Sítio arqueológico de 2 mil anos é encontrado no canteiro do Parque Eólico de Brumado

Um sítio arqueológico foi encontrado dentro do canteiro do Parque Eólico da Serra das Araras, na região do Distrito de Cristalândia, em Brumado.

Confira Os Melhores Destinos Para o Ecoturismo Na Região, Comocoxico, Pesma, Morro do Chapéu, Serra dos Montes Altos

O São João está chegando e muitos já planejaram onde vão curtir este período festivo, considerado por alguns, como a melhor época do ano. No estado da Bahia as cidades da microrregião de Guanambi vêm se destacando como roteiro alternativo

FIOL É OFERECIDA AOS CHINESES COMO 1º TRECHO DA FERROVIA

O secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério do Planejamento, Hailton Madureira, disse em matéria no jornal o Estado de São Paulo, que o governo dialoga com o setor privado para ver se há interesse das empresas em construir um trecho da Ferrovia de Integração Oeste-leste (Fiol)

REVIVENDO O SÃO JOÃO DO PASSADO EM GUANAMBI

Os colonos portugueses trouxeram a tradição do São João para o Brasil. As festas juninas têm origem no meio rural e visava saudar os elementos da natureza – o sol, o céu, a água – dançando e cantando em comemoração à fartura da colheita.

UNAJUF postula perda do cargo de Gilmar Mendes

O Juiz federal João Batista de Castro Júnior, vice-presidente da União Nacional dos Juízes Federais (UNAJUF), assinou juntamente com o presidente da referida entidade, Eduardo Cubas, uma representação por Improbidade contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF)

29 de abr de 2009

Pesquisa de Opinião

Veja o resultado sobre o cancelamento da Exposição Agropecuária de Guanambi.

A FAVOR - 35%
CONTRA - 57%
NÃO SABE - 17%

AUDIÊNCIA PÚBLICA DA EMBASA


Evento: Audiência Pública
Assunto: Obras de esgotamento sanitário de Guanambi
Data: 29/04/2009 (Quarta-Feira), às 20horas
Local: Câmara de Vereadores de Guanambi

Realização:

Embasa
Câmara de Vereadores de Guanambi
Prefeitura de Guanambi

CAPITALISMO



De crise em crise

Para os trabalhadores e para o povo, a crise econômica só pode ter uma saída: o começo da mudança para um sistema mais democrático e humano, o socialismo.

O capitalismo, desde que existe, vive de crise em crise. Houve recessão nas décadas de 1860, 1890, 1930 e 1980. A atual, que começou no coração do capitalismo, em Nova York (EUA), é a mais grave de todas. E, como as anteriores, repete o mesmo caminho de horrores para os trabalhadores: desemprego, desrespeito à legislação trabalhista, arrocho salarial. Esta crise é igual a todas as outras, espalhando entre o povo o medo do futuro, a incerteza em relação ao emprego e à renda.

Para os trabalhadores, o capitalismo oferece uma trilha de dificuldades e carências sempre maiores

Este é o caminho do capitalismo: uma trilha de dificuldades e carências cada vez maiores para os trabalhadores, e de luxo e riqueza para apenas aquele pequeno número de pessoas que, controlando a propriedade e o dinheiro, estão no topo do sistema e gozam de privilégios indecentes, enquanto a maioria que trabalha e produz toda a riqueza mal ganha para comer, morar e atender às suas necessidades básicas. E, muitas vezes, nem isso, com a fome, a doença e a miséria rondando suas vidas.

Para o povo e para os trabalhadores a saída precisa ser outra. Não pode ser a saída que salva os ricos e beneficia o capital e o capitalismo, mas aquela que tem no centro a busca do bem-estar das pessoas; que garanta trabalho digno e renda adequada para o atendimento das necessidades de moradia, saúde, educação, alimentação, cultura e lazer. Esta saída, que rompe com a lógica fria e desumana do capital, é o socialismo.

CERB



Quarenta famílias das comunidades de Vargem Redonda e Curral de Varas, no distrito de Morrinhos, município de Guanambi, estão perto de ver realizado o antigo sonho de ter acesso à água encanada e potável. O poço já foi perfurado pela Companhia de Engenharia Ambiental (Cerb), empresa da Secretaria do Meio Ambiente, e deu água de boa qualidade. Agora, a Cerb vai construir o sistema de abastecimento captando água do poço com vazão de 7000 litros/hora no valor de R$ 95.000,00 com energização do poço artesiano.

O Poço Artesiano e o Sistema de abastecimento de Água foi uma reivindicação do Vereador do PCdoB de Guanambi, José Carlos Lélis (Latinha), e do Professor Josias, que foi atendida através da solicitação do Deputado Estadual Javier Alfaya (PCdoB). As assessorias dos Deputados Javier Alfaya e Daniel Almeida e o Vereador Latinha participaram de duas audiências na CERB para viabilizar essa importante obra.

Outras reivindicação estão em processo de definição, tais como: instalação do poço artesiano do Baú (Distrito de Ceraíma) e perfuração e instalção dos poços artesianos das comunidades de Batateira, Paiol e Casa de Pedra, Beira Rio, Jurema e Morro.

VISITE O MUSEU DO SERTÃO EM GUANAMBI

Visite a sede da Fundação Joaquim Dias Guimarães e conheça a Maquete da Vila Beija-Flor (Guanambi) feita por Wagner Moraes (Foto).


A Fundação Joaquim Dias Guimarães foi criada em 1994 com a finalidade de resgatar, preservar e pesquisar aspectos históricos, culturais e folclóricos da cidade de Guanambi. Joaquim Dias Guimarães doou partes de suas terras para a criação do distrito de Beija-Flor, que mais tarde veio a ser Guanambi.

A entidade está instalada provisoriamente na Rua Humberto de Campos (próximo ao consultório de Dr. Robério Neves), até que se consiga sua sede definitiva. O seu museu possui um precioso acervo, parte pertencente ao fazendeiro Joaquim Dias Guimarães e que foi ampliado ao longo dos anos por doações de muitos colaboradores, a exemplo do professor e escritor Elísio Cardoso Guimarães e do artista plástico, escultor, escritor e poeta Vagner Moraes (ambos falecidos), sócios fundadores da entidade.

Política


Wagner consolida investimentos para a Bahia

A atração de investimentos empresariais com geração de emprego e renda, possibilitando mais desenvolvimento econômico para a Bahia foi um dos principais objetivos da viagem do governador Jaques Wagner à Índia, França, Holanda e Inglaterra. A busca por novos investimentos para o Estado também visa o enfrentamento da crise financeira mundial na Bahia. "Fui para estes países buscar remédio para a crise, trazer emprego para os baianos".

De acordo com o governador, na Índia a missão comercial consolidou com a sexta mineradora mundial, a ENRC, negócios em andamento na Bahia, como o da mineradora de ferro, em Caetité, e a construção do Porto Sul, entre Ilhéus e Itacaré, responsável pelo escoamento de produção da jazida de ferro. A mina vai possibilitar a extração de 25 milhões de toneladas de ferro por ano, o que levará a Bahia ao posto de terceiro maior produtor de minério de ferro do País, ao lado de Carajás, no Pará, e do Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais. A ENRC também manifestou interesse pela Ferrovia Oeste-Leste.

A uma grande empresa que atua em diversos setores da área industrial foi entregue uma proposta objetiva, que está sendo analisada pelos indianos. "Fomos consolidar o negócio da área de mineração de Caetité, onde um empresário indiano e mais uma empresa, que é a sexta maior mineradora do mundo, do Cazaquistão, estão investindo na Bahia, investindo no nosso Porto Sul e também tem interesse pela Ferrovia Oeste-Leste", afirma.

Fonte: Tribuna da Bahia Online

28 de abr de 2009

Vereador Latinha, apresenta Projeto de Lei que Cria Ouvidoria Municipal de Saúde .

O Vereador José Carlos Lélis Costa - Latinha (PCdoB), na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Guanambi realizada no último dia 27-04-2009, apresentou um Projeto de Lei que Cria a Ouvidoria de Saúde, nos Hospitais e Postos de Saúde da Rede Municipal de Saúde.

Para o vereador, a proposta de criar uma Ouvidoria da saúde tem como objetivo fortalecer as instituições, consolidando a democracia e para tanto garantir os direitos dos cidadãos em todos os níveis. Destaca-se que é obrigação de todos que exercem funções públicas assegurarem o exercício da cidadania.

“A população mais carente, certamente será a mais beneficiada com o trabalho que será desenvolvido pela Ouvidoria, pois o que se percebe, atualmente, é a ausência total de um órgão que possa ouvir e avaliar as dificuldades encontradas para obtenção de um tratamento adequado, que muitas vezes viável, mas que por deficiência do sistema, acabam por colocar em risco a saúde, via de conseqüência, a vidas dos cidadãos.” Afirma Latinha.
Vale ressaltar, que as informações fornecidas pelos munícipes e usuários são essenciais para detecção dos problemas mais graves na área de saúde e, com isso, aumentar a eficácia das ações governamentais, e ainda, poderá salvaguardar a identidade dos pacientes, mantendo sigilo absoluto das informações.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Vereador.

FILHA DE FHC DESISTE DE SER FANTASMA



Luciana Cardoso, filha do ex-presidente FHC, pediu demissão do gabinete de Heráclito Fortes (DEM-PI), primeiro-secretário do Senado. Apesar de nunca aparecer no gabinete do senador, ela recebia R$ 7,6 por mês. "Trabalho mais em casa, na casa do senador. Como faço coisas particulares e aquele Senado é uma bagunça e o gabinete é mínimo, eu vou lá de vez em quando”, justificou Luciana, que foi denunciada pela colunista Mônica Bergamo.

WALDENOR: "SOUTO DEVE DESCULPAS AOS MUNICÍPIOS"

Foto: Evilásio Jr./ Bahia Notícias

O líder do governo na Assembléia Legislativa da Bahia (AL-BA), Waldenor Pereira (PT), em contato com o Bahia Notícias, disse que o ex-governador Paulo Souto (DEM) “deve desculpas aos municípios”. “Ele fica posando de municipalista, mas tratou as questões municipais com total descaso na sua gestão, especialmente no que tange às dívidas”, assinalou. De acordo com um levantamento feito pelo parlamentar, a administração do democrata não pagou R$ 15,395 milhões em dois anos ao Serviços de Atendimento Médico de Urgência (Samu 192), não repassou R$ 39,960 milhões ao programa de Farmácia Básica e deixou 293 convênios assinados com inadimplência de R$ 17,271 milhões. Além disso, teria empenhado R$ 9,6 milhões em 2006 referentes ao transporte escolar “que eles batem tanto, enquanto já pagamos R$ 17,4 milhões em 2007, R$ 26 milhões em 2008 e a programação para 2009 é de R$ 33 milhões”. Na segurança pública, afirma o petista, o governo Jaques Wagner contratou 3,2 mil policiais militares, de um concurso feito na gestão de Souto que não fez a convocação, e 161 civis. Ainda segundo ele, para reforçar o setor está previsto um novo concurso para mais 3,2 mil profissionais e foram adquiridas 580 viaturas. “A frota ele deixou totalmente sucateada”, protestou. Nos programas habitacionais, ressalta o deputado, a atual gestão garantiu a contrapartida para que todos os municípios “independentemente da filiação partidária” pudessem implantar o projeto.

(Evilásio Júnior)
Fonte: Bahia Notícias - Samuel Celestino

Wagner avalia viagem à Índia e Europa


A uma grande empresa que atua em diversos setores da área industrial foi entregue uma proposta objetiva, que está sendo analisada pelos indianos. “Fomos consolidar o negócio da área de mineração de Caetité, onde um empresário indiano e mais uma empresa, que é a sexta maior mineradora do mundo, do Cazaquistão, estão investindo na Bahia, investindo no nosso Porto Sul e também tem interesse pela Ferrovia Oeste-Leste”, afirma.

Municipalismo

Municípios baianos receberão R$ 1,1 bi a mais em investimentos

Cerca de R$ 1,1 bilhão em recursos extras já foram obtidos pelo Governo do Estado para investimentos nos municípios baianos, que enfrentam dificuldades por causa dos efeitos da crise financeira mundial. Oriundo do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e de uma linha de crédito emergencial do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), o montante será aplicado para o fortalecimento da agricultura, a manutenção e recuperação de escolas e em obras de infraestrutura nas áreas de habitação e saneamento.

Pelo Pronaf, a Bahia receberá R$ 500 milhões que serão utilizados para a aquisição antecipada de alimentos, na compra de tratores e abertura de crédito para os agricultores familiares. “Faremos um mutirão para atingir 415 dos 417 municípios da Bahia, já que apenas Salvador e Lauro de Freitas não possuem zonas rurais”, afirmou o secretário do Planejamento Walter Pinheiro, destacando que a esses recursos ainda serão somados R$ 210 milhões que o Governo do Estado vai aplicar no chamado Território da Cidadania.

Em relação ao Fundeb, a estimativa do Governo do Estado era receber R$ 1,66 bilhão em 2009, mas, na semana passada, foi confirmado o aporte de mais R$ 240 milhões. Com isso, caberá à Bahia aproximadamente R$ 1,9 bilhão, com 60% sendo aplicados à remuneração de pessoal e 40% em outras ações, como reforma de escolas e aquisição de materiais didáticos.

Ainda na área da educação, o Governo do Estado aplicará, em 2009, R$ 32 milhões no transporte dos estudantes dos 350 municípios que já aderiram ao Programa Estadual de Transporte Escolar. O valor é 23% acima do aplicado no ano passado, quando houve o investimento de R$ 26 milhões, e mais de quatro vezes do montante investido em 2006, que foi da ordem de R$ 7 milhões.

Além do aumento dos recursos destinados à educação e agricultura familiar, o Estado foi contemplado com R$ 375,8 milhões da linha de crédito emergencial do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para socorrer estados e municípios em função da crise econômica.

A parcela destinada à Bahia foi a maior entre os estados brasileiros, ficando quase 10 vezes maior do que os R$ 40 milhões de crédito disponibilizados para São Paulo. Pinheiro ressalta que a Bahia obteve a maior parcela por ter sido um dos estados mais prejudicados com a crise econômica. Com a economia concentrada na Região Metropolitana de Salvador e amplamente baseada na exportação de produtos petroquímicos, o Estado perdeu, desde o início do ano, cerca de R$ 200 milhões em arrecadação de ICMS e R$ 100 milhões do Fundo de Participação dos Estados (FPE).

Apesar de destacar os esforços do Governo em minimizar os impactos da crise nos municípios, na opinião do secretário, a marcha que acontecerá amanhã em Salvador é lícita. “É fundamental, inclusive, que os prefeitos se mobilizem no processo de aprovação de projetos no Congresso Nacional, numa relação com o Governo do Estado”, afirmou. “Em todos os momentos em que prefeitos procuraram foram recebidos e suas demandas incorporadas ao planejamento do Estado”, conclui.

Fonte: Ascom - Governo do Estado da Bahia

27 de abr de 2009

Ferrovia Leste/Oeste


Edital de construção da Ferrovia Oeste-Leste será lançado em maio

O edital de licitação para a construção da Ferrovia Oeste-Leste será lançado no mês de maio e a mobilização das equipes está prevista para setembro. O anúncio foi feito na quinta-feira (23) pelo secretário do Planejamento, Walter Pinheiro, durante um encontro com os dirigentes da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), ao apresentar um balanço das ações do Governo do Estado e as prioridades para os próximos dois anos.
De acordo com o secretário, além de gerar mais de 10 mil empregos, a ferrovia facilitará o escoamento de grãos, minério de ferro e seus derivados, biocombustíveis, fertilizantes e derivados do petróleo. “A Ferrovia Oeste-Leste é emblemática e decisiva para o estado. Será o elemento capaz de interligar a Bahia, atrair novos negócios e de também servir à população”, destaca.
Outras duas excelentes notícias para o desenvolvimento da Bahia e especialmente para o Oeste baiano foram divulgadas no encontro. Pinheiro afirmou que o estado terá em breve mais uma universidade federal e já está em construção a BR 135, que corta o município de Barreiras, no eixo Norte-Sul, e liga a divisa de BA/MG até a divisa com o Piauí.
“O Oeste não só vai ganhar muito com a rodovia, ferrovia e a sua interligação por meio de um anel viário, como vai sair de um processo de isolamento”, indica Pinheiro, relatando ainda que o primeiro pilar da universidade pública será em Barreiras e que em um breve espaço de tempo será transformada em universidade multicampi.

Oportunidades

O diretor da Fieb e presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil da Bahia (Sinduscon-Ba), Vicente Mattos, solicitou uma análise do Governo do Estado sobre uma proposta que fomenta a atração de indústrias de material de construção. “Temos que trabalhar para vencer a crise e desenvolver esse país. O nosso plano vai gerar emprego, diminuição do custo de transporte e renda para o estado”, ressalta.
Para o presidente da Fieb, Victor Ventin, os pontos considerados prioritários pelo secretário Walter Pinheiro estão alinhados com a posição desenvolvimentista da instituição. “Temos a certeza de que o melhor investimento é em infraestrutura e logística, pois contribui para o adensamento da cadeia produtiva, tendo como vantagem colateral o aumento de renda para os baianos”, diz.
Entre as negociações do Governo do Estado para fortalecer o desenvolvimento regional estão a ampliação de voos das companhias Trip e Azul para o interior e a utilização do Porto Sul como alternativa de escoamento da produção de biodiesel do norte de Minas Gerais.

Saúde


Sesab entrega ‘motolâncias’ para agilizar atendimento do Samu 192

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) entrega na próxima quarta-feira, 29, entrega de 15 ‘Motolâncias’ para os Samus regionais de 14 municípios. O programa das Motolâncias foi criado em dezembro de 2008 pelo Ministério da Saúde para agilizar o atendimento em locais de difícil acesso, condições de tráfego intenso e grandes aglomerações. Os municípios beneficiados são: Jequié (1), Ilhéus (1), Camaçari (2), Eunápolis (1), Feira de Santana (1), Guanambi (1), Senhor do Bonfim (1), Vitória da Conquista (1), Bom Jesus da Lapa (1), Santa Maria da Vitória (1), Paulo Afonso (1), Juazeiro (1), Itabuna (1) e Alagoinhas (1). A solenidade acontecerá às 8h30, no térreo da Sesab, e contará com a presença do secretário Jorge Solla e representantes dos municípios beneficiados.

Fonte: Política Livre

24 de abr de 2009

Greve Nacional dos Professores

Professores param para pedir aplicação da lei do piso nacional do magistério

Professores de todo o País vão paralisar suas atividades nesta sexta-feira para pedir o cumprimento da lei que estabelece o piso de R$ 950 para o magistério. A greve nacional de 24 horas convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) já tem a adesão de 25 Estados, segundo a entidade. A Bahia é um destes estados onde serão paralisadas as atividades nos colégios estaduais. A categoria quer que o Supremo Tribunal Federal (STF) retome o mais rápido possível o julgamento de uma ação impetrada pelos governadores do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Ceará que questiona a constitucionalidade da lei. Informações do Estadão.

Fonte: Política Livre

Programa Luz Para Todos

Governo Estadual conseguiu ampliar o programa Luz para Todos


O Luz para Todos, maior programa de eletrificação rural desenvolvido no Brasil, atingiu a marca de 156 mil ligações de energia elétrica realizadas na Bahia, beneficiando mais de 630 mil consumidores, em 412 municípios. Um invetimento de R$ 780 milhões ( R$ 60 milhões dos cofres estaduais) que ampliou a cobertura de energia elétrica na área rural para 77,6%.


Governo amplia programa no estado

Num esforço para dar continuidade ao programa e beneficiar mais pessoas, o governo conseguiu prorrogar o prazo de execução do Luz para Todos na Bahia até 2010, o que vai beneficiar mais 235 mil famílias da zona rural carentes do serviço. Com a medida, o governo vai investir mais R$ 284 milhões.

Veja as localidades de Guanambi que serão beneficiadas com o programa:

AGRESTE/CAMPO FRIO - 25 FAMÍLIAS;
PAUS PRETO (MUTANS) - 14 FAMÍLIAS;
PEDRA GRANDE - 26 FAMÍLIAS;
TABOINHA DO NORTE 42 FAMÍLIAS;
BARREIRO - 13 FAMÍLIAS.

Fonte: Revista Nº 2 - Bahia - Terra de Todos Nós/Assessoria de Ivana Bastos

23 de abr de 2009

Educação

Estado vai contratar 1.508 professores por Reda nos próximos dias

O Ministério Público estadual divulgou há pouco ter recebido hoje a informação de que o Estado contratará mais 1.508 novos professores. O anúncio foi feito em reunião realizada pelo procurador-geral de Justiça Lidivaldo Britto na sede do MP, oportunidade em que o coordenador executivo do gabinete da secretaria da Administração (Saeb), Adriano Chagas, afirmou que o Estado já autorizou as novas contratações que serão realizadas por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), a título emergencial e de forma simplificada (análise curricular). Conforme o representante da Saeb, as contratações ocorrerão já nos próximos dias. Os novos professores, complementou Lidivaldo Britto, terão, segundo lhe informou o secretário de Administração, os currículos analisados pelas Direcs, que indicarão os nomes para contratação.

Fonte: Blog Política Livre

BR (262) Brumado/Vitória da Conquista


O governador em exercício Edmundo Pereira (PMDB) confirmou agora há pouco ao Política Livre que estará em Brumado nesta sexta-feira com o fim exclusivo de participar de ato de lançamento do edital de licitação para a construção das BAs 262, que liga Brumado a Conquista, e 263, que faz a ligação entre o município e Itambé. O evento será na Cãmara Municipal.

Liderança da região, Edmundo disse que a iniciativa atende a anseio antigo da comunidade local e do Estado da Bahia, já que as vias, que foram inauguradas no governo Roberto Santos (74-79), estavam completamente destruídas. Também prometeu intervenções que transformarão as rodovias em estradas de primeiro mundo, com terceira faixa e sinalização completa.

“As rodovias têm grande importância econômica para a região Oeste e estão sendo aguardadas há anos”, disse o governador, referindo-se ao fato de as estradas serem fundamentais no escoamento da produção de grãos e minérios. O PMDB, partido de Edmundo, organiza um grande evento no município na sexta-feira com várias lideranças locais e regionais.
Ele combinou a presença no ato com o governador, antes da viagem de Wagner ao exterior, na segunda-feira passada.
Fonte: Blog Política Livre

20 de abr de 2009

Campanha de Combate a Dengue


Guanambi sorteia prêmios para atrair a atenção da população na luta contra o mosquito transmissor da dengue

Por: Asses. de Imprensa PMG

A Secretaria Municipal de Saúde e o Comitê de Mobilização Contra a Dengue de Guanambi, promoveram nesta sexta-feira, (17/04), o ato de encerramento da Campanha “Todos contra a dengue”, que durante este primeiro trimestre realizou importantes ações de prevenção e combate à doença.

Durante o ato, usaram da palavra: o Diretor da 30ª Dires, Dr. Édson Luiz, a Diretora da Direc 30, professora Helena Amaral, a Secretária Municipal de Educação Elzir Ivo Mendes, o Diretor do Departamento de Vigilância Epidemiológica Ernivaldo Viana e o Presidente da Câmara de Vereadores de Guanambi Élder Guimarães, todos destacando a importância da mobilização e união entre o poder público e a sociedade para realizar este trabalho. O ato contou também com a presença de representantes e alunos de escolas do município, CDL, Faculdades e outras entidades.

O Diretor da Dires, Dr. Édson Luiz, classificou a campanha como fundamental no combate à doença: “esta mobilização da sociedade em parceria com o poder público municipal e estadual foi fundamental para o controle da dengue no município”. Já Ernivaldo Viana, Diretor de Vigilância Epidemiológica informou que “esta etapa foi vencida com sucesso”, e lembrou: “agora é preciso que a comunidade continue vigilante e a Secretaria de Saúde continue com suas ações”.

19 de abr de 2009

FERROVIA LESTE/OESTE


Escrito por Jornal Nova Fronteira / 26.3.2009

Obras da Leste-Oeste será iniciada


Lula anunciou que em cinco meses começará a implantação dos dois primeiros trechos na Bahia
Obras começam em agosto e vão beneficiar também os municípios de Luís Eduardo Magalhães, São Desidério e toda a região Oeste. O trabalho de lideranças políticas foi determinante para definição do traçado da ferrovia.

O presidente Lula, em entrevista ao jornal Correio, edição de segunda-feira, 23, informou que a construção da Ferrovia Leste-Oeste começa em agosto deste ano e vai contemplar Barreiras. A afirmação de Lula reforça o que a prefeita Jusmari Oliveira sempre defendeu e reivindicou desde quando era deputada federal, e endossa o que o ministro Alfredo Nascimento tinha comunicado à gestora municipal na semana passada, em Brasília, durante reunião no Ministério dos Transportes. O anúncio oficial da inclusão de Barreiras no traçado da ferrovia foi feito em um encontro, que também contou, além de Jusmari, com a participação da vice Regina Figueiredo, do prefeito de São Desidério, Zito Barbosa, prefeito e vice-prefeita de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz e Katherine Rios, o ex-prefeito do município, Oziel Oliveira e outras lideranças políticas regionais.

O ministro, na ocasião, solicitou à Valec, do próprio ministério, a ampliação do traçado em 58 km para que a ferrovia passasse pelo município de Barreiras.
Já na entrevista exclusiva ao jornal, o presidente Lula, questionado sobre prazos e etapas da construção, declarou que em cinco meses começa a implantação dos dois primeiros trechos em território baiano. "Depois da elaboração dos projetos básicos, do Estudo e do Relatório de Impacto Ambiental neste primeiro semestre, vamos publicar em junho os editais de licitação e dar início, em agosto, às obras dos dois primeiros trechos, ambos situados na Bahia: Ilhéus - Caetité e Caetité - Barreiras, com extensão de 972km (de um total de 1.500 km). Quanto ao leilão de sub-concessão, decidimos realizar no momento mais favorável, quando houver maior número de competidores, o que será vantajoso para os cofres públicos", ressaltou Lula ao Correio.

Wagner viaja à Índia e Europa em busca de investimentos para enfrentar a crise


Kátia Messias Agência A Tarde

Regina Bochicchio, do A TARDE

No embalo do "caminho das Indias" e aproveitando o feriado de Tiradentes, o governador Jaques Wagner (PT) parte amanhã, à noite, para mais uma viagem, desta vez de oito dias, pela Índia e três países da Europa (Inglaterra, Holanda e França), segundo o governo, em busca de atração de investimentos para a Bahia com vistas ao enfrentamento da crise econômica mundial. A missão comercial que se estende até a terça-feira da próxima semana também contará com a presença dos secretários de Estado Fernando Schmidt (chefe de gabiente), Rafael Amoedo (Indústria, Comércio e Mineração) e Juliano Matos (Meio Ambiente).

A idéia é fechar acordos e parcerias para projetos de diversas áreas a fim de movimentar a economia. Na Índia, por exemplo, país que mesmo diante da crise econômica pode conseguir fechar o ano com um crescimento significativo de seu Produto Interno Bruto (PIB), o governo terá um encontro com 60 membros do setor de mineração da Federação Comercial daquele país.
Wagner e secretários deverão, ainda, visitar uma mineradora que explora ferro em Goa - território na Índia colonizado por portugueses. O ministro-chefe de Goa, Digambar Kamat, deverá reunir-se com as autoridades baianas numa tentativa do governo "vender" a Bahia como bom local de investimento.
Segredo – O governador Jaques Wagner comentou rapidamente para A TARDE, na última sexta-feira, sobre a viagem e disse que pode haver investimentos da Índia na Bahia de cerca de R$ 1 bilhão. Mas fez mistério: "Não vou falar nada porque o segredo é a alma do negócio".
O chefe de gabinete do governo, Fernando Schmidt, disse em programa de rádio divulgado pela Assessoria Geral de Comunicação do Governo que “vai se mostrar a realidade econômica da Bahia, por exemplo, a Ferrovia Oeste-Leste, Porto Sul e as reservas minerais do Estado“.
Schmidt comentou, ainda, que essas viagens mostram resultados a médio e longo prazos exemplificou com a primeira viagem que Wagner fez, logo depois de empossado, ao Japão. De acordo com ele, o município de Correntina (Oete) já recebeu investimentos da ordem de US$ 500 milhões e tem a maior processadora de algodão da América Latina agregando atividades da indústria têxtil.

Wagner chegará no sábado à Londres onde se encontra com o embaixador brasileiro na Inglaterra, Carlos Augusto Santos Neves. O teor da reunião não foi divulgado para a imprensa. De lá, a missão baiana voa até Amsterdã, na Holanda, onde a missão irá visitar as instalações do Amsterdã Arena, uma arena esportiva considerada como top de linha no mundo. A idéia é fechar parcerias com vistas à reestruturação do local onde hoje funciona a Fonte Nova, com vistas à Copa de 2014 - contando que Salvador seja uma das sub-sedes que abrigará partidas da competição internacional de futebol.

18 de abr de 2009

Dia Nacional de Luta dos Professores


Os trabalhadores da educação realizam uma GREVE NACIONAL DE ADVERTÊNCIA DE 24 HORAS no dia 24 de Abril para exigir a implantação do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) em todos os estados e municípios brasileiros. O objetivo do movimento é garantir o cumprimento da Lei 11.738, sancionada em julho de 2008 pelo Presidente Lula e que está em vigor desde janeiro deste ano.

A CNTE, a APLB-Sindicato e demais sindicatos e associações de trabalhadores da educação realizaram em 2 de abril, em frente ao Supremo Tribunal Federal, em Brasília, uma manifestação para pressionar o Supremo no sentido de julgar o mais rápido possível a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN 4167), ajuizada por cinco governadores que se manifestaram contra o Piso.

"Chegamos ao limite, por isso decidimos paralisar as atividades neste dia 24 de abril. Queremos dessa forma sensibilizar os ministros do Supremo para que apóiem nossa reivindicação, pois só assim a Lei do Piso poderá ser cumprida em todo o país."

Projeto Produzir da CAR (2)


O guanambiense Anselmo Amaral Baleeiro é o Coordenador do Projeto Produzir

Missão chinesa visita programas de combate à pobreza na Bahia

A Bahia recebe deste domingo a sexta-feira (19 a 24), a visita de uma delegação do governo chinês e de representantes do Banco Mundial (Bird). A comitiva vem ao estado para promover o intercâmbio de experiências entre o Brasil e a China, em programas de combate à pobreza, e conhecer as ações e estratégia do Produzir, programa considerado modelo de referência para outros países do mundo na área de combate à pobreza e pela forma inovadora como é desenvolvido.

O Coordenador do Projeto Produzir da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Anselmo Amaral Baleeiro, é um dos principais responsáveis pela implantação da estrutura do Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR) na Bahia.

O que é o Projeto Produzir

O Produzir é executado pela CAR, empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir). Em 2008, por meio do programa, foram concluídos 325 projetos iniciados em exercícios anteriores, beneficiando 29.963 famílias em 192 municípios, tendo sido realizados 125 eventos de capacitação com um público de 2.999 produtores.

Também foram firmados 235 novos convênios com entidades comunitárias, prevendo-se beneficiar 21.614 famílias em 116 municípios, com recursos da ordem de R$ 20,9 milhões.
Estão em execução 1.232 subprojetos, atendendo a 126.811 famílias, tendo sido beneficiadas, em 2008, no total, 162.620 famílias com 1.607 projetos comunitários nas áreas de apoio à saúde e saneamento, geração de renda, infraestrutura, apoio à educação, cultura e ambiente e projetos concluídos em exercícios anteriores.

O Produzir também investiu em melhorias sanitárias, implantação de cisternas, sistemas de abastecimento de água com ligações domiciliares e em projetos agropecuários, entre outras ações.

Fonte: Ascom do Governo do Estado

Bienal do Livro em Salvador


Jaques Wagner visitou o stand da Editora Anita Garibaldi

Bahia: Decreto de incentivo à leitura é assinado na abertura da Bienal do Livro

A 9ª edição da Bienal do Livro, que acontece no Centro de Convenções, foi inaugurada, nesta sexta-feira (17q4), pela manhã, com a presença do governador Jaques Wagner. ''É preciso fazer educação'' disse Wagner durante a abertura oficial do evento e ao assinar o decreto que constitui um Grupo de Trabalho (GT) com o objetivo de criar programas de fomento e incentivo à leitura.
“Para a Bahia é sempre um motivo de orgulho divulgar a leitura num país em que pouco mais de 10% dos brasileiros têm acesso aos livros. Esse decreto é importante para gerar um ambiente de estímulo nesta área”, afirmou o governador.

O GT será composto pela Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), Empresa Gráfica da Bahia e secretarias da Indústria, Comércio e Mineração (Sicm), Fazenda (Sefaz), Educação (Sec) e Cultura (Secult), representada pela Fundação Pedro Calmon. Já a sociedade civil, será representada pela Câmara do Livro, Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge).
Bienal

O maior evento literário do país, que acontece até 26 de abril, conta com 50 mil títulos à venda, 385 expositores e quatro espaços culturais com programações independentes: Café Literário, Arena Jovem, Circo das Letras e Praça do Cordel e Poesia. A presença de escritores renomados, a exemplo de Rui Guerra, está prevista na programação da Bienal.

Fonte: Portal Vermelho - Bahia

Notícia do Mandato do Deputado Daniel Almeida



Aldo defende na Bahia projeto de desenvolvimento para enfrentar a crise

Desenvolvimento. Essa é a resposta para enfrentar a crise, segundo as palavras do deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP). “O governo tem adotado medidas de compensação e contenção, mas as medidas de superação ainda não foram contempladas”, pontuou. O deputado foi palestrante convidado no debate “A crise financeira mundial e um novo projeto para o Brasil”, promovido pelo deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA), em Salvador, na manhã desta sexta-feira (17/4).

Apesar de constatar a inexistência de um consenso mundial acerca de ações para o enfrentamento da crise, Rebelo aposta no potencial do Brasil: “O país tem todas as condições de enfrentar e sair dessa crise com grandes êxitos se fizer uma leitura da situação que potencialize as nossas capacidades adormecidas”. Agricultura e mineração figuram na linha de frente, além da retomada do processo nacional de industrialização. “Estamos preparados científica e tecnologicamente para adentrar em fronteiras de desenvolvimento industrial”, atesta o deputado.

O esperado crescimento, entretanto, prescinde necessariamente de planejamento e execução; os quais justamente padecem dentro da estrutura governamental. “Observa-se um fortalecimento de setores que travam o próprio Estado. Algumas organizações sequestraram a agenda ambiental do Brasil e, com posições conservadoras, instalam uma ‘guerra’ de contenção das potencialidades de desenvolvimento nacional”, criticou Aldo Rebelo. Os reflexos podem ser verificados na prática, quando entraves burocráticos barram a expansão da atividade agrícola e mineral no país que detém, preservadas, 30% de sua cobertura vegetal original; em contraposição a nações européias, como a Holanda, que, apesar de financiar o Greenpeace - um dos mais combativos grupos ambientalistas, de marcada atuação também em terras verde-e-amarelas -, só abriga 0,1% de suas matas originais. “É possível, sim, compatibilizar preservação ambiental com desenvolvimento”, enfatizou.

Medidas Provisórias

Desde a deflagração da crise, em setembro do ano passado, até a presente data, foram editadas sete medidas provisórias. A mais recente, aprovada na Câmara e aguardando parecer do Senado, autoriza o reforço de R$ 100 bi ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para o aumento da capacidade de financiamento de projetos a longo prazo. “Os empréstimos do setor privado bancário foram reduzidos a praticamente zero. Todo o financiamento, hoje, está concentrado nos bancos públicos, como o próprio BNDES, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal; então, esses esforços de caixa são medidas importantes e que, se não houvesse, nossa situação seria ainda pior”, opina Rebelo.

O programa “Minha Casa, Minha Vida”, anunciado pelo governo federal, segue na linha de “socorro” à população carente e de estímulos a economia interna. “O financiamento e a construção de casas populares é um caso evidente de auxílio à população mais pobre, associado à geração de emprego e de incentivos a indústria nacional da construção civil”, destaca o comunista.

E os investimentos no mercado interno têm gerado resultados. Segundo pesquisa divulgada no Fórum Econômico Mundial da América Latina, o Brasil ocupa a 64ª posição no ranking de competitividade, entre 134 nações pesquisadas. Entre as vantagens apresentadas, e que colocam o país à frente de México e Espanha, estão o tamanho do mercado consumidor, e o setor empresarial sofisticado e inovador.

A taxa de juros, entretanto, ainda segue entre as mais elevadas do mundo. “A redução veio um pouco tarde e sem a intensidade necessária”, aponta Rebelo. Mantendo-se os índices em escalas elevadas, o risco é de escassez de crédito e consequente retração econômica, o que agravaria ainda mais o cenário de crise “É preciso, portanto, um projeto nacional de desenvolvimento para enfrentar a crise e outro para o depois da crise”, conclui.

Também compôs a mesa de debates, o presidente da Associação Comercial da Bahia, Eduardo Moraes; a jornalista e professora da UFBA, Malu Fontes; o superintendente regional do Banco do Brasil, Rodrigo Nogueira; o presidente estadual do PCdoB, Péricles de Souza; o secretário da Secretaria do Emprego, Trabalho, Renda e Esporte - Setre, Nilton Vasconcelos; o deputado estadual Álvaro Gomes (PCdoB); e as representantes do PCdoB na Câmara de Vereadores, Aladilce Souza e Olívia Santana. Entre o público presente, o superintendente regional da Agência Nacional do Petróleo - ANP, Francisco Nelson; o presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães; lideranças sindicais, representantes de ONGs e associações de bairro.

De Salvador,
Camila Jasmin

PROJETO PRODUZIR


O guanambiense Anselmo Amaral Baleeiro é o Coordenador do Projeto Produzir da CAR


A Bahia recebe deste domingo a próxima sexta-feira (19 a 24), a visita de uma delegação do governo chinês e de representantes do Banco Mundial (Bird). A comitiva vem ao estado para promover o intercâmbio de experiências entre o Brasil e a China, em programas de combate à pobreza, e conhecer as ações e estratégia do Produzir, programa considerado modelo de referência área de combate à pobreza e pela forma inovadora como é desenvolvido. Nestas visitas de campo, representantes do Bird e da China vão conhecer a forma descentralizada e compartilhada de gestão do Produzir, envolvendo associações comunitárias rurais e Conselhos Municipais, o que vem contribuindo significativamente para a formação de capital social nas comunidades com identificação de suas demandas e execução dos projetos.

Foto: Blog do Latinha

17 de abr de 2009

Conversa Afiada


Obama diz que o Brasil é potência
O FHC vai cortar os pulsos


E o poligrota ? Cuidado que a inveja corrói o invejoso

Saiu no Globo online:
“O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que o Brasil ‘é uma potência econômica e grande jogador no cenário internacional’ e que ele e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva devem ser ‘parceiros’. As declarações foram feitas em entrevista à rede de TV CNN em Espanhol transmitida nesta quinta-feira.”

Da outra vez, quando Obama disse que Lula é o cara, o Farol de Alexandria desdenhou: “se é que ele (Obama) disse isso mesmo” …
E agora ?
O que sente Fernando Henrique Cardoso ?
Ódio ?
Inveja ?
Dor de barriga ?
Ele achava que só ele daria ao Brasil “dimensão internacional”.
Ele pensava que o Brasil só viria a ser potência por causa dele.
Porque ele fala francês.
Logo ele, que, segundo Ciro Gomes, menospreza o Brasil e o povo brasileiro.
Como diz o motorista de táxi, baiano, que me trouxe do aeroporto, sobre a frase do Obama: “e, agora, o que o nosso ‘poligrota’ vai dizer ?”

Paulo Henrique Amorim

Governo isenta materiais de construção da cobrança de IPI

Para conter os efeitos da crise e melhorar a economia, o Governo Federal publicou decreto que isenta a cobrança do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) na compra de várias mercadorias do setor da construção civil.

O decreto foi publicado no Diário Oficial da União de hoje (17).

Entre os materiais estão: telhas de aço, ladrilhos e placas para pavimentação ou revestimento, cadeados, fechaduras e ferrolhos, chaves, torneiras, válvulas, artigos para canalização, caldeiras e reservatórios.

(Com informações da Agência Brasil)

16º CIRETRAN de Guanambi - Nota de esclarecimento


O DETRAN-BA informa que o orgão continua sendo penalizado pela paralisação do Sistema de Registro Nacional de Condutores Habilitados (RENACH), ocorrida no último dia 27 de fevereiro, determinada pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e o Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO).

Apesar das entidades terem comunicado que o sistema voltou a funcionar normalmente desde o dia 4 de março, o DETRAN-BA ainda enfrenta dificuldades como morosidade e quedas freqüentes, devido aos ajustes no sistema, principalmente no que diz respeito à emissão da CNH.

É importante ressaltar que a situação do DETRAN-BA ainda é mais confortável que a de outros departamentos do país. Em São Paulo, por exemplo, ainda não houve emissão do documento, em Minas Gerais, apenas 7% dos condutores da base atual.

Na Bahia, apesar da lentidão, os usuários dos serviços ainda recebem a sua CNH, chegando ao patamar de 90% a faixa de atendimento. E no Ceará, apenas 40%; no Maranhão chega 70%, na Paraíba em torno de 80%, e em Sergipe, encontra-se parado.

A 16ª CIRETRAN - GUANAMBI pede desculpas pelos transtornos e espera que a situação seja normalizada o mais breve possível a fim de restabelecer o bom atendimento aos usuários.

16ª CIRETRAN - Guanambi.Ba
Dorisvaldo Lobo
Coordenador
077-3452-2038

GOVERNO DERRUBA IPI DA LINHA BRANCA


Depois de diminuir e manter nos atuais níveis o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os automóveis, o governo aplicou medida idêntica para os produtos para a chamada “linha branca” de utilitários de cozinha e área de serviço: geladeiras, fogões, máquinas de lavar e tanquinhos. A decisão saiu nesta sexta-feira depois de todo um mês de especulações que terminaram se confirmando. O imposto, que era de 15% para geladeiras, vai a 5%. No caso dos fogões, que eram tributados em 5%, a tava vai a zero, mesma taxa dos taques, que sofriam taxação de 10%. As geladeiras, que tinham incidência de 20% do IPI, terão os tributos reduzidos à metade. A medida valerá por três meses e será publicada no Diário Oficial da União do sábado. Há a expectativa de que, além de alavancar as vendas, a redução do IPI também estimule as contratações.

Charge de Bessinha para A Charge Online


Governo amplia lista de materiais de construção com imposto reduzido


Para estimular as vendas, o Ministério da Fazenda ampliou a lista de materiais de construção que terão isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nos próximos três meses. A nova lista inclui mais seis tipos de produtos, entre eles impermeabilizantes, revestimentos cerâmicos, cadeados e registros de gaveta. A isenção vale até 16 de julho. O pedido para inclusão de mais produtos na lista havia sido feito na semana passada pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). A associação fez outros pedidos que não foram atendidos pelo governo, como a isenção para pregos e pisos laminados. Informações da Folha Online.

Bolsa Família



BOLSA FAMÍLIA BENEFICIARÁ MAIS 1,3 MILHÃO DE FAMÍLIAS

De acordo o decreto publicado nesta sexta (17) no Diário Oficial da União, os beneficiários do Bolsa Família em situação de pobreza terão um aumento de R$ 120 para R$ 137 no limite da renda familiar mensal per capita. Já os que se encontram em extrema pobreza terão um aumento de R$ 69 no benefício. A decisão de ampliar o programa foi tomada em janeiro pelo presidente Lula, em reunião com o ministro do desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, e com os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Paulo Bernardo, além de técnicos da área econômica. O total que seria pago pelo BF neste ano, calculado em R$ 11,8 bilhões, passou, com o aumento, para R$ 12,3 bilhões. A estimativa do é de que mais 1,3 milhão de famílias tenham direito a receber o benefício.

16 de abr de 2009

DICA CULTURAL


PROGRAMAÇÃO DO CENTRO CULTURAL DE GUANAMBI

MÊS ABRIL/09


DIA:18/04/2009
BALÉ: ALICE NO PAÍS DAS BAILARINAS
HORÁRIO: 19:30H
VALOR: R$ 5,00

DIA: 19/04/2009
CIRCUITO DE CINEMA
FILME INFANTIL: CIRCO NA TELA
HORÁRIO: 16:00H
VALOR: GRATUITO

DIA: 23/04/2009
FILMES: AMOR E CIA E RUA DO AMENDOIM
HORÁRIO: 20:00H
VALOR: GRATUITO

DIA: 24/04/2009
PEÇA TEATRAL: IRMÃO SOL E IRMÃ LUA
CIA DE TEATRO IANA ROCHA
HORÁRIO: 20:00H
VALOR: INTEIRA R$ 10,00
MEIA: R$ 5,00

DIA: 25/04/2009
BALÉ: AS QUATRO ESTAÇÕES
CIA DE TEATRO IANA ROCHA
HORÁRIO: 18:00H
VALOR: INTEIRA R$ 4,00
MEIA: R$ 2,00

DIA: 26/04/2009
PEÇA TEATRAL: OS SALTIBANCOS
CIA DE TEATRO IANA ROCHA
HORÁRIO: 18:00H
VALOR: INTEIRA R$ 10,00
MEIA: R$ 5,00

DIA: 30/04/2009
CIRCUITO DE CINEMA
FILMES: BAILE PERFUMADO E O HOMEM DA MATA
HORÁRIO: 20:00H
VALOR: GRATUITO

Comentário sobre a viagem do Governador Wagner para a Índia e o "Caminho do Sertão"




O governador Jaques Wagner fará uma importante viagem internacional para Nova Deli, capital da Índia, a convite do Vice-Presidente Executivo da Bahia Mineração (BAMIN), Clovis Torres. O objetivo de estreitar as relações comerciais da Bahia com aquele país e garantir o desenvolvimento do Estado e atrair investimentos para o território baiano.

Enquanto isso, a oposição que desgovernou a Bahia por mais de 40 anos, criticam a viagem dizendo que o Governador vai para o "Caminho das Índias". Os sertanejos da região da Serra Geral, que foram abandonados e relegados a último plano na gestão do coronelismo carlista, sabem muito bem a importância da viagem do Governador para a nossa região.

Os investimentos dos Governo Federal e Estadual, bem como da iniciativa privada são fundamentais para tirar a região do atraso econômico e social, tais como: Ferrovia Leste/oeste, Bahia Mineração, conclusão da ponte sobre o Rio Carinhanha, energia eólica, recuperaação da BR-030, programas Luz e Água para Todos, bolsa família, educação, saúde, etc.

Governador Wagner, faça a viagem para o "Caminho das Índias" e traga investimentos para descentralizar a economia da Bahia, garantindo assim o desenvolvimento sócio-econômico para o "Caminho do Sertão", que sofre com a seca, o desemprego e a falta de alternativa econômica...

O sertão não tem saudade do coronelismo. Viva a democracia e o desenvolvimento da Bahia.

Veja abaixo a matéria do Site Bahia Já sobre a importância da viagem do Governador Wagner para a Índia.

NÃO CONFIE NA REDE GLOBO, DESLIGUE JÁ!


Essa tucaninha vive o tempo criando pânico no Brasil. Se manca recalcada, o Brasil mudou prá melhor. Quanto você realmente ganhar prá aterrorizar a Nação?

NOTÍCIA DO SITE BAHIA JÁ


JAQUES WAGNER VAI A ÍNDIA EM BUSCA DE NOVOS INVESTIMENTOS PARA A BAHIA

O governador Jaques Wagner desembarca no próximo dia 21, em Nova Deli, capital da Índia, a convite do Vice-Presidente Executivo da Bahia Mineração (BAMIN), Clovis Torres. Com o objetivo de estreitar as relações comerciais da Bahia com aquele país, o governador irá acompanhado dos secretários da Indústria, Comércio e Mineração, Rafael Amoedo, do Meio Ambiente, Juliano Matos e do Chefe de Gabinete do Governador, Fernando Schmidt.

O primeiro encontro oficial será no dia 22 com um grupo de cerca de 50 empresários, na sede da Federação do Comércio e Indústria da Índia (FICCI). Na oportunidade, Wagner fará uma apresentação sobre as possibilidades de investimento no território baiano. Tecnologia da informação, fármacos, agricultura, mineração, infraestrutura e projetos em energias renováveis são as áreas de interesses dos indianos.À noite, o governador e sua comitiva, participam de um jantar oferecido pela FICCI e pela Bahia Mineração.

No dia 23, Wagner embarca para a cidade de Goa, onde terá um encontro com o Ministro Chefe da localidade. Após a audiência, ele visitará possíveis parceiros da Bahia na área mineral. O Governador encerra a agenda do dia com um jantar oferecido pela Bahia Mineração e possíveis investidores.
No dia seguinte (24), o governador seguirá para a cidade de Mumbai, de onde embarca para Londres. Na capital inglesa, já no dia 25, ele será o convidado especial de um jantar oferecido por empresários interessados em investir na Bahia, entre eles Pramod Argawal, um dos acionistas da Bahia Mineração. O retorno para a Bahia está previsto para o dia 26.

A Bahia Mineração

A Bahia Mineração (BAMIN) é uma empresa nacional com capital pertencente a Eurasian Natural Resources Corporation (ENRC) e a Zamin Ferrous (do empresário Pramod Argawal), cada uma com participação de 50% das ações. Com um investimento total de US$ 1,5 bilhão de dólares, ao iniciar a operação do Projeto Pedra de Ferro, no município de Caetité, a 757 quilômetros de Salvador, a empresa fará da Bahia o terceiro estado em produção de minério de ferro no Brasil. A mina deverá produzir, anualmente, entre 15 a 20 milhões de toneladas de minério.

A previsão é que o Projeto inicie a construção a partir de janeiro de 2010 e suas operações a partir de julho de 2012. Serão oito mil empregos diretos gerados na etapa de construção de todo o projeto, e mais de 1.800 empregos diretos quando a mina entrar em operação.

A mina e a usina de concentração da Bahia Mineração (BAMIN) serão instaladas a uma distância de aproximadamente 30 km de Caetité. Para suprir as necessidades de água do Projeto Pedra de Ferro, a BAMIN terá um sistema de suprimento de água industrial que percorrerá cerca de 150 km. Visando garantir a exportação do minério de ferro concentrado, a empresa construirá um terminal de embarque privativo na região de Ponta da Tulha em Ilhéus.
Toda a produção mineral será escoada para o porto pela Ferrovia Oeste-Leste, que já teve seu traçado definitivo apresentado pelo Governo Federal. Ela vai ligar o município de Ilhéus, na Costa Atlântica a Figueirópolis, em Tocantins. A Bahia Mineração é uma empresa âncora do projeto da ferrovia, que vai percorrer, ao todo, 1,5 mil quilômetros, atravessando 32 municípios baianos distribuídos por 1,1 mil quilômetros. As obras do primeiro trecho da ferrovia, que ligará Caetité a Ilhéus, serão iniciadas em 2010.

Lançamento do Projeto LIBRO



LIBRO

Leitores Idealizando uma Biblioteca

Revitalizada e Organizada.


LANÇAMENTO DO PROJETO LIBRO

Dia:16/04/09 (Quinta-Feira), às 18:30 h.

Local:Câmara de Vereadores de Guanambi


Colabore com a revitalização da Biblioteca Municipal

doando UM LIVRO para o Projeto LIBRO.


EDUCAÇÃO

Governo investe R$ 100 milhões na contratação de professores

Para suprir a carência de professores da rede estadual de ensino, o Governo do Estado autorizou, neste início de ano, a contratação de 5.193 professores da Educação Básica. Nesta quarta-feira (15), foi autorizado o terceiro Processo Seletivo Simplificado em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) para mais 1.500 professores.~

Em março, foram realizados outros dois processos totalizando 3.693 profissionais. Também foi autorizada a contratação de 277 docentes para a Educação Superior. Um investimento de cerca de R$ 100 milhões/ano.

Só no período de 2007 até o mês de fevereiro deste ano, o Governo contratou 7.576 professores, sendo 3.996 efetivos do concurso público realizado em 2005 e 4.180 selecionados no Processo Seletivo Reda.

Déficit acumulado

Mesmo assim, no início do ano a rede apresentou uma carência de 5.140 docentes. “Estamos enfrentando o problema que vem se acumulando há muitos anos. Poderia ser menor se, por exemplo, os aprovados no concurso de 2005 tivessem sido contratados imediatamente após a aprovação”, pontua o secretário de Educação, Adeum Sauer. Desse concurso, o governo anterior só tinha convocado 747 professores para Salvador.

Outra medida a ser adotada é a contratação, por meio de bolsas de estudo, de estudantes universitários, em conclusão do curso de licenciatura, para substituir temporariamente os professores em licenças prêmio e médicas, que totalizam 2.378 docentes.

A nova contratação de 1.500 professores será realizada para todo o Estado e nas disciplinas onde não existirem classificados no concurso público de 2005.