setembro 18, 2014

Eleições 2014: Raio Laser - Tribuna da Bahia

Guanambi

Ataques de adversários são comuns durante as disputas eleitorais. Mas, o candidato ao Senado, Geddel Vieira Lima, vem atacando diretamente a deputada estadual Ivana Bastos, que não é sua adversária direta no pleito.
Desde a última semana, tem circulado em Guanambi carros de som com gravação do peemedebista fazendo ataques à deputada. A “fúria” de Geddel na gravação tem a ver com as obras da Adutora do Algodão.
O fato fica ainda mais curioso, pois o candidato dá a entender que o PT, o ex-presidente Lula, a presidente Dilma e o governador Wagner estariam tentando pegar corona na obra, construída e inaugurada por eles.
Participação

Questionada sobre o assunto, Ivana Bastos disse que a sua luta e participação para concretização da obra, assim como a do próprio Geddel, que era ministro na época em que o projeto foi iniciado, é menor diante da firme decisão dos governos de Lula e Dilma em concretizar ações para combater a seca e trazer água para o homem do campo.

Coluna A Tarde: Sujeira e baixaria

Bahia Notícias
Coluna A Tarde: Sujeira e baixaria
A campanha de baixíssimo nível que se observa no processo sucessório presidencial deixou um rastro negativo que foi captado pela pesquisa Ibope, divulgada na terça-feira à noite. Basicamente orientada pelo marketing do PT, para impulsionar a campanha de Dilma Rousseff e deixar a candidatura de Marina Silva em dificuldades, o tiro parece ter saído pela culatra. Acabou por favorecer Aécio Neves, que em apenas uma semana cresceu 4%, passando a ter 19%. Os insultos, inusitados e de baixo nível, levaram Dilma a perder três pontos e Marina Silva um, ou seja, no saldo das duas a candidata do PSB acabou favorecida, avançando dois pontos. Dilma desceu do patamar da semana passada, caindo de 39% para 36%. Para um provável segundo turno, se distanciou três pontos percentuais de Marina. O alvo do PT, portanto, acabou beneficiado. Leia mais na coluna Samuel Celestino.


Situação precária das estradas da região de Macaúbas




A população das cidades de Tanque Novo, Botuporã e Caturama reclamam das estradas BA-156 e a BR-430 estão em estado precário e as condições das estradas da região. O sub trecho da BA-156 continua causando danos materiais e está cheia de buracos, animais soltos na pista e sendo palco de acidentes. A situação precária das estradas provocam prejuízos e oferecer condições mínimas de trafegabilidade e segurança para escoamento da produção e, principalmente, para o trânsito da população. Ontem (17), o candidato a deputado federal Latinha visitou as cidades de Caetité/Distrito de Maniaçu, Tanque Novo, Caturama e Macaúbas e recebeu diversas reclamações da população das referidas cidades.

Ontem (17), o candidato a deputado federal Latinha visitou as cidades de Caetité/Distrito de Maniaçu, Tanque Novo, Caturama e Macaúbas e recebeu diversas reclamações sobre a situação precárias das estradas na região.


setembro 16, 2014

Eliana Calmon visita município de Entre Rios e recebe apoio de igreja

Política Livre

Foto: Divulgação
Eliana Calmon encontrou-se com pastores e frequentadores da Igreja da Assembleia de Deus
Na noite desta segunda-feira (15) o município de Entre Rios recebeu a visita da candidata ao Senado pelo PSB, Eliana Calmon, que se encontrou com pastores e frequentadores da Igreja da Assembleia de Deus. O pastor José Maurício destacou as ações de Eliana quando ela ocupava o cargo de corregedora da Justiça. “Tenho certeza que ela vai nos orgulhar e fará o mesmo trabalho competente no senado federal”, disse. Após o evento religioso, formou-se uma caminhada em direção à Rua 3 de abril, onde passou a funcionar mais uma Casa de Marina e Eliana. Na sede da casa os multiplicadores terão material de campanha de Marina Silva presidente e da senadora Eliana 400. “Fico feliz em instalar mais uma Casa de Marina no interior. Esta sede também está instalada na casa de um voluntário da nossa campanha e representa a força da nossa caminhada rumo ao senado”, concluiu Eliana Calmon.

Toffoli defende fim de reeleição para prefeitos e de doações de empresas para campanhas

Terça, 16 de Setembro de 2014 - 08:40

Bahia Notícias

Toffoli defende fim de reeleição para prefeitos e de doações de empresas para campanhas
Foto: STF
Nos próximos meses, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terá que julgar mais de mil denúncias contra prefeitos acusados de abuso de poder econômico para se eleger, e boa parte foi reeleita em 2012. O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo, utiliza os números para defender o fim da reeleição para os municípios e de uma reforma política no país. O ministro, entretanto, afirma que a reeleição deve ser mantida para o cargo de presidente, pois “trouxe estabilidade ao país”. O ministro ainda defende o veto à contribuição de empresas às campanhas e o limite de doação das pessoas físicas. Segundo Toffoli, nos Estados Unidos, um cidadão rico ou pobre pode doar até US$ 2.600 para cada candidato. Já na França, ele diz que é 4.600 euros. “No Brasil, pode contribuir com até 10% de seus rendimentos do ano anterior. Ou seja, quem ganha mais doa mais, o que gera uma distorção", afirma.

Cidades baianas receberão R$ 6,4 milhões para cirurgias de média complexidade

Terça, 16 de Setembro de 2014 - 09:40

Bahia Notícias

por Francis Juliano
Cidades baianas receberão R$ 6,4 milhões para cirurgias de média complexidade
Porto Seguro recebe maior fatia/Foto: Reprodução
Vinte e três cidades baianas vão receber recursos para custeio de cirurgias de média complexidade, como procedimentos de catarata e atendimentos nas áreas de ortopedia e oftalmologia. O repasse para os municípios baianos está orçado em R$ 6.369.465,37 no total. Além dos municípios, a gestão estadual da Saúde também recebe. Para a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) é destinada a quantia de R$ 5.933.344,46. Entre os municípios, Porto Seguro, no extremo-sul, tem o maior percentual, com R$ 89.200,20; seguido de Barreiras, no oeste, com R$ 51.381,88, e Eunápolis, no sul do estado, que receberá R$ 49.307,93. Dentro da lista, foram contemplados também Caetité, Guanambi, Macaúbas, Medeiros Neto e Paulo Afonso, entre as 23 localidades. Ao todo, o o suporte financeiro do Ministério da Saúde é de R$ 41,78 milhões e seguem para 254 municípios de 22 estados da federação.

O Desenvolvimento Sustentável e o Potencial Turístico da Ilha de Itaparica/Vera Cruz


Reflexões sobre o futuro da Ilha de Itaparica e Vera Cruz

Na década de 70, a exploração turística da Ilha de Itaparica e Vera Cruz era em pequena escala pelo chamado turismo doméstico da população de Salvador e da região Metropolitana. A população nativa da Ilha vivia da pesca e do fluxo turístico. 

O turismo na Ilha de Itaparica foi ampliando e crescendo sem infraestrutura e de forma desordenado. Diversos moradores de Salvador adquiriram imóveis nas localidades e no período da alta estação turística a população aumenta exageradamente e os problemas crescem em proporções cada vez maiores. O sistema de ferry-boat é deficitário e não atende o fluxo de passageiros, a travessia Salvador-Mar Grande, que é realizado no atracadouro de Mar Grande, não atender a demanda de cargas e passageiros. Com o problema, moradores e turistas têm o desconforto de cancelar a travessia.

Os moradores reivindicam a construção de um novo atracadouro, reivindicação antiga da população, que vai evitar que as embarcações dependam das condições de maré para atracar, como ocorre atualmente. A travessia Salvador-Mar Grande é realizada por diversas lanchas e existe há mais de 50 anos.Quando a maré está baixa, as embarcações de baixo calado não conseguem atracar, por isso, é necessário um intervalo de até duas horas para o embarque dos passageiros, quando não ocorre interrupção do serviço. 

A ilha enfrenta, ao longo da sua história, o descaso do poder público Federal, Estadual e das Prefeituras de Itaparica e Vera Cruz: sistema deficitário e caótico de transporte, necessidade de duplicação da BA-001, problema com a coleta de lixo e o sistema de esgotamento sanitário, abastecimento de água, não existe asfalto nas vias de acessos as diversas localidades, entre outros problemas graves.

A partir da exploração turística da Linha Verde, a Ilha de Itaparica vem perdendo o fluxo turístico a cada ano e também foi abandonada de poder público. 

A população reivindica a construção da Ponte de Salvador-Itaparica com uma importante obra para alavancar o turismo e servir de uma nova rota para a resolução do problema de mobilidade da capital.

A Ilha de Itaparica é um paraíso ecológico e com grande capacidade de desenvolver de forma sustentável. A sua população precisa de melhoria na sua qualidade de vida. A necessidade da parceria entre os governos Federal, Estadual e das Prefeituras de Itaparica e Vera Cruz é fundamental para o futuro da Ilha. Precisamos da unidade da população local com o objetivo de promover mobilizações e debates para garantir ações concretas e acabar de vez com as promessas que acontecem nos períodos eleitorais.

"As forças políticas e a população local precisam de unidade para pensar e agir em defesa desse importante paraíso histórico, ecológico e turístico. Que ama a Ilha de Itaparica e Vera Cruz precisa deixa de pensar no individual e agir coletivamente em defesa da Ilha de Itaparica."

O candidato a deputado federal Latinha (PSB) visitou as localidades de Mar Grande, 
Coroa, Tairú, Campinas e Baiacu e assumiu o compromisso
de lutar em defesa da Ilha de Itaparica.