Bombeiros Civis e Prevencionistas anunciam abertura de Sindicato da Categoria

Realizou-se ontem, no auditório do CETEP em Guanambi a primeira Assembleia para tomada de decisões e definição da Equipe de Gestão do SINDBOMPREV - Sindicato dos Bombeiros Civis e Prevencionistas do Sudoeste da Bahia.

Ministro diz que orçamento para obras da Fiol está garantido

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella disse que as obras de construção da Ferrovia de Integração Oeste Leste(Fiol) são prioridade para o Governo Federal e que os recursos estão garantidos no Orçamento da União.

CONSTRUÇÃO DE BARRAGEM DE REJEITOS AMEAÇA NASCENTE E RESERVATÓRIO DE CERAÍMA

A retomada do Projeto Pedra de Ferro pela Bahia Mineração está trazendo uma grande preocupação para a comunidade regional: a construção de uma barragem de rejeitos na nascente do rio que leva o mesmo nome do projeto

Produção de energia solar no Brasil crescerá 10 vezes em 2017

“Eu creio que o mundo inteiro busca desenvolvimento como sustentabilidade, portanto a questão energética é central neste desafio. A fonte fundamental para promover a energia solar nós temos em abundância em nosso país, agora precisamos aproveitar o potencial existente para atrair uma energia que além de sustentável representa o futuro”, afirmou Jaques Wagner

REUNIÃO DO CONSELHO DA CIDADE DE GUANAMBI

Ontem (4), aconteceu a reunião ordinária do Conselho da Cidade de Guanambi, que é formado por representantes governamentais e da sociedade civil. O órgão colegiado de caráter deliberativo e consultivo foi criado para atuar na formulação, elaboração e acompanhamento da Política Urbana e do Plano Diretor do Município de Guanambi.

31 de jul de 2011

Eleição da Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Mata Verde em Palmas de Monte Alto


Hoje (31), às 10 horas, aconteceu a reunião ordinária da Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Mata Verde - Palmas de Monte Alto com o objetivo de discutir e deliberar sobre o processo de eleição da diretoria da entidade. O Vereador de Guanambi,  José Carlos Latinha, participou do evento visando colaborar com o avanço do trabalho e das conquistas sociais e reafirmou o apoio aos projetos desenvolvidos pela associação.

A decisão da assembléia foi reforçar o trabalho da atual diretoria com a reeleição dos diversos diretores, identificando a necessidade manter a união e luta da entidade.

DIRETORIA:


Presidente: Tereza Nogueira Montalvão dos Santos
Vice-presidenete: Marcela Fábia Santos Vilas Boas
1ª Secretária: Silene Leite Gomes
2ª Secretária: Givalda Santos Vilas Boas
1ª Tesoureiro: Julío César Lélis Costa
2ª Tesoureiro: Elias Pereira dos Santos

CONSELHO FISCAL: 

Efetivos: Francisco Leite Gomes, Cristino Montalvão Nogueira e  Gilmar Santos Vilas Boas;
Suplentes: Genilda dos Santos Montalvão, Lorivaldo dos Santos Montalvão e José Lopes Vilas Boas.

30 de jul de 2011

LEMBRANÇA DO PASSADO...

Time do Cruzeirinho em Guanambi

A REG NA RUA FUTURO DO TORORÓ EM SALVADOR

Izânio

Copa do Mundo de Futebol

Copa do Mundo 2014 traz para o Brasil melhorias em infraestrutura, turismo, emprego e renda


Hotsite do governo federal traz detalhes sobre a organização da 
Copa do Mundo Fifa 2014. Tem ainda espaço com as 
últimas notícias refrentes ao mundial. 

A Copa do Mundo Fifa 2014, que será realizada no Brasil, estará, neste sábado (30/6), sob os holofotes de todo o planeta. É que nesta data será realizado o sorteio das chaves das eliminatórias do mundial, na Marina da Glória, Rio de Janeiro (RJ). A presidenta Dilma Rousseff participa do evento, que contará com a presença de representantes das 166 seleções que disputarão as 32 vagas na Copa.
O sorteio, com duração prevista de 95 minutos e transmissão ao vivo pelo site da Fifa, marcará o retorno da Copa do Mundo ao Brasil após 64 anos e será o primeiro grande evento realizado no âmbito da organização do Mundial de 2014. Para a cerimônia, são aguardadas cercas de 100 associações-membros da Fifa, em torno de 800 representantes da imprensa de todo o mundo, e ainda 2 mil pessoas entre artistas, políticos, dirigentes, empresários, jornalistas, além de grandes nomes e jovens promessas do futebol.
Para receber o mundial – um dos maiores eventos esportivos da atualidade – o governo federal tem coordenado diversas ações e investimentos que trarão melhorias nas áreas de infraestrutura, emprego e renda e promoção da imagem do país.
Segundo estimativa do Ministério do Esporte, a Copa do Mundo de 2014 agregará R$ 183 bilhões ao Produto Interno Bruto (PIB) do país e mobilizará R$ 33 bilhões em investimento em infraestrutura, com destaque para a área de transporte e sistemas viários.
Aproximadamente 3,7 milhões de turistas, brasileiros e estrangeiros, deverão gerar, no período do evento, R$ 9,4 bilhões. Em todas as áreas, 700 mil empregos permanentes e temporários serão criados. Além disso, haverá melhorias nos aeroportos, com a criação da Secretaria de Aviação Civil e a reestruturação da Infraero.
Blog do Planalto

Copa do Mundo de Futebol

SORTEIO: WAGNER GARANTE SALVADOR PRONTA

Bahia Notícias
Foto: Divulgação

O governador , à esquerda, acompanhado do presidente da CBF Ricardo Teixeira, ao centro

O governador Jaques Wagner garantiu, neste sábado (30), ao comitê organizador da Copa, aos dirigentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e da Fifa, que Salvador estará pronta para receber as seleções que disputarão os jogos da Copa do Mundo de 2014. Wagner esteve presente, assim como os outros administradores das unidades federativas e o prefeito João Henrique, no sorteio preliminar para as Eliminatórias da Copa do Mundo da Fifa, no Rio de Janeiro. O governador disse ainda que a Arena Fonte Nova também estará pronta para abrir a Copa das Confederações, em junho de 2013. O petista estava acompanhado da primeira-dama, Fátima Mendonça, e do secretário Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (Secopa), Ney Campello, quando recebeu, no estande que representa a Bahia, personalidades do futebol.
 
 

Fla vence Santos em jogo histórico

Ronaldinho e Neymar brilham!

Esporte Interativo

SAC Móvel atende no Sudoeste Baiano

A unidade itinerante do SAC vai atender em 19 municípios da Bahia durante o mês de agosto. Neste período serão emitidos os principais documentos necessários para o exercício da cidadania, como a Carteira de Identidade, CPF, Certidão de Nascimento (para crianças de até 11 anos), além de recadastramento de pensionistas do Estado, retirada de antecedentes criminais e atendimento da Ouvidoria Geral do Estado. No Sudoeste Baiano, a unidade passará por seis cidades. Nos dias 12 e 14, atenderá em Serra do Ramalho; 16 e 17, em Mortugaba; 19 e 20, em Jacaraci; 22 e 23, em Licínio de Almeida; 25 e 26, em Matina; 28 e 29, em Tanque Novo, e em Rio do Pires, nos dias 31 de agosto e 1º de setembro.Em todas as cidades a ser visitadas, o SAC Móvel funcionará das 8h às 18h, com oferta de 250 senhas diárias para a emissão do documento de identidade. Para informações sobre as rotas do SAC Móvel ou sobre os postos fixos da rede SAC na capital e interior, basta acessar o site www.sac.ba.gov.br ou ligar para o 0800 071 5353. A ligação é gratuita.

29 de jul de 2011

Continuidade das ações da 25ª Etapa de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) em Guanambi e região


Hoje (29), as operações da 25ª Etapa de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) para o desenvolvimento de ações preventivas e repressivas contra danos ambientais detectados na região, que conta com a participação de importantes órgãos como IBAMA, INEMA, Ministério Público, ADAB, Polícia Rodoviária Federal, CREA-BA, CEAF, Secretaria Estadual de Meio Ambiental, MPT, Polícia Militar e diversos outros órgãos continuam em Guanambi e na região.

Na próxima segunda-feira, 01, a partir das 14 horas, acontecerá na Câmara de Vereadores a audiência pública para divulgação dos resultados obtidos durante a realização da operação Fiscalização Preventiva Integrada aos gestores dos municípios, representantes da sociedade civil e organizações sociais da região.

Saneamento básico - Longe da universalização

 
Sem projetos, prefeituras podem ficar fora do Plansab

Aterro Sanitário de Guanambi "Lixão"
 Riacho do Belém


Nos próximos 20 anos, o Ministério das Cidades pretende investir R$ 420 bilhões no Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab). O problema é que a liberação dos recursos depende da elaboração de planos, inexistentes na grande maioria dos municípios brasileiros. Dados do IBGE indicam que mais de 2 milhões de baianos não dispõem de sistema de esgotamento sanitário.
Exigência da Lei Nacional de Saneamento Básico (11.445/2007), o Plansab foi elaborado com base no estudo Panorama do Saneamento Básico no Brasil, desenvolvido pelas universidades federais da Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A meta do Ministério das Cidades é atingir a universalização do saneamento, o que não será uma tarefa fácil. Basta citar 24 crea V.3, n.36, p. 24 - jul/ago/set.2011 - Bahia que apenas 62,4% da população possui atendimento adequado de abastecimento de água, em quantidade, qualidade e regularidade. Quanto ao esgotamento sanitário, 46,8% tem atendimento correspondente. A pior situação está no Nordeste, chegando a quase 25 milhões de brasileiros. No manejo de resíduos sólidos, a cobertura é de apenas 59,6%. Também no Nordeste está o maior déficit, totalizando 19,5 milhões de pessoas. Na Bahia, enquanto o abastecimento de água na área urbana é de 98,7%, na rural não chega a 40%.


Diante dessa realidade, o Secretário Nacional de Saneamento Ambiental, Leodegar Tiscoski, informa que a prioridade do governo é atender, com macrodiretrizes e estratégias de intervenção específicas, a população mais atingida pelos índices apresentados, cujo perfil é de renda inferior a um salário mínimo, poucos anos de estudos e residentes de regiões periféricas e rurais. “A fase atual é a divulgação e os debates do Plansab, trazendo a responsabilidade das equipes técnicas dos estados e municípios de se debruçarem sobre os números propostos. Outro grande desafio é a melhoria da gestão, com a implantação de medidas estruturantes de planejamento, capacitação, desenvolvimento tecnológico, dentre outras”.


Apesar de a Lei 11.172/2008 instituir princípios e diretrizes da Política Estadual de Saneamento Básico, ações importantes como a criação do Sistema Estadual de Saneamento Básico e o Sistema Estadual de Informações em Saneamento Básico ainda não foram implantadas na Bahia. Outro retrocesso é o Plano Estadual, que amarga na elaboração do texto no que diz respeito aos componentes de resíduos sólidos e esgotamento e manejo de águas pluviais. “Para a sua implementação, torna-se necessário que a Superintendência de Saneamento da Sedur seja reestruturada e dotada de pessoal qualificado e em quantidade para atender às atribuições legais. É preciso também queos municípios criem entes reguladores e fiscalizadores da prestação dos serviços, municipais ou intermunicipais, podendo essas funções de gestão serem delegadas à Comissão de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Coresab), que precisa ser estruturada para exercer tais atribuições”, explicou um dos coordenadores e responsáveis pela elaboração do Plansab, professor e engenheiro Luiz Roberto Moraes.

Estado e prefeitura garantem que estão engajados, mas as ações são insuficientes para resolver o problema. Segundo o superintendente desaneamento da  Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), João Lopes, uma das principais demandas do Plansab na Bahia está na área rural, onde vive a maior parte da população. Por isso, além da elaboração dos Planos Municipais, Lopes defende a implantação de novos sistemas com foco nas metas do projeto. “A Sedur iniciou a implementação de cursos de capacitação para gestores e técnicos municipais, buscando capacitá-los para o entendimento da legislação e na metodologia de elaboração dos Planos”.

O engenheiro Roberto Falcão deAlmeida Souza, que coordena a Comissão Executiva do Plano Municipal de Saneamento Básico (Setin/PMS), diz que a prefeitura tem realizadouma série de oficinas públicas para discutir o PMSB nas áreas relacionadas aos serviços de limpeza urbana e drenagem de águas pluviais. Dos 417 municípios baianos, pelo menos 400 apresentam algum tipo de irregularidade na área de saneamento, alerta o presidente do Crea-BA, engenheiro agrônomo Jonas Dantas. Parte dessas cidades tem abastecimento de água, mas são ineficientes, por exemplo, na questão do aterramento sanitário. “É fundamental mobilizar a sociedade civil e os profissionais para que a lei seja colocada em prática”, diz Dantas.

Na busca por alternativas, o Crea-BA trabalha as bases de um convênio com a Ufba que prevê a capacitação profissional. “A proposta é estabelecer vínculos importantes entre técnica, viabilidade econômica, interesse público e uso do solo”, complementa Jonas Dantas. (CN )

Fotos: Blog do Latinha

Canteiro de obra da Ferrovia Oeste/Leste em Guanambi

Curso de qualificação dos professores e alfabetizadores do TOPA

Fotos: Tribuna Popular - Meire

Hoje (29), às 11 horas, na Faculdade de Guanambi, aconteceu o encerramento do curso de qualificação dos professores e alfabetizadores do TOPA, através do Centro FAINOR - Faculdade Independente do Nordeste  - Vitória da Conquista. 

O evento foi coordenado por Ione Ribeiro - Coordenadora Regional do TOPA e contou com as presenças da equipe de professores da FAINOR, Diretoras da Direc-30, Helena Amaral e Dona Dete, Vereador José Carlos Latinha, Aurelino Nogueira - CSU e de diversos coodenadores, professores e alfabetizadores do programa na região.
 

Conferências Municipais de Saúde de Candiba e Matina

No dia 26, na Câmara Municipal de Candiba, aconteceu a abertura da II Conferência Municipal de Candiba com as presenças da Secretária de Saúde, Rebecca , Prefeito Reginaldo Prado, Vice-Prefeito Alecir Prado, Dr. Edson Luís Lélis - 30ª Dires, Stela Boa Sorte - 30ª Dires, Vereador Nelbino Marques - Câmara Municipal de Candiba. Também estavam presentes o Presidente da UVERMIG, José Carlos Latinha, Vereador Gilson Cardoso, Vereadora Maria Eva Trindade, Lindalci Costa - SESAB.


Hoje (28), às 8 horas, na Câmara Municipal de Matina, aconteceu a abertura da III Conferência Municipal de Matina com as presenças da Secretário de Saúde, Fábio Cardoso, Vice-prefeito Jocélio Fonseca, Dr. Alfredo Boa Sorte - SESAB, Dr. Edson Luís Lélis - 30ª Dires, Presdiente da Câmara Wagner Castro, Oficiala de Justiça Sônia.Também estavam presentes o Presidente da UVERMIG, José Carlos Latinha, Lindalci Costa - SESAB, Presidente da Associação dos ACS/Endemias de Guanambi, Lene Rodrigues, Presidente do SINDACS/ACE, Valda, Vereadores Jênser Fonseca, Mario Santana, Eujácio Batista e Almi Flores.


28 de jul de 2011

III Conferência Municipal de Saúde de Malhada


Hoje (28), às 19:42 horas, no auditório da Escola Municipal Paulo Souto, aconteceu a abertura da III Conferência Municipal de Malhada com as presenças da Secretário de Saúde, Ginaldo Gomes , Prefeito Dezinho, Vice-Prefeito Geraldo Pedro, Stela Boa Sorte - 30ª Dires, Vereador Mario Zan Fernandes- Câmara Municipal de Malhada e representantes das igrejas Católica e Evangélica. Também estão presentes o Presidente da UVERMIG, José Carlos Latinha, Vereadora Ana Leão, Vereadora Carlinda Nogueira, Josedalva Farias - Educomunicadora do Médio São Francisco e Secretária de Educação Ionar Gondim.

Neste momento, Dr. Alfredo Boa Sorte - SESAB, está fazendo uma palestra sobre as políticas públicas de saúde.

MP/BA: Perspectivas da Gestão Ambiental Municipal



Ontem (27), na Câmara Municipal de Guanambi, foi realizado o seminário regional sobre "Perspectivas da Gestão Ambiental Municipal", através da organização da Promotoria de Justiça Regional Ambiental de Guanambi (MP/BA). O evento foi aberto com a apresentação, proposta e objetivos do encontro com as presenças de Dra. Luciana Khoury (Promotora de Justiça e Coodenadora do Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco (MP/BA), Dr. Anderson Cerqueira (Promotor de Justiça Regional Ambiental de Guanambi), José Ivaldo Ferreira (Superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental (SEMA/BA), Joventino Malheiros (Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Guanambi) e Hugo Costa (Presidente da Câmara de Guanambi).

O evento também contou com as presenças dos vereadores de Guanambi José Carlos Latinha (Presidente da UVERMIG), Vitor Bonfim, Vá Donato, Péricles Carvalho, Agostinho de Morrinhos e Carlos Jackson,  Dr. Edson Luís Lélis (30ª Dires), Paula Gomes (Secretária de Educação de P.M.Alto), Vilma Moura (SISPUMUR), Luís (Presidente do STR de Guanambi), Prefeitos, Secretários, Promotores de Justiça e representantes de diversas entidades e cidades da região.

Veja a programação e os respectivos palestrantes:

Painel 1 - Sistema Municipal de Meio Ambiente


  •  Sistema de Gestão Ambiental (SISNAMA) e Deveres da Administraação Ambiental (Dra. Luciana Khoury - Promotora de Justiça;
  • Gestão Ambiental Compartilhada (José Ivaldo Ferreira - Superindentende da SEMA/BA) e Maine Pedreira (Técnica do GAC (Sema/BA);
  • Importância do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Isabel Ligeiro - CEAME e Advogada Ambientalista).
Painel 2 - Educação Ambiental 

 
  •  Lei Estadual de Educação Ambiental (12.056/2011) - Soraya Rodrigues Midlej (Diretoria do DEA/SEMA);
  • Responsabilidade legais pela implementação da Educação Ambiental e sua conseqüências (Priscila Rocha - Assistente Técnica do Nusf - MP/BA).
Painel 3 - Licenciamento ambiental
  • Procedimentos e orientações para o Licenciamento Ambiental ( Karine Guermandi - Analista Técnica da CEAT - MP/BA);
  • Licenciamento Ambiental dos município englobados na 25ª FPI de Guanambi ( Representante da equipe de Licenciaamento);
  • Responsabilidade Legais e suas conseqüencias administrativas, civis e criminais (Representante do MP/BA).
Painel 4 - Importância da Fiscalização: potencialidades, desafios e perspectivas


  •  Federal (Alberto Gonçalves da Silva - DICOF/IBAMA);
  • Estadual ( Bruno Silva - INEMA-BA.
O Vereador e Presidente da UVERMIG, José Carlos Latinha, participou ativamente das diversas palestras levantados informações e dados sobre a realidade local e regional, destacando a necessidade da preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável da região do sertão, principalmente a defesa da recuperaçãoe da preservação do Rio São Francisco.

Ascom Vereador Latinha