setembro 21, 2016

Deputados estaduais acusam prefeito de Guanambi de mau uso de dinheiro público

Terça, 20 de Setembro de 2016 - 19:35

BAHIA NOTÍCIAS

Deputados estaduais acusam prefeito de Guanambi de mau uso de dinheiro público
Foto: Divulgação

Deputados estaduais criticaram o prefeito de Guanambi, Charles Fernandes (PP), durante sessão na Assembleia Legislativa da Bahia nesta terça-feira (20). Adolfo Viana (PSDB), Leur Lomanto Júnior (PMDB) e Carlos Geilson (PSDB) acusaram o gestor de abuso de poder econômico e mau uso do dinheiro público. Eles alegam terem recebido denúncias de contratos duvidosos, além de desvio de verba pública e apontam que já provocaram o Ministério Público para a abertura de investigação. A prefeitura teria investido quase R$ 60 milhões em contratos para a pavimentação asfáltica da cidade, sendo que a administração municipal possui o maquinário necessário para a realização do serviço. “A prefeitura tem um parque de máquinas capaz de atender o novo asfalto que chega na cidade. O impressionante é que a atual administração despreza esse parque de máquinas e contrata, através de licitações duvidosas, empresas para fazerem o trabalho que deveria ser feito pela gestão municipal", disse Viana na sessão desta terça.

setembro 19, 2016

INCÊNDIO COM GRANDES LABAREDAS ATINGE A MADEIREIRA GUANAMBI





Na tarde desta Segunda Feira (19) a população de Guanambi foi surpreendida com um grande incêndio na Madeireira Guanambi que fica localizada na Avenida Santos Dumont.
Até o momento não se sabe a causa do incêndio, o certo é que o município não dispõe de corpo de Bombeiros e o jeito foi recorrer a carros pipas para conter as grandes chamas.
Este acidente traz mais uma vez a o debate sobre a importância da instalação do corpo de Bombeiros em Guanambi que já foi promessa de campanha do Governador Rui Costa.
Por: . Mário Filho

SEM ACORDO, GREVE DOS BANCÁRIOS ENTRA NA TERCEIRA SEMANA

BAHIA ECONÔMICA

 
Na última sexta feira (15), os bancários recusaram mais uma proposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e decidiram continuar a greve nacional, iniciada no último dia 6 e que completa hoje (19) 14 dias,  com mais de 12 mil agências e 52 centros administrativos fechados, já na  terceira semana de paralisação.
 
Na reunião de sexta feira,  a Fenaban ofereceu aos bancários  reajuste salarial de 7% e abono de R$ 3,3 mil. Os bancários não ficaram satisfeitos e decidiram manter a paralisação. Segundo a Fenaban, ainda não há data para novas negociações.
 
Os bancários reivindicam reposição da inflação de 9,57% e mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24), participação nos lucros, combate à meta abusiva, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, segurança e melhores condições de trabalho.

setembro 18, 2016

PMDB e PT é a aliança que mais se repete nas eleições municipais deste ano

Domingo, 18 de Setembro de 2016 - 15:00

BAHIA NOTÍCIAS

PMDB e PT é a aliança que mais se repete nas eleições municipais deste ano
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Eles podem ter rompido as relações no plano federal, mas nas eleições municipais deste ano a aliança que mais se repete em todo o Brasil é entre PMDB e PT. De acordo com levantamento feito por O Globo, o partido da ex-presidente Dilma apoia a legenda do presidente Michel Temer em 648 municípios. Ainda segundo a publicação, o PT compõe 30% das coligações que dão apoio a candidatos peemedebistas. PSDB, PSD, DEM, PP e PDT também reproduzem alianças com o PMDB. Enquanto em números absolutos o PT é o maior apoiador dos peemedebistas, proporcionalmente, o DEM é que o mais oferece apoio ao PSDB. Os democratas aparecem em 36% das alianças com os tucanos. Já PT e PCdoB reproduzem nessas eleições o casamento do plano federal. Os petistas apoiam os comunistas em 37% das coligações.

SECULT DIVULGA LISTA COMPLEMENTAR DE PROJETOS DOS EDITAIS SETORIAIS

09/09/2016 10:55
BAHIA ECONÔMICA


A Secretaria da Cultura do Estado (Secult) publicou no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (9) uma portaria complementar com os projetos que foram inscritos após a publicação do resultado da análise prévia, em decorrência do atraso na entrega dos Correios. Todos os projetos foram postados até o dia 19 de agosto, data de fechamento das inscrições dos 23 editais setoriais 2016 do Fundo de Cultura Bahia (FCBA).

As propostas inscritas correspondem aos setoriais de Culturas Populares, Culturas Populares Versão Simplificada, de Dança, de Leitura, Música, de Teatro e de Territórios Culturais. Também foi publicada a portaria de retificação de resultado do Setorial de Audiovisual – Produção e Distribuição.

A partir da publicação, esses projetos juntam-se aos outros inscritos e seguem para a análise de mérito, que será realizada por comissões temáticas formadas por especialistas de diversas áreas da cultura e utilizarão como parâmetros as exigências apresentadas em cada edital, além dos interesses das políticas públicas culturais do Estado. A lista complementar está disponível no site da Secult.

setembro 14, 2016

BANCÁRIOS E FENABAN NÃO CHEGAM A ACORDO E GREVE CONTINUA

BAHIA ECONÔMICA
13/09 - 19:36hs -

O impasse continua entre os bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Nesta terça-feira (13) as duas partes se reuniram durante quatro horas, mas não houve avanços e acordo. Com isso, a greve dos bancários continua.

Os trabalhadores seguem em paralisação por tempo indeterminado e uma nova reunião entre as partes foi marcada para esta quinta-feira (15), em São Paulo. Segundo os representantes dos bancários, a Fenaban manteve a proposta de reajuste abaixo da inflação, de 7%, mais abono de R$ 3,3 mil.

A categoria pede 14,78% de reajuste salarial, contratações, segurança, atenção à saúde, fim do assédio moral e das metas. No país, mais de 11 mil agências estão fechadas.

FIOL É INCLUÍDA EM PROGRAMA DE PRIORIDADE DO GOVERNO FEDERAL

BAHIA ECONÔMICA
13/09 - 19:49hs -

O modelo de negócio discutido pelo Governo do Estado junto aos investidores chineses e ao governo federal para a continuidade da construção da Ferrovia Oeste Leste (Fiol) foi aprovado.

Agora, a obra é uma das prioridades do Programa de Parcerias de Investimento (PPI), do qual os técnicos entenderam ser viável a concessão do projeto, que tinha as obras realizadas pela Valec, mas que está paralisado.

Além de atender aos requisitos impostos pelo governo federal, o modelo foi discutido em março, pelo governador Rui Costa, em uma missão na China, e aprovado também pela China Railway Engeneering Group n.10 (Crec 10). “Recentemente, tivemos uma negociação em Xangai, que identificou o caminho de uma licitação para a subconcessão da Fiol e, em paralelo, para que se acelere a implantação do Porto Sul”, explica o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster.

“Identificou-se que havia resistência do ponto de vista do governo federal. Então, o Governo da Bahia fez uma proposta à Crec 10 para que se fizesse uma licitação da subconcessão por um período de 30 anos, por exemplo, com a obrigação de fazer um investimento e depois a exploração dessa subconcessão para haver o retorno”, afirma o secretário.

“O projeto do Porto Sul e da Fiol tem sustentabilidade econômica, pela possibilidade da exportação de 18 milhões de toneladas de minério de ferro da Bamin, na região de Caetité, e outras toneladas da região de Brumado, além da exportação de grãos da região do Oeste da Bahia”. Segundo o secretário, há um protocolo de intenções assinado com os produtores de grãos do Oeste para a utilização da Fiol e do Porto Sul para as exportações.

O secretário destaca que “o próximo passo será receber em outubro uma missão com a presença do vice-presidente da Crec 10, aqui na Bahia e em Brasília, para apresentar uma proposta de modelagem e termos então a própria licitação. A partir daí, teremos o início das obras do Porto Sul e a continuação da Fiol, que poderá ser o início da Transoceânica, que vai ligar o Atlântico ao Pacífico”.