• Eleições para Diretor de Departamento da UNEB Campus Guanambi

    No dia (9 de Maio), acontece as eleições para Diretor de Departamento da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) Campus Guanambi com a participação de 3 (três) candidaturas: Tatiana Barreto, Edilma Cotrim e Domingos Trindade.

  • DIA 5 DE JUNHO: I FÓRUM DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE GUANAMBI

    Hoje (3), na SEAMA - Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Guanambi, aconteceu a reunião ordinária do CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE com o objetivo de debater a organização e o planejamento do I FÓRUM MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE GUANAMBI.

  • A IMPORTÂNCIA DA ENERGIA SOLAR EM GUANAMBI

    Hoje (4), a TV Latinha acompanhou a instalação de uma das maiores usinas solares residencial/comercial do sudoeste da Bahia na empresa Grupo ACO Construtora. A empresa SOLLAR COMPANY é pioneira em instalação de energia solar em Guanambi e região e detém um domínio tecnológico no ramo, trazendo mais energia limpa e renovável para a cidade!

  • Prefeitura de Guanambi notifica proprietários de lotes abandonados para realização de limpeza; descumprimento irá gerar multa

    A Prefeitura de Guanambi, através de equipe de fiscalização da Secretaria de Infraestrutura ampliou na última semana a equipe de fiscais para a realização de notificação de proprietários de centenas de lotes abandonados no perímetro urbano, que estão sendo focos de disseminação de insetos, acumulo de lixo e gerando insegurança para a população em geral.

  • Os problemas causados pelos terrenos baldios em Guanambi

    Hoje (4), o Blog do Latinha inicia uma campanha visando contribuir com a solução de um problema que lidera a lista de reclamação dos moradores dos bairros da cidade – TERRENOS BALDIOS ABANDONADOS E CHEIOS DE LIXO.

Guanambi: “Desafios e perspectivas para o desenvolvimento sustentável”

JUSTIFICATIVA

“A Educação Ambiental é uma dimensão da educação, é atividade intencional da prática social, que deve imprimir ao desenvolvimento individual um caráter social em sua relação com a natureza e com os outros seres humanos.” Assim pensando, o I Fórum Guanambiense de Educação Ambiental com o tema “Desafios e perspectivas para o desenvolvimento sustentável” visa proporcionar um espaço de debate em torno da necessidade de uma urgente mudança de comportamento dos sujeitos na sua relação com meio.
A proposta é refletir sobre as questões socioambientais relacionando-as com os temas transversais, visando à conservação da vida na Terra, promovendo um diálogo coletivo em prol da construção de um projeto de futuro numa visão positiva do amanhã.
Para tanto, é preciso um esforço muito grande junto à sociedade civil para ser ouvido e respeitado por aqueles que foram escolhidos e eleitos para representar os interesses coletivos, por isso a necessidade de se mobilizar fora e dentro dos muros das organizações.
E, compreendendo a educação ambiental como processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente, bem como do uso comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade, é que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura e a Secretaria Municipal de Educação do Município de Guanambi, convoca as Instituições de educação, a sociedade civil organizada, Conselhos, ONGs e sociedade em geral para discutir as questões ambientais do município e também construir o Plano de Desenvolvimento Ambiental do Município.

OBJETIVOS

Objetivo geral

Criar um espaço de discussão e proposição acerca das questões ambientais do Município de Guanambi para elaboração de um plano de ações educativas para a comunidade, visando práticas conscientes de conservação do meio ambiente e de construção de sujeitos do desenvolvimento sustentável.

Objetivos específicos

1.      Pensar ações educativas de incentivo à construção da consciência crítica e reflexiva do sujeito no meio ambiente;
2.      Oportunizar a troca de experiências entre as instituições sociais e as escolas;
3.      Qualificar a formação de uma nova geração que se empenhe em contribuir para a solução de problemas sociais e ambientais;
4.      Buscar caminhos e adotar estratégias de cuidado com o ambiente;
5.      Discutir a temática “segregação de resíduos sólidos” com fins de criação de estratégias para melhor orientação do processo no município;
6.      Discutir e avaliar ações para a arborização urbana;
7.      Refletir sobre a conservação da fauna e da flora no Município de Guanambi e criar ações para um mapeamento da atual realidade e para orientar a preservação;
8.      Incentivar a pesquisa científica que investigue questões ambientais do município como fundamento para tomada de decisões futuras;
9.      Divulgar as campanhas da Secretaria de Meio ambiente, a saber: Piracema, Coleta seletiva, Arborização urbana, Devolução voluntária de animais silvestres; (Coleta reversa) e das instituições de educação do município;
10.  Discutir alternativas de combate à poluição (água, lixo, sonora, visual, atmosférica, entre outras) no município;
11.  Refletir sobre uso das fontes de energia e sua utilização racional para o desenvolvimento da sustentabilidade no município;
12.  Refletir sobre os benefícios da agricultura sustentável e criar estratégias para sua divulgação;
13.  Discutir sobre os impactos dos grandes empreendimentos no ambiente local;
14.  Avaliar o desenvolvimento do Plano de Gerenciamento de Resíduo Sólidos e do Plano Municipal de Saneamento Básico;
15.  Proporcionar meios interativos e democráticos para que a sociedade possa produzir conteúdos e disseminar conhecimentos, através da comunicação ambiental voltada para a sustentabilidade.

Realização

Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente
Conselho Municipal de Meio Ambiente
Secretaria municipal de Educação

Data: 06/06/2018

Local: Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

APOIO

Secretaria de Administração
Secretaria de Assistência Social
Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer
Secretaria da Fazenda
Secretaria de Governo
Secretaria de Indústria e Comércio
Secretaria de Infraestrutura
Secretaria de Planejamento
Secretaria de Saúde

Público alvo

Instituições de educação; Secretarias; ONGs; Associações comunitárias; igrejas; Sindicatos; Conselhos; Agentes de Saúde; Câmara de Vereadores; Comunidades tradicionais; Lojas maçônicas; Colegiados escolares; Promotoria; Movimentos sociais; Museus; Mídias e Empresas privadas; CDL; Território de Identidade Sertão Produtivo.
O evento será organizado para cerca de 320 pessoas.

Eixos temáticos

1.      Agricultura sustentável;
2.      Conservação da Fauna e da flora;
3.      Impactos ambientais dos grandes empreendimentos e eficiência energética.
4.      Poluição ambiental;
5.      Segregação de resíduos sólidos, arborização urbana;

METODOLOGIA

·         Definição e constituição de Comissão Organizadora;
·         Escrita do projeto;
·         Definição de cronograma de realização das ações propostas para o Fórum com divisão de responsabilidades;
·         Mobilização do público alvo;
·         Organização das ações do Fórum;
·         Realização do Fórum;
·         Construção de relatório final do I Fórum de Educação Ambiental de Guanambi;
·         Acompanhamento e avaliação das ações;
·         Outras atividades.

RECURSOS:

Humanos

Os recursos humanos do projeto são organizadores, pessoal de apoio e logística, palestrantes, orientadores de grupos e imprensa.

Materiais

Os recursos materiais previstos para o projeto são material de divulgação, toldos, som, data show, banner, faixas, site, material de ornamentação de espaço, alimentação, camisetas, Pasta de materiais dos participantes (Pasta, boco de notas, caneta, conteúdo impresso, crachá) e certificados de participação.

Programação

1.      Credenciamento [7h30min-8h00]
2.      Abertura [8h00]
2.1.   Composição da Mesa
2.2.   Hino nacional
2.3.   Apresentação Cultural
2.4.   Leitura do Regimento.
3.      Palestras [9h00]
3.1.   Educação ambiental na contemporaneidade: construção do sujeito crítico reflexivo” (Profa. Flaviane Pereira Santana – Ativista ambiental)
3.2.   "Realidade ambiental de Guanambi: diagnóstico e perspectivas" (José Carlos Lélis Costa – Ativista ambiental)
4.      Lanche [10h00]
5.      Discussão dos eixos temáticos nos Grupos de Trabalho. [10h20min]
6.      Almoço [12h00]
7.      Apresentação Cultural [13h10min]
8.      Plenária [13h30min]
9.      Eleição do Comitê Guanambiense do Meio Ambiente [14h30min]
1.  Lanche [15h30min]
11.  Plantio da árvore simbólica e Passeata [15h50min]

COMISSÃO ORGANIZADORA

MEMBRO
REPRESENTAÇÃO
Ageu Filipe Lima Castro
UNEB – Campus XII
Altenice Rodrigues da Silva
Secretaria de Educação
Antônio Nunes Santana
CODEMA
Camilo Sócrates Pereira Cardoso
Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente
Flaviane Pereira Santana
MAM (Movimento Nacional pela Soberania Popular na Mineração)
Gildete Brito Nascimento
Secretaria de Cultura
Izaine Lopes Lima
Secretaria de Educação
Jorgiane Gomes Fernandes
Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente
José Carlos Lélis Costa
ONG PRISMA
Juliana Alves Teixeira
Secretaria de Educação
Maria Aparecida Alves F. Castro
Secretaria de Educação
Maria Milta Domingues de Sá
Conselho Municipal de Educação
Osmarina Prates Pereira Viana
Secretaria de Cultura
Marinalva de Souza Teixeira Silva
Secretaria de Educação
Maristela Ribeiro dos Santos Pinto
Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente
Tannisy Walloni Soares Amado
Secretaria de Saúde
Vanuza Ferreira de Carvalho Lima
Secretaria de Educação
Welton Dias Castro
Secretaria de Educação

Share:

Setur articula parceria para elaborar Rota do Artesanato Baiano

AscomGovBA






Fotos: Rodrigo Moises.

As secretarias estaduais do Turismo (Setur) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) começaram a formular um plano conjunto de desenvolvimento do artesanato da Bahia. Um dos objetivos do trabalho é o estímulo à produção associada ao turismo, considerada importante atividade geradora de renda para comunidades baianas. 

A ideia é implantar centros de artesanato conjugados com postos de atendimento aos visitantes nas 13 zonas turísticas da Bahia. “Além de criar pontos de venda, queremos estimular a visitação aos polos de produção artesanal baiana, a exemplo de Maragogipinho, na Baía de Todos-os-Santos”, explica o secretário do Turismo do Estado, José Alves.

Após participar, nesta quinta-feira (24), de reunião articulada pela Superintendência de Serviços Turísticos, na sede da Setur, a coordenadora de Fomento ao Artesanato da Setre, Luciana Embilina, destacou que o plano prevê a criação da Rota do Artesanato da Bahia. “Criaremos roteiros diversos, como os caminhos do bordado, do artesanato mineral e cerâmica, dentre outros”, detalhou. 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) também será parceira e dará apoio técnico ao projeto. “Para contribuir com o desenvolvimento econômico territorial, podemos elaborar planos de negócio e cuidar das estratégias de acesso ao mercado”, acrescentou Juliana Araújo, diretora de Relações Empresariais, também integrante do grupo de trabalho.

Fonte: Ascom/Setur
Share:

Audiência Pública irá discutir revisão do plano diretor em Guanambi

Em parceria com o Conselho das cidades e do Conselho revisor do Plano Diretor do Município, a Câmara de Vereadores de Guanambi, irá realizar audiência pública no próximo dia 29 as 19 horas com o objetivo de discutir o tema com participação do poder público e a sociedade civil organizada. A audiência atende requerimento da Vereadora Maria Silva (Lilia) aprovado por unanimidade.

A realização de Audiência Pública para debater Plano Diretor do município de Guanambi, é de suma importância para a fundamentação do parecer do relatório final do Plano Diretor, pois proporcionará um amplo debate no âmbito jurídico, da sociedade civil organizada, buscando a dialética e a formatação de um texto que contemple, democraticamente, sobretudo, a população guanambiense. O evento tem por finalidade um amplo debate com os representantes sociais, de forma a envolver a todos na busca de soluções de problemas que afligem a população, sendo instrumento para colheita de mais informações, anseios da população para o planejamento de ações e deliberações técnicas que visam o crescimento do município de forma sustentável e que proporcione qualidade de vida aos munícipes.




ASCOM
Share:

Bahia deverá colher safra de algodão de 481 mil toneladas

A TARDE Municípios - Claudia Lessa 



Segundo maior produtor de algodão no Brasil, a Bahia deverá colher uma safra, este ano, de 481 mil toneladas, em uma área total de 263.692 mil hectares plantados em todo o Estado, representando um incremento de área 33,56% em relação à safra passada e uma produtividade média de 310 arrobas/hectares. A estimativa é da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA), que anunciou o início da colheita 2017/2018 de algodão na Bahia na Fazenda Sudotex, localizada na região do Rosário, em Correntina, em uma área de 250 hectares. A pluma baiana deverá abastecer, principalmente, a indústria têxtil brasileira, sendo o restante dela, cerca de 40%, destinada para os países asiáticos.
O presidente da ABAPA, Júlio Cézar Busato, explica que, por causa das chuvas regulares e do trabalho consistente desenvolvido em campo, por meio do programa fitossanitário da entidade, produtividade média das lavouras é considerada recorde pela segunda safra consecutiva, com 290 a 300 arrobas/hectare e 42% de rendimento da pluma. “A região Oeste planta 96% da produção de algodão da Bahia. Esta é a segunda melhor safra de algodão dos últimos setes anos no Estado”, avalia.
Ainda segundo Busato, o interesse de plantar o algodão deverá ser mantido na próxima safra 2018/2019. “A expectativa é que, gradualmente, no prazo das três próximas safras, possamos retornar à capacidade instalada na região, que era de 400 mil hectares antes da crise de chuvas e de pragas, que reduziram a produtividade gerando uma descapitalização e o aumento no endividamento dos produtores. Felizmente, pelo segundo ano consecutivo , há o encontro entre produção e preço e a oportunidade de reduzirmos nosso endividamento, voltando a crescer, trazendo de volta para a região os empregos e a renda momentaneamente perdidos”, analisa.

Share:

REUNIÃO DA COMISSÃO DE ORGANIZAÇÃO DO I FÓRUM GUANAMBIENSE DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL



Hoje (23), na Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, aconteceu mais uma reunião da comissão de organização do I FÓRUM GUANAMBIENSE DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL, que será realizado no dia 06 de Junho, das 8 às 17 horas.

O objetivo da reunião foi definir as ações e atividades de organização do evento. A reunião contou com as presenças dos Secretários Hélio e Francisco Donato.



A principal meta do fórum é a criação de um espaço democrático para discussão e proposição das questões ambientais do município de Guanambi para elaboração de um plano de ações educativas para a comunidade, tais como: problema do descarte de lixo nas áreas públicas, preservação das áreas históricas e ambientais, estímulo a educação ambiental nas escolas da rede municipal, entre outros temas.

PROGRAMAÇÃO





Share:

Itaparica recebe obras de infraestrutura, saúde e abastecimento

AscomGovBA



Após cumprir agenda de trabalho em Vera Cruz, o governador Rui Costa seguiu para o município de Itaparica, na tarde desta quarta-feira (23), quando assinou ordens de serviço para obras de infraestrutura, saúde e lazer. Entre elas, a reforma e adequação das gavetas do Ferry Boat, em São Joaquim e em Bom Despacho, com um investimento de R$ 9 milhões.

As intervenções no sistema vão melhorar as condições de operação e adequar as gavetas para comportar a atracação das embarcações Zumbi dos Palmares e Dorival Caymmi. "Esse investimento em Bom Despacho vai permitir que haja um atracamento mais rápido das embarcações maiores. Vamos reformar completamente as áreas de embarque e desembarque. Já estamos iniciando as obras para proporcionar um transporte mais rápido, mais seguro e mais confortável para a população", afirmou Rui.

O governador também autorizou a assinatura de contrato para as obras de restauração e pavimentação na BA 001, no trecho que dá acesso ao Ferry Boat, em Bom Despacho, com recursos de R$ 2 milhões. O município foi beneficiado ainda com a autorização para a construção de um Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e da Academia de Saúde, que vão receber um investimento somado de mais de R$ 1,7 milhão, entre obras e equipamentos.

A professora de artes Reindalice Pereira trabalha com atenção psicossocial em Itaparica há mais de 10 anos. Para ela, o novo Caps será fundamental no cuidado de pessoas com necessidades especiais. “Essa construção vai nos dar um espaço com salas e equipamento adequado para trabalhar. Isso vai melhorar muito o desenvolvimento de nossos alunos. Com um espaço mais apropriado, eles vão poder se concentrar mais no processo de recuperação”, comemorou.

Na visita a Itaparica, Rui ainda entregou uma viatura para a Polícia Militar e uma ambulância, além de ter autorizado o início de obras de ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Vera Cruz e Itaparica. Com investimento de R$ 1 milhão, a obra compreende a implantação de 9,4 quilômetros de rede coletora, 2,7 quilômetros de ramais prediais e duas estações elevatórias. Serão executadas 446 ligações intradomiciliares de esgoto, beneficiando 3846 pessoas.

Na ocasião, também foi autorizada a licitação para ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Itaparica, no valor de mais de R$ 3 milhões.

Repórter: Tácio Santos
Share:

Comunidade Quilombola Queimadas de Mutans é classificada para última etapa de Edital do Governo do Estado







A Prefeitura de Guanambi continua apoiando o fortalecimento de parcerias com associações rurais e urbanas do município, em busca de alternativas que viabilizem ações que promovam a inclusão social para a população beneficiada. No dia 18 de maio, na sede da associação da Comunidade Quilombola de Queimadas, localizada na zona rural do Distrito de Mutans, ocorreu a avaliação  da terceira etapa de seleção para a comunidade quilombola referente ao Edital de Chamada Pública n° 011/2018, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), do Governo do Estado.

O Edital tem como objetivo  a seleção de subprojetos socioambientais para comunidades quilombolas, visando a melhoria das condições de vida, com foco na segurança alimentar e nutricional, na diversificação das fontes de renda e qualificação da gestão dos recursos naturais em áreas de produção familiar ou economia solidária.

De acordo com a Assistente Social Rose Gomes, “o apoio e respaldo do Prefeito Jairo Magalhães foi fundamental para o resultado positivo obtido. Estamos satisfeitos com a manifestação de interesse dos lideres comunitários e demais sócios que não mediram esforços para chegarmos até essa fase do edital, este que tem limite máximo de investimento de até 300 mil reais”. 

“Agradeço ao Prefeito Jairo, a equipe da secretaria, a primeira-dama Gabriela Barros, ao Vereador Zaqueu Rodrigues, a ex-primeira-dama Jaylma e a Rose pelo empenho total para este trabalho”, afirma o Presidente da Associação de Queimadas, Manoel Pimentel.
Estiveram presentes, Rose Gomes - representando a Secretaria de Assistência Social, Itamar Pina - Agente Territorial da CAR, Maria de Lourdes - Agente de Desenvolvimento Territorial do Sertão Produtivo e Luiz Pereira Alves - Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais.

ASCOM - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 
- PREFEITURA DE GUANAMBI - 
Share:

REUNIÃO DA COMISSÃO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE GUANAMBI






Ontem (22), na Prefeitura Municipal de Guanambi, aconteceu a reunião ordinária da Comissão de Revisão do Plano Diretor Participativo de Guanambi com o objetivo de definir novas ações, conforme calendário:

PROGRAMAÇÃO

DIA 25 DE MAIO - OFICINA DA ÁREA DE SAÚDE, das 8 às 12 horas, na Secretaria de Saúde.
DIA 29 DE MAIO - AUDIÊNCIA PÚBLICA DA CÂMARA DE VEREADORES DE GUANAMBI, às 19 horas.

As comissões temáticas de Gestão Democrática e Organização Administrativa, de Educação, Esporte e Lazer e de Saúde fizeram relatórios sobre o planejamento dos trabalhos e ações. 

O coordenador da comissão, Secretário de Administração - Walguimar Cotrim, destacou a importância da visitas técnica da comissão de revisão no Monte Pascoal, Lajedo Novo, Anel Viário, Parque da Cidade e Lagoa de João Amaral.




Share:

Diretrizes do meio ambiente serão discutidas em Fórum Municipal em Guanambi


Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

A Prefeitura Municipal de Guanambi realiza no próximo dia 06 de junho, às 8 horas, na sede da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, o I Fórum Guanambiense de Educação Ambiental, com o Tema “Desafios e Perspectivas para o desenvolvimento sustentável”.

Com o objetivo de criar um espaço de discussão e proposição acerca das questões ambientais do Município de Guanambi para elaboração de um plano de ações educativas para a comunidade, visando práticas conscientes de conservação do meio ambiente e de construção de sujeitos do desenvolvimento sustentável, o evento terá como foco a reflexão sobre a conservação da fauna e da flora no Município de Guanambi e criar ações para um mapeamento da atual realidade e para orientar a preservação.

“A proposta é refletir, debater e traçar diretrizes para elaborar políticas públicas que busquem o desenvolvimento sustentável a partir do município, onde as coisas acontecem, já que o tema faz parte das prioridades do governo do Prefeito Jairo Magalhães”, afirma o Secretário da pasta, Hélio Pereira (Lelé).

O fórum está sendo realizado em parceria com o Conselho Municipal de Meio Ambiente e contará com a participação das secretarias de Educação, Saúde entre outras, além de segmentos organizados da sociedade, instituições de ensino.


PROGRAMAÇÃO


Credenciamento [7h30min-8h00]

Abertura [8h00]

Palestras [9h00]

  • “Educação ambiental na contemporaneidade: construção do sujeito crítico reflexivo” (Profa. Flaviane Pereira Santana – Ativista ambiental)

  • "Realidade ambiental de Guanambi: diagnóstico e perspectivas" (José Carlos Lélis Costa – Ativista ambiental)

Lanche [10h00]

Discussão dos eixos temáticos nos Grupos de trabalho. [10h20min]

Almoço [12h00]

Apresentação Cultural [13h10min]

Plenária [13h30min]

Eleição do Comitê do Meio Ambiente [14h30min]

Lanche [15h30min]

Plantio da árvore simbólica e Passeata [16h50min]




Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Guanambi
Share:

Acesse e Leia!

Previsão do Tempo:

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog