• 14.08.2018: UM DIA PARA FICAR NA HISTÓRIA DE GUANAMBI

    A TV Latinha registrou com fotos e entrevistas o Dia 14 de Agosto de 2018 – 99 anos de emancipação política de Guanambi rumo ao Centenário da cidade.

  • Guanambi 99 Anos: Abraço à Cidade da Fundação Joaquim Dias Guimarães

    Hoje (14), Dia do Aniversário de Emancipação Política de Guanambi - 99 Anos , a Fundação Joaquim Dias Guimarães - FJDG realizou o 24º Abraço à Cidade na Praça Coronel Cajaíba com a participação de crianças, jovens, adultos, idosos, autoridades, personalidades histórias e lideranças políticas, bem como de diversas entidades comunitárias e de instituições educacionais.

  • Degradação ambiental do Rio Carnaíba de Dentro e os Riachos do Belém e dos Brindes em Guanambi

    De acordo estudos de campo, observa-se que o principal problema de desenvolvimento de Guanambi é a questão ambiental, a preservação das bacias hidrográficas, os resíduos sólidos, o desmatamento das áreas verdes e degradação das áreas históricas e naturais

  • CONSELHO DA CIDADE E CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE VISITAM O RIACHO DO BELÉM EM GUANAMBI

    Hoje 11.08 – Dia do Estudante, uma comissão do Conselho da Cidade e do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Guanambi fez uma expedição pelo Riacho do Belém no trecho do Parque da Cidade até Ponte de Dona Dedé, onde observou-se o processo histórico de degradação da APP - Área de Preservação Permanente. Também analisou o problema do descarte de lixo, esgoto, desmatamento e queimada. Em contra posição identificou-se diversas espécies de aves, peixes, cágados e outros animais silvestres.

  • I Fórum Guanambiense de Educação Ambiental

    Hoje (08), das 8 às 13 horas, aconteceu o I FÓRUM DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE GUANAMBI organizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com o Conselho Municipal de Meio Ambiente e as secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer e de Assistência Social.

Debate sobre o novo financiamento da atenção básica à saúde em Guanambi


No dia 21, no auditório do CETEP, aconteceu uma reunião ampliada de saúde convocada pelo Conselho Municipal de Saúde de Guanambi com objetivo de debater sobre o novo financiamento da atenção básica à saúde e análise do Plano Operativo para enfrentamento da Hanseníase nos anos 2019 a 2022 no município de Guanambi.

A reunião vou coordenada pelo Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Mário Júnior, e contou com as presenças do Secretário Municipal de Saúde - André Moitinho, membros do conselho, profissionais da área de saúde e representante da sociedade civil.

As profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, Eliana Santos e Kelle Araújo, fizeram explanações sobre o Plano Operativo para enfrentamento da Hanseníase nos anos 2019 a 2022 e novo financiamento da atenção básica à saúde.


A reunião analisou a necessidade de ampliação do CADASTRO SUS (Sistema Único de Saúde) em Guanambi.



Documentos necessários para o cadastro SUS 2019


É necessária a apresentação de documentos que permitam a identificação do usuário do SUS e do local de sua residência para realizar o cadastro SUS 2019

Por exemplo, o RG, CPF e um comprovante de residência. Essas informações são colhidas na Secretaria Municipal de Saúde, em Postos ou Centros de Saúde, em algum dos Hospitais do município ou em outro local indicado pela Secretaria de Saúde do Município.























Share:

Jairo Magalhães discute Plano Intermunicipal de Resíduos Sólidos com superintendente da Sedur



Um tema de grande importância, que é o Plano Intermunicipal de Resíduos Sólidos foi discutido na manhã desta quinta-feira (21), entre o Prefeito Jairo Magalhães, o Superintendente de Gestão Territorial da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Armindo Gonzales e o Secretário de Saúde André Moitinho. O documento será construído em parceria com o Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Alto Sertão (CDS), cujo protocolo de intenções que normatiza os termos de cooperação técnica para a elaboração contemplando Guanambi e mais  15 municípios já foi assinado no mês passado.

Segundo Jairo, Guanambi por ser uma cidade polo é fundamental que participe desta construção. “Esta é uma preocupação de todos e precisamos seguir unindo forças, entre o Consórcio, Governo do Estado e prefeituras, para que possamos adequar, o quanto antes, às exigências legais e ambientais’, disse. Para André Moitinho, a gestão correta dos resíduos sólidos é algo que tem um forte impacto na saúde, sobretudo, dos que manejam o material diretamente, sendo uma preocupação constante da sua pasta.

Share:

Mais de 500 mil estudantes da rede estadual devem renovar a matrícula a partir desta quinta pelo SAC Digital

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Mais de 500 mil estudantes devem renovar a matrícula na rede estadual de ensino a partir desta quinta-feira (21) para o ano letivo de 2020. O processo de pré-matrícula, que segue até o dia 10 de dezembro, deverá ser feito por todos os estudantes com matrícula e frequência regular nas escolas estaduais, em 2019. A grande novidade deste ano é que a matrícula agora é 100% on-line, podendo ser feita por dispositivos móveis como tablets e celulares. Basta que os pais ou responsáveis baixem o aplicativo do SAC Digital nas lojas APP Store ou Google Play, ou façam o cadastro através do site.

O SAC Digital é uma moderna plataforma, que unifica todos os serviços do Estado em um único portal. A matrícula on-line foi incluída nesta ferramenta graças à parceria entre a Secretaria da Educação do Estado (SEC), a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), e a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Passo a passo

Para realizar o cadastro, o estudante precisa acessar o SAC Digital (portal ou aplicativo) e clicar em “Cadastre-se” no menu principal. Em seguida, é só preencher um formulário. No campo “E-mail”, é necessário informar um e-mail que o usuário costuma acessar e que lembra a senha. No final do cadastro, será necessário acessar este e-mail para ativar a conta no SAC Digital. A matrícula só poderá ser realizada mediante este cadastro. Quem não quiser fazer a pré-matrícula on-line também tem a opção de efetuar na própria escola.

Novos alunos

Os estudantes oriundos das redes municipais e privada, também poderão utilizar o SAC Digital, mas para este público, a matrícula será realizada de 21 a 28 de janeiro de 2020, de acordo com o calendário a ser divulgado pela Secretaria da Educação do Estado e que estará disponível no Portal da Educação. Os mesmos também precisarão fazer o cadastro e, após a matrícula online, terão 24 horas para apresentar a documentação necessária na escola para a qual efetuou a matrícula.

O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar do Estado, Manoel Vicente Calazans, falou sobre a importância deste avanço tecnológico. “A tecnologia hoje é uma ferramenta que permite mais acesso à informação e a matrícula pelo SAC Digital facilita ainda mais a vida dos estudantes e dos responsáveis, podendo ser feita de qualquer lugar”, afirmou Calazans, ao acrescentar que o processo da pré-matrícula, pelo SAC Digital, foi iniciado na segunda-feira (18) e seguiu até ontem (20), para estudantes da Educação Inclusiva.



Share:

Palestras sobre Consciência Negra na Escola Municipal Enedina Costa de Macedo








No dia 20 - Dia da Consciência Negra , nos turnos matutino, vespertino e noturno, a Escola Municipal Enedina Costa de Macedo promoveu três importantes palestras com o historiador José Carlos Latinha sobre o tema "20 de Novembro: Dia da Consciência Negra".

O evento foi coordenado pela direção, Professoras Marielza da Silva Cotrim, Janaína de Carvalho Silva Magalhães e Maione Vieira Teixeira de Souza,  e contou com as presenças dos alunos dos turnos, professores e funcionários da instituição.

Parabéns a direção, professores, funcionários e alunos que proporcionaram um momento de reflexão sobre os aspectos históricos da escravidão em Guanambi. 















No dia 22, a escola fará um evento de encerramento do projeto  da Semana da Consciência Negra com várias atividades e apresentações da cultura negra.

Share:

Consenso isola Aneel em audiência sobre energia solar


Uma audiência para debater as mudanças na Resolução 482/2012, propostas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), terminou em consenso entre deputados da base e oposição. As mudanças na norma, que regulamenta a produção e distribuição de energia solar e eólica, foram rechaçadas por todos os parlamentares que participaram da audiência, realizada nesta quarta-feira (20) na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara dos Deputados.

“Belo Monte representa 10% do consumo nacional de energia, custou R$ 26 bi, com impacto ambiental gigante. Nós podemos, com a energia solar, tem em dez anos uma nova Belo Monte sem um real de investimento público e sem impacto ambiental e sem precisar investir em rede de distribuição. Retirar esse estímulo é um retrocesso injustificável”, defendeu o deputado federal Jorge Solla (PT-BA), autor do requerimento da audiência pública.

Entre as alterações propostas pela Aneel, a mais polêmica é a taxação em até 68% da energia produzida que é entregue à rede de distribuição. Hoje não há tributação, e cada quilowatt produzido compensa integralmente o consumido. A consulta pública promovida pela agência se encerra no dia 31 de dezembro.

“O que diferencia o remédio do veneno é a dose. A Aneel errou a dose e de maneira injustificada”, destacou Bárbara Rubim, vice-Presidente Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltáica (Absolar), que usou como exemplo o estado da Califórnia, nos EUA, que manteve o estímulo similar ao brasileiro por 20 anos (no Brasil vigora por sete), até iniciar uma cobrança de apenas 10,5% de tributos sobre a energia distribuída.

Bárbara também citou o caso da Espanha, onde em 2008 iniciou-se uma forte tributação da energia solar, “Afastou os investimentos, gerou grande judicialização e agora voltaram atrás. Não precisamos sofrer por dez anos para entender que estamos no caminho errado”, disse.

O deputado Beto Pereira (PSDB-MS) assegurou que, caso haja mudanças na norma, os parlamentares irão derrubar via decreto legislativo. Também fizeram duras críticas à proposta Luís Miranda (DEM-DF), José Mário Schreiner (DEM-GO), Silvia Cristina (PDT-RO) e Rubens Bueno (CID-PR).

“Temos uma unanimidade nesta casa. No Brasil falta é apoio, tínhamos que pensar em linhas de financiamento subsidiado. É uma vergonha ainda termos de recorrer ao petróleo, em usinas térmicas caras e altamente poluentes. A energia solar gera milhares de empregos e investimento”, disse o deputado Padre João (PT-MG).

Superintendente da Aneel, Carlos Mattar, defendeu as mudanças “O que a gente tá propondo é que se pague o uso da rede, só isso”, disse.
Share:

Bahia sedia maior evento de parlamentares da América Latina

Quarta, 20 de Novembro de 2019 - 18:10

BAHIA NOTÍCIAS


Bahia sedia maior evento de parlamentares da América Latina
Deputada Ivana Bastos | Foto: Divulgação
A Bahia vai sediar, desta quarta-feira (20) até a próxima sexta, o maior evento de parlamentares da América Latina: a 23º Conferência da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE). O evento será realizado no Centro de Cultura Cristã da Bahia (CECBA), em Salvador.
 
Este ano, o encontro que tem como tema principal “Humanizando as Leis em um Novo Tempo” e vai contar com uma agenda de discussões, eleição para composição da nova mesa diretora, fóruns e debates pautados em temáticas como suicídio, automutilação, violência contra a mulher e segurança pública.
 
Para a deputada estadual Ivana Bastos, que também é Secretária-Geral da União dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), a vinda desse encontro para Bahia é importante para o estado. “A Unale é um eixo norteador para que as demandas de todas as Casas Legislativas sejam ouvidas e providas pelo Congresso Nacional. Dessa forma, temos trabalhado com afinco na elaboração desse evento para discutir e resultar em políticas que resolvam questões tão urgentes nos dias atuais”, expressou Ivana. Mais informações podem ser obtidas no site www.conferencia.unale.org.br/2019/.

Share:

ARMANDO AVENA – UM RETRATO DA ECONOMIA BAIANA

BAHIA ECONÔMICA - A TARDE

ARMANDO AVENA - UM RETRATO DA ECONOMIA BAIANA

Qual é o principal setor da economia baiana? O senso comum diria que é a indústria, já que aqui está sediado o maior polo industrial do Nordeste. Ou talvez destacasse o turismo ou a agropecuária. O senso comum está errado, o principal setor da nossa economia  é a administração pública, que gera um produto de  aproximadamente R$ 56 bilhões, o que representa 20,8% do PIB baiano. A indústria de transformação responde por apenas 12% do PIB baiano e a agropecuária por cerca de 7%. É essa força econômica que explica o poder do setor público e faz com que grande parte da economia estadual seja dependente das decisões governamentais.
Vale lembrar que a Bahia é uma economia de serviços e esse setor representa 71% de tudo o que se produz por aqui, mas 30% do PIB do setor serviços é gerado na administração pública, enquanto o comércio produz 18%, as atividades imobiliárias 14% e o turismo cerca de 5%. A informação refere-se ao ano de 2017, mas é quentíssima e foi divulgada semana passada pelo IBGE e demonstra também que é preciso privatizar a Refinaria Landulpho Alves ou pelo menos reativar sua produção. Nesse ano, a Bahia, que era a sexta maior economia do país, representando 4,1% do PIB brasileiro, foi superada por Santa Catarina e a explicação é uma só:  a indústria perdeu participação na economia baiana, em função da queda no refino e na redução da produção de petróleo e gás nas bacias de Tucano e Recôncavo.
Não é nada muito grave, Bahia e Santa Catarina, que responde por 4,2% do PIB brasileiro, revezam-se no sexto lugar, mas o dado mostra que é fundamental para a Bahia resolver a questão da Petrobras e retomar os investimentos no setor. O IBGE mostra também que a Bahia especializa-se cada vez mais na produção de energia, que representava 12% da indústria baiana em 2016 e pula para 15% no ano seguinte, mostrando a força da produção estadual de energia eólica e solar. E o salto seria maior se houvesse mais leilões de energia. Os números oferecem um bom retrato da economia baiana, e demonstram que precisamos ampliar o papel do setor privado e reduzir o tamanho do setor público, que não pode representar mais que 12% do PIB, como ocorre nas economias mais desenvolvidas.
                                                                      LEÃO E A VIRTÙ
Maquiavel dizia que o político não podia confiar na sorte, a deusa da Fortuna, mas que precisava seduzi-la e para isso era preciso ter virtù, ou seja, a capacidade de fazer as coisas acontecerem.  O vice-governador João Leão está mostrando que tem virtù e capacidade de seduzir a Fortuna, pois quando se envolve com um projeto, ele se consolida. Foi assim com a energia eólica e hoje a Bahia é líder nacional no setor. Foi assim com a ponte Salvador-Itaparica e ela vai a leilão este ano. Recentemente, Leão teve reuniões com o ministro da Infraestrutura sobre a Ferrovia Oeste-Leste. Resultado: a subconcessão da Fiol foi aprovada pela ANTT e vai a leilão no 1º trimestre de 2020.

Share:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog