• 14.08.2018: UM DIA PARA FICAR NA HISTÓRIA DE GUANAMBI

    A TV Latinha registrou com fotos e entrevistas o Dia 14 de Agosto de 2018 – 99 anos de emancipação política de Guanambi rumo ao Centenário da cidade.

  • Guanambi 99 Anos: Abraço à Cidade da Fundação Joaquim Dias Guimarães

    Hoje (14), Dia do Aniversário de Emancipação Política de Guanambi - 99 Anos , a Fundação Joaquim Dias Guimarães - FJDG realizou o 24º Abraço à Cidade na Praça Coronel Cajaíba com a participação de crianças, jovens, adultos, idosos, autoridades, personalidades histórias e lideranças políticas, bem como de diversas entidades comunitárias e de instituições educacionais.

  • Degradação ambiental do Rio Carnaíba de Dentro e os Riachos do Belém e dos Brindes em Guanambi

    De acordo estudos de campo, observa-se que o principal problema de desenvolvimento de Guanambi é a questão ambiental, a preservação das bacias hidrográficas, os resíduos sólidos, o desmatamento das áreas verdes e degradação das áreas históricas e naturais

  • CONSELHO DA CIDADE E CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE VISITAM O RIACHO DO BELÉM EM GUANAMBI

    Hoje 11.08 – Dia do Estudante, uma comissão do Conselho da Cidade e do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Guanambi fez uma expedição pelo Riacho do Belém no trecho do Parque da Cidade até Ponte de Dona Dedé, onde observou-se o processo histórico de degradação da APP - Área de Preservação Permanente. Também analisou o problema do descarte de lixo, esgoto, desmatamento e queimada. Em contra posição identificou-se diversas espécies de aves, peixes, cágados e outros animais silvestres.

  • I Fórum Guanambiense de Educação Ambiental

    Hoje (08), das 8 às 13 horas, aconteceu o I FÓRUM DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE GUANAMBI organizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com o Conselho Municipal de Meio Ambiente e as secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer e de Assistência Social.

Brumado recebe a 21ª edição da Corrida Ecológica neste domingo

Fonte: Ascom/Sudesb

Com mais de 300 inscritos, Brumado recebe, neste domingo (1º), a 21ª edição da Corrida Ecológica. A  largada está prevista para as 9h, em frente ao Ginásio de Esporte Antônio Alves Ribeiro. A corrida passa pela cidade vizinha, Livramento de Nossa Senhora, tendo, em seus últimos nove quilômetros, uma paisagem linda e natural. Com o  percurso final da Serra das Almas, no município de Rio de Contas.

Profissionais e amadores das 21 categorias que participarão da prova irão percorrer o total 80 quilômetros na rodovia BA148. A ação tem como objetivo chamar a atenção dos participantes e da população em geral  para a importância de preservação do meio ambiente.

Realizada e supervisionada pela Federação Baiana de Ciclismo, a corrida conta com apoio financeiro do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).



Share:

Construção civil lidera geração de emprego na Bahia em 2019

Foto: Adenilson Nunes/GOVBA.

Fonte: Ascom/SEPLAN

A Construção Civil é o setor da economia que mais gerou emprego na Bahia nos sete primeiros meses de 2019, com 10.745 novos postos de trabalho com carteira assinada no período. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan).

O destaque do setor de janeiro a julho desse ano ficou com “Obras de Infraestrutura para Energia Elétrica, Telecomunicações, Água, Esgoto e Transporte por Dutos”, com 4.429 empregos, seguido de “Instalações Elétricas, Hidráulicas e Outras Instalações em Construções”, com 1.778 e “Construção de Edifícios” com 1.403 novos empregos.

De acordo com o secretário do planejamento, Walter Pinheiro, as obras públicas do Governo do Estado impulsionam os números desse importante setor da economia. “Somente nesta sexta-feira (30), por exemplo, o governador assinou, no valor de R$ 50 milhões, a ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Feira de Santana e inaugurou outro sistema, que recebeu um investimento de R$ 800 mil, como parte do programa Água para Todos, em Serra Preta e também foi entregue a primeira etapa da construção de rede de esgotamento sanitário no distrito do Bravo, da mesma cidade”, exemplificou Pinheiro.

Com 7.856 empregos criados no mesmo período, o setor de Serviços ficou em segundo lugar no Caged. “Atividades de Atendimento Hospitalar”, com 3.863, seguido de “Serviços de Arquitetura e Engenharia e Atividades Técnicas Relacionadas”, com 2.305, e “Educação Infantil e Ensino Fundamental” com 1.849 novos postos de trabalho, entre janeiro e julho de 2019.

Líder do Nordeste

Nos sete primeiros meses do ano, a Bahia gerou 28.056 novos postos de trabalho, levando em conta a série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo. Este resultado faz com que a Bahia ocupe a primeira posição quanto à geração de empregos no Nordeste e a sexta no país.

No Nordeste, apenas a Bahia, o Maranhão (+6.109 postos) e o Piauí (+519 postos) totalizaram saldos positivos. Em contrapartida, seis estados nordestinos totalizaram acumulados negativos. Pernambuco (-23.806 postos) foi seguido por Alagoas (-22.737 postos), Ceará (-5.951 postos), Paraíba (-5.645 postos), Rio Grande do Norte (-4.384 postos) e Sergipe (-3.856 postos).



Share:

Fórum reúne mulheres em Guanambi na defesa de seus direitos



O Conselho Municipal em Defesa dos Direitos da Mulher de Guanambi, em parceria com a Secretaria de Assistência Social, promoveu na manhã desta quinta-feira, dia 29, o III Fórum da Mulher, debatendo pautas de interesse da mulher e da sociedade.
 
Na ocasião, pelo voto direto, foram escolhidos os representantes para a composição do Conselho, e definidas as diretrizes de atuação com execução de programas e projetos em parceria com a Prefeitura, Governo do Estado, Ministério Público e entidades da sociedade civil.
 
A primeira dama, Gabriela Barros; o secretário de assistência social, Francisco Donato; a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Josemira; Representantes da UNIFG; Dr. Gercino Filho, representando a OAB de Guanambi, usaram a palavra destacando a importância do evento para agregar a comunidade em defesa dos direito da mulher.
 
Estiveram presentes, agentes comunitários de saúde, representantes de associações urbanas e rurais de movimento de mulheres, clubes de mães, Lanaya Santana, coordenadora do eixo de enfrentamento da violência contra as mulheres representando a Secretaria Estadual de Política para as Mulheres da Bahia, e diversos segmentos da sociedade, lotando o plenário da Câmara, tornando o evento com alta representatividade.
 
Para a presidente do Conselho Jaylma Fernandes, "foi um movimento e um momento marcante, em defesa dos direitos da mulher e para agregá-las em torno das suas bandeiras e também defesa da sociedade".


ASCOM - ASSESSORIA DE COMUNICA????O 
- PREFEITURA DE GUANAMBI -

Share:

Grito dos Excluídos no dia 07 de setembro


O último dia 13 de agosto foi mais um estrondoso sucesso de nossa mobilização de rua e de massas no Brasil. A data que foi um indicativo original da própria CNTE, em deliberação que tiramos em reunião de nosso Conselho Nacional de Entidades (CNE), e que depois veio a ter a adesão de muitas outras entidades do campo educacional, mostra que estamos no caminho certo. A defesa da educação pública em nosso país, e da própria democracia roubada de nós desde o golpe de 2016, que terminou por descambar em um processo eleitoral marcado por disseminação de notícias falsas (fake News) e a prisão do principal candidato do campo democrático e popular, exige de nós protagonismo.

É por isso que, ao final do último dia 13, a CNTE já indicou um calendário de lutas e mobilização para que nossas entidades continuem a assumir o papel central nesse atual processo de resistência política que estamos promovendo em todo o Brasil. Nosso papel, enquanto entidades sindicais, é promover a luta em defesa dos interesses de nossa categoria, entendendo que essa pauta será mais vitoriosa quanto mais garantirmos a própria democracia em nosso país. Um governo autoritário, que empurra goela abaixo todas as atrocidades que têm sido implementadas no campo educacional do país, inclusive os cortes de gastos na educação, não combina com o modelo educacional livre, autônomo, democrático e plural que defendemos.

Aproveitando a Semana da Pátria, indicamos o engajamento de todos/as para uma semana inteira de mobilização em nossas bases, no que estamos a chamar de mobilização Em Defesa da Soberania Nacional, contra a Reforma da Previdência e o (des)governo Bolsonaro. O objetivo é que nessa próxima semana, que vai do dia 01 a 07 de setembro, estejamos todos envolvidos nessa missão de conversar com nossos companheiros e companheiras nas escolas, além de debater com os estudantes e a própria comunidade escolar. Sugerimos a promoção de aulas públicas, seminários e debates em nossos locais de trabalho e em locais de grande concentração popular das cidades. Temas como o financiamento da educação, o futuro do FUNDEB, precatórios do FUNDEF e outros tantos devem entrar em nossa pauta de conversas. Estamos disponibilizando em nossa página eletrônica da Internet farto material que pode ser acessado e usado por nossas entidades nas atividades dessa semana.

A nossa luta é pela educação pública, mas também é por uma país democrático e justo para todos! Que façamos a nossa parte enquanto entidades sindicais que pensam e lutam para além de nossas pautas corporativas! Um projeto de país soberano e livre, e de uma democracia plena que garanta os direitos sociais de todos/as, é também uma bandeira nossa, que tremula junto com a da educação pública, democrática, laica e plural! 

CNTE Informa

Share:

JORNALISTA DIZ QUE JN ERA PARCEIRO DE MORO E DA LAVA JATO

BAHIA ECONÔMICA

JORNALISTA DIZ QUE JN ERA PARCEIRO DE MORO E DA LAVA JATO
Falando sobre a cobertura da operação lava-jato, o jornalista Glenn Greenwald afirmou que o Jornal Nacional atuava quase como parceiro de Sergio Moro, até os vazamentos dos diálogos de procuradores, obtidos e divulgados pelo The Intercept Brasil. A declaração foi dada em entrevista a Juca Kfouri no programa Entre Vistas, da TVT. “Obviamente, a grande mídia estava como uma aliada do Sergio Moro e da Lava Jato nos últimos anos, não só por ideologia, mas também porque o modelo do lucro da mídia brasileira era receber vazamentos da força-tarefa da Lava Jato sem gastar com nenhum recorte, sem fazer investigações”, analisou.
“Então o Jornal Nacional recebia vazamentos da força-tarefa da Lava Jato, o [apresentador William] Bonner anunciava que tinha uma notícia muito importante sobre corrupção, com uma audiência enorme, e a Globo lucrava muito sem fazer jornalismo. O papel da grande mídia no Brasil era quase como parceiro da Lava Jato e do Sergio Moro”, disse Glenn. O jornalista avalia que a situação só mudou  quando o The Intercept Brasil procurou as mídias tradicionais, divulgando informações exclusivas, para informar o que o site estava descobrindo através das mensagens vazadas. “Nossa estratégia, então, foi convidar a grande mídia para ter acesso ao nosso jornalismo, para reportar junto com a gente. Acho que sem a nossa estratégia, sem envolver todos conosco, não seria assim”, declarou.
Ainda segundo Glenn, a imagem de Moro foi construída durante os últimos anos “sem desafio, como um herói”, mas os diálogos trouxeram consequências graves para o atual Ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro, a exemplo da perda do apoio de parte da mídia. O jornalista acredita que seu trabalho vem mudando o pensamento dos brasileiros sobre o ministro. “Depois de dois meses, Moro ainda é o ministro da justiça. Mas ele é uma figura muito mais fraca, igual o Deltan Dallagnol [coordenador da Lava Jato]. Eu acho que essas mudanças são sutis, mas geralmente mudanças importantes acontecem com o tempo e de forma sutil”, analisou.

Share:

Lixo, um desafio ambiental que insistimos em colocar debaixo do tapete

Sexta, 30 de Agosto de 2019 - 07:20

BAHIA NOTÍCIAS

por Fernando Duarte

Lixo, um desafio ambiental que insistimos em colocar debaixo do tapete
Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil
Pelo menos 288 municípios baianos não possuíam, em 2017, qualquer plano de gestão integrada de resíduos sólidos. O levantamento é o último disponível no Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos (SINIR). Mesmo entre aqueles municípios que já possuem algum tipo de menção a gestão de resíduos sólidos, é difícil identificar alguma cidade que esteja completamente livre de um grave problema social: o lixo. E, ao invés de acelerarmos as discussões e a cobrança, temos insistido em jogar o lixo para debaixo do tapete – perdoem-me o trocadilho infame.

Tomemos como exemplo a vida útil do Aterro Sanitário Metropolitano, que atende Salvador, Lauro de Freitas e Simões Filho. Em operação desde o ano 2000, o aterro expira no próximo ano e não há um debate vivo sobre o que deve acontecer com a destinação do lixo nessas três cidades. São cerca de 50 mil toneladas de resíduos sólidos por mês que devem ficar sem um destino adequado, caso não tomemos a discussão como imprescindível. Enquanto muito se discute macro política, o bê-á-bá das pequenezas do dia a dia fica em segundo plano.

Outro levantamento, também de 2017, e tendo como origem o governo da Bahia, aponta que apenas 43 municípios do estado já possuem aterro sanitário, considerado uma das formas menos impactantes do ponto de vista socioambiental. Outras 216 cidades ainda utilizam os lixões tradicionais como forma de descarte. Quantas vezes esse tema apareceu nas rodas de conversa da família? Ou quantas vezes se viu vereadores e deputados falando sobre isso? O resultado dessa omissão pode provocar um colapso ambiental sem precedentes e, ao invés de termos uma política nacional de resíduos sólidos para evitar o problema, é provável que tenhamos que lidar com as consequências dessa inércia.

Há um debate muito forte sobre meio ambiente no momento. Muito disso suscitado por queimadas e pelo desmatamento da Amazônia. Em Salvador, a Semana do Clima trouxe à tona questão relevantes sobre o futuro do mundo. E uma das coisas mais básicas nesse processo é a discussão sobre a destinação do lixo. Em um contexto em que a coleta seletiva ainda não faz parte do cotidiano, em que uma parcela expressiva vive abaixo de condições mínimas de saneamento e com muitas pessoas dependendo de lixões para sobreviver, adiar essa questão a transforma em um problema de várias gerações.

Se sustentabilidade deve ser uma palavra de ordem para que haja extensão da vida por mais tempo no planeta, qualquer esforço é válido. Por isso, é extremamente relevante que forcemos as discussões o quanto antes, sob o risco de não haver um amanhã para debater. A começar pela cobrança de que as políticas públicas básicas sejam cumpridas. Afinal, já temos leis demais para figurar apenas como simbólicas.

Este texto integra o comentário desta sexta-feira (30) para a RBN Digital, veiculado às 7h e às 12h30, e para as rádios Clube FM, Líder FM, RB FM e Valença FM.

Share:

Fim do mistério: Queiroz é encontrado em bairro nobre de SP oito meses após desaparecer

Sexta, 30 de Agosto de 2019 - 09:20

BAHIA NOTÍCIAS

Fim do mistério: Queiroz é encontrado em bairro nobre de SP oito meses após desaparecer
Foto: Reprodução
Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz tem morado no Morumbi, na Zona Sul de São Paulo, e tem se tratado de um câncer no Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital Albert Einstein, que fica no mesmo bairro, segundo a edição desta semana da revista Veja.

Queiroz estava sumido desde janeiro e a Veja seguiu pistas e entrevistou dezenas de pessoas para identificar seu paradeiro. O ex-assessor tem feito o trajeto da casa até o hospital por meio de táxi e Uber. Queiroz, que raramente sai de casa, luta contra o mesmo câncer no intestino que o levou para a mesa de cirurgia no fim do ano passado, pouco antes do estouro do escândalo da movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão em sua conta na época em que trabalhava para Flávio Bolsonaro. Sua última aparição pública foi justamente no Einstein.

Uma pessoa próxima ao assessor afirmou que a operação não resolveu o problema do tumor. Um possível agravante é o de que Queiroz teria se descuidado por um tempo. Após o escândalo, o clã Bolsonaro tem procurado se distanciar do ex-policial, incluindo o presidente, amigão de Queiroz desde o início dos anos 1980, quando se conheceram no serviço militar da Brigada de Infantaria Paraquedista, no Rio de Janeiro. Procurado pela revista, Queiroz não quis se pronunciar. 
Share:

O Desbravamento do Sertão e as Ruínas da Antiga Igreja do Arraial da Parateca


A TV Latinha recebeu as fotos das ruínas da antiga Igreja do arraial da Parateca - Distrito histórico do município da Malhada/Bahia.

As fotos das ruínas da Igreja da Parateca demonstra o descaso e o abandono histórico do Poder Público com um monumento que marca a história do desbravamento do sertão. 

As ruínas da antiga Igreja do Arraial da Parateca é o registro do processo de ocupação do sertão baiano, através das expedições dos portugueses e jesuítas no Rio dos Currais -  Rio São Francisco "Velho Chico". 

Hoje (30.08.2019), fiz a leitura dos livros RESPINGOS HISTÓRICOS de Domingos Antônio Teixeira "Teixeirinha" e Breves Notas Sobre a Origem do Município de GUANAMBI de Dário Teixeira Cotrim, visando resgatar aspectos históricos das Ruínas da antiga igreja do arraial da Parateca: "Notável obra que, por muito tempo, resistiu às grandes enchentes do Rio São Francisco" *Página 48 - Teixeirinha



Dário Teixeira também faz um registro sobre o tema: "Aspectos da antiga Igreja do arraial da Parateca "... que por muito tempo resistiu às enchentes do grande rio". Abandonada, teve as suas imagens transferidas para a fazenda "Capim de Raiz", de propriedade do coronel Sinézio Bastos. Povoado de Parateca - Malhada/Bahia" *Página 67



A sociedade de Malhada precisa promover uma campanha para a preservação do monumento histórico e revitalização da área das Ruínas da Antiga Igreja do Arraial da Parateca.
Share:

Sudoeste: MP denuncia acusados por fraude em emplacamento de carros de luxo

Quinta, 29 de Agosto de 2019 - 12:20

BAHIA NOTÍCIAS


Sudoeste: MP denuncia acusados por fraude em emplacamento de carros de luxo
Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

Dois ex-coordenadores do Detran-BA de Brumado e Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste, foram denunciados pelo Ministério Público do Estado (MP-BA). A suposta fraude teria movimentado mais de R$ 2,5 milhões. Os dois são acusados de associação criminosa por inserir, de forma continuada, dados falsos em sistema informatizado da administração pública. O objetivo seria “esquentar” os dados dando “aparência de legalidade” a veículos de luxo roubados.

No curso da operação Hot Doc [documento esquentado, em tradução livre], realizada em dezembro do ano passado (lembre aqui) e fevereiro deste ano foram presos os ex-coordenadores Kléber Leal, de Brumado, e Edelson Castro, de Livramento.

O MP-BA ainda denunciou os acusados por oferecer vantagem indevida a funcionário público. Na ação, o promotor de Justiça Ruano Fernando da Silva Leite pede a indisponibilidade de bens dos envolvidos no esquema no valor de R$ 911,8 mil. O MP-BA afirma que os supostos crimes ocorreram entre novembro e dezembro de 2018.

À época, os ex-coordenadores facilitaram e determinaram aos subordinados a inserção de dados falsos no sistema informatizado do Detran, aprovando o primeiro emplacamento “fraudulento” de, pelo menos, cinco veículos. O MP diz que dois dos veículos teriam sido emplacados após o pagamento de suborno efetuado pelos dois outros denunciados. 

Share:

CRAS: Roda de Conversa sobre os 100 anos da história de Guanambi



No dia 29, das 15 às 16:00 horas, na sede do CRAS - Centro de Referência de Assistência Social (Casa das Famílias), aconteceu uma Roda de Conversa com o historiador José Carlos Latinha sobre o tema "Guanambi: 100 anos de História".

O evento foi coordenado pela Assistente Social Geórgia Bezerra e contou com as presenças das mulheres dos bairros Marabá e Monte Pascoal, profissionais e funcionários da instituição.

O CRAS - Centro de Referência de Assistência Social funciona na Rua Graciliano Ramos, 10 - bairro Marabá e é um órgão financiado pelo Governo Federal em parceria com a Prefeitura Municipal de Guanambi, através da Secretaria Municipal de Ação Social.

A instituição promove um trabalho social com as famílias em situação de vulnerabilidade e é um importante instrumento de intervenção nos bairros da cidade, onde diversas ações são desenvolvidas por uma equipe multiprofissional, formada por educadores, assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, técnicos e orientadores.

Parabéns aos profissionais do CRAS por proporcionar uma roda de conversa sobre a história de Guanambi com as mulheres dos bairros Marabá e Monte Pascoal. 






Share:

Guanambi sedia Conferência Territorial da Criança e do Adolescente



ASCOM - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
- PREFEITURA DE GUANAMBI - 

Guanambi sediou a 3ª Conferência Territorial dos Direitos da Criança e do Adolescente reunindo diversos municípios da região. Vários temas ligados as políticas públicas foram discutidos em grupos de trabalho e palestras. O ato de abertura contou com a presença do prefeito Jairo Magalhães, Secretário Municipal de Assistência social, Francisco Donato, presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Saulo de Tácio, Leda Freitas, representante do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Joana Nascimento, Secretária de Assistência Social de Palmas de Monte Alto e o adolescente Antônio Henrique Santos.
 
Todos usando da palavra para destacar a importância do evento. Ao se dirigir aos presentes, o prefeito de Guanambi agradeceu a presença de todos, enfatizando os esforços da gestão para implementar políticas de apoio as crianças e adolescentes.
 
“É bom unirmos esforços a nível regional em uma conferência, para que possamos avançar nesta demanda”, frisou Jairo.
 
O cantor Jardel, acompanhado da Banda Curumim, interpretou o hino de Guanambi.
 
O evento foi encerrado com apresentação das propostas e eleição de delegados para a Conferência Estadual.
 
Presentes representantes dos municípios de Guanambi, Palmas de Monte Alto, Malhada de Pedras, Candiba, Urandi, Tanque Novo, Pindaí, Paramirim, Caculé, Ibiassucê, Brumado, Riacho de Santana e Sebastião Laranjeiras.



Share:

Ivana Bastos participa de encontro que anuncia leilão da Fiol para 2020



A deputada Ivana Bastos, 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), e membro da Comissão da Fiol e Porto Sul, recebeu nesta quarta-feira (28), na Casa Legislativa, o presidente da Bamin, Eduardo Ledsham. O encontro articulado através do colegiado que trata das obras na Alba, contou também com a presença do presidente do poder legislativo, deputado Nelson Leal.

A convocação do presidente da Bamin na Alba teve como finalidade obter informações atuais sobre o andamento para a implantação do projeto integrado da Mina de Ferro, em Caetité, do Porto Sul e da Ferrovia Engenheiro Vasco Azevedo Neto (antiga Fiol). De acordo o presidente da Bamin, a expectativa é que o leilão da Fiol seja realizado já no primeiro semestre de 2020, em maio. “73% das obras da ferrovia já estão prontas com um investimento da União, R$ 4 bilhões. A partir da realização do leilão as obras serão finalizadas e o Estado passará a contar com esse importante corredor, responsável para exportar toda produção de grão do oeste da Bahia e Tocantis junto com o Porto Sul”, informou.

Na ocasião, a deputada destacou o constante trabalho do mandato no parlamento para alavancar as obras. "Na Casa, também como membro da comissão responsável por tratar dessas obras, sigo ao lado dos demais parlamentares empenhada buscando agilizar para a conclusão desses obras essenciais para a redenção econômica do estado, que poderá dobrar as atividades de mineração no PIB do estado, hoje estacionado em 1,8% e fazer desses empreendimentos um grande salto de qualidade no moderno desenvolvimento econômico e social da Bahia”, enfatizou Ivana.

Ainda no encontro, Ivana Bastos agradeceu a presença do presidente da Bamin por atualizar os parlamentares a respeito desses grandes projetos estruturantes do estado, e ressaltou sobre a luta constante da Comissão em prol das obras que vão promover o desenvolvimento socioeconômico. “A Fiol e o Porto Sul é realidade. Aqui na Assembleia Legislativa seguimos lutando, trabalhando incansavelmente para que esses projetos se tornem realidade, promovendo emprego, renda e proteção aos baianos", declarou.
--

Assessoria de Comunicação
Gab. deputada Ivana Bastos

Share:

Museu do Recôncavo Wanderley Pinho terá investimento de R$ 26 milhões para requalificação

Fonte: Ascom/Ipac

O Museu do Recôncavo Wanderley Pinho, em Candeias, será contemplado pelo Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), por meio da Secretaria de Turismo do Estado) (Setur), com um investimento de aproximadamente R$ 26 milhões. Os recursos serão aplicados em obras de restauração e recuperação, englobando o casarão e entorno.

O anúncio do edital de licitação para realização das obras foi feito pelo governador Rui Costa nesta terça-feira (27), durante a entrega do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Candeias. O patrimônio histórico, datado do século XVI, é administrado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), autarquia vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (Secult). Ele fica localizado onde funcionava o Engenho Freguesia.

As intervenções têm como objetivo incorporar o museu ao roteiro turístico da região, focando nos segmentos cultural, histórico e náutico, este último em virtude da localização. A reforma prevê o restauro da casa grande, capela e da antiga fábrica; bem como serviços de paisagismo e a construção de um complexo museológico com integração entre ecologia, etnografia, arqueologia, história e arte.

O diretor do Ipac, João Carlos de Oliveira, destaca a interlocução entre as secretarias estaduais de Cultura e de Turismo para viabilizar as intervenções no museu. “As relações transversais das secretarias são vetores importantes para o desenvolvimento e a implementação de políticas públicas no Estado”, resume.

Imagem ilustrativa
(Imagem ilustrativa)

O diretor também destaca como um bom exemplo da parceria entre as secretarias as obras de requalificação no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), no valor de R$ 15 milhões, entregues em julho deste ano. “E ainda teremos para o MAM mais R$ 3,5 milhões, também destinados pela Prodetur, a serem investidos em um novo píer e um novo restaurante”, complementa.

Para o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, "é importante que os órgãos públicos se unam para que as ações sejam feitas em conjunto, potencializando a atuação do Governo da Bahia nas diversas áreas”. Ele ainda acrescenta que as obras do Prodetur  "vão impulsionar tanto o turismo náutico, quanto o cultural, com a requalificação de equipamentos importantes na história do estado, a exemplo do Museu Wanderley Pinho”.

Atracadouro

Além da requalificação do museu e do entorno, outra obra importante para o local será a recuperação do atracadouro, cuja licitação já está em fase de conclusão. Esta estrutura  náutica será resolvida a partir da ponte de acesso existente, que será  totalmente recuperada, com aproveitamento da fundação (estacas). O mesmo procedimento ocorrerá com o pier fixo. Entre outras obras previstas está a implantação de uma ponte articulada móvel. O valor previsto do investimento é em torno de R$ 2 milhões.

O museu

Erguido no século XVI, à margem da Baía de Todos-os-Santos, em Caboto, distrito de Candeias, o antigo Engenho Freguesia foi transformado em museu-casa em 1971, devido ao seu valor histórico e a sua importância para a região do Recôncavo Baiano. Construído em terras doadas pelo então governador-geral do Brasil, Mem de Sá, o casarão foi alvo das invasões holandesas, em 1624, e vivenciou momentos de apogeu na produção de açúcar até a segunda metade do século XIX. Quando as leis abolicionistas passaram a vigorar no país, o engenho entrou em decadência e, em 1890, as moendas de cana-de-açúcar foram desativadas.

O conjunto arquitetônico inclui casa-grande com 55 cômodos, fábrica e capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição da Freguesia. O acervo é composto das coleções: imaginária, mobiliário, paramentos, indumentária, desenho, pintura, cerâmica e fotografia, além de peças de tecnologia rural e industrial e instrumentos de suplício. Atualmente, devido à realização de obras para recuperação física do conjunto arquitetônico, o Museu do Recôncavo Wanderley Pinho está fechado para visitação.


Share:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog