Privatização: Audiências em defesa dos bancos públicos tomam país

Porto Alegre (RS), Salvador (BA) e Aracaju (SE) são algumas das capitais que têm realizado ações para denunciar o sucateamento dos bancos públicos promovido pelo governo de Michel Temer. Na opinião de dirigentes bancários e parlamentares o objetivo do governo federal é a privatização dos bancos federais e estatais.

CONSELHO DA CIDADE: PROCESSO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE GUANAMBI

Ontem (11), na Secretaria de Educação, aconteceu a reunião extraordinária do Conselho da Cidade com o objetivo de iniciar os debates sobre o processo de revisão do PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO - PDP de Guanambi, que em dezembro completa 10 anos em vigor e conforme a Lei nº 223.

EROPORTO | - Governador Rui Costa autoriza licitação para a recuperação da pista do aeroporto de Guanambi

No início da tarde desta terça-feira (10), na sua participação semanal com internautas, onde responde a perguntas dos cidadãos de toda a Bahia por transmissão ao vivo realizado pelo facebook, ao ser perguntado sobre o aeroporto de Guanambi, governador Rui Costa, ao lado do Secretário Estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, confirmou a autorização de licitação para o recapeamento da pista do aeroporto municipal Isaac Moura Rocha, onde o mesmo poderá suportar os pousos e decolagens dos aviões ATR-72, justamente o modelo que a empresa Azul linhas aéreas opera na viação regional. A obra está orçada em R$ 4 milhões de reais.

Projeto "Doe Sangue, Salve Vidas!" mobiliza estudantes e professores do Colégio Luiz Viana Filho

A doação de sangue, considerada um ato de cidadania e de solidariedade, vem contribuindo para que muitos cidadãos salvem vidas..

GUANAMBI DESEJA SUCESSO AO HIPER STELLA

A família Stella, com mais de 40 anos de atuação no ramo de supermercado, oferece à população de Guanambi e região, o que há de mais moderno em estrutura, acomodação, praticidade, qualidade e atendimento.

29 de jan de 2009

IBICOARA

PREFEITA DE IBICOARA COMEÇA COM REFORMA EM 9 ESCOLAS MUNICIPAIS

A prefeita Sandra Vidal (PCdoB) começou sua gestão confiante no futuro de Ibicoara e grata ao povo do município que a escolheu nas urnas. Com obras já iniciadas e importantes para a cidade, como o calçamento do bairro Renascer, que tem 5 mil moradores, reforma de nove escolas com benefício para três mil alunos e o encascalhamento da BA-142 ao distrito de Cascavel, em parceria com empresas locais, a prefeita demonstra como será a nova administração.
Ela disse à população que em 180 dias o bairro Renascer será outro e que os prédios escolares que estavam em ruínas, sem condições de uso, reabrirão em março para a alegria dos estudantes e das famílias.

Na posse, Sandra Vidal anunciou que inicia em fevereiro uma revolução na área da Saúde de Ibicoara, com abertura do Pronto Atendimento 24h, distribuição de remédios na rede básica, campanha de vacinação e reativação do programa de saúde da família.

Outra iniciativa da prefeita é a aprovação do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), que traça os caminhos para o desenvolvimento urbano com responsabilidade social.
FONTE: BAHIA JÁ

UPB

Bahia: PMDB se alia ao DEM e ganha a eleição da UPB

Após uma das mais disputadas eleições para a presidência da União dos Municípios da Bahia – UPB, foi oficializada, no início da noite desta quarta-feira (28/1), a vitória do prefeito de Bom Jesus da Lapa, Roberto Maia (PMDB), com 12 votos de vantagem frente ao prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT). A disputa se deu entre dois candidatos da base política do governo federal, embora o candidato do PMDB tenha se aliado com o DEM para o pleito.

“Fizemos um bom trabalho, mas, infelizmente, não conseguimos alcançar êxito. Essa vitória apertada, no entanto, demonstra a consistência da nossa proposta municipalista, de transformar a UPB numa entidade, de fato, representativa dos prefeitos e prefeitas dos 417 municípios da Bahia”, destacou a prefeita de São Sebastião do Passe, e candidata a 2ª secretaria na chapa encabeçada por Caetano, Tânia Portugal (PCdoB).

Entidade historicamente com interferência das forças ligadas ao grupo carlista – até por conta da soberania do antigo PFL nas prefeituras do interior do estado-, a UPB foi palco de disputa inédita reunindo duas chapas do campo da base política aliada ao governo estadual e federal. A atitute de Jaques Wagner, de não interferir na eleição, foi muito elogiada na imprensa.

“Agora, precisamos sentar e nos reunir para definirmos nossa linha de atuação”, pontuou Tânia Portugal. O projeto da chapa “UPB muito mais forte” ratifica a necessidade de a entidade agir de forma mais atuante em questões pontuais, como a reforma tributária, o suporte a projetos regionais na captação de recursos e orientação jurídica, a negociação das dívidas e análise da situação de inadimplência dos municípios frente aos órgãos estaduais e municipais. “A idéia é que a gente possa acompanhar de perto o trabalho da nova presidência da Casa, para assegurar que a UPB mantenha a linha que defendemos e acreditamos”, arrematou.

De Salvador,
Camila Jasmin
Fonte: Portal Vermelho - BAHIA

SELEÇÃO PÚBLICA NA ÁREA DE EDUCAÇÃO

SEC realiza seleção pública para preenchimento de 3.908 vagas

A Secretaria Estadual da Educação (SEC) vai realizar seleção pública simplificada para preenchimento de 3.908 vagas, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). São 2.027 vagas para professores da educação básica, 1.663 para professores da educação profissional e 218 vagas para técnicos dos níveis fundamental, médio e superior. As inscrições começam nesta quinta-feira (29) e vão até 9 de fevereiro.
Os interessados podem se inscrever no site da empresa organizadora da seleção, a Consultec, em
www.consultec.com.br.

As provas serão realizadas em 1º de março, pela manhã e à tarde, de acordo com a vaga pleiteada. Maiores informações podem ser obtidas no edital da seleção, publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial do Estado, ou nos sites www.sec.ba.gov.br e da própria Consultec.

O prazo de validade do processo seletivo é de dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por mais dois anos. Há vagas para todas as 33 Diretorias Regionais de Educação (Direc). O valor da taxa de inscrição é de R$20 para as vagas de técnico de ensino fundamental, R$30 para técnico de ensino médio e R$40 para as vagas de técnico de nível superior, professores da educação básica e da educação profissional. A duração das provas será de quatro horas. Os candidatos serão submetidos a prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos e de títulos. Os candidatos selecionados poderão exercer suas atividades em qualquer município da área de abrangência da Direc para qual ele se inscreveu.

As remunerações variam de R$544,41 a R$1.472,00.

Fonte: ASCOM - SEC

BOLSA FAMÍLIA


Governo eleva teto e amplia cadastro do Bolsa Família
Agencia Estado

O governo federal decidiu hoje aumentar o limite de renda das famílias que podem ser beneficiadas pelo programa Bolsa Família. A partir de agora, para serem atendidas, as famílias precisam ter uma renda per capita máxima de R$ 137 mensais. Atualmente, essa renda é de R$ 120. No total, isso significa a inclusão de mais 1,8 milhões de famílias no programa. A medida foi tomada hoje em reunião entre o presidente Luiz Inácio e o ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, em uma decisão política. Com base em estudos do Institutos de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o governo federal conclui que era necessário ampliar as famílias atendidas como forma de minorar os efeitos da crise econômica entre os mais pobres.

Atualmente, o programa atende 11,1 milhão de famílias. A previsão é que, com o reajuste do teto de renda, esse número chegue a 12,9 milhões. No entanto, neste ano deverão ser atendidas apenas 1,3 milhão: 300 mil já serão incluídas em maio, 500 mil em agosto e 500 mil em outubro. Essas famílias já estão no Cadastro Único do Bolsa Família, que possui o levantamento de famílias pobres do País em que o Ministério baseia a seleção para o programa.

As 500 mil que faltam ainda terão que ser cadastradas por Estados e Municípios, em um trabalho que deverá ser feito ao longo de todo este ano.O reajuste do teto significa que famílias hoje consideradas não pobres o suficiente passarão a entrar no programa. Levando-se em conta uma família média, formada por quatro pessoas, agora poderá ser beneficiado tendo como base uma renda mensal de apenas de R$ 548. O teto para ser considerado extremamente pobre também muda, passando de R$ 60 para R$ 68,5 - ou seja, uma renda de R$ 274 mensais para quatro pessoas.Levando-se em consideração o valor médio pago por família hoje, de R$ 85, o orçamento do programa poderá subir em até R$ 1,8 bilhão por ano. No entanto, a maior possibilidade é que essas novas famílias não sejam todas enquadradas entre as extremamente pobres, o que pode reduzir esse valor. Este ano, o orçamento do programa, de R$ 12 bilhões, já é 10% maior do que em 2008.

O Bolsa Família paga hoje, para as famílias extremamente pobres, um benefício fixo de R$ 62 mais R$ 20 por criança entre 0 e 15 anos, em um limite de três por família, além de mais R$ 30 por jovens de 16 e 17 anos, em um máximo de dois. Para as famílias com renda per capita agora entre R$ 68,50 e R$ 137, são pagos apenas os valores variáveis por crianças e jovens. Os valores dos benefícios, já reajustados em junho do ano passado, não serão aumentados agora.

28 de jan de 2009

OPINIÃO: CULTURA DA BAHIA

Aumenta a turma do “meu pirão primeiro” na cultura da Bahia

Eu sabia que iria custar caro ao Secretário da Cultura da Bahia, Márcio Meirelles, a proposta de descentralizar o setor e construir um Sistema Estadual de Cultura. Nos tempos do carlismo, os recursos iam para poucos e os de sempre. Era a turma do “meu pirão primeiro”. Pois não é que o time está aumentando? A coluna de Samuel Celestino informa que aos chorosos da Fundação Casa Jorge Amado, Academia de Letras da Bahia e do Theatro XVIII, juntou-se o lamento do Museu Costa Pinto.Apesar deles, a cultura na Bahia está muito bem, obrigado.
Antes da criativa e competente administração de Márcio Meirelles, poucos privilegiados consumiam os recursos do Fundo de Cultura. Agora, os compromissos chegam a 300 municípios. A Secult conseguiu envolver, no processo de construção do Sistema Estadual de Cultura, 392 municípios. Cerca de 40 mil pessoas foram envolvidas na realização da Conferência Estadual de Cultura, que reuniu 2,5 mil participantes diretos. E mais, a Secult em parceria com a UFBA está capacitando 40 professores de todas as universidades públicas da Bahia, que vão atuar como multiplicadores. Agentes e dirigentes culturais vão surgir.
A turma do “meu pirão primeiro” vai ficando para trás. De vez em quando esperneiam através de colunas de jornalistas. Alguns sequer abrem o site da Secult. Por conveniência ou ignorância. Para se ter uma idéia. Em 2006, a participação de projetos dos municípios no Fundo de Cultura era de 4,4%. Em 2008, evoluiu para 40%.
Realmente, algumas poucas instituições culturais reclamaram, por causa da suspensão temporária dos recursos. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontava irregularidades nos convênios. Em 2006, o Fundo de Cultura apoiava 40 projetos, sendo que 35% dos recursos iam para o próprio Estado, outros 50% iam para manutenção de instituições culturais de direito privado e só 15% ia para o fomento a projetos culturais, uma distorção grave, já que o fomento é o objetivo real do Fundo de Cultura. Algumas instituições entenderam, outras continuam reclamando por causa de interesses contrariados.
O interessante é que não havia malversação do dinheiro público. O que havia mesmo era uma grande “informalidade” que o TCE não engolia.. Competente, Márcio Meirelles reestruturou o Fundo de Cultura. Antes, atendia 40 projetos, hoje atende a 400 projetos. Em 2008, foram lançados 33 editais que vão apoiar em 2009 a cerca de 293 projetos, envolvendo recursos da ordem de R$ 22 milhões. O processo dos editais é mais complicado, mas é legal e não permite a concentração dos recursos nas mãos de poucos. São esses poucos que continuam reclamando e encontram eco na coluna de Samuel Celestino.
Tudo isso que estou dizendo está nas páginas do jornal A Tarde.
Oldack Miranda

FONTE: BLOG BAHIA DE FATO

A REDE GLOBO E A CULTURA DO MEDO


CONVERSA AFIADA - PAULO HENRIQUE AMORIM


São Jorge derrota o dragão: é puro marketing de Serra

Serra diz que o Brasil está à beira do caos para poder salvá-lo

O repórter Kennedy Alencar diz na Folha (*) que o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, já avisou a Aécio Neves que o candidato do partido é José Pedágio (os maiores pedágios do Brasil são os de São Paulo).
. Qual o argumento de Guerra?
. Porque Pedágio está mais preparado para enfrentar a crise.
. Legal.
. É o marketing do Pedágio: pintar a crise com as cores pretíssimas da urubóloga Miriam Leitão(****).
. O Brasil está à beira do caos.
. E aí chega o Pedágio, como São Jorge, e de lança em punho derrota o dragão.
. Papo furado.
. Puro marketing.
. Pura propaganda da Sabesp no Acre.
. No Governo Fernando Henrique - a que Pedágio serviu - e que quebrou o Brasil três vezes -, Pedágio sistematicamente boicotou o trabalho do Ministro da Fazenda Pedro Malan.
. Qual o argumento que Elio Gaspari, confidente de Pedágio e colonista (**) da Folha (*), usava para desmoralizar a “Ekipeconomica” ?
. O Brasil está à beira do caos e só ele, o Pedágio, poderia salvá-lo.
. Pedágio criou o bordão “populismo cambial” para solapar a política cambial do Banco Central – e de Malan.
. Depois veio a eleição de 2002.
. O Brasil estava de fato à beira do caos.
. Afinal, vinha de oito anos da incúria cinzenta de Fernando Henrique.
. Mas o caos não era o Governo a que ele, Pedágio, serviu com devoção e carinho, mas a alternativa: Lula.
. Regina Duarte foi para a televisão chorar porque Lula ia fazer do Brasil a Argentina que Pedágio descrevia no horário eleitoral gratuito.
. E só ele, o Pedágio, podia salvar o Brasil do caos e da Argentina.
. Marketing.
. Aí, veio a eleição de 2006.
. Para destruir a candidatura Alckmin, Pedágio usou o mesmo argumento.
. Só que naquele momento, o Brasil vivia um dos períodos de maior vigor econômico
. Num momento em que o Brasil vivia um dos períodos de maior vigor econômico.
. Pedágio e seus colonistas (**), porém, diziam: o Brasil está à beira do caos e só ele, o São Jorge da Mooca, pode nos salvar.
. Alckmin tirou Pedágio da “fila”, como diz o Fernando Henrique, o Farol de Alexandria.
. Fernando Henrique faz tudo o que Pedágio mandar – ele e Pedágio demitiram Neschling por causa de um mictório.
. Agora, na sucessão de Lula.
. O PiG (**) e o Meirelles jogaram o Brasil no caos profundo, no Hades onde só entram as gárgulas do Duomo de Milão.
. Com a contribuição de alguns carrascos, como aquele do filme “A troca”, que tem a cara do William Waack, o algoz da madrugada.
. O Brasil está perdido.
. A crise é tão grande que nem no caos cabe mais.
. A propósito, o desemprego em janeiro foi o menor desde 2002!
. E quem sai da nuvem de fumaça branca, montado no cavalo de São Jorge, com a espada na mão para nos salvar?
. Ele, o salvador.
. Pedágio é uma invenção do PiG (***) de São Paulo.
. Ele e o PiG dizem que ele é um grande economista.
. O que ele fez?
. O que escreveu?
. Quantos livros publicou?
. Quantos cursos ministrou?
. Que discípulos formou?
. O que já disse?
. Como o economista genial se notabilizou na gestão da coisa pública?
. Qual o seu cartel de realizações?
. Aliás, como perguntou, numa sabatina na Folha (*) o filósofo Paulo Arantes, “o que pensa esse (Serra) rapaz”?
. O que ele pensa?
. Qualquer coisa.
. Ele vai salvar o Brasil, presidente Sérgio Guerra?
. Com que idéias?
. Com que planos?
. Com que folha corrida?
. Presidente Sérgio Guerra: o senhor quer conhecer, de fato, a eficiência da gestão dos tucanos em São Paulo?
. Conte quanto tempo o senhor gasta para sair do Aeroporto de Guarulhos e chegar ao Palácio dos Bandeirantes, para encontrar o Pedágio, na hora do rush.
. O senhor sabia que carro em São Paulo não paga IPVA, mas IPTU ?
. O fato de Aécio Neves não ter peito para enfrentar Serra e São Paulo não significa que Serra tenha capacidade de ganhar a eleição.
. Serra não sai de São Paulo.
. O Vesgo do Pânico tem mais chance do que ele.

Paulo Henrique Amorim

(*)Já estava na hora de a Folha tirar os cães de guarda do armário e confessar que foi “Cão de Guarda” do regime militar. Instigado pelo Azenha – clique aqui para ir ao Viomundo – acabei de ler o excelente livro “Cães de Guarda – jornalistas e censores do AI-5 à Constituição de 1989”, de Beatriz Kushnir, Boitempo Editorial, que trata das relações especiais da Folha (e a Folha da Tarde) com a repressão dos anos militares. Octavio Frias Filho, publisher da Folha (da Tarde), não quis dar entrevista a Kushnir.
(**) Se refere à “colônia”, dá a idéia de pessoa “colonizada”, submetida ao pensamento hegemônico que se originou na Metrópole e se fortaleceu nos epígonos coloniais. Epígonos esses que, na maioria dos casos, não têm a menor idéia de como a Metrópole funciona, mas a “copiam” como se a ela pertencessem.
(***) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista
(****) “Se escaparmos da crise global, teremos uma crise feita pelo governo… gasto público não tem rumo…é um voo às cegas.” É o que diz a urubóloga na primeira página do Globo de hoje. Eu prefiro escapar da Miriam Leitão do que da crise.

LEIA O BLOG DA DILMA


O blog Dilma13 é um blog independente, sem fins lucrativo, sem patrocinador, sem receber nenhum tipo de ajuda financeira seja do governo, de políticos, de partidos políticos, e mesmo de particulares. Foi idealizado pelo Daniel, e conta com a minha modesta colaboração. O blog Dilma13 desenvolve um trabalho para que fique registrado o bom trabalho feito pela ministra Dilma Rousseff, Chefe da Casa Civil, e responsável pelo PAC, Plano de Aceleração do Crescimento. Pretendemos com isso dar conhecimento aos leitores do blog, o bom desempenho do governo Lula e a competência da ministra Dilma em desenvolver com muita seriedade, responsabilidade, os programas de investimentos do governo Lula. A ministra Dilma está sendo cotada pelo presidente Lula para ser a sua candidata sucessão em 2010, pelo bom trabalho que ela vem desenvolvendo como chefe da Casa Civil. Dar continuidade aos projetos do governo que beneficiam o país, todo povo brasileiro, e principalmente os mais pobres antes excluídos da sociedade pelo governo anterior do PSDB, de FHC, é o desejo do presidente Lula, e de todas as pessoas responsáveis e conscientes que amam este imenso Brasil.


Jussara Seixas - editora.

DILMA ROUSSEF



Artigo escrito por Inocêncio Uchôa - Juiz Federal do Trabalho aposentado e advogado - Doutorando na Universidade de Salamanca-Espanha no jornal O POVO, dia 27 Set 2008, intitulado PEDRAS na seção Opinião.

Recente matéria jornalística referiu-se à Ministra Dilma Roussef como "assaltante de banco", uma anterior insinuava-a como "homossexual", e outras buscam tratá-la sistematicamente como "delinqüente".Esse filme já foi intensamente visto no país, logo que Luiz Inácio Lula da Silva começou a projetar-se no cenário político para além da condição de líder sindical, fundando e presidindo a Central Única dos Trabalhadores e o Partido dos Trabalhadores, elegendo-se deputado federal com a então maior votação da história (650 mil votos), passando à condição de candidato ao Palácio do Planalto, e, posteriormente, na condição de Presidente da República. Sofreu a mais sórdida campanha difamatória da história contemporânea nacional, uma avalanche de humilhações, injúrias, difamações, calúnias e outras inúmeras formas de atentados impossíveis de individualizar para efeito de defesa, posto que perpetrados diária e continuadamente através dos milhares e milhares de jornais, rádios e televisões corporativos existentes no país: ladrão, malandro, chefe de quadrilha de bandidos, beberrão e outros adjetivos, muitos impublicáveis. Quem não se lembra?Agora é a vez da Dilma Roussef, que no comando de um programa de investimentos infra-estruturais (PAC-Plano de Aceleração do Crescimento) orçado em R$-504 bilhões, vem realizando um desenvolvimento inédito no país por sua horizontalidade e não verticalidade, já que em lugar de beneficiar apenas as empresas, como no passado, também permite ao trabalhador receber sua parte nos resultados desse processo. Não é à toa que nos últimos anos mais de 10 milhões de pessoas mudaram de faixa de renda, milhões de pessoas saíram da indigência ou deixaram de passar fome, mais de 13 milhões de empregos foram criados com carteira de trabalho assinada (afora os milhares e milhares de vínculos administrativos com as administrações públicas), milhões de oportunidades foram criadas na agricultura familiar e no agro-negócio, pelas diversas linhas de micro-crédito facilitado, ou pelas facilidades disponibilizadas ao empreendedorismo.Esse inédito e favorável ambiente econômico fortalece a imagem do governo Lula e de seus principais dirigentes, entre elas a Ministra Dilma Roussef, que, por isso, passa a ser alvo das mesmas humilhações assacadas contra Lula da Silva, mesmo sabendo os seus detratores, que as ações políticas da brava juventude da qual fez parte, tiveram como motivo o heróico esforço cívico de combate à ditadura militar que se impusera ao país de forma violenta e ilegítima, não sendo lícito buscar nivelar essa juventude aos criminosos que se movem em razão de interesses escusos. Afinal, dessa luta resultou a democracia em que hoje podemos viver.Resta saber se os detratores de hoje também lutarão desesperadamente para gravar em seus próximos cartazes de campanha o rosto sereno e firme da presidente Dilma Roussef, como despudoradamente o fazem nesta eleição a grande maioria dos antigos detratores do presidente Lula da Silva, apoiadores de governos desastrosos e anti-nacionais, e viúvos de líderes de cujos rostos renegam ou procuram distanciar-se.
ACESSE E LEIA O BLOG DA DILMA

CONVERSA AFIADA

Amorim: Petrobras afogou o PiG e a Globo na Bacia de Campos

Já houve um tempo em que Roberto Marinho gostava muito da Petrobras. Não podia sair nenhuma notícia na editoria de Economia dos telejornais da Globo sobre a Petrobras que não fosse autorizada por ele.

Por Paulo Henrique Amorim, no Conversa Afiada

As manchetes do jornal O Globo sobre a Petrobras tinham uma consistência: precediam ou sucediam bruscos movimentos de alta ou baixa das ações da Petrobras. Era uma coincidência… O Dr. Roberto sabia, sempre, antes, quem seria o Presidente da Petrobras.

Um dia, quando eu tinha uma coluna sobre Economia no Jornal da Globo, anunciei um dia antes que o presidente da Petrobras seria Helio Beltrão. No dia seguinte, o Dr Roberto me chamou à sala para explicar com suavidade e firmeza — como era o seu estilo pessoal — que, ali, na Globo, notícias como aquelas exigiam a autorização dele.

Ponderei que, afinal, aquilo era um furo meu, e que eu me comprazia em dar furos “na minha coluna no Jornal da Globo”. Ele respondeu firme: “a coluna é do Globo, meu filho”. Para ele, a televisão era precedida do artigo masculino.

A relação íntima de Roberto Marinho com a Petrobras se tornou “carnal”, como diria Carlos Menem, no Governo Sarney. Na verdade, Roberto Marinho co-presidiu o Brasil no Governo Sarney. Antonio Carlos Magalhães, no Ministério das Comunicações, era o leva-e-traz dessa parceria.

Agora, os filhos de Roberto Marinho (eles não chegam a ter nome próprio) mantêm uma relação hostil com a Petrobras. Veja, por exemplo, caro leitor, o que disse o Globo online, na noite desta segunda-feira. No jornal impresso, na abertura da seção de Economia, nesta segunda-feira, a chamada é “Abalo Global” (sic) e o título, “Um plano de negócios arriscado — para analistas (???) incertezas na economia podem elevar custo de investimentos da Petrobras”.

O que é uma afirmativa dramaticamente estúpida, já que incertezas na economia podem elevar o custo de investimento da Globo, da Microsoft, da Gazprom, da Basf, British Airways, da Vale, da Votorantim, da GM, do Bahamas – e da minha tia do Grajaú…

A Petrobras anunciou no fim da semana passada, ao fim de uma reunião com o Presidente Lula, que vai investir entre 2009 e 2013 a bagatela de US$ 174 bilhões de dólares. Isso é o PIB de uma meia dúzia de países. Só no ano de 2009 serão US$ 29 bilhões.

Por que os filhos do Roberto Marinho são contra isso tudo? (Será que eles recusarão comerciais da Petrobras no intervalo do jornal nacional?) Por dois motivos. Um, por um motivo ideológico. Uma empresa estatal não pode dar certo. Não pode ter bala.

Embora o Dr Roberto tenha sido “sócio” das oscilações da Petrobras na Bolsa, por muito tempo ele se filiou ao Pai de todos os Colonistas, Roberto Campos, que passou a vida a falar mal do “Petrossauro”. Devidamente estimulado pelas empresas estrangeiras de petróleo, especialmente as americanas, Campos lutou, inutilmente, contra Petrobras.

E foi o colonista do coração de Roberto Marinho, Octavio Frias e dos Mesquita. Todos eles morreram afogados nas águas profundas da Bacia de Campos. Essa é a questão ideológica. A Petrobras não pode dar certo. (É por isso que a notável urubóloga Miriam Leitão contrapõe sempre o fracasso da Petrobras ao sucesso retumbante da Vale, que por sinal, é estatal, ainda…)

Mas, tem também a questão eleitoral. A Petrobras é um dos instrumentos do Governo Lula para conter a crise econômica. Quanto mais a Petrobras investir, menores serão as possibilidades de a economia brasileira ir à breca.

O que interessa ao PiG e aos filhos do Roberto Marinho? Que o Governo Lula fique sentado em cima das mãos, não faça nada e espere a crise ficar co tamanho que o PiG pinta todos os dias.

O sonho do PiG é o Governo Lula se afundar na crise e não fazer nada. E esperar o José Pedágio salvar o Brasil. Faz parte do marketing de José Pedágio pintar uma crise profunda para que ele, São Jorge redivivo, possa salvar o Brasil.

Porque, se o PiG estiver errado e o Governo Lula evitar a crise, o Presidente Lula fará o sucessor. É só isso. A Petrobras tem que fracassar. O Brasil tem que fracassar.

27 de jan de 2009

URANDI

Prefeito traz pedidos a Daniel

O prefeito José Cardoso, encontrou-se na última quinta-feira, 22, com o deputado federal Daniel Almeida. Cardoso apresentou a situação do município e solicitou apoio junto ao governo do estado e federal.

Karlo Dias

A visita, acompanhada pelo ex-vereador Paulo Costa, de Guanambi, teve como objetivo apresentar as demandas políticas da cidade. Com menos de um mês no cargo, o novo prefeito trouxe na bagagem um diagnóstico completo da situação em que se encontra a administração municipal.

A cidade localizada na Serra Geral, a 755km da capital baiana, possui cerca de 16 mil habitantes, e precisa de uma ação enérgica de melhoria de toda a infra-estrutura. Segundo o prefeito, o sistema de esgotamento sanitário é precário, o tratamento de água é insuficiente para abastecer a população e as estradas vicinais estão completamente destruídas.

"Além de encontrar áreas estratégicas como a saúde e a educação em estado lastimável, assumimos uma prefeitura com um débito financeiro que pode comprometer a administração", ressaltou o prefeito.

José Cardoso solicitou de Daniel, apoio institucional e político junto ao governo do estado e governo federal, para reestruturação da cidade. O deputado Daniel assumiu o compromisso de encaminhar as solicitações ao governo do estado e convidou o prefeito para uma agenda de audiências com os ministros do governo federal, em Brasília

24 de jan de 2009

PONTE SOBRE O RIO CARINHANHA

Recursos para ponte no rio São Francisco são assegurados

O Congresso Nacional aprovou em sua última sessão do ano, um projeto que abre crédito suplementar no Orçamento da União/2008 para a ponte sobre a rio São Francisco. O PL 79/2008 destina R$ 12 milhões para a conclusão das obras da ponte sobre o rio São Francisco, entre os municípios baianos de Carinhanha, perto do Norte de Minas e Malhada.

A maior parte desses recursos vai ser empregada na conclusão dos acessos à ponte, que teve sua construção iniciada há mais de quinze anos.

Fonte: Blog Política Livre

RECUPERAÇÃO DA BR-030

Rodovias BR-030, BR-116 e BR-101 na Bahia serão recuperadas

Três rodovias federais na Bahia passarão por obras de recuperação a partir desse início de 2009. No total, o DNIT investirá R$ 31,6 milhões, num total de 434 quilômetros. Os contratos prevêem que as empresas selecionadas por meio de processo licitatório mantenham as boas condições de trafegabilidade até 2011, nas BRs-101 e 116, e no caso da BR-030, até o início do ano que vem. Os serviços que serão executados incluem a recuperação do pavimento, tapa buracos e roçada da faixa de domínio.

A BR-030, por sua vez, contará com serviços no segmento entre a divisa com Minas Gerais e o município de Carinhanha, no início da travessia do Rio São Francisco. A recuperação desses 46 quilômetros da rodovia está avaliada em R$ 1,2 milhões.

Na BR-101, haverá obras no valor de R$ 23,9 milhões, em dois trechos, somando 161 quilômetros: o primeiro está localizado entre os municípios de Ubatã e Buerarema, e o segundo começa no entroncamento com a estadual BA-678 e se estende até a cidade de Lombardia.

Na BR-116, será recuperado um segmento de 227 quilômetros de extensão, localizados entre Manuel Vitorino e a divisa com Minas Gerais. Nesse trecho serão investidos, até janeiro de 2011, R$ 6,5 milhões.

Fonte: Invest NE
Governo quer construir um milhão de casas em 2009

O ministro do Desenvolvimento, Miguel Jorge, disse, nesta quinta-feira (22), que faz parte dos planos do governo a construção de um milhão de casas populares em 2009. A idéia é combater o problema histórico de habitação no país e, ao mesmo tempo, amenizar outros problemas decorrentes da crise econômica.

O programa do governo para habitação é muito importante e será anunciado na semana que vem, informou Miguel Jorge. Segundo o ministro, o assunto foi conversado com o presidente Lula durante a viagem que fizeram recentemente Bolívia e Venezuela.

O presidente manifestou que gostaria de construir um milhão de casas ainda neste ano. Eu acho que, de fato, faremos isso. Até porque esta será uma das grandes alavancas para retomarmos o crescimento e, principalmente, o emprego, disse o ministro.

Ele explicou que o programa de habitação que está para ser anunciado ajudará principalmente pequenas e médias empresas e favorecerá o uso intensivo de mão-de-obra. “Se você estimula a construção e venda de habitações populares, você causa um impacto enorme na geração de emprego em empresas locais porque, geralmente, as compras para as obras são feitas na própria cidade. Seja de materiais como tijolo e manilha, seja para alimentação e transporte dos empregados”, argumentou o ministro, que vê impacto similar com as obras de saneamento básico implementadas pelo governo.

FÓRUM SOCIAL MUNDIAL


UNE - UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES




Salvador sedia 6° Bienal de Cultura da UNE


Desde esta terça-feira (20) e até domingo (25) aproximadamente 7 mil estudantes de vários estados do Brasil e de toda a América Latina participam, em Salvador, da 6ª Bienal de Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da 1ª Trienal da Organização Continental Latino-Americana e Caribenha de Estudantes. Com uma vasta programação de debates e eventos culturais, que acontecem em diversos locais da cidade, o evento comemora a primeira edição da Bienal, realizada há 10 anos. “Acho extremamente importante a presença de todos estes estudantes em Salvador para refletir sobre cultura e educação e fertilizar a cidade com novas idéias”, declarou o governador Jaques Wagner durante a abertura do evento, no TCA.

Para o deputado estadual Javier Alfaya, que presidiu a UNE na gestão 1981/82, a realização do evento em Salvador ratifica o papel desempenhado pela Bahia no movimento estudantil brasileiro. “A realização da Bienal na nossa capital confirma a importância da juventude baiana no desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o setor em âmbito nacional, além de estimular a participação de um número cada vez maior de jovens no movimento estudantil”.

A atual presidente da UNE, Lúcia Stumpf, seguiu na mesma linha e lembrou que Salvador sediou, há exatos 30 anos, o congresso que marcou a reconstrução da UNE, e a realização da 1ª Bienal de Cultura, em 1999, rememorando os anos áureos do Centro Popular de Cultura (CPC), que aglutinou nomes como Arnaldo Jabor, Cacá Diegues e Ferreira Gullar. “A 6ª edição da Bienal entra para a história da UNE por conseguir reunir mais de 7 mil estudantes para debater cultura, fazer arte e canalizar o poder da juventude para transformar o Brasil”, destacou.

Com informações da Agecom e do Portal Vermelho Bahia

SAÚDE


Governo do Estado recria a Bahiafarma

A Assembléia Legislativa da Bahia aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira (20/01), o Projeto de Lei que recria a Fundação Baiana de Pesquisa Científica, Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma). Extinta em 1999, a entidade será responsável pela fabricação e distribuição de remédios mais baratos aos centros públicos de saúde do estado. Para o deputado estadual Javier Alfaya, relator do Projeto, a instituição terá um papel importante e ajudará o governo a atender as necessidades do setor. “Essa Bahiafarma, que está sendo reconstruída agora em forma de fundação, é de suma importância tanto para atender as demandas do nosso povo, que não tem condições de enfrentar a permanente carestia dos medicamentos quando são comprados nas farmácias particulares, como também para contribuir com o desenvolvimento do setor de pesquisa no estado”, afirmou.

23 de jan de 2009

Vereador Latinha busca melhoria para a Avenida Guanambara


O vereador do PCdoB, José Carlos Lélis Costa (Latinha), tomou iniciativa, através de um abaixo assinado com os moradores da Avenida Guanabara (trecho próximo ao Clube de Campo) e da Rua Beijamim Vieira Costa (em frente à Rua Beija Flor e Praça do Clube de Campo), onde juntos reivindicam do Poder Público Municipal e da EMBASA (empresa responsável pelo esgotamento sanitário da cidade), as seguintes providências:

1. Intervenção no sentido de resolver definitivamente o problema do esgotamento sanitário dos locais supracitados, tendo em vista o grave problema de entupimento do sistema de esgoto que provoca problema de saúde pública;
2. Recuperação da pavimentação da Avenida Guanabara no trecho próximo ao Clube de Campo;
3. Melhoria da urbanização da Praça do Clube com bancos, jardinagem e área para as crianças.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Vereador.

VITÓRIA DA CONQUISTA



Guilherme abre canal de diálogo direto com a zona rural

A partir de agora, algumas regiões do interior terão gerentes atuando diretamente nas comunidades

O prefeito Guilherme Menezes acaba de implantar uma novidade na Secretaria de Agricultura que vai facilitar a comunicação entre os moradores da zona rural e o Governo Municipal. A partir de agora, algumas regiões do interior terão gerentes atuando diretamente nas comunidades para fazer o levantamento das demandas dos moradores e acompanhar de perto as ações desenvolvidas pela Prefeitura.

Segundo o coordenador municipal de Agricultura, Noeci Salgado, “com essa nova medida, o prefeito Guilherme Menezes amplia, ainda mais, o diálogo entre o Governo e os moradores da zona rural”, afirmou. A expectativa é que, com a criação dos gerentes de interior, as informações sobre o campo cheguem mais rápido à sede da Prefeitura. “Aí, não será mais preciso que os moradores se desloquem para a cidade para resolver pequenas coisas da Administração, o que demonstra o respeito desta gestão com o homem do interior”, conclui.

CAMPO E CIDADE – A nomeação de gerentes para diferentes localidades do interior do município é uma mudança implementada na nova gestão do Prefeito Guilherme Menezes. Por estarem mais próximos das comunidades rurais, eles vão acompanhar de perto as ações desenvolvidas pela prefeitura, fazer o levantamento de demandas, incentivando a agricultura familiar, entre outras coisas.

Notícia Postada em 22/01/2009 por: Secom - PMVC

CAETITÉ


Águas de Caetité sem contaminação.

A nova análise realizada nas águas superficiais do entorno da empresa Indústrias Nucleares do Brasil (INB), no município de Caetité, no sudoeste da Bahia, não detectou a presença de urânio nem contaminação radioativa em nenhum dos seis pontos coletados.
As coletas foram feitas pelo Instituto de Gestão das Águas e Clima (Ingá), da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, através de convênio com o Senai/Cetind, dentro do programa Monitora, na primeira quinzena de dezembro, e a análise dos resultados foi concluída na primeira quinzena deste mês.

Segundo o coordenador de Monitoramento do Ingá, Eduardo Topázio, foram repetidas as coletas em quatro pontos analisados na campanha de outubro e acrescentados dois novos locais. “Os novos postos de análise foram demandados pela própria população, por serem bastante utilizados pelos moradores”, explicou.

As coletas das águas para análise foram realizadas em 11 de dezembro. A captação aconteceu na torneira pública da praça do povoado de Juazeiro, na Barragem de Águas Claras, na barragem do povoado de Buracão, no poço de captação de água para abastecimento do povoado de São Timóteo, na Lagoa de São Timóteo e no Poço João Criolo.

A primeira coleta e a análise das águas superficiais e subterrâneas em Caetité foram feitas pelo Ingá e pelo Senai/Cetind em outubro de 2008, quando foi detectada a presença de urânio acima dos padrões permitidos pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) e pelo Ministério da Saúde em um dos sete pontos analisados.

Mas na coleta desta nova campanha a equipe de monitoramento do órgão não conseguiu colher amostras de água do mesmo local (poço 67), pois este estava lacrado e não foi liberado pelo proprietário. Em nenhum dos seis pontos foi detectada nem urânio e nem radioatividade.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Governo do Estado

17 de jan de 2009

TRABALHO SOCIAL DA REG

CURSINHO GRÁTIS DA REG QUE FUNCIONA NO PERÍODO DE FÉRIAS NO COLÉGIO ESTADUAL GOVERNADOR LUIZ VIANA FILHO.

Residência do Estudante de Guanambi - Casa própria já!

"Nem um passo atrás que não seja para tomar impulso" (Che)

Charge de Gilberto Maringoni


A MÍDIA E FHC JÁ ELEGERAM SERRA !!!!!!!!!??????




José Dirceu comenta:

É incrível a diferença da cobertura feita pela mídia às obras do PAC quando comparada à divulgação das obras rodoviárias da administração estadual do governador e presidenciável tucano José Serra. Nestas, nenhum questionamento, só destaque e elogio. Já para o PAC...só críticas e ataques. Nesta semana, os jornalões paulistas - Folhão e O Estado de S.Paulo - estão recheados de reportagens que mais parecem release para a mídia (no jargão jornalístico, release é o texto enviado pelas assessorias de imprensa aos veículos de comunicação para divulgar um fato). A Folha de S.Paulo e o Estadão deram amplo espaço às obras do trecho sul do Rodoanel, destacando a promessa de entrega 19 meses antes do prazo graças à "rápida resolução dos processos de desapropriação, o licenciamento ambiental e o tipo de contrato, por regime de preço global". Dos atrasos e preços dessa obra, de responsabilidade do governo Serra, nenhuma palavra. Essa obra do Rodoanel – a maior obra rodoviária em execução no país e que reduzirá quase à metade a circulação de caminhões nas marginais e avenida dos Bandeirantes - também integra o PAC. Porém, os jornais divulgam apenas meia linha informando que o governo federal custeia 1/3 do valor total, de R$ 5 bilhões. E ponto final.

A mal disfarçada campanha pró presidenciável tucano

As obras PAC do governo federal são tratadas pela grande mídia não só com descrédito e desconfiança, mas com acusações de uso eleitoral, questionamento da fonte de recursos, registros de atraso - que, devidamente apurados, verifica-se não estarem ocorrendo - num acompanhamento quase policial. Há um verdadeiro patrulhamento. É só comparar o noticiário, leitores. Hoje mesmo acabo de ler na Folha On Line a opinião do governador José Serra, contrário ao refúgio concedido ao italiano Cesare Battisti. Mesmo sem ter o mínimo de noção sobre o caso, o tucano é contra, lógico, adotando a velha e contumaz postura reacionária. Na seqüência do texto, a Folha digital mostra que o utilizou apenas como "gancho" para voltar ao assunto das estradas de Serra, publicando "relisões", na maior cara de pau: "Serra, nome considerado como um dos possíveis sucessores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, anunciou oficialmente aos prefeitos do Estado (...) investimentos de R$ 3,9 bilhões para a recuperação e pavimentação de vicinais". Por essas e outras, meus amigos, verdadeiras propagandas disfarçadas a um governo (Serra) e ataques a outro (Lula), é que é preciso abrir os olhos porque o que a mídia faz é campanha aberta e descarada (ainda que tente passar como velada) pró Serra-2010. Alguém tem dúvida disso?

Fonte: Blog Desabafo Brasil

SERRA E FHC: OS EXTERMINADORES DO FUTURO


Você conhece o Programa de Geração de Emprego do presidenciável José Serra(PSDB), um FHC piorado? José Serra pretende acelerar as privatizações já no primeiro ano de Governo. Assim, milhares de pais serão colocados no "olho da rua", contribuirão assim, para o agravamento da Miséria no país. Fernando Henrique Cardoso será um dos prováveis nomes para assumir o Ministério do Trabalho(Desemprego) no Governo José Serra.

Leia abaixo o laboratório que São Paulo se transformou nas mãos de José Serra:

Sindicato: Santander demite cerca de 400 funcionários em SP - Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região anunciou nesta sexta-feira que o banco Santander demitiu cerca de 400 funcionários na quinta. Segundo o sindicato, as dispensas aconteceram em centros administrativos do Real e do Santander.
Fonte: Blog Desabafo Brasil

AGRESSÕES DE ISRAEL AO POVO PALESTINO (3)


Gueto de Varsóvia, 1943, as vítimas eram judeus, ciganos, negros, não arianos e os carrascos eram os nazistas. Até hoje os judeus sionistas acham que apenas eles foram vítimas...


Fonte: Site Os Amigos do Presidente Lula

AGRESSÕES DE ISRAEL AO POVO PALESTINO (2)


Gueto de Gaza, 2009, as vítimas são os palestinos e os carrascos são os judeus/sionistas - nazi/sionistas.


Fonte: Site Os Amigos do Presidente Lula

AGRESSÕES DE ISRAEL AO POVO PALESTINO (1)

O último discurso de
O Grande Ditador
Charles Chaplin


Sinto muito, mas não pretendo ser um imperador. Não é esse o meu ofício. Não pretendo governar ou conquistar quem quer que seja. Gostaria de ajudar – se possível – judeus, o gentio... negros... brancos. Todos nós desejamos ajudar uns aos outros. Os seres humanos são assim. Desejamos viver para a felicidade do próximo – não para o seu infortúnio. Por que havemos de odiar e desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover a todas as nossas necessidades.O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. A cobiça envenenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódio... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e os morticínios. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.A aviação e o rádio aproximaram-nos muito mais. A própria natureza dessas coisas é um apelo eloqüente à bondade do homem... um apelo à fraternidade universal... à união de todos nós. Neste mesmo instante a minha voz chega a milhares de pessoas pelo mundo afora... milhões de desesperados, homens, mulheres, criancinhas... vítimas de um sistema que tortura seres humanos e encarcera inocentes. Aos que me podem ouvir eu digo: “Não desespereis! A desgraça que tem caído sobre nós não é mais do que o produto da cobiça em agonia... da amargura de homens que temem o avanço do progresso humano. Os homens que odeiam desaparecerão, os ditadores sucumbem e o poder que do povo arrebataram há de retornar ao povo. E assim, enquanto morrem homens, a liberdade nunca perecerá.Soldados! Não vos entregueis a esses brutais... que vos desprezam... que vos escravizam... que arregimentam as vossas vidas... que ditam os vossos atos, as vossas idéias e os vossos sentimentos! Que vos fazem marchar no mesmo passo, que vos submetem a uma alimentação regrada, que vos tratam como gado humano e que vos utilizam como bucha de canhão! Não sois máquina! Homens é que sois! E com o amor da humanidade em vossas almas! Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar... os que não se fazem amar e os inumanos!Soldados! Não batalheis pela escravidão! Lutai pela liberdade! No décimo sétimo capítulo de São Lucas está escrito que o Reino de Deus está dentro do homem – não de um só homem ou grupo de homens, mas dos homens todos! Está em vós! Vós, o povo, tendes o poder – o poder de criar máquinas. O poder de criar felicidade! Vós, o povo, tendes o poder de tornar esta vida livre e bela... de fazê-la uma aventura maravilhosa. Portanto – em nome da democracia – usemos desse poder, unamo-nos todos nós. Lutemos por um mundo novo... um mundo bom que a todos assegure o ensejo de trabalho, que dê futuro à mocidade e segurança à velhice.É pela promessa de tais coisas que desalmados têm subido ao poder. Mas, só mistificam! Não cumprem o que prometem. Jamais o cumprirão! Os ditadores liberam-se, porém escravizam o povo. Lutemos agora para libertar o mundo, abater as fronteiras nacionais, dar fim à ganância, ao ódio e à prepotência. Lutemos por um mundo de razão, um mundo em que a ciência e o progresso conduzam à ventura de todos nós. Soldados, em nome da democracia, unamo-nos!Hannah, estás me ouvindo? Onde te encontrares, levanta os olhos! Vês, Hannah? O sol vai rompendo as nuvens que se dispersam! Estamos saindo da treva para a luz! Vamos entrando num mundo novo – um mundo melhor, em que os homens estarão acima da cobiça, do ódio e da brutalidade. Ergue os olhos, Hannah! A alma do homem ganhou asas e afinal começa a voar. Voa para o arco-íris, para a luz da esperança. Ergue os olhos, Hannah! Ergue os olhos!

Do jornalista Laerte Braga, Para o blog Os Amigos do Presidente Lula

SAÚDE

NOTÍCIA DO BLOG BAHIA DE FATO

Bahia lança programa de saúde inédito na América Latina

O Governador Wagner (PT) lançou um programa inédito no Brasil e na América Latina. Trata-se do Programa de Internação Domicilar do Estado da Bahia. O programa beneficia pacientes de mais de 60 anos, portadores de doenças crônico-degenerativas, que necessitam de cuidados especiais e também portadores de incapacidade funcional. O paciente recebe atendimento em casa de parte de uma equipe médica interdisciplinar.
O programa foi lançado em Feira de Santana e funciona no Hospital vinculado ao Hospital Geral Clériston Andrade. Inicialmente vai atender seis municípios baianos. A equipe interdisciplinar é formada por médico, nutricionista, fisioterapeuta, assistente social, enfermeiro e técnico em enfermagem. São 23 equipes totalizando 171 profissionais.
O Programa de Internação Domicilar, além de mudar a qualidade de vida das pessoas doentes pela proximidade da família, vai desocupar leitos hospitalares, reduzindo taxas de re-internação, minimizando riscos de infecção hospitalar.É uma ação governamental pioneira. A meta é atingir 600 pacientes/mês. Os municípios beneficiados são Feira de Santana, Salvador, Lauro de Freitas, Jequié, Vitória da Conquista e Ilhéus. A curto prazo será ampliado para Juazeiro, Barreiras e Santo Antônio de Jesus.

A SESAB E OS PROGRAMAS DE MELHORIA DA QUALIDADE DA SAÚDE NA BAHIA

SITE BAHIA JÁ - MIUDINHAS GLOBAIS:
O secretário da Saúde, Jorge Solla, anunciou uma novidade na entrevista que deu hoje na Rádio Nova Salvador FM: o SUS vai implantar em Salvador o "Motolância" - um sistema tipo ambulância com o uso de motocicletas. É claro que para fazer determinados tipos de atendimentos.
Outra de Solla: o sistema de internação familiar quando estiver completamente implantado, com 23 equipes, em SSA, Feira, Ilhéus e Vitória da Conquista terá uma capacidade de beneficiar 690 pacientes. Ou seja, é muito mais do que a capacidade de um grande hospital. Bela medida. Se funcionar a contento trata-se de um novo modelo de gestão na saúde.

OPINIÃO DA APLB

Rui Oliveira

Sindicalista considera uma vitória

Para Rui Oliveira, da APLB/Sindicato, entidade representativa dos professores, o momento marca a vitória de uma luta que durava mais de 20 anos, com objetivo de garantir um processo democrático na gestão escolar.

"Hoje, estamos vivendo um momento histórico, acabando com a indicação política, e é fundamental que isso seja daqui para frente melhorado para que possa refletir na melhoria da Educação pública do nosso estado".

Ainda na sua avaliação, "é importante que o diretor eleito tenha participação e compromisso com a comunidade, pois esta iniciativa é também uma tentativa de diminuir a evasão e de valorização dos profissionais da educação".

POSSE DOS NOVOS DIRETORES DA REDE ESTADUAL


Governador empossa novos diretores escolares


Sexta-feira (16), às 9h, no Instituto Anísio Teixeira, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) dá mais um importante passo em busca da qualidade da Educação, a posse dos 2.154 novos diretores e vice-diretores eleitos pelas comunidades escolares, no Processo Seletivo Interno para Dirigentes Escolares da Rede Pública Estadual de Ensino. Um marco histórico, por ser a primeira vez na história da SEC que os dirigentes escolares são eleitos.

A cerimônia de posse contou com a presença do governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner, e do secretário da Educação, Adeum Sauer, que diplomarão os eleitos nas unidades escolares das Diretorias Regionais de Educação (Direc) 1A e 1B (Salvador e Região Metropolitana). As demais 31 Direc também darão posse aos dirigentes de suas unidades escolares, simultaneamente, através do sistema de videoconferência.

Em Guanambi, simultaneamente ao sistema de vídeo conferência, no Colégio Modelo, a Diretora da DIREC-30, Helena Amaral, deu posse aos novos diretores nomeando a Professora Cida Cabral do Colégio Luiz Viana Filho de Guanambi, bem como empossou os demais dirigentes das diversas escolas da juridição da DIREC-030. Também o vereador José Carlos Lélis Costa (Latinha) participou do ato de posse.

As eleições diretas para escolha dos dirigentes ocorreram em 1.001 unidades de ensino da rede, estimulando a participação da comunidade em assegurar e controlar os processos internos da unidade escolar, visando à melhoria do desempenho dos estudantes baianos.

Com a medida, a SEC visa a garantir um padrão mínimo de desenvolvimento educacional e valorização da escola, com o comprometimento de todos os atores que fazem a educação na Bahia. Ao todo foram mais de cinco mil profissionais envolvidos no processo que teve uma participação de mais de 600 mil votantes.

Fonte: ASCOM - SEC/ DIREC-30

OPINÃO DO PCdoB

Renato Rabelo: A grande encruzilhada do governo Lula

Manter um nível de desenvolvimento e emprego positivo, barrando a recessão, ou ser vencido pela retração econômica e expansão do desemprego.

A partir de 2007 o Brasil retoma o patamar de desenvolvimento do PIB anual acima dos 5% e a tendência apontava para uma aceleração do seu crescimento a níveis mais altos ainda, durante um período mais longo, mantendo assim em 2008 esse ritmo. Entretanto, este ascenso desenvolvimentista está enfrentando pesado obstáculo desde setembro do ano passado com a expansão da crise econômica e financeira mundial.

O governo Lula, desde o seu início, foi levado a estabelecer uma forma de pacto político, decorrente da correlação das forças políticas de então, com duplo compromisso contraditório: responder ao apoio da base democrática e popular que o apoiou desde 1989 e, ao mesmo tempo, estabelecer um acordo que cedia aos interesses da oligarquia financeira beneficiária da política neoliberal implantada desde início de 1990.

Esse pacto manifesto na “Carta aos Brasileiros” é que deu ao novo governo uma característica de dualidade, como já afirmávamos desde sua posse em 2003. A expressão desse tipo de pacto na formação do governo ficou demonstrada no papel de Antonio Palocci, titular do Ministério da Fazenda, na escolha de um presidente para o Banco Central da confiança dos grandes círculos financeiros internos e externos, como avaliadores do acordo. O restante do governo foi completado com muitas figuras de origem democrática e progressista, vinculados ao campo popular.

Foi esse tipo de coalizão política e social que permitiu – em condições de crescimento da economia mundial – que o primeiro governo Lula estabilizasse a crítica situação por que passava o país e começasse a distribuir renda primária aos mais deserdados. Simultaneamente, o governo buscou a afirmação de uma nova política externa “Sul-Sul”, de integração do subcontinente e diversificação comercial, dando ao Brasil importante protagonismo no cenário externo.

O segundo governo Lula colocou o centro de gravidade de suas ações na aceleração do desenvolvimento e no reforço dos programas sociais. A dualidade que se refletia na luta entre continuidade e mudança, neoliberais e anti-neoliberais, desenvolvimentistas e ortodoxos, os partidários de políticas públicas universais ou focalizadas, estatistas e mercadistas, esteve sempre presente e se elevou numa maior contenda com a saída acidental de Palocci da Fazenda, substituído por Guido Mantega, personalidade de feição progressista. Foi se configurando na política econômica um caráter “hibrido” (desenvolvimentismo X ortodoxia liberal). Apesar desses limites e contradições o Brasil começou uma fase ascendente de desenvolvimento desde ano de 2007.

Novo desafio, nova oportunidade

Porém, o início da fase aguda da crise sistêmica do capitalismo iniciada em setembro deste ano, atingindo toda economia mundial, impõe uma nova situação. O Brasil, com suas reservas e aplicação de elevados investimentos em curso, não foi atingido de imediato, mas começa a ser impactado com a recessão que se alastra mundo afora, tornando-se incerto o desdobramento dessa situação de crise, sobretudo nos próximos seis primeiros meses de 2009.

Em virtude da dimensão da crise em marcha – que põe em xeque a exacerbada globalização financeira liberalizante e ao próprio hegemonismo unipolar dos EUA – os povos e países da chamada periferia do sistema são jogados diante de ingentes desafios: encontrar novas respostas políticas e econômicas que não se limitem a remediar o impasse da nova grande crise do capitalismo, mas, distinguir novas oportunidades e caminhos para transformar o Brasil em uma nação soberana, democrática, próspera e socialmente avançada. Muitos exemplos da história demonstram que esses momentos de grandes crises do sistema, que ocorrem no seio dos países capitalistas centrais, criam oportunidades aos países dependentes e subdesenvolvidos para buscar seus caminhos próprios de desenvolvimento nacional.
Reconstruir o pacto político

Em face da crise o desafio é mais político que econômico. É chegada a hora de reconstruir o pacto político. Esta é a saída para o enfrentamento da crise. Dar maior força a base popular e democrática, aos trabalhadores e as camadas médias, em aliança com os empresários da produção e do comércio. Construir assim um grande pacto pela defesa e impulso do desenvolvimento, da economia nacional e do mercado interno, da renda do trabalho e do emprego. Em conseqüência da ação crescente da crise capitalista estamos diante de um risco maior: a recessão. Por isso, toda iniciativa e mobilização deve se voltar para viabilizar os meios que visem à expansão, e não retração da economia.

Em suma, deve ser superada a política da desregulamentação financeira, de juros altos e do câmbio livre da fase da economia “cassino”, submetida a fortes injunções da hegemonia dos grandes agentes financeiros. Hoje, manter juro real básico no patamar de 8% é o mesmo que continuar acelerando o carro para o abismo da depressão econômica. E deixar o câmbio livre de qualquer controle é voltar a cavar a vulnerabilidade externa do país. Em resposta a essa situação, impõe-se o nivelamento do juro real básico ao patamar internacional nesse tempo de crise, o controle do câmbio e de certa forma do fluxo de entrada e saída de capitais.

A encruzilhada diante do governo

O novo contexto gerado pela grande crise, tendo em conta a eleição geral de 2010, onde estará em disputa à presidência da República, leva o governo Lula a estar diante de uma encruzilhada: manter um nível de desenvolvimento e emprego positivo, barrando a recessão, ou ser vencido pela retração econômica e expansão do desemprego. Prevalecendo a primeira vertente o prestígio popular do governo e do presidente se elevará ainda mais, podendo irromper forte clamor nacional pela continuidade de Lula.

Se o governo conduz bem o país diante de grave crise global estimula a consciência de que a mudança do presidente em momento delicado como esse, na direção desse complexo empreendimento, pode ser muito arriscado. No período da grande depressão na década de 1930 nos EUA, o presidente Franklin Delano Roosevelt, com o projeto do New Deal que reergueu a nação norte-americana, superando a grande crise do capitalismo, foi reeleito quatro vezes, talvez não chegando à quinta porque faleceu.

Mas, se prevalece a segunda vertente, o presidente Lula pode perder o prestígio e a confiança hoje depositada na sua condução à frente da Nação e possibilitar o aparecimento de salvadores, reforçando o discurso revanchista da oposição, dificultando a vitória do candidato que seja escolhido como seu sucessor.

Esta é objetivamente a encruzilhada política que vive o governo, sendo a reconstrução do pacto político, de uma forma ou de outra, a via necessária para seguir a vertente que leva ao êxito da crise.

16 de jan de 2009

URANDI


Prefeito de Urandi nomeia seu Secretariado

16/01/2009 - Por: Gilson Medina - Iguanambi

Ao completar quinze dias de mandato, o Prefeito de Urandi José Cardoso (PCdoB), faz uma avaliação positiva do mandato e destaca as dificuldades encontradas ao receber o comando do município no último dia 1º. Em entrevista ao Programa Tribuna do Povo na Rádio Cultura de Guanambi, o Prefeito ressaltou “a situação era pior do que imaginava, veículos sem pneus, sem motores, órgãos públicos abandonados, um caos”.

Para ter uma condição mínima de trabalho inicial, o prefeito promoveu um esforço concentrado na limpeza pública da cidade, recuperou os veículos e a contratação de 16médicos clínicos e especialistas para atendimento no Hospital Municipal. “acredito que nos próximos 30 dias, teremos a máquina organizada” frisa José Cardoso.

O prefeito anunciou ainda a elaboração do Plano de Carreira do Magistério e do servidor público para promover a valorização da classe. Ele cita sua origem de dirigente sindical e como professor para entender as dificuldades destes trabalhadores.

O prefeito nomeou para seu Secretariado, os seguintes auxiliares:

CHEFE DE GABINETE: Antonio Leão Gomes
SAÚDE E PROMOÇÃO SOCIAL: José Nilson Soares Sá
ADMINISTRAÇÃO: Adriana Pereira de Souza
AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE: Anderson Luiz Camargo Góes
ASSISTENCIA SOCIAL: Belmário Souza Sá
EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LAZER: Edson Santos
CONTROLE INTERNO: Pablo Júnior Fernandes Baleeiro
TRANSPORTE E OBRAS PÚBLICAS: Getúlio Ezequiel Gonçalves
FINANÇAS: Lucas José Nogueira Gomes

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA


PCdoB apoia Marcelo Nilo para presidência da Assembléia Legislativa da Bahia


Em reunião na tarde desta quarta-feira (14/1), a bancada do PCdoB na Assembléia Legislativa (Alba) decidiu, em total concordância, declarar apoio à reeleição de Marcelo Nilo (PSDB) para a presidência da Casa. A posição também foi discutida na direção estadual do partido. “Na nossa avaliação, é a melhor alternativa para a Assembléia por se tratar da candidatura que reúne a maior base de apoio ao governo e que reafirma o projeto progressista, democrático e transparente das forças que levaram à vitória de Wagner”, declarou o deputado estadual Álvaro Gomes.



Indicado pelo próprio Wagner, com a concordância do PT, Nilo tenta ainda o apoio dos deputados independentes. No outro extremo, polarizando a disputa ao cargo máximo da Assembléia Legislativa, Elmar Nascimento (PR) é o nome oficial do DEM e do PTN. “Essa disputa representa o antagonismo entre as forças progressistas e as forças conservadoras dentro da Assembléia”, definiu Gomes.

O deputado do PR enfrenta oposição dentro do seu próprio partido, entretanto, é possível que seja apoiado por parte da bancada do PMDB, contrária à reeleição do tucano. “A nossa conclusão é de que essa inclinação de apoio de parte do PMDB à eleição de Elmar Nascimento é uma movimentação estranha, porque se o partido quisesse disputar pra valer a presidência da Assembléia, preservando o projeto político de mudança que elegeu Wagner, e do qual é parte integrante e importante, deveria apresentar um nome da própria legenda”, opina Javier Alfaya.

Anúncio oficial


Em conversa com o governador Jaques Wagner no final da tarde, Álvaro Gomes, Javier Alfaya e Edson Pimenta anunciaram a posição do PCdoB. “O partido vai trabalhar intensamente para que seja uma grande vitória e que possamos consolidar o processo democrático na Assembléia Legislativa, o qual vem avançando de forma considerável”, afirmou Gomes. “Entendemos que a base de sustentação do governo deve estar unida e é importante dar continuidade à boa interlocução do Legislativo com o Executivo para coroar, com êxito, a caminhada em torno do projeto político de reeleição de Wagner em 2010”, reforçou Edson Pimenta.

Da Governadoria, os três deputados seguiram para a Assembléia, onde a oficialização do apoio foi feita ao próprio Marcelo Nilo. “O PCdoB é um dos partidos responsáveis pelo processo de redemocratização do país. Um partido ideológico, que sempre teve bons quadros na Assembléia Legislativa, de pessoas que honraram essa Casa, assim como os três nomes que, hoje, ocupam as cadeiras da bancada comunista. É um honra, portanto, tê-los ao meu lado, afinal, são 18 anos como companheiros na Alba, e sempre enquanto aliados”, declarou o deputado tucano, que não poupou elogios à atuação dos três comunistas: “Álvaro Gomes tem auxiliado muito o governo enquanto vice-líder, além de ser um dos mais assíduos deputados, eleito pela 3ª vez Destaque Parlamentar. Javier é um homem preparado, com atuação marcante na área da educação e agora também à frente da Comissão de Saúde e Saneamento. Já Pimenta desempenha importante trabalho de base no interior do estado”, ressaltou.

De Salvador,
Camila Jasmin

14 de jan de 2009

DEMOCRACIA EM URANDI


Sindicato discute novo plano de carreira do Professores de Urandi

12/01/2009 - Por: Gilson Medina / iGuanambi

O Sindicato dos Servidores Públicos de Urandi, realizou no último sábado dia 10, Assembléia geral com os Professores da rede municipal de ensino. O encontro foi realizado no plenário da Câmara de Vereadores e contou com a presença do diretores das escolas, o Prefeito José Cardoso e o Secretário Municipal de Educação Edson Santos. Na pauta, o estatuto e o plano de carreira do magistério.

A Vereadora Idalina Gonçalves que foi reeleita como Presidente do Sindicato destacou que os servidores tem uma boa expectativa com relação a nova gestão municipal, lembrando que o Sindicato ira continuar atuando com independência Idalina afirmou que “ na gestão passada, foi aprovado um plano de carreira que não atende os interesses da classe e desrespeitando a própria constituição Federal, ampliando a jornada de trabalho e não reajustando o salário”.

A presidente declara que “ Urandi vive um momento impar ma sua democracia, pois temos um gestor de origem sindical, um professor que já demonstrou sua disposição de dialogar com a classe”. O Secretário Municipal de Educação Edson Santos agradeceu o apoio dos professores e enfatizou que a gestão da sua pasta será marcada pelo dialogo permanente, transparência e respeito ao papel do sindicato. O Prefeito José Cardoso declarou que “ Temos uma boa equipe e vamos trabalhar, vamos investir na melhoria da educação do nosso município”.

Na assembléia, foi formada uma comissão representando o sindicato, poder executivo e legislativo para elaborar a proposta de reformulação do estatuto do magistério e do plano de carreira.

Fonte: Farol da Cidade

ELEIÇÕES DIRETAS NA REDE ESTADUAL DE ENSINO


SEC dá posse a mais de 2 mil diretores e vice-diretores dia 16/01/2009

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) cumpriu um de seus maiores compromissos de gestão e realizou eleições diretas para dirigentes escolares em 1.001 unidades de ensino da rede. Os 2.121 novos diretores e vice-diretores eleitos no processo seletivo interno tomam posse no dia 16 de janeiro, às 9h. As cerimônias de posse ocorrerão no Instituto Anísio Teixeira e em todas as Diretorias Regionais de Educação (Direc), de forma simultânea e pelo sistema de videoconferência com a presença do Governador Jaques Wagner.

Nas demais escolas onde não houve eleições ou o processo não foi validado (90 ao todo), a indicação caberá ao Secretário da Educação, Adeum Sauer, mas segundo critérios compatíveis com os exigidos para a escolha dos dirigentes eleitos. De um modo geral, as eleições ocorreram com tranqüilidade nas escolas participantes do processo. Concorreram para isso o desempenho, o compromisso e a responsabilidade demonstrados pelas comissões seletivas escolares, bem como a atuação de técnicos da Superintendência de Acompanhamento e Avaliação (Supav) e de outras superintendências da SEC.

Diretrizes - O processo seletivo teve duas diretrizes básicas: a qualificação da gestão educacional e o estímulo à participação da comunidade escolar. Por meio da qualificação da gestão, buscou-se aprimorar as funções exercidas pelos diretores e vice-diretores eleitos ¿ cerca de 13,6 mil profissionais do magistério se inscreveram no Curso de Gestão Escolar ministrado pela Universidade do Estado da Bahia. Desses, 8.368 se submeteram a todas as avaliações, sendo que 5.668 lograram êxito, classificando-se com média final igual ou superior a 7,0, exigida para habilitação à candidatura.

O sentimento de mudança veio de todas as Direc. A Diretora da Direc 30, Professora Helena Amaral, destacou a importância do processo democrático e enfatizou que: "O governo abriu mão da indicação política para os cargos de confiança em todo o Estado e realizou um processo amplo e democrático, onde a comunidade escolar e os pais elegeram os gestores das escolas estaduais. Isso é um avanço muito grande", ressaltou Helena Amaral.

Em Guanambi, a posse será realizada no dia 16 (SEXTA-FEIRA), às 9 horas, no Colégio Modelo de Guanambi, através de videoconferência. Participe!
Fonte: DIREC-30 e SEC.

13 de jan de 2009

PRONTO ATENDIMENTO (PA) 24 HORAS PARA GUANAMBI

Em visita à Guanambi, o Dr. Alfredo Boa Sorte Júnior (SESAB), anunciou a liberação de R$ 1.050.000,00 para o município com o objetivo da construção e funcionamento de um Pronto Atendimento (PA) 24 horas que é uma experiência importante em termos de atendimento pré hospitalar no estado. A demanda foi articulada pelo Dr. Alfredo Boa Sorte e pelo Secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla. Este é mais um investimento do governador Jaques Wagner na melhoria da saúde da cidade e região, tendo em vista que o PA diminuirá em muita a demanda de atendimento do Hospital Regional.

INFORME BAHIA JÁ

MARCELO NILO TEM APOIO DE DEPUTADOS DE 3 PARTIDOS E ALMOÇA COM NILO COELHO

Miudinhas globais:

1. Na próxima quarta-feira, 10, deputados do PSC, PDT e PSB vão almoçar com o presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Nilo, PSDB, no Restaurante da ALBA, para formalizarem, de público e à imprensa, suas adesões à reeleição de Marcelo por mais dois anos, na presidência do Poder Legislativo. Esta pelo menos foi a informação que circulou nos bastidores da Casa nesta tarde de quinta-feira.

2. E, por falar em almoço, o ex-governador Nilo Coelho, atualmente, prefeito de Guanambi, foi visto no Restaurante Fogo de Chão dividindo a mesa com o presidente da Assembléia, Marcelo Nilo, também nesta quinta-feira de Santa Bárbara e Iansã. Coincidência ou não, as relações de Nilo, o ex-governador, com o atual residente no Palácio de Ondina são excelentes.

Fonte: Site Bahia Já

8 de jan de 2009

VITÓRIA DA CONQUISTA - VESTIBULAR UESB

Simtrans cria escala especial para
ônibus durante vestibular da UESB


A Secretaria de Trânsito, Transporte e Infra-estrutura Urbana/SIMTRANS criou uma escala especial de funcionamento do Sistema de Transporte Coletivo Urbano de 11 a 13 de janeiro, período de realização do vestibular da Universidade estadual do Sudoeste da Bahia/UESB.

Todos os bairros atendidos pelo transporte coletivo serão contemplados com a operação especial. Em 90% deles, haverá acréscimo de ônibus e viagens regulares, reduzindo os intervalos, para melhor atender aos candidatos.

As linhas que passam pelos bairros Vila Serrana, Urbis VI e Patagônia, além da Uesb e Rodoviária, contarão com ônibus extras. No domingo, 60% das linhas terão 30 veículos a mais, totalizando 102 veículos. Já na segunda e terça-feira, 15% das linhas sofrerão acréscimo de 15 ônibus, passando a atender os usuários com 114 veículos por dia.

A fiscalização do serviço também será reforçada. Os candidatos podem obter mais informações sobre horários e itinerários dos ônibus com a equipe do Terminal, diretamente nas guaritas ou por meio do telefone 3424-2862.
Secom
Prefeitura de Vitória da Conquista

7 de jan de 2009

GENOCÍDIO EM GAZA

Gaza e a hipocrisia dos líderes mundiais

''É uma vergonha a comunidade internacional ficar em silêncio sobre esses assassinatos em massa''. A frase do médico palestino Ahmed Khalaf, diretor do hospital Al-Shifa, o maior da Faixa de Gaza, reflete a perplexidade com que os povos assistem, desde o dia 27 de dezembro, ao violento e massacrante uso da força militar de Israel contra a população palestina, sob o pretexto de liquidar capacidade de resistência do Hamas, o grupo que dirige o governo local desde a eleição de 2006.

O pretexto atual da agressão militar de Israel é o rompimento da trégua que durou seis meses e, não tendo sido renovada, terminou em dezembro. Israel acusa o Hamas de lançar foguetes contra seu território, mas esquece suas próprias, e muito mais graves, violações daquele acordo: manteve o bloqueio da Faixa de Gaza, embora o acordo previsse a abertura das passagens entre os territórios palestino e israelense, impediu a entrega da ajuda humanitária internacional para a população e manteve sua política de assassinato de lideranças palestinas, matando seis líderes do Hamas em novembro.

Os povos assistem perplexos também à hipocrisia das lideranças da ''comunidade internacional'', que dizem discordar da agressão militar mas não agem para transformar suas palavras em ações efetivas pela paz, pelo respeito aos direitos do povo palestino e pela contenção da insânia bélica do governo de Tel Aviv.

George Bush, o ''pato manco'' que, até 20 de janeiro, vai ocupar o governo dos EUA, já manifestou sua previsível opinião pró-Israel. Ele reconhece, na agressão militar israelense, a mesma insânia com que os EUA, nos últimos oito anos, agrediram os povos dizendo ''combater'' o terrorismo. Coerente com o extremismo de seu atual dirigente, a diplomacia de Washington vetou, no dia 3, uma moderada declaração do Conselho de Segurança da ONU que, longe de condenar Israel, pedia apenas um cessar fogo e manifestava preocupação ante a violência. O presidente francês, Nicolas Sarkozy, que tenta ocupar o vácuo político das lideranças mundiais, saiu-se com uma no cravo, outra na ferradura: rejeitou a violência de Israel, mas acusou o Hamas de agir de forma ''irresponsável e imperdoável''.

Enquanto isso, as bombas e os tanques de Israel matam palestinos em Gaza. A crise humanitária, que a propaganda israelense esconde, é grave e profunda. Há falta de remédios, comida, água, gás, energia elétrica, comunicações. O atendimento médico aos feridos é precário, e muitos não conseguem chegar aos hospitais e centros de atendimento por que os tiroteios não permitem. Uma criança que saiu para o quintal de casa para um prosaico banho de sol foi morta por tiros israelenses. As crianças são de novo as grandes vítimas: são mais de 100 entre os mais de 540 mortos palestinos; há ainda 2.000 feridos, e pode-se adivinhar que muitos são meninos e meninas.

O genocídio praticado por Israel tem a mesma natureza e extensão das agressões dos nazistas de Adolf Hitler contra os povos dos países ocupados. O pretexto de desarmar o Hamas é um biombo frágil para esconder os interesses políticos, militares e econômicos da máquina de guerra de Israel e dos negócios que giram em torno da ''segurança''. E não consegue disfarçar a intenção de criar para o novo presidente dos EUA, Barack Obama, que assume o cargo dia 20 um fato consumado que dê uma sobrevida à política que Israel mantêm na região e que Bush apoiou com ênfase. Obama será forçado, na calamitosa situação atual, negociar um cessar fogo e o atendimento humanitário às vítimas de Israel, deixando para depois a negociação da paz e da construção do Estado Palestino.

Ao colocar no mesmo plano os ataques do Hamas e de Israel, a hipocrisia dos líderes mundiais parece ''esquecer'' os verdadeiros objetivos da agressão israelense. E cobre-se, ao fazê-lo, com a vergonha denunciada pelo médico Ahmed Khalaf.
Fonte: Portal Vermelho - Editorial

4 de jan de 2009

DISCURSO DE POSSE DO VEREADOR LATINHA


DESAFIOS DO MANDATO NO ATUAL MOMENTO POLÍTICO DO BRASIL, DA BAHIA E DE GUANAMBI

Retorno ao Legislativo de Guanambi com a responsabilidade de colocar os interesses coletivos acima dos interesses pessoais. O gabinete do mandato do vereador do PCdoB estará aberto para receber os cidadãos interessados em resolver as questões e as reivindicações gerais e não os problemas individuais e assistencialistas.

Esse será o caráter do mandato:

□ A serviço da política geral do Partido;
□ Em defesa do desenvolvimento sócio-econômico, político e cultural da cidade, da Bahia e do Brasil;
□ Vinculado ao movimento popular e democrático;
□ Mandato propositivo (Agenda Positiva);
□ Oposição construtiva e conseqüente ao governo municipal.

Os eixos de atuação:

□ Desenvolvimento Sustentável da cidade;
□ Emprego e Renda;
□ Educação, Saúde, Meio Ambiente, Cultura e Esporte;
□ Apoio à organização popular e coletividade (APLB, UMG, UJS, UNEGRO, PRISMA, FJDG, SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES, COOTAEG, etc.);
□ Projetos (Governo Federal e Estadual).


A nossa missão no legislativo é contribuir para que Guanambi retorne ao processo de desenvolvimento e crescimento socioeconômico apostando num projeto estratégico onde os interesses da comunidade sejam colocados acima dos interesses dos grupos políticos. A articulação institucional, as idéias republicanas e o poder de negociar e debater as divergências e convergências é fundamental para o sucesso das ações que devemos desenvolver.

A ampliação das conquistas e os avanços do Governo Lula e Wagner são a nossa principal meta e a defesa de um BRASIL SOCIALISTA será firme e sem vacilação. Não ao projeto de retorno ao neoliberalismo.

No momento político atual fazemos parte do Governo Federal e Estadual e temos a responsabilidade de contribuir com o desenvolvimento sustentável da cidade. Localmente, estamos na oposição, mas temos a tarefa de deixar de lado as questões menores e contribuir efetivamente para construir uma Guanambi de Todos Nós. Por isso, manteremos a coerência de sermos oposição construtiva e crítica, agindo de forma independente e conseqüente, destacando os aspectos positivos da administração municipal e estabelecendo a crítica construtiva sobre as questões sociais e o desenvolvimento nas áreas rurais e distritais.

A tarefa de estabelecer um pacto em defesa do desenvolvimento de Guanambi e região é fundamental para a nossa caminhada. Vamos colocar o pé na estrada e trilhar os caminhos de Salvador e Brasília em busca de garantir obras e benefícios para a região da Serra Geral e a cidade. Antes de assumir o mandato algumas ações estão sendo articuladas e já tivemos sucesso, pois contamos com o importante apoio de lideranças estaduais e federais, tais como: Deputado Federal Daniel Almeida; Deputado Estadual Javier Alfaya; Anselmo Amaral Baleeiro (CAR); Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos; Dr. Alfredo Boa Sorte Júnior (SESAB); Dr. Adson França (Ministério da Saúde); entre outros.

É importante destacar as conquistas recentes, tais como: construção de 41 (quarenta e uma) caixas de água nas comunidades da Tabua Grande e Passagem dos Brindes; poço artesiano na comunidade de Curral de Varas; construção de uma piscina semi-olímpica e licitação de uma quadra coberta na UNEB; e recursos no valor de R$ 161.700,00 com contrapartida do município (R$ 7.679,61) para a construção e equipamento de 01(um) galpão de triagem tamanho pequeno (300 m2) para a coleta seletiva com inclusão de catadores com os seguintes equipamentos: balança mecânica, carrinho plataforma e prensa de 20 toneladas. Nesta última ação contamos com o empenho decidido do Deputado Daniel Almeida na liberação dos recursos junto ao Ministério das Cidades e do Prefeito Municipal Charles Fernandes que liberou o terreno para a construção e colocou a equipe técnica da Secretaria de Infra-estrutura à disposição para a elaboração do plano de trabalho e dos projetos de engenharia, o que demonstra que a parceria é fundamental para o sucesso das ações e projetos.

Projetos que estão em andamento e em fase de negociação com o Poder Público Municipal, Estadual e Federal: construção da sede da Fundação Joaquim Dias Guimarães na casa do túmulo; projeto de restauração do Casarão dos Barros no valor de R$ 511.041,88 (IPAC); e projeto Parque Ecológico do Poço do Magro no valor de R$ 1.041.000,00.

A nossa intervenção política e de trabalho exige uma nova visão parlamentar. Os desafios são enormes, amplos e variados. As demandas são grandes e as novas tarefas exigem agilidade, espírito prático, jogo de cintura, negociação e capacidade de transformar sonhos em ações concretas. O mandato e o gabinete devem estar preparados para debater e interferir nos projetos que promovam o desenvolvimento econômico e social e uma maior distribuição de renda na cidade, contribuindo efetivamente para a construção de uma cidade mais justa e humana.

Por isso, queremos destacar as ações que nortearão a nossa atuação no período do mandato, na qual vamos colocar o pé na estrada e nos caminhos de Brasília e Salvador para transformar sonhos, pensamentos e projetos em ações efetivas:

- Intensificação e ampliação da luta pela criação da Universidade Federal da Serra Geral;
- Compra da sede própria da REG (Residência dos Estudantes de Guanambi);
- Recuperação e sinalização da BR-030 e pavimentação das estradas Palmas de Monte Alto/Sebastião Laranjeiras/Urandi e Guanambi/Matina;
- Projetos sociais voltados para a criação de emprego e renda;
- Novas vertentes de desenvolvimento sustentável da Serra Geral e Guanambi e ações dos governos Federal e Estadual (Vale do Iuiú, Biodiesel, Luz para Todos, Água para Todos, Adutora do Algodão, etc.);
- Revitalização da Lagoa de Mutans e defesa da Serra de Mutans;
- Projeto de desenvolvimento sustentável de Ceraíma;
- Educação de qualidade e humanização da saúde;
- Fortalecimento do movimento cultural (FJDG, Festival de Reisado de Morrinhos, etc.);
- Fortalecimento da luta em defesa do meio ambiente (PRISMA, COOTAEG, etc.);
- Apoio às lutas dos trabalhadores e do movimento social organizado (FJDG, PRISMA, APLB, Sindicato dos Agentes de Saúde e Endemias, SISPUMUR, STR, Sindicato dos Comerciários, Associações, UJS, UNEGRO, UMV, Associação Cultural, entre outros).

Finalizando, queremos agradecer e oferecer a vitória da nossa campanha aos companheiros (as) do PCdoB, aos estudantes da REG, aos amigos e familiares, especialmente aos meus irmãos, meus pais Antônio Primo (em memória) e Carmita e meus filhos Janaína e Pablo.

Ao camarada e amigo Paulo Costa, companheiro de muitas jornadas e lutas, a minha admiração e respeito pela sua coragem, humildade e persistência – 39% de votos no processo eleitoral de 2008 fazem parte da nossa luta por uma Guanambi de Todos Nós.

Vamos juntos construir uma Guanambi mais justa e mais humana.

Guanambi, 01 de janeiro de 2009.

José Carlos Lélis Costa
Vereador - PCdoB