foi um dos destaques do casamento da filha de Geraldo Alckmin.

“Ana ameba brega” e ACM

As duas outras estrelas que emprestaram suas imagens à campanha do “Cansei” são mais novatas na “política”. Ana Maria Braga, que o sarcástico José Simão apelidou de “Ana ameba brega”, só recentemente resolveu arriscar comentários políticos, entre uma receita culinária e uma fofoca no seu programa da TV Globo. Após o acidente da TAM, ela extravasou seu ódio ao atual governo. Após mostrar imagens da tragédia, dos “sinais obscenos” de Marco Aurélio Garcia, assessor do presidente, e da frase infeliz da ex-prefeita Marta Suplicy, concluiu em tom melodramático que Lula era culpado pelo acidente e convocou seus telespectadores para os protestos do “Cansei”.

Já Ivete Sangalo, presença obrigatória nos programas da TV Globo, preferiu nada falar durante o protesto do “Cansei”. Segundo alguns observadores, ela parecia envergonhada por ter cedido sua imagem. Já seu irmão, o publicitário Jesus Sangalo, é um dos mentores deste movimento golpista – o que pode ter influenciado a cantora. Isto não quer dizer que ela não tenha opiniões próprias e controvertidas. Em 2001, por exemplo, aderiu ao abaixo-assinado em apoio ao falecido coronel Antonio Carlos Magalhães – “um homem digno, coerente e honrado” e “um dos maiores políticos brasileiros de todos os tempos” –, quando este violou o painel de votação do Senado.

* Altamiro Borges é jornalista, membro do Comitê Central do PCdoB, editor da revista Debate Sindical e autor do livro “As encruzilhadas do sindicalismo” (Editora Anita Garibaldi).
Share:

LEIA E ASSINE A REVISTA CartaCapital

'CartaCapital' fecha acordo inédito com blogs

A revista CartaCapital fechou acordo entre mídia impressa e blogs independentes. Para cada assinatura da publicação vendida por meio dos sites associados à comunidade sec.un.dum(http://secundum.com.br), serão destinadas comissões que vão de R$ 35 reais a R$ 100, dentre as maiores pagas pelo mercado de afiliados no Brasil.

Por trás dessa iniciativa inédita, além da ampliação de sua base de assinantes, está a estratégia de CartaCapital de apostar na mídia independente como alternativa às tradicionais. Destaque-se que a revista é a única dentre as mais influentes do País a ter como blogueiro, com publicação diária de posts, seu diretor de Redação, Mino Carta (http://www.blogdomino.blig.ig.com.br).

A parceria com uma comunidade, e não com blogs em separado, tende, na visão da revista, a fortalecer a produção de informação na internet e, conseqüentemente, no país. CartaCapital pretende assim contribuir com a construção da cidadania e da verdadeira liberdade de expressão no Brasil.

Da Redação, com CartaCapital

Fonte: Portal vermelho - PCdoB
Share:

BOICOTE À PHILIPS SE ALASTRA


A rede de Lojas Insinuante também aderiu ao boicote de produtos da Philips. As lojas seguiram boicote do Armazém Paraíba e amanheceram hoje (23/8) sem produtos da marca.

Em Teresina, existem cinco filiais das lojas Insinuante. A decisão do protesto partiu dos gerentes destas lojas e foi acatada pela diretoria geral da Insinuante que possui sua matriz em Salvador-Ba.

A Assembléia Legislativa do Ceará se solidariza com piauienses e declara Paulo Zotollo persona non grata.

By Zé Augusto . Sexta-feira, Agosto 24, 2007

Fonte: Blog Os Amigos do Presidente Lula
Share:

PORTAL DA BAHIA

Técnicos da CAR dão início às ações do Terra de Valor

Um grupo formado por 24 técnicos da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) – 13 de Salvador e 11 do interior do estado – deu início, ontem (23), às ações do Projeto de Desenvolvimento de Comunidades Rurais das Áreas mais Carentes do Estado da Bahia – Terra de Valor. Eles vão visitar 2.700 comunidades das regiões nordeste e sudoeste, localizadas em 34 municípios de mais baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), área de abrangência do projeto.

Terra de Valor

Executado pela Secretaria do Desenvolvimento e Integração Regional- Sedir, o Projeto Terra de Valor tem como meta beneficiar 90 mil homens, mulheres e jovens, sendo 35 mil diretamente e 55 mil indiretamente. O projeto contará com US$ 60 milhões divididos igualmente entre o FIDA e a contrapartida do Governo do Estado.

Também está assegurada uma doação do FIDA ao Estado da Bahia, no valor de US$ 500 mil, para o desenvolvimento de dois projetos piloto de biodiesel a partir da mamona produzida pelos pequenos produtores rurais assistidos pelo projeto. O público do projeto será constituído de famílias carentes que residem no meio rural. A estimativa é que o projeto atinja aproximadamente de 35 mil famílias, em 600 comunidades rurais.

As ações envolvem ampliação da oferta hídrica, com a construção de barragens, cisternas, sistemas de abastecimento d’água, investimentos em infra-estrutura básica, como instalação de energia solar e elétrica, construção de pequenas pontes e sanitários residenciais; apoio às microempresas rurais e à agricultura familiar para assegurar a segurança alimentar e o incremento da renda; desenvolvimento ambiental; formação profissional e capacitação para o trabalho; fortalecimento das organizações comunitárias; apoio ao comércio; inserção dos jovens nos mercados de trabalho urbano e rural e enfoque de gênero.

Fonte: Amigos da Bahia
Share:

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA

Modernização e profissionalização da máquina pública trarão nova forma de administrar a Bahia

O esforço pela modernização e profissionalização da máquina pública, para implantar uma nova forma de administrar a Bahia, foi a principal diretriz da reunião do governador Jaques Wagner com os secretários estaduais e o vice-governador Edmundo Pereira. A reunião, hoje (23), na governadoria, foi marcada por um clima de entrosamento e descontração.

“Não faremos nosso governo apenas de cal e cimento, faremos de uma nova forma de governar o símbolo de uma nova Bahia”, disse o governador, ressaltando que a equipe está unida e “antenada” com os problemas do primeiro ano de gestão. Ele destacou a parceria com o governo federal, que garante investimentos do PAC e do Programa Nacional de Segurança Cidadã (Pronasci), e lembrou que a caminhada ainda está no início. “Muito foi feito, mas ainda há muito por fazer”, afirmou.

Durante quatro horas, das 9 às 13h, foram analisados os principais problemas estruturais do estado, herdados de uma administração que durou quase 20 anos. A avaliação foi que o marketing escondia a realidade, mostrando uma eficiência administrativa, uma Bahia que era a Terra da Felicidade e que fazia o dever de casa, enquanto a realidade mostra um estado endividado, a saúde e a educação entre os piores do país e os salários dos servidores abaixo do mínimo constitucional, entre outras coisas.

Um dos exemplos de mitificação da eficiência da administração anterior, citados durante a reunião, foi a Educação, que teve que devolver recursos disponibilizados em 2006 por não terem sido aplicados no setor.

Além da reorganização da máquina administrativa, outros eixos de avaliação da reunião incluíram a mudança da cultura político-administrativa – nova relação com a sociedade; transparência (fim do nepotismo, entrega de contratos ao Ministério Público e Transparência Bahia) e participação popular – PPA Participativo (que reuniu cerca de 12 mil pessoas), Conferências de Cultura, Meio Ambiente, Mulheres e Saúde, entre outras.

Ações prioritárias

As ações prioritárias desenvolvidas nos seis primeiros meses de governo foram divididas em quatro eixos: Compromisso Social; Desenvolvimento; Justiça, Cidadania e Segurança; e Gestão do Estado.

No social, foram destacados a implantação de 13 SAMUs nos pólos regionais, com potencial de atendimento de 80 mil pessoas e repasse de R$ 6,5 milhões; o programa Todos Pela Alfabetização (Topa), que tem a adesão de 379 municípios e previsão de alfabetizar 100 mil baianos ainda este ano; a realização de 12 conferências regionais e da estadual de segurança alimentar – com mais de 1,1 mil participantes; e implantação da Agenda do Trabalho Decente, em acordo com Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O eixo desenvolvimento destaca o Biodiesel; o Parque Tecnológico (Tecnovia); o Programa de Inclusão Sócio-Digital; a reabertura, com novo modelo, de 261 lojas da Cesta do Povo; o Projeto Produzir, de combate à pobreza rural, que já liberou mais de R$ 20 milhões; a urbanização de áreas precárias e o saneamento da Baía de Todos os Santos, com recursos do PAC; a restauração de rodovias estaduais; a expansão do programa Luz para Todos; o apoio à agricultura familiar e à reforma agrária; e o plano de turismo da Baía de Todos os Santos.

Os Planos Estaduais de Direitos Humanos e de Segurança Pública e as ações de modernização em Segurança Pública se destacam na área de Justiça, Cidadania e Segurança. Na Gestão do Estado, a Mesa de Negociação é a principal novidade. Mas, também podem ser destacados os editais para registro de preços dos serviços terceirizados; a regularização de contratos apontados pelo TCE e PGE; a nova metodologia das licitações; a redução dos gastos de custeio; o planejamento integrado do semi-árido; e o Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza.

Fonte: AGECOM
Share:

MÁQUINAS CAÇA-NIQUEIS SÃO APRENDIDAS PELA POLÍCIA EM GUANAMBI


Cerca de trinta Policiais Militares do 17º Batalhão estão cumprindo nesta sexta-feira um Mandado de Busca e Apreensão expedido pela Justiça local que determina a apreenção de máquinas caça-níqueis e componentes eletrônicos em diversos estabelecimento comerciais das cidades e distritos de Guanambi e Candiba. Centenas delas já foram recolhidas e levadas para a Delegacia de Polícia, juntamente com os referidos proprietários dos estabelecimentos que serão ouvidos em Termo Circunstanciado.

A operação continua durante toda a tarde de hoje, porém, nem todas as máquinas deverão ser apreendidas, haja vista que, muitos estabelecimentos não abriram suas portas no dia de hoje ou foram retiradas e várias máquinas apreendidas já estavam abertas, o que levanta a suspeita de que informações sigilosas da operação podem ter vazado, fato este que deverá ser alvo de apuração por parte da própria Justiça.

Farol da Cidade - Fernando Alves
Share:

PCdoB: NOVOS FILIADOS SÃO RECEBIDOS COM FESTA EM SALVADOR


Em clima de festa, o PCdoB recebeu seus novos filiados na noite desta quinta-feira (23/08), em Salvador. O evento aconteceu no Espaço Cultural Dias Gomes, sede do Sindicato dos Comerciários. O ato de filiação foi aberto com a exibição do vídeo “Bem-vindo, camarada”, apresentado pela presidente nacional Renato Rabelo, que conta a trajetória do partido, presente em todos os momentos da história política do país nos últimos 85 anos.

Boas-vindas aos novos filiados O ato foi conduzido por Hilário Leal e Adilson Araújo, do Comitê Municipal, que convidaram o presidente estadual do PCdoB, Péricles de Souza, a dar boas-vindas aos novos filiados. Péricles falou da importância do partido para a conquista da democracia e de sua opção pela revolução, o que o diferencia
das outras legendas. Para ele, o crescimento do partido, que está organizado em 300 municípios, é um reflexo da atual situação política do país, da Bahia e de Salvador e fruto da luta dos militantes comunistas.

O projeto político mais amplo do PCdoB também foi ressaltado pela vereadora Olívia Santana, que enfatizou a luta pelo fim do capitalismo. Segundo Olívia, a orientação dos comunistas não se foca em projetos pessoais, mas em demandas que melhorem a vida de toda a sociedade.

Se filiaram ao Partido representantes da União da Juventude Socialista (UJS), dos rodoviários, portuários, eletricitários, mototaxistas, securitários, petroleiros, trabalhadores informais da avenida Sete de Setembro, funcionários da Chesf, professores, pessoas ligadas ao esporte, além de líderes dos bairros da Federação, Ribeira e do Subúrbio Ferroviário. Assinaram também a ficha de adesão membros da diretoria da Associação dos Policiais (Aspol), do Clube do Samba e adeptos de religiões com raízes africanas.

O presidente do Sindicato dos Portuários, Luís Borba, falou pelos novos filiados, ressaltanto o comprometimento de todos com as diretrizes do PCdoB e da consciência da necessidade de honrar as causas defendidas pelo partido. Devido ao grande número de filiados, Sandra Freitas, presidente da Associação de Moradores do Alto do Sobradinho, e Hendrix Aquino, ex-militante do Partido Verde, foram os escolhidos para assinar as fichas de filiação no evento.

O grande número de participantes na festa simboliza bem a nova fase do PCdoB, que vem vivendo um momento de crescimento na Bahia. Só este ano já foram mais de 300 filiações. O Partido Comunista conta ainda com dezenas de vereadores, três deputados estaduais e dois federais, além de assumir a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Salvador e a estadual do Trabalho, Renda e Esporte e a direção da Bahiagás. Em 2008, segundo o presidente estadual Péricles de Souza, o PCdoB terá candidatos e candidatas a prefeito, vice-prefeito e vereador em toda a Bahia.

A adesão de mais jovens, de representantes do movimento comunitário e líderes sindicais é a prova de que a política defendida pelo partido se mostra viável. Reafirma também a importância que o partido tem na atual conjuntura política do estado, que tem como governador o petista Jacques Wagner.

Estiveram presentes no evento o presidente do PCdoB em Salvador, Geraldo Galindo, os vereadores comunistas de Salvador Aladilce Souza, Everaldo Augusto e Olívia Santana, os deputados estaduais Álvaro Gomes e Javier Alfaya, além dos deputado federal Daniel Almeida, todos do PCdoB e o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos. Participaram ainda líderes sindicais como o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia Euclides Fagundes, a presidente do Sindicado dos Jornalistas Kardé Mourão, representantes do movimento social e da juventude e vários dirigentes estaduais do partido.

A festa contou ainda com as apresentações dos cantores Juvená, que abriu a noite, e Roberval Santos, que fez o show de encerramento.

De Salvador,
Eliane Costa

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

CAMPANHA: A VALE DO RIO DOCE É NOSSA

Share:

NORDESTE TERÁ CINCO USINAS DE BIODIESEL DA PETROBRAS


A Petrobras continua priorizando o compromisso de investir em fontes alternativas de energia, garantiu, ontem, Paulo Del Caro Canabrava, diretor de comercialização de álcool e oxigenados da estatal. "Estamos investindo em duas usinas piloto no Rio Grande do Norte e até o final de 2008, em outras três também na região Nordeste", disse o executivo que participou, em São Paulo, do V Fórum Brasil-Alemanha sobre Biodiesel, promovido pela Câmara Brasil-Alemanha.

De acordo com Canabrava, a estatal já destinou quatro de suas refinarias para produzir biodiesel, cuja capacidade será para processar 250 mil metros cúbicos por ano. "A meta da Petrobras sempre diz respeito as novas tecnologias e a estabilidade do mercado. Com o biodiesel, a nossa preocupação é a de tentar trazer estabilidade".

Hoje, o Brasil tem capacidade para produzir, no total, cerca de 1,6 bilhão de litros do combustível por ano em 36 usinas. Esse potencial deverá atender a demanda inicial estimada em 800 milhões de litros (2% de biodiesel e 98% de diesel.

By Helena™ . Quarta-feira, Agosto 22, 2007
Fonte: Blog Amigos do Presidente Lula
Share:

COMISSÃO VAI DISCUTIR ELEIÇÕES DIRETAS NAS ESCOLAS NO ESTADO

A Secretaria da Educação (SEC) deu mais um passo para a realização de eleições diretas para diretor e vice-diretor das escolas do Estado já a partir do ano que vem. Foi instalada hoje (20) uma comissão especial que vai elaborar uma minuta de projeto de lei que será encaminhada até o final de setembro à Casa Civil e à Procuradoria Geral do Estado (PGE), para análise técnica, e, posteriormente, à Assembléia Legislativa, para votação.

A comissão especial é composta por 24 representantes, entre titulares e suplentes, de professores (representados pela APLB-Sindicato), estudantes e Fórum de Dirigentes, Assembléia Legislativa, Conselho Estadual de Educação, quatro superintendências da SEC e Secretaria da Administração (Saeb). Foi estabelecido um calendário com seis reuniões, durante as quais os membros representantes dos diferentes segmentos contribuirão para a elaboração da minuta do projeto.

A superintendente de Acompanhamento e Avaliação do Sistema Educacional (Supav), Eni Santana Bastos, afirmou que as eleições diretas são um projeto de governo. “A SEC tem o papel de estabelecer novas formas de relacionamento entre as escolas e a comunidade e entre as diretorias regionais, escolas e a SEC. Começamos a inaugurar um novo momento e a promover a participação de todos”, destacou.

Subsídio

O presidente da APLB-Sindicato, Rui Oliveira, entende que a comissão subsidiará o projeto e diz esperar que tudo aconteça de forma a viabilizar as eleições diretas já a partir de 2008, como planeja o governo estadual.

Na primeira reunião, os representantes da SEC deixaram claro que as eleições para diretor devem ser um meio para implantar a gestão democrática nas escolas, para a qual será necessário o fortalecimento de grêmios estudantis e colegiados.

A próxima reunião da comissão especial ocorrerá no próximo dia 30. Foram marcadas outras quatro reuniões para setembro, às quartas-feiras.

A presidente do Fórum de Dirigentes, Jutália Brito Rangel, disse que a instalação da comissão é um marco para a implantação da gestão participativa nas escolas, “porque reúne e garante a participação da comunidade como um todo”.

“Esta é a primeira vez que se abre espaço para que nós, estudantes, possamos discutir quem serão os gestores de nossas escolas. Este é o início de um movimento pela democratização da gestão das escolas”, comentou o estudante Leandro Rangel, do Colégio Manoel Novaes.

Agecom - Assessoria Geral de Comunicação Social do Governo do Estado da Bahia
Share:

Variedade de mandioca tem recorde de produtividade em Guanambi


“Nunca aconteceu produtividade semelhante na região, com nenhuma outra variedade, mesmo antes da ocorrência do mal que passou a prejudicar as lavouras de mandioca de uns tempos pra cá”. O comentário é do agricultor Natanael de Castro Silva, da comunidade de Gameleira, em Guanambi, entusiasmado com a produção recorde de 122 sacas (de 50 kg) de farinha de boa qualidade da variedade de mandioca Formosa.

A variedade foi plantada em um hectare, no campo de multiplicação de maniva, em Gameleira, pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), em parceria com o Banco do Brasil e um grupo de agricultores, em novembro de 2005. Os resultados atestam resistência à bacteriose (principal doença da mandioca), tolerância à seca, maior produtividade de raízes e de matéria seca nas raízes, o que justifica a colheita recorde efetuada no mês de junho/2007.

Vinte famílias das comunidades Gameleira, Mutans, Lagoa da Torta, Larguinho, Ichu e Lajedão estão plantando a variedade com satisfação. Há um ano trabalhando com outras variedades eles não conseguiam colher mais de 50 sacas de farinha. “Estou ansioso para plantar em uma área maior e conseguir aumentar a minha produtividade”, disse o agricultor Vanderley Lima de Oliveira, de 44 anos.

A previsão, segundo os técnicos da EBDA, é, em dois anos, introduzir a variedade Formosa em 200 propriedades de agricultores familiares e aumentar a área de um para cinco hectares plantados, em cada propriedade. “O objetivo é oferecer essa nova variedade para o agricultor familiar da região, que sofre há muitos anos com a baixa produtividade, utilizando variedades de baixo potencial produtivo, ocorrência de pragas e doenças”, ressaltou o agrônomo da EBDA, Osório Vasconcelos.

De acordo com o IBGE, os 38 municípios que compõem a região de Caetité cultivam aproximadamente 30 mil hectares de mandioca, com produtividade de 10 mil quilos de raiz por hectare, contribuindo com 8% da área e 7% da produção do estado, cuja produtividade é de 12,7 mil quilos de raiz por hectare. Esses números são considerados baixos, comparados aos estados do Paraná com produtividade de 21.387 kg/ha e de Santana Catarina com 19.407 kg/ha.

A partir do ano de 1997, a bacteriose foi identificada no distrito de Maniaçu, município de Caetité, com extensão a outras localidades e municípios da região. Na safra 2003/2004 ocorreram perdas de lavouras inteiras em algumas comunidades.

A variedade

A variedade Formosa foi desenvolvida a partir de cruzamentos realizados pela Embrapa Mandioca e Fruticultura em 1986, sendo submetida a fortes pressões da bactéria Xanthomonas campestris pv manihots, causadora da doença, pela Embrapa Cerrados, em Planaltina-DF, no ano de 1988. Lá a doença é bastante comum e onde foi selecionada inicialmente pela sua resistência à bacteriose.

Em experimentos conduzidos no município de Barreiras, oeste da Bahia, e ainda em Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal, esta variedade apresentou rendimentos de 42,97 a 62,7 toneladas por hectare, aos 18 meses após o plantio, com o uso de insumos e manejos tecnológicos adequados.

Entre 1997 e 2001, a variedade Formosa foi avaliada em 14 comunidades de agricultores, nos municípios de Igaporã, Caetité, Lagoa Real, Tanque Novo, Macaúbas, Riacho de Santana e Aracatu, utilizando o sistema tradicional do agricultor, sem o uso de insumos.

Os rendimentos de raízes foram muito variáveis, de acordo com os municípios, o período agrícola e as comunidades, apresentando uma média geral de 22,6 toneladas por hectare, através do Projeto Incorporação dos Agricultores no Processo de Seleção, Difusão e Multiplicação de Variedades de Mandioca na Região Sudoeste e Semi-Árida do Estado da Bahia com recursos do Pronaf-Pesquisa, numa parceria da EBDA, através da Gerência Regional de Caetité, com a Embrapa Mandioca e Fruticultura.

A cultura na região

Nos últimos anos, a EBDA e Embrapa, num esforço conjunto, vêm atuando na região sudoeste para gerar e adaptar tecnologias, além de produzir conhecimento baseado nas demandas e realidades do agricultor, envolvendo cerca de 40 comunidades.

Os resultados, de acordo Osório Pimentel, indicam que é possível melhorar a eficiência dos sistemas de produção, principalmente em relação ao aumento da produtividade, através de incorporação de novas variedades, promoção da fertilidade do solo e condução de um manejo de práticas culturais adequadas.

Constatou-se também que a maioria das unidades de processamento de mandioca existentes na região pode ser melhorada com algumas adaptações, principalmente quanto ao componente para a obtenção de goma, com simples implantação de tanques em sistemas seqüenciais e aproveitamento da manipueira para vários fins, evitando o escorrimento a céu aberto, e conseqüentemente, a poluição do meio ambiente.

Fonte: Agecom - Governo do Estado da Bahia
Share:

OPOSIÇÃO


Ato do "Cansei" termina com "Fora Lula!" e 2 mil pessoas

Com o já tradicional lema "Fora Lula!", o Movimento Cívico pelo Direito dos Brasileiros, mais conhecido como "Cansei", concluiu nesta sexta-feira (17) seu segundo ato público em São Paulo, rápido, frio e bem menos numeroso que o primeiro, no último dia 29. Para a Polícia Militar, havia 4 mil pessoas. A imprensa deu 2 mil. Outras testemunhas contaram mil, participantes, e mais mil curiosos, que circulavam pela Praça da Sé no horário do almoço.

Manifestantes do "Cansei": estacionamentos cheios Um possível motivo da desmobilização, apesar do reforço de artistas, ricos e famosos, foi a menor utilização do acidente do vôo 3054 da TAM. A data do ato foi escolhida expressamente para lembrar um mês da tragédia, mas as dezenas de parentes das vítimas, vindas de todo o país, não puderam subir no palanque e nem falar. Nem a presença do grupo foi citada pelos oradores.

Famílias das vítimas: "Fomos usados"


"Disseram que o palco estava cheio e que poderia cair se subíssemos. Estava cheio de artistas e seguranças. Nós éramos quem deveria estar lá em cima", queixou-se a gaúcha Luciana Haensel, filha de Ângela Haensel, passageira do Airbus. "Fomos usados por este movimento", denunciou Ana Queiroz, mãe de Arthur Queiroz, também vítima do acidente, que veio do Recife para o ato.

O empresário João Dória Jr, presidente do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) e impulsionador do "Cansei", pediu desculpas aos familiares. Disse que a intenção era deixar dois deles terem acesso ao palco, mas o ato foi encerrado antes que eles pudessem se manifestar.

Outro ausente no ato do "Cansei" foi o episódio que indispôs os piauienses com um de seus líderes e financiadores, Paulo Zottolo, presidente da sucursal brasileira da multinacional holandesa Philips. Na véspera, o jornal Valor Econômico publicara entrevista onde Zottolo reclamava do "marasmo cívico" do Brasil, e afirmava: "Não se pode pensar que o país é um Piauí, no sentido de que tanto faz quanto tanto fez. Se o Piauí deixar de existir ninguém vai ficar chateado", dizia. A declaração provocou tamanha revolta, em piauienses e outros brasileiros, que no fim do dia o executivo teve de se retratar. Mas os oradores da Sé preferiram silenciar sobre o assunto.

Tampouco se falou da proposta inicial, lançada no dia 29, de se fazer "um minuto de silêncio em todo o Brasil", como forma de protesto. O minuto, respeitado em atenção às vítimas do acidente da TAM, ficou mesmo restrito aos manifestantes da Praça da Sé.

D'Urso diz que não ouviu o "Fora Lula!"

No palco estavam a apresentadora Hebe Camargo, o nadador Fernando Scherer, a cantora Vanderléia. O cantor Agnaldo Rayol cantou o Hino Nacional no final da rápida cerimônia. E ainda a presença de Ivete Sangalo, rainha do axé, que parece ter ajudado a atrair os curiosos que circulavam pela Sé. Na platéia não havia tantos famosos, mas os ricos eram numerosos. Os estacionamentos em torno da praça ficaram lotados de carros de luxo.

Sacerdotes das igrejas Católica, Metodista e Evangélica rezaram uma missa ecumênica, também com poucos minutos de duração. Mas o arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, não abriu as portas da Catedral da Sé para o "Cansei", como era a intenção dos organizadores, deslocando o ato para a praça em frente.

Os gritos de "Fora Lula!" foram puxados a partir do palco, no fim da manifestação. Mas o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB/SP), Luiz Flávio Borges D'Urso, que abriu a lista de oradores e coordena o "Cansei", disse não ter ouvido. "Só ouvi as pessoas cantando o Hino Nacional brasileiro", desconversou D'Urso.

Gavião: "Essa gente pegou o caminho de casa"

Testemunhas dos dois atos do "Cansei" paulistano, no dia 29 e hoje, fizeram uma comparação entre os dois. Primeiro, mudou o tamanho, já que o primeiro teve 3 mil pessoas, ou 6 mil, segundo a imprensa (a PM não fez o cálculo).

Mas mudou também a atitude. "O outro foi bem mais raivoso. Agora, parece que essa gente pegou o caminho de casa; o movimento não está pegando", diagnostica Marcelo Gavião, coordenador nacional da UJS (União da Juventude Socialista), que acompanhou as duas manifestações.

Da redação, com agências

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

PCdoB/BA


Comerciais na TV e no rádio divulgam a marca de 300 municípios atingida pelo PCdoB/BA

O presidente estadual Péricles de Souza comemora a marca de 300 municípios com o PCdoB organizado no estado e anuncia que em 2008, o PCdoB terá candidatos e candidatas a prefeito, vice-prefeito e vereador em toda a Bahia. Péricles trata desses temas nos comerciais na televisão e no rádio que estão sendo veiculadas neste mês de agosto, correspondendo às inserções estaduais a que o partido tem direito pela legislação.

Os comerciais de 30 segundos, produzidos pela Comissão Estadual de Comunicação, serão veiculados até o dia 3 de setembro às segundas, quartas e sextas- feiras, durante a programação normal das emissoras, no horário das 19h30 às 22h. Líderes do partido da capital e do interior gravaram abordando temas como educação e desenvolvimento com distribuição de renda, além de ressaltarem a necessidade de que as mudanças resultantes do novo momento que se vive na Bahia com a eleição de Wagner governador terem expressão nos municípios em 2008.

A deputada federal Alice Portugal diz que os baianos vão apagar da memória a arrogância e o descaso que por tanto tempo sobreviveram na Bahia. Já a vereadora Olívia Santana e o professor Ney Campello destacam os êxitos da educação na capital, cuja secretaria de Educação e Cultura já teve à frente a vereadora e no momento é ocupada por Campello.

Nos municípios de Feira de Santana, Itabuna, Ilhéus, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Juazeiro e Barreiras que possuem televisões regionais e emissoras de rádio com grande audiência, líderes locais aparecem nos comerciais.

Fonte: Portal Vermelho - PCdoB
Share:

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog