• 14.08.2018: UM DIA PARA FICAR NA HISTÓRIA DE GUANAMBI

    A TV Latinha registrou com fotos e entrevistas o Dia 14 de Agosto de 2018 – 99 anos de emancipação política de Guanambi rumo ao Centenário da cidade.

  • Guanambi 99 Anos: Abraço à Cidade da Fundação Joaquim Dias Guimarães

    Hoje (14), Dia do Aniversário de Emancipação Política de Guanambi - 99 Anos , a Fundação Joaquim Dias Guimarães - FJDG realizou o 24º Abraço à Cidade na Praça Coronel Cajaíba com a participação de crianças, jovens, adultos, idosos, autoridades, personalidades histórias e lideranças políticas, bem como de diversas entidades comunitárias e de instituições educacionais.

  • Degradação ambiental do Rio Carnaíba de Dentro e os Riachos do Belém e dos Brindes em Guanambi

    De acordo estudos de campo, observa-se que o principal problema de desenvolvimento de Guanambi é a questão ambiental, a preservação das bacias hidrográficas, os resíduos sólidos, o desmatamento das áreas verdes e degradação das áreas históricas e naturais

  • CONSELHO DA CIDADE E CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE VISITAM O RIACHO DO BELÉM EM GUANAMBI

    Hoje 11.08 – Dia do Estudante, uma comissão do Conselho da Cidade e do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Guanambi fez uma expedição pelo Riacho do Belém no trecho do Parque da Cidade até Ponte de Dona Dedé, onde observou-se o processo histórico de degradação da APP - Área de Preservação Permanente. Também analisou o problema do descarte de lixo, esgoto, desmatamento e queimada. Em contra posição identificou-se diversas espécies de aves, peixes, cágados e outros animais silvestres.

  • I Fórum Guanambiense de Educação Ambiental

    Hoje (08), das 8 às 13 horas, aconteceu o I FÓRUM DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE GUANAMBI organizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com o Conselho Municipal de Meio Ambiente e as secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer e de Assistência Social.

Manifestação das mulheres instaura nova etapa das eleições

 Do Portal Vermelho

As manifestações das mulheres – que reuniram ao todo centenas de milhares por todo o país e também no exterior contra o candidato fascista Bolsonaro – são o grande acontecimento da campanha eleitoral neste primeiro turno das eleições.

Foto: Midia Ninja
  
Essa ampla e vigorosa mobilização #EleNão, que ocupa as redes sociais e transbordou para as ruas, representa uma decidida tomada de posição contra o que representa Bolsonaro: a mais forte ameaça contra a democracia, contra os direitos das mulheres e da classe trabalhadora, desde o fim da ditadura militar em 1985.

Dia 29 de setembro é um marco divisor destas eleições.

O brado #EleNão reverberado por um coral de centenas de milhares de vozes, com a força e a legitimidade das mulheres brasileiras, fez um chamado, uma convocação, ao conjunto das forças democráticas e progressistas a não se omitirem, conclamando uma firme atitude democrática diante das ameaças representadas pela chapa fascista. 

A mensagem do 29 de setembro, do #EleNão, é clara: o fascismo é uma ameaça real, que deve ser enfrentada e derrotada. A tarefa, neste momento, é enfrentar o fascismo e derrotá-lo nas ruas, nas ideias, e sobretudo nas urnas.

O êxito dessas manifestações vem da amplitude, aglutinando mulheres de classes sociais diversas, com ou sem militância política, muitas apoiadoras de diferentes candidaturas presidenciais. 

O ponto convergente é o repúdio ao que representa a chapa Bolsonaro-Mourão, bradando um forte e uníssono “não” à barbárie e à regressão civilizatória. 

A Manifestação das Mulheres Unidas contra Bolsonaro, ao se posicionar frontalmente contra a ameaça fascista, puxa todas as correntes políticas que se pautam pela democracia para um movimento ainda mais amplo, destinado a liquidar qualquer possibilidade de vitória dessa chapa nas urnas.

Bolsonaro, em que pese ter parado de crescer nas pesquisas, salvo algo imponderável, irá para o segundo turno quando será confrontado por uma candidatura única do amplo campo da democracia, da Nação e da classe trabalhadora.

Diante dessa probabilidade, essas manifestações, de certa forma, antecipam o cenário da campanha pós-7 de outubro. 

Objetivamente, a partir de hoje, o primeiro turno entrelaça-se com o segundo turno. Está instaurado o embate entre democracia e fascismo, liberdade e ditadura, entre direitos e império do rentismo. 

Nesse cenário, agiganta-se a importância da chapa Fernando Haddad-Manuela d’Ávila; não sem motivo em franca ascendência nas pesquisas de intenções de votos. Pelo seu programa popular, patriótico, pela tradição democrática dos partidos de esquerda coligados, pela tradução pulsante do ciclo de governos progressistas dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. São condições que chamam todos os setores da sociedade comprometidos com a democracia, com os direitos, com a civilização e com o futuro digno para as brasileiras e os brasileiros, a se unirem desde agora nesse amplo movimento democrático que irrompe com as manifestações das mulheres. 

Manuela d’Ávila, como candidata a vice-presidente, fez um amplo convite à marcha e participou, na linha de frente, do ato na cidade de São Paulo, o maior do Brasil, sendo acolhida de forma entusiástica e carinhosa. Fernando Haddad, candidato a presidente, disse que as mulheres e a juventude serão prioridade caso seja eleito. Disse, também, que Manuela d’Ávila, como vice-presidenta, terá o papel destaque no governo.

Personalidades de diferentes áreas, como juristas, religiosos, lideranças avançadas do povo e dos trabalhadores, mesmo com divergência com aspectos da chapa Fernando Haddad-Manuela d’Ávila, já se manifestaram publicamente contra qualquer retrocesso democrático, numa demonstração de que esse campo pode se alargar ainda mais. 

A democracia como alicerce de um projeto de nação é um valor político incondicional. Sem ela não é possível falar em qualquer projeto de desenvolvimento do país, de nação. 

Se a intolerância, o arbítrio e a violência, como forma de governo e prática social, triunfarem, a grave crise que sufoca o país se agravará. O Brasil tem experiências amargas que mostram os resultados trágicos da imposição de regimes autoritários e de feição fascista.

As brasileiras e os brasileiros precisam de um novo governo que promova a união, o diálogo, a paz e a tolerância. Um governo verdadeiramente democrático capaz de criar uma ampla convergência para retirar o país da crise e remover as travas que impedem o progresso do país.

A chapa Bolsonaro-Mourão representa exatamente o oposto dessa plataforma política, é uma reedição, com novas roupagens, de regimes arbitrários e sanguinários de triste memória. 

A democracia, a restauração do Estado Democrático de Direito e o respeito à soberania do voto (Bolsonaro chegou ao ponto de dizer que só reconhece o resultado das urnas se este lhe for favorável) devem ser a prioridade, o ponto de destaque para se constituir desde já uma ampla frente contra o fascismo. 

A chapa Fernando Haddad presidente, Manuela d’Ávila vice, está credenciada e chamada a liderar a formação desta ampla frente desde já.

As mulheres brasileiras fizeram o mais difícil: abriram o caminho. Cabe ao conjunto das forças progressistas e democráticas segui-las e marchar, lado a lado com elas, pela democracia, pelo Brasil, por uma vida digna aos brasileiros e brasileiras.

#EleNão, democracia sim!


    Share:

    Campanha de coleta do lixo nas estradas de Guanambi e Região

                















    A TV Latinha acompanhou o lançamento da campanha “Cuidar do Meio Ambiente é Cuidar da Vida” ação que conta com a parceria da empresa Comercial Araguaia e a COOTAEG - Cooperativa de Trabalho dos Agentes Ecológicos de Guanambi e tem como objetivo iniciar um trabalho de conscientização dos moradores da cidade e da zona rural contra o descarte de lixo nas estradas da região.

    O primeiro mutirão está sendo realizado hoje (30), na BR-573 na estrada Guanambi/Matina. A campanha foi iniciada com uma carreata no cento de Guanambi e conta com uma estrutura de um caminhão e um carro de som. Logo após, acompanhamos a coleta do lixo e material reciclável na estrada e o trabalho de educação ambiental com os moradores da cidade e da zona rural.  

    A iniciativa da empresa COMERCIAL ARAGUAIA é uma importante iniciativa de Responsabilidade Ambiental e deve servir de exemplo para as empresas da região. 

    O excesso de lixo jogado pelos moradores da cidade nas estradas da região é um problema sério de poluição ambiental. O descarte de materiais de construção, lixo doméstico, plásticos, pneus, entre outros itens é uma prática comum na BR-030 e BR-122. 

    Share:

    Centenas de milhares de pessoas vão às ruas contra Bolsonaro

    PORTAL VERMELHO

    Milhares de manifestantes saíram às ruas de várias cidades do país neste sábado (29) para protestar contra o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro. As manifestações foram convocadas por um amplo movimento que reúne entidades e ações nas redes sociais e prosseguem neste início de noite em vários estados.

     Largo da Batata, em São Paulo, reuniu mais de 150 mil pessoas Largo da Batata, em São Paulo, reuniu mais de 150 mil pessoas
    Veja algumas atividades realizadas nos estados:

    Alagoas

    A manifestação reuniu milhares de pessoas na orla da Ponta Verde, em Maceió. Manifestantes independentes e integrantes de movimentos sociais, sindicais e políticos com faixas e cartazes iniciaram uma caminhada às 16h, da Praça Gogó da Ema, em frente ao antigo Alagoinha, até o Posto 7, na Jatiúca. A organização do movimento diz que 3 mil pessoas participam do ato.

    Bahia


    Manifestantes tomaram as ruas do centro e da orla de Salvador para se manifestar contra o candidato. Por volta das 14h30, a cantora Daniela Mercury iniciou uma apresentação especial para a manifestação. Ao lado de sua companheira Malu Verçosa, Daniela falou contra Bolsonaro e puxou o coro de "ele não" da multidão. "Queremos qualquer candidato que nos respeite, mas ele não", falou. "Nos respeite. Essa cidade é dos pretos, das mulheres, dos gays, pela democracia e pelo amor". Até o Farol da Barra, um dos principais pontos turísticos da capital baiana, onde a manifestação se dispersou, a cantora Maria Gadu também cantou de cima do trio elétrico. 

    Ceará

    As manifestações dos cearenses começaram cedo em Sobral, cidade situada na zona norte do estado. Pelo menos mil pessoas participaram da manifestação na Praça de Cuba. Com uma presença expressiva de jovens mulheres, os manifestantes ocuparam parte da área central da cidade ao longo da manhã. Em Fortaleza, as pessoas começaram a se concentrar por volta das 15h e saíram em caminhada às 16h30 na direção da Praia de Iracema. Estima-se que pelo menos 10 mil pessoas estão na manifestação.

    Espírito Santo

    A concentração dos manifestantes começou às 14h, na Praça do Papa, em Vitória. A manifestação saiu em passeata até a Praça dos Desejos, onde devem reunir cerca de 5 mil pessoas.

    Minas Gerais

    Em Belo Horizonte, a manifestação ocorre na Praça Sete, no centro da cidade e começou por volta das 14h. Com direito a trio elétrico, o clima do protesto foi de carnaval. As canções tinham palavras de ordem contra o Bolsonaro. "Nem fraquejada, nem do lar, a mulherada tá na rua pra lutar", dizia uma das músicas. Os gritos de "ele não" também eram entoados com frequência. Em Juiz de Fora os manifestantes se concentraram no Parque Halfeld, no Centro, desde as 11h. Depois, seguiram por diversas ruas do Centro da cidade e foram para a Praça Antônio Carlos. A organização estima que 30 mil pessoas participaram.

    Paraná

    Em Curitiba, o ato começou por volta de 16h, com grande concentração na Boca Maldita, tradicional local de manifestações políticas no centro da cidade. O público, majoritariamente feminino, preencheu ao menos quatro quadras do calçadão da Rua XV de Novembro. Com cartazes e gritando "ele não", os manifestantes fazem uma caminhada até o prédio histórico na Universidade Federal do Paraná (UFPR). 
    A cozinheira Carolina Almeida foi até a manifestação em Curitiba acompanhada do marido. "É um movimento justo e válido, a gente tem que se levantar, sim, não pode deixar alguém opressor dizer que a gente não é tão digno quanto ele", declarou. 

    Pernambuco

    No Recife a concentração na Praça do Derby, no Centro da capital, começou às 14h. A passeata contra Bolsonaro teve início às 16h. A estimativa dos manifestantes é de 15 mil pessoas, segundo a organização do evento. Em Caruaru os manifestantes se reuniram a partir das 14h, na frente do INSS e saíram em caminhada pela área central da cidade.

    Rio Grande do Sul

    Em Porto Alegre, a manifestação #EleNão ocorre no Parque da Redenção e reúne milhares de pessoas. De um trio elétrico, a organização, formada por mulheres, entoava gritos e cânticos contra o candidato. "Ele não", "ele nunca" e "coiso" foram as expressões mais usadas pelos manifestantes durante o ato. Além das mulheres, que eram a maioria do público, homens, idosos e crianças participaram.

    Santa Catarina


    Em Florianópolis, a concentração começou às 13h em frente à Catedral Metropolitana, no coração do centro histórico da cidade e seguiu com uma caminhada na Avenida Beira-Mar Norte. Manifestantes pintaram seus rostos e corpos, entoaram cartazes e cantaram gritos de guerra. Cerca de 20 mil pessoas participaram do protesto contra Bolsonaro. 

    O evento teve participação de diversos grupos partidários. Os principais eram os apoiadores de Haddad, Ciro Gomes e Marina. O assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) também foi lembrado em cartazes e camisetas. Houve ainda atos em Chapecó, Criciúma e Balneário Camboriú. 



     Do Portal Vermelho, com informações de agências
    Share:

    MULTIDÕES SE LEVANTAM NO BRASIL CONTRA O FASCISMO DE BOLSONARO

    Em todo o Brasil, milhares de brasileiros, liderados pelas mulheres, se levantaram contra o fascismo representado pela candidatura de Jair Bolsonaro; na Cinelândia, no Rio, uma multidão aderiu ao movimento #elenão, que também se espalhou por diversas cidades do Brasil e do mundo; segundo a vice na chapa presidencial do PT, Manuela D'Ávila (PCdoB), manifestantes estão comprometidos "com a democracia, com a dignidade e com a liberdade das mulheres"; repúdio à misoginia e ao fascismo de Bolsonaro vai além do Brasil: atos ocorrem em países como Portugal, Itália, Argentina, Alemanha e França. 247 BRASIL
    Share:

    Eleitorado feminino trava crescimento de Bolsonaro com campanha #EleNão

    REUTERS/Nacho Doce:

    O eleitorado feminino, que representa a maioria dos 147,3 milhões de brasileiros aptos a votar, tem imposto uma espécie de trava no crescimento das intenções de voto do polêmico candidato do PSL, Jair Bolsonaro, ao mesmo tempo em que manifestações encampadas por mulheres contra o presidenciável começaram a tomar corpo na reta final do primeiro turno. 247 BRASIL

    Share:

    SAFRA BRASILEIRA DE ALGODÃO DEVE CRESCER 19% NO CICLO 2018/2019

    BAHIA ECONÔMICA

    SAFRA BRASILEIRA DE ALGODÃO DEVE CRESCER 19% NO CICLO 2018/2019
    Os dados foram consolidados ontem (26/09), durante a 52ª reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão e Derivados, realizada na sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em Brasília. Se confirmadas as previsões, ao longo das últimas três safras, o país terá dobrado a produção de pluma. As exportações ficarão em torno de 1,2 milhão de toneladas, tornando o Brasil o segundo maior exportador mundial, posição ocupada hoje no ranking pela Austrália.
    Todos os dez estados produtores do país vão plantar mais algodão este ano. Em Mato Grosso, a área deve chegar a um milhão de hectares, um crescimento de 18% em relação à safra que está sendo finalizada. Na Bahia, segundo maior produtor nacional, a expectativa é de que sejam cultivados 325 mil hectares, 23% mais que em 2017/2018.
    A área de lavouras de algodão em Goiás é estimada em 41,6 mil hectares, em torno de 27% maior se comparada à safra anterior, quando o estado plantou 32,7 mil hectares. A expansão geral nas plantações é explicada pelos preços atrativos da pluma no momento da decisão de plantio, que oscilava em torno de US$0,80 por libra-peso.
    “É importante ressaltar que aumentar a área plantada na cotonicultura não tem a ver com desmatamento, mas com o avanço do algodão sobre outras culturas, como a soja e o milho, dentro da matriz produtiva de cada fazenda. É uma decisão diretamente ligada a questões de mercado. O incremento de produção segue na mesma esteira, mas é intensificado pelas altas produtividades alcançadas nas lavouras do Brasil, que resultam dos investimentos em tecnologias adequadas e no manejo correto”, diz o presidente da Câmara Setorial do Algodão, e também da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Arlindo de Azevedo Moura.
    Excedente – Com mais algodão saindo das lavouras e a estagnação do consumo no parque industrial têxtil nacional em torno de 700 mil toneladas, o país terá de exportar mais pluma. O problema, segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea), é que as importações brasileiras, como um todo, diminuíram, o que reduz a disponibilidade de contêineres no país para o chamado frete de retorno, que sai dos portos brasileiros com produtos como café, açúcar e algodão.
    “Isso deve acarretar maior tempo para a exportação, além da necessidade de armazenamento de parte desse algodão nas fazendas. Com certeza, também deverá impactar os custos do frete marítimo”, afirma o vice-presidente da entidade, Marco Antônio Aluísio. Segundo ele, no ano passado, o Brasil exportou por volta de 900 mil toneladas de algodão.
    Indústria revê estimativas –  O ânimo dos produtores e exportadores com o aumento da produção e dos embarques contrastou com o do setor da indústria têxtil e de confecções. No início do ano, a perspectiva da Abit para este ano era de aumento de 4,8% no varejo, de 5,2% na produção industrial têxtil e de 5,5% na de vestuário. Ontem, os números apresentados foram de redução de 1% no varejo, crescimento de 0,9% na produção têxtil e retração de 0,4% na fabricação de peças de vestuário.
    “Vivemos dois anos de recessão profunda em 2015 e 2016. Melhoramos um pouco em 2017, quando o varejo cresceu 7,6%, a indústria, em torno de 5%, mesmo não recuperando o terreno perdido anteriormente. Mas os problemas econômicos do país, o aumento das importações de roupas, os efeitos da greve dos caminhoneiros, além do fato do frio ter demorado a chegar no inverno, acarretou perda de mercado. De uma maneira geral, o consumidor preferiu comprar produtos que demandam mais crédito e estavam represados, como automóveis e eletrodomésticos, por exemplo. Agora, o varejo como um todo já mostra um arrefecimento do ritmo, enquanto não temos as eleições e não sabemos qual será a política econômica do próximo governo”, ponderou Fernando Pimentel, presidente da Abit.
    Share:

    Vice de Bolsonaro, Mourão critica 13º salário e adicional de férias


    BAHIA NOTÍCIAS

    Vice de Bolsonaro, Mourão critica 13º salário e adicional de férias
    Foto: Agência Brasil

    O candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), general Hamilton Mourão (PRTB), criticou o 13º salário e o pagamento do adicional de férias no Brasil, durante palestra na Câmara de Dirigentes Lojistas de Uruguaiana (RS). 

    Para ele, os direitos trabalhistas são “jabuticabas” — isto é, ocorrem só no Brasil e em mais nenhum outro país do mundo. Mourão defendeu uma “implementação séria da reforma trabalhista”.

    “Temos algumas jabuticabas que a gente sabe que é uma mochila nas costas de todo empresário. Jabuticabas brasileiras: 13º salário. Se a gente arrecada doze, como é que nós pagamos treze? É complicado, e é o único lugar em que a pessoa entra em férias e ganha mais, é aqui no Brasil. São coisas nossas, a legislação que está aí, é sempre aquela visão dita social, mas com o chapéu dos outros, não é com o chapéu do governo”, disse candidato.
    Share:

    Responsabilidade Ambiental: Empresa Comercial Araguaia promove campanha para recolher lixo na Estrada Guanambi/Matina










    A empresa COMERCIAL ARAGUAIA tomou uma importante iniciativa de Responsabilidade Ambiental ao promover uma campanha para recolher a grande quantidade de lixo na BA-573 que interliga Guanambi até Matina. 

    O excesso de lixo jogado pelos moradores da cidade nas estradas da região é um problema sério de poluição ambiental. O descarte de materiais de construção, lixo doméstico, plásticos, pneus, entre outros itens é uma prática comum na BR-030 e BR-122. 


    A campanha “Cuidar do Meio Ambiente é Cuidar da Vida” é uma parceria da empresa Comercial Araguaia com a COOTAEG - Cooperativa de Trabalho dos Agentes Ecológicos de Guanambi e tem como objetivo iniciar um trabalho de conscientização dos moradores da cidade e da zona rural contra o descarte de lixo nas estradas da região.

    O primeiro mutirão será realizado no domingo (30), às 7 horas, com saída da Praça do Feijão em Guanambi, e contará com uma estrutura de um caminhão e um carro de som visando realizar a coleta do lixo e material reciclável, bem como promover um trabalho de educação ambiental com os moradores da cidade e da zona rural.  



    Share:

    Pastores, teólogos e evangélicos repudiam Bolsonaro em carta ao país

    : <p>Candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro 22/07/2018 REUTERS/Ricardo Moraes</p>MÍDIA


    Mais de 2.300 religiosos – pastores e teólogos evangélicos – assinaram a “Carta Pastoral à Nação Brasileira”, em repúdio à tentativa da campanha de Bolsonaro de usar um grupo “neo-pentecostal” e “manipular o nome de Deus” em sua campanha; a carta diz: “Cremos num Deus grande o suficiente para não se deixar usar por formas anticristãs de pensamento e de ação”; e complementa fazendo um alerta: "Nossa indignação contra toda pretensão de haver um governo exercido em nome de Deus, bem como contra toda aspiração autoritária e antidemocrática". 247 BRASIL
    Share:

    560 juristas assinam manifesto contra o fascismo de Bolsonaro

    PORTAL VERMELHO


    Um grupo de mais de 560 juristas de todo o país lançou, nesta quarta (26), o manifesto "Juristas contra o fascismo". Entre os nomes que subscrevem o documento, estão os de Celso Antônio Bandeira de Melo, Eugênio Aragão, Tarso Genro, Pedro Serrano, Carol Poner e Aldo Arantes. O texto tece críticas à chapa de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão, que disputa a Presidência, e alerta para o perigo da "naturalização de valores de extrema-direita e protofascistas" assumidos pela candidatura do PSL. 

    Reprodução
     
    O manifesto foi organizado pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) e conta com o apoio de professores provenientes dos melhores centros de pesquisa em direito do país, de reconhecidas universidades e associações de defesa de direitos humanos, bem como advogados e integrantes da magistratura, da Defensoria e do Ministério Público.

    O movimento dos juristas é solidário e se une ao movimento #EleNão, iniciado pelas mulheres e que conta com mais de três milhões de membros. 

    Confira abaixo a íntegra do manifesto: 

    Juristas contra o fascismo

    Neste ano de 2018, quando a comunidade internacional comemora o 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos e o Brasil celebra o 30º aniversário da Constituição Federal de 1988, um dos projetos de candidatura às eleições gerais de outubro revela-se explicitamente antidemocrático e hostil aos direitos humanos. O candidato Jair Bolsonaro (PSL), da coligação "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos", mesmo convalescendo no hospital após sofrer grave agressão contra a vida, segue incitando a violência inspirada em valores fascistas exortados ao longo da carreira política.

    Além de defender posições e projetos de lei abertamente racistas, misóginos, homofóbicos e sexistas – frontalmente inconstitucionais – o candidato adota comportamento criminoso quando expressa opinião a favor dos assassinatos e execuções havidos na ditadura civil-militar, elogia torturadores e estupradores e incita violência física contra adversários políticos e ideológicos, estímulo que já produz vítimas de crime de ódio contra homossexuais, mulheres, negros, migrantes e militantes identificados com a esquerda.

    O candidato da coligação à Vice-Presidência, General Hamilton Mourão, vai pelo mesmo caminho quando faz apologia da ditadura, homenageia notórios torturadores e defende uma nova Constituição sem o respaldo de uma Constituinte eleita pelo voto popular. Juristas democráticos alertam para o perigo que corre a sociedade brasileira frente à naturalização de valores de extrema direita e protofascistas assumidos pela coligação que disputa as eleições em nome da "ordem" como caminho velado para a violência, a censura e a instauração de um governo autoritário e antipopular.

    1. Abrão Moreira Blumberg
    2. Adalberto Pacheco Domingues
    3. Adamo Dias Alves
    4. Adéli Casagrande do Canto
    5. Aderson Bussinger Carvalho
    6. Adilene Ramos Sousa
    7. Adriana Ancona de Faria
    8. Adriana Aparecida de Mendonça
    9. Adriana Cecilio Marco dos Santos
    10. Adriana de França
    11. Adriana Maria Neumann
    12. Adroaldo Mesquita da Costa
    13. Alceni de Fátima Moretti Basso
    14. Alcione Malheiros dos Santos
    15. Aldenir Gomes da Silva
    16. Aldimar de Assis
    17. Aldo Arantes
    18. Alessandra Farias
    19. Alessandro da Silva
    20. Alexandre Bernardino Costa
    21. Alexandre Guedes
    22. Alexandre Pacheco Martins
    23. Aline Moreira
    24. Aline Tortelli
    25. Almir Carvalho
    26. Álvaro Klein
    27. Álvaro Quintão
    28. Amarildo Maciel Martins
    29. Ana Amélia Camargos
    30. Ana Carla Machado Leite
    31. Ana Carolina Lima
    32. Ana Cláudia Reis Aragao
    33. Ana Evangelista
    34. Ana Lucia Marchiori
    35. Ana Luísa Fitz
    36. Ana Maria Lima de Oliveira
    37. Ana Maria Nery Paesuyu
    38. Ana Paula do Couto Alves
    39. Ana Paula Gnap
    40. Ana Paula Ramaldes
    41. Anderson Bezerra Lopes
    42. Anderson Cardoso Duque
    43. André Costa
    44. André Falcão de Melo
    45. André Luiz Barreto Azevedo
    46. André Luiz Proner
    47. André Melges Martins
    48. André Nascimento da Rocha
    49. André Passos
    50. André Ricardo Lopes da Silva
    51. Andrea Carvalho Alfama
    52. Angélica Vieira Nery
    53. Angelita da Rosa
    54. Anne Cabral
    55. Anne D. Alves
    56. Anne Karole Silva Fontenelle de Britto
    57. Antonia Mara Loguercio
    58. Antonio Aureliano de Oliveira
    59. Antônio Carlos de Almeida Castro - Kakay
    60. Antonio Carlos Porto Júnior
    61. Antonio Emerson Sátiro Bezerra
    62. Antonio Escosteguy Castro
    63. Antônio Fernando Souza Oliveira
    64. Antônio Guilherme Rodrigues de Oliveira
    65. Antonio José de Sousa Gomes
    66. Antonio Maués
    67. Antônio Raimundo de Castro Queiroz Júnior
    68. Apoena Oliveira Vieira
    69. Arnaldo Vieira Sousa
    70. Augusto Solano Lopes Costa
    71. Beatriz Nascimento Lins de Oliveira
    72. Beatriz Vargas
    73. Benedito Bizerril
    74. Benialdo Donizetti Moreira
    75. Berenice Araújo Portela
    76. Bertoldo Klinger Barros Rêgo Neto
    77. Bethania Assy
    78. Breno Tardelli
    79. Brunello Stancioli
    80. Brunello Stancioliju
    81. Caio Santana
    82. Camila Silva Nicacio
    83. Cândido Antônio de Souza Filho
    84. Carina Pescarolo
    85. Carlos Alberto Alves Marques
    86. Carlos Alberto Duarte
    87. Carlos André Barbosa de Carvalho
    88. Carlos Augusto Vasconcelos
    89. Carlos César D'Elia
    90. Carlos Eduardo Romanholi Brasil
    91. Carlos Eduardo Soares de Freitas
    92. Carlos Gomes de Sá Araújo
    93. Carlos Henrique Kaipper
    94. Carlos Sérgio de Carvalho Barros
    95. Carol Proner
    96. Carolina Gomes Luzardo
    97. Cassandra Maria Arcoverde e Assunção
    98. Cauê Corona
    99. Célia Regina Fonseca
    100. Celso Antônio Bandeira de Mello
    101. Celso de Paula Rodrigues
    102. Cenira Ceroni Guerra
    103. César Pimentel
    104. Charles Brasil
    105. Charlotth Back
    106. Clarice Mello Guimarães Mautone
    107. Cláudia Meire Cunha de Salles
    108. Cláudio Marcelo Gomes Leite
    109. Cleber Rezende
    110. Cleide de Oliveira Lemos
    111. Cleiton Leite Coutinho
    112. Cristian de Castro Moura
    113. Cristiane Carvalho Andrade Araujo
    114. Cristiane Pereira
    115. Cristiano Maronna
    116. Cristina de Oliveira Souza
    117. Cristina Kaway Stamato
    118. Cristina Lemos Fonini
    119. Cynara Monteiro Mariano
    120. Damiane Nachtigal
    121. Daniel Berger Duarte
    122. Daniel Dias de Moura
    123. Daniel Severo Chiites
    124. Danilo Miranda
    125. David Oliveira
    126. Débora de Souza Brito
    127. Debora Perin
    128. Deborah da Silva Machado
    129. Delze dos Santos Laureano
    130. Demitri Cruz
    131. Demóstenes Ramos de Melo
    132. Denise Agostini
    133. Denise da Veiga Alves
    134. Denise Filippetto
    135. Denise Moreira Schwantes Zavarize
    136. Diego David Braga Ribeiro
    137. Dionisio Arza Neto
    138. Ecila Moreira de Meneses
    139. Eder Bomfim Rodrigues
    140. Edna Maria Teixeira
    141. Edna Raquel Hogemann
    142. Edson Luís Kossmann
    143. Eduardo Baldissera Carvalho Salles
    144. Eduardo Corrêa
    145. Eduardo de Castro Campos
    146. Eduardo Guterres Felin
    147. Eduardo Maciel Saraiva
    148. Eduardo Manuel Val
    149. Egmar José de Oliveira
    150. Elaine Rissi
    151. Elisangela do Amaral Andrade Landim
    152. Eliz Vargas
    153. Ellen Mara Ferraz Hazan
    154. Elna Fidellis de Souza Wirz Leite
    155. Emerson Castelo Branco Mendes
    156. Emiliano Maldonado
    157. Eneá de Stutz e Almeida
    158. Eneas Matos
    159. Érica Meireles
    160. Érika Lula de Medeiros
    161. Ernani Rossetto Juriatti
    162. Espedito Manso da Fonseca Júnior
    163. Estela Aranha
    164. Estevão José Saraiva Mustafa
    165. Estevão Rodrigo da Silva Stertz
    166. Eufrásia Maria Souza das Virgens
    167. Eugenio Aragão
    168. Eurico Bitencourt
    169. Euzamara de Carvalho
    170. Evelyn Melo Silva
    171. Fabiana Baptista de Oliveira
    172. Fabiana Marques
    173. Fabiana Veríssimo Freitas
    174. Fabiano Silva dos Santos
    175. Fábio Balestro Floriano
    176. Fabio de Carvalho Leite
    177. Fábio Roberto D'Ávila
    178. Fenando José Hirsch
    179. Fernanda Barata Silva Brasil
    180. Fernanda Campos Belfort de Pinho
    181. Fernanda Frizzo Bragato
    182. Fernanda Quirino Pereira
    183. Fernando Amaro da Silveira Grassi
    184. Fernando Antônio Castelo Branco Sales Júnior
    185. Fernando Augusto Ramalho Forni
    186. Fernando Gallardo Vieira Prioste
    187. Fernando Hideo Lacerda
    188. Fernando Mundim Veloso
    189. Flávio Crocce Caetano
    190. Francisca Jane Eire Calixto De Almeida Morais
    191. Francisco Alano
    192. Francisco das Chagas Magalhães Lôbo
    193. Francisco de Albuquerque Nogueira Júnior
    194. Francisco de Assis Machado Alves
    195. Francisco Scipião da Costa
    196. Frederico Horta
    197. Gabriel Braz Guimarães Feliciano
    198. Gabriela Piardi dos Santos
    199. Geyson Gonçalves
    200. Giovana Pelágio Melo
    201. Giovani Clark
    202. Gisa Nara Machado da Silva
    203. Gisele Cittadino
    204. Gisele Filipetto
    205. Gisele Marques
    206. Gisele Ricobom
    207. Gisélia Morais Costa
    208. Giselle Flügel Mathias
    209. Gládis Ribeiro Marques
    210. Glaucia Stela Neves Tavares
    211. Glaydson Rodrigues
    212. Guido Vinicius Vieira da Costa
    213. Guilherme da Hora Pereira
    214. Guilherme Zagallo
    215. Gustavo Bernardes
    216. Gustavo Bezerra de Alencar
    217. Gustavo de Carvalho Rocha
    218. Gustavo Ferreira Santos
    219. Gustavo Fontana Pedrollo
    220. Gustavo Gouvêa Villar
    221. Gustavo Noronha de Ávila
    222. Gustavo Roberto Costa
    223. Heitor Cornacchioni
    224. Helberth Ávila
    225. Helder Santos Verçosa
    226. Henrique Rabello de Carvalho
    227. Herlon Teixeira
    228. Hugo Leonardo Cunha Roxo
    229. Hugo Souza Silva
    230. Humberto Bayma Augusto
    231. Humberto Marcial Fonseca
    232. Iana Paula Silva de Sousa
    233. Iara Carolina Lima Gonçalves
    234. Iara Castiel
    235. Ícaro Binoni Bandeira
    236. Igor Mendes Bueno
    237. Igor Santelli
    238. Imar Eduardo Rodrigues
    239. Ingrid Viana
    240. Inocêncio Uchôa
    241. Isabel Cecilia de Oliveira Bezerra
    242. Isabela de Andrade Pena Miranda Corby
    243. Ítalo Guerreiro
    244. Ithamar Sousa Ferreira
    245. Jaciara Carneiro
    246. Jackson Chaves de Azevedo
    247. Jacqueline Romero
    248. Jacques Tavora Alfonsin
    249. Jader Kahwage David
    250. Jair Acosta
    251. Jane Salvador de Bueno Gizzi
    252. Jânia Saldanha
    253. Janice Muniz Melo
    254. Jânio Pereira da Cunha
    255. Jéferson Braga
    256. Jeferson Pereira
    257. Jefferson Valença de Abreu e Lima
    258. Jessica Ailanda Dias da Silva
    259. Jesús Sabariego
    260. Joana D'arc de Sales Fernandes Jordão
    261. João Bosco Euclides da Silva
    262. João Cyrno
    263. João Guilherme Carvalho Zagallo
    264. João Guilherme Walski de Almeida
    265. João Maurício Martins de Abreu
    266. João Paulo Allain Teixeira
    267. João Ricardo Dornelles
    268. João Sebastião Silva de Almeida
    269. João Victor Domingues
    270. João Vitor Passuello Smaniotto
    271. Joisiane Gamba
    272. Jonnas Vasconcelos
    273. Jorge Bheron Rocha
    274. Jorge Luiz Garcia de Souza
    275. Jorge Santos Buchabqui
    276. Jorge Tadeu Conceição de Souza
    277. José António Nunes Aguiar
    278. José Augusto Amorim
    279. José Boaventura Filho
    280. José Carlos Moreira da Silva Filho
    281. José de Ribamar Viana
    282. José do Carmo Alves Siqueira
    283. José Edilson Carvalho da Rocha
    284. Jose Eymard Loguercio
    285. José Francisco Siqueira Neto
    286. José Luís Quadro de Magalhães
    287. José Maria de Araújo Costa
    288. José Maria dos Santos Vieira Junior
    289. José Messias de Souza
    290. José Renato de Oliveira Barcello
    291. José Vagner de Farias
    292. José Valente Neto
    293. Juarez Tavares
    294. Jucemara Beltrame
    295. Julia Lafayette Pereira
    296. Júlia Zavarize
    297. Juliana Botelho Foernges
    298. Juliana Loyola
    299. Juliana Neuenschwander Magalhães
    300. Juliana Romeiro Viana
    301. Julio Francisco Caetano Ramos
    302. Juvelino Strozake
    303. Karine de Souza Silva
    304. Kássio Fernando Bastos dos Santos
    305. Kátia Silene de Souza Matias
    306. Katianne Wirna Rodrigues Cruz Aragão
    307. Katya Kozick
    308. Kazia Fernandes Palanowski
    309. Kleber Alves Carvalho
    310. Kleber dos Santos Silva
    311. Larissa Ramina
    312. Laura Maeda Nunes
    313. Leidiane de Lacerda
    314. Leocir Costa Rosa
    315. Leonardo Ferreira Pillon
    316. Leonardo Isaac Yarochewsky
    317. Leonardo Saboya
    318. Leonora Waihrich
    319. Letícia Aguiar Cardoso Naves
    320. Lígia Melo de Casimiro
    321. Lilian Monks Duarte de Vargas
    322. Lissandra Leite
    323. Lorena Paula José Duarte
    324. Lucas Ferreira Costa
    325. Lúcia Maria Ribeiro de Lima
    326. Luciana Boiteux
    327. Luciana Grassano Melo
    328. Luciana Oliveira Agustinho Allan
    329. Luciana Zaffalon
    330. Luciane Borges
    331. Luciano Miranda
    332. Luciano Rollo Duarte
    333. Luciano Tolla
    334. Lucila Volnya Barbosa de Assis
    335. Lucílio Casas Bastos
    336. Lúcio Flávio de Castro Dias
    337. Ludmila Coelho de Souza Barros
    338. Luís Carlos Moro
    339. Luís Cláudio Martins Teixeira
    340. Luisa Stern
    341. Luiz Fernando Azevedo
    342. Luiz Fernando Pacheco
    343. Luiz Guilherme Vieira dos Santos
    344. Luiz José Bueno de Aguiar
    345. Luiz Lopes Burmeister
    346. Luiz Nivardo Melo Filho
    347. Luiz Ramme
    348. Lyanna Magalhães Castelo Branco
    349. Magda Biavaschi
    350. Magnus Henrique de Medeiros Farkatt
    351. Maíra Guimarães de Alencar Vieira
    352. Manoel Frederico Vieira
    353. Manoel Severino Moraes de Almeida
    354. Marcella Furtado de Magalhães Gomes
    355. Marcelo Almansa da Silva
    356. Marcelo Cabral de Menezes
    357. Marcelo Cattoni
    358. Marcelo de Pauda
    359. Marcelo Eibs Cafrune
    360. Marcelo Mariano Nogueira
    361. Marcelo Neves
    362. Marcelo Nogueira
    363. Marcelo Oliveira Fagundes
    364. Marcelo Regius Gomes Bastos
    365. Marcelo Ribeiro Uchôa
    366. Marcelo Zardo Brettas
    367. Marcia Cadore
    368. Márcia Dias Cardoso Carvalho
    369. Márcia Maria Barreta Fernandes Semer
    370. Márcia Misi
    371. Márcio Aguiar
    372. Márcio Augusto Paixão
    373. Márcio José de Souza Aguiar
    374. Márcio Ralfe Alves Bezerra
    375. Marcio Sotelo Felippe
    376. Marcio Tenenbaum
    377. Marco Antonio Feitosa Moreira
    378. Marco Antônio Sousa Alves
    379. Marco Aurélio de Carvalho
    380. Marcos Antônio de Castro
    381. Marcus Giraldes
    382. Marcus Vinicius Thomaz Seixas
    383. Margarida Pressburger
    384. Maria das Graças Serafim Costa
    385. Maria de Jesus Cavalcante da Rocha
    386. Maria Dinair Acosta Gonçalves
    387. Maria Ester Marques César
    388. Maria Fernanda Salcedo Repolês
    389. Maria Helena Villachan
    390. Maria Inês Pereira Pinheiro
    391. Maria José Olegário
    392. Maria Luiza Neves Nunes Moreira
    393. Maria Rosaria Barbato
    394. Maria Valéria Zaina Batista
    395. Mariana de Almeida Mesquita
    396. Mariana de Assis Brasil e Weigert
    397. Mariana Dutra e Silva
    398. Marília Benevenuto Chidichimo
    399. Marília de Nardin Budó
    400. Marília Lomanto Veloso
    401. Marina da Silva Steinbruch
    402. Marina Funez
    403. Marina Maria de Ávila Callegaro
    404. Marinete Silva
    405. Mário Madureira
    406. Mari-Silva Maia
    407. Marleide Ferreira Rocha
    408. Marta Skinner
    409. Marthius Sávio Cavalcante Lobato
    410. Martír Silva
    411. Martonio Mont'Alverne Barreto Lima
    412. Mateus Tiago Fuhr Muller
    413. Matheus Santos Kafruni
    414. Maurides de Melo Ribeiro
    415. Mauro de Almeida Noleto
    416. Michele Milanez Schneider Arcieri
    417. Michelle Barcelos Boni
    418. Mirian Gonçalves
    419. Monica Anselmi
    420. Murilo José F Martins
    421. Naiara Andreoli Bittencourt
    422. Naime Tavares Machado Mustafa
    423. Nasser Ahmad Allan
    424. Natália das Chagas Moura
    425. Natalina Rosane Gué
    426. Nathália Esthefanie Florêncio Freire
    427. Nathalie Ferreira de Andrade
    428. Nathaly Munarini
    429. Nayara Ayres
    430. Nayara Brito
    431. Neilianny Oliveira
    432. Neiva Martins
    433. Newton de Menezes Albuquerque
    434. Nilo da Cunha Jamardo Beiro
    435. Nuredin Ahmad Allan
    436. Olbe Martins Filho
    437. Orlando Venâncio dos Santos Filho
    438. Otavio Pinto e Silva
    439. Paiva Dantas
    440. Patricia Carvalho
    441. Patrícia Chaves
    442. Patrícia Mello
    443. Paulo André Nassar
    444. Paulo Augusto Fernandes Coimbra
    445. Paulo César Ferreira
    446. Paulo Freire
    447. Paulo Humberto Freire Castelo Branco
    448. Paulo Nunes
    449. Paulo Otto von Sperling
    450. Paulo Ricardo Schier
    451. Paulo Roberto de Freitas Jesus
    452. Paulo Roberto Koehler Santos
    453. Paulo Roberto Mariano Pires
    454. Paulo Romão Meireles Neto
    455. Paulo Tavares Mariante
    456. Paulo Teixeira
    457. Paulo Weyl
    458. Pedro Bigolin Neto
    459. Pedro Otávio Magadan
    460. Pedro Paulo Carriello
    461. Pedro Pita Machado
    462. Pedro Serrano
    463. Priscila Caneparo
    464. Prudente José Silveira Melo
    465. Ramiro Crochemore Castro
    466. Ramiro Nodari Goulart
    467. Ranulpho Rego Muraro
    468. Raquel Andrade dos Santos
    469. Régis Rafael Ribeiro Lisboa
    470. Reinaldo Santos de Almeida
    471. Renan Aguiar
    472. Renan Castro
    473. Renata Deiró
    474. Renata Portella Dornelles
    475. Renata Tavares da Costa
    476. Renê Garcez Moreira
    477. Rholdennes Melo Serra
    478. Ricardo Franco Pinto
    479. Ricardo Jacobsen Gloeckner
    480. Ricardo Lodi
    481. Ricardo Nunes de Mendonça
    482. Ricardo Silveira Castro
    483. Rildian da Silva Pires Filho
    484. Rivadavio Guassú
    485. Roberta Baggio
    486. Roberto A. R. de Aguiar
    487. Roberto Chateaubriand Domingues
    488. Roberto Podval
    489. Roberto Tardelli
    490. Rodrigo Frateschi
    491. Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo
    492. Rodrigo Gonçalves dos Santos
    493. Rodrigo Lentz
    494. Rodrigo Thomazinho Comar
    495. Rogério Marques de Almeida
    496. Romualdo José de Lima
    497. Rosana Maria Lucca da Cunha
    498. Roselaine Frigeri
    499. Rosendo de Fátima Vieira Júnior
    500. Rossana da Costa Barth
    501. Ruggiero Silveira Gonçalves
    502. Sabrina Teixeira de Menezes
    503. Salo de Carvalho
    504. Samara Mariana de Castro
    505. Sara Alacoque Guerra Zaghlout
    506. Saulo Bueno Marimon
    507. Sávio Delano
    508. Sérgio Luiz Pinheiro Sant'Anna
    509. Sheila Christina Neder Cerezetti
    510. Sheila de Carvalho
    511. Sheila Martins Lima
    512. Silvia Burmeister
    513. Sócrates José Niclevisk
    514. Sônia Maria Alves da Costa
    515. Suely Teixeira
    516. Susan Lucena Rodrigues
    517. Tania Antunes
    518. Tânia Oliveira
    519. Tarso Cabral Violin
    520. Tarso Genro
    521. Tatiana Antunes Carpter
    522. Tatiana Rossini
    523. Thais Lissia Gonçalves dos Santos
    524. Thaisa Held
    525. Thiago Decat
    526. Thiago Duarte
    527. Thiago Fabres de Carvalho
    528. Thiago Oliveira Agustinho
    529. Thomas Bustamante
    530. Thyenes Corrêa
    531. Tiago Castilho Orengo
    532. Tiago Resende Botelho
    533. Uirá Menezes de Azevêdo
    534. Urithiane Brum de Barros
    535. Valeir Ertle
    536. Valéria Jaime Pelá
    537. Valnor Prochinski Henriques
    538. Vanda Davi Fernandes de Oliveira
    539. Vanessa Batista Oliveira
    540. Vanessa Chiari Gonçalves
    541. Vera Corrêa Chterpensque
    542. Vera Lúcia Santana Araújo
    543. Verena Fadul dos S. Arruda
    544. Veronica Salustiano
    545. Vinicius Cascone
    546. Vinicius Gozdecki Quirino Barbosa
    547. Vinícius Marcus Nonato da Silva
    548. Vinícius Neves Bomfim
    549. Virginius José Lianza da Franca
    550. Vitor Santos de Godoi
    551. Vitória Soares da Cunha
    552. Volmir Maurer
    553. Wadih Damous
    554. Walter Freitas de Moraes Júnior
    555. Wanja Carvalho
    556. Weida Zancaner
    557. Wilson Ramos Filho
    558. Wladimir Barreto Lisboa
    559. Wremyr Scliar
    560. Wyllerson Matias Alves de Lima
    561. Yanne Teles
    562. Zaneir Gonçalves Teixeira
     


    Do Portal Vermelho
    Share:

    Acesse e Leia!

    Seguidores

    Mais Vistos da Semana

    Arquivo do blog

    Google+ Followers

    Arquivo do blog