EVOLUÇÃO DO QUADRO POLÍTICO DE GUANAMBI

Um vendaval eleitoral passou pela Bahia e vai de vento em popa invadindo o interior e o sertão. No primeiro turno a direita carlista sofreu uma fragorosa derrota histórica com a eleição, não prevista pela mídia e pelas pesquisas tendenciosas do estado, de Wagner para Governador. A previsão da vitória de Wagner no primeiro turno foi analisada por nós no dia 27/07/06 em e-mail enviado aos sites de Guanambi, conforme matéria “As pesquisas do Ibope na Bahia”. A Bahia foi liberta do carlismo.
Lula não ganhou no primeiro turno, mas têm certo mal que vem para o bem. A sua vitória no primeiro turno, com uma margem pequena de votos, serviria de pretexto para que a direita golpista levasse a eleição para o terceiro turno, ou seja, ganhar no tapetão. O segundo turno, portanto, significou a legitimidade da reeleição de Lula com uma vitória com mais de vinte milhões de votos à frente do candidato da direita. O povo deu um grito de basta à mídia tucana, que usou e abusou da mentira e da manipulação tentando corromper a consciência do povo brasileiro. No sertão Lula ganhou em todas as cidades. Em Guanambi ampliamos a frente de Lula de oito mil para quinze mil votos. O grande derrotado foi o PP e o PSDB local que entraram na contra mão da história apoiando as forças conservadoras, enquanto que o povo da cidade, em festa, reelegeu Lula e contribuiu para a esmagadora vitória de Wagner na Bahia e do projeto de construção de um Brasil desenvolvido com distribuição de renda. A esquerda de Guanambi (PCdoB, PT e PSB) é a força vitoriosa do processo, particularmente, o PCdoB, que garantiu uma votação significativa para os deputados Daniel Almeida, Javier Alfaya e Edson Pimenta. A liderança de Paulo Costa está em alta na cidade e no estado.
Por isso, o vendaval Lula e Wagner mudaram o curso do quadro político do interior. A candidatura de novas lideranças de esquerda nas cidades do sertão da Bahia é uma conseqüência extraordinária da conjuntura política atual. Guanambi já está sintonizada com esse novo quadro político. Após essas importantes vitórias vamos arregaçar as mangas das camisas e trabalhar cada vez mais para ampliar as obras e as conquistas sociais do Governo Federal e do futuro Governo Popular da Bahia. O povo brasileiro e baiano mostrou a sua fibra derrotando as velhas oligarquias udenistas.
Finalizando, não poderia deixar de defender a necessidade de haver uma democratização da mídia. Hoje, todos os canais de televisão e a maioria esmagadora dos jornais estão nas mãos da iniciativa privada e dos grandes grupos econômicos. O direito democrático da livre manifestação de idéias está sendo bloqueado e manipulado pelo grande capital, pela iniciativa privada e pelos grupos políticos da direita, tanto na capital como no interior. A resposta do povo está no uso da internet e no acesso democrático aos blogs independentes. O boicote à mídia falida e aos jornais e revistas tendenciosas é fundamental para a construção de país mais democrático. Fortalecer os meios de comunicação alternativos e as cooperativas de jornalistas é a nossa palavra de ordem. Viva a imprensa livre e democrática!

José Carlos Lélis Costa (Latinha)
Share:

AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA IMPLANTAÇÃO DA UNIVASF EM GUANAMBI

No dia 25/10/06 (Quarta-Feira), às 9 horas, no Clube de Campo de Guanambi ocorreu a audiência pública de estudo e análise técnica para implantação dos campi da UNIVASF em Guanambi, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória. A atividade contou com a participação importante da juventude estudantil das diversas escolas e colégios da rede municipal e estadual e de uma caravana de estudantes de Candiba e de representantes das cidades de Malhada e Caetité. Diversas entidades sociais e institucionais participaram também do ato, com destaque para o Diretor de Revitalização do Rio São Francisco, Dr. Jonas Paulo Oliveira Neri; o Vice-Reitor da UNIVASF (Universidade do Vale São Francisco), Dr. Paulo Cezar Lima; da representante da FAPEX (UFBA), Professora Enir; do Vice-Prefeiro e Secretário de Educação de Guanambi, Charles Fernandes; da Juíza do Trabalho, Dra. Márcia Novaes Guedes; da Prefeita de Carinhanha, Chica do PT; da Ex-Prefeita de Guanambi, Sizaltina Donato; da Diretora da Direc, Lajucy Donato; dos vereadores de Guanambi, Paulo Costa (PCdoB), Dr. Ruy (PT) e Dr. Robério; do ex-presidente da Câmara Municipal de Caetité, Francisco Nelson; da representante da Escola Agrotécnica, Professora Sayonara Cotrim; do Superintendente da 2ª SR CODEVASF, Luis Geraldo Santos; do Chefe do Escritório Técnico de Guanambi da CODEVASF, Antonio Wilson Lelis Costa; dos representantes dos Sindicatos de Trabalhadores Rurais de Guanambi e Malhada; do Coordenador do Pólo Sindical da FETAG, Cosme Nascimento; do Vice-Presidente da FETAG-Ba, Cláudio Bastos; do representante da Paróquia de Santo Antônio, Padre João; entre outras personalidades da região. A marca principal do ato foi o grau de representatividade, participação e mobilização da sociedade civil de Guanambi e Região.

Depois dos vários pronunciamentos de afirmação do compromisso de implantação do campus da UNIVASF em Guanambi a Professora Enir (FAPEX) fez uma explanação sobre o Grupo de Trabalho que coordena os estudos técnicos, destacando as atividades e ações a serem desenvolvidas, tais como: levantamento de informações em sítios e órgãos; contatos com parceiros; audiência pública; viagem a campo; reuniões de trabalho; e elaboração do documento final. No contexto do estudo sobre a realidade das microregiões de Guanambi, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória serão realizados levantamentos sobre o histórico; diagnóstico econômico; demanda potencial e oferta de educação superior; infra-estrutura física disponível e necessária; marcos legais norteadores de implantações dos campi; alternativas de modelos de gestão; alternativas de arquiteturas acadêmicas, com ênfase no processo de acesso à universidade.

No final da audiência pública, o Diretor de revitalização do Rio São Francisco, Dr. Jonas Paulo reafirmou o compromisso de implantação imediata do Campus da UNIVASF em Guanambi, destacando as ações do Governo Federal no sentido de garantir a implantação de universidades nas cidades pólos e os encaminhamentos práticos sobre os recursos orçamentários da União com vista a concretizam do sonho da comunidade regional de Guanambi, que é a UNIVERSIDADE FEDERAL na região. A representante da Escola Agrotécnica, Professora Sayonara Cotrim, colocou o campus da escola à disposição para abrigar o futuro campus da UNIVASF. O sinal verde foi dado para a concretização do campus da UNIVASF em Guanambi. Já se cogita a realização do vestibular em 2007.

Finalizando, vale ressaltar o empenho das entidades organizadoras do ato para o sucesso desse movimento – Fundação Joaquim Dias Guimarães, PRISMA, Secretaria de Educação de Guanambi, UNEB, Paróquia de Santo Antônio, Conselho Municipal de Educação, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Guanambi e Região (SISPUMUR), entre outras. As nossas homenagens às professoras Nice Amaral, Helena Amaral, Dete e Dizinha, que em todos os momentos da luta foram solidárias e firmes com os propósitos e sonhos da comunidade regional.

“Sonhos só se concretizam quando transformamos idéias e reflexões em ações concretas. Este ato vitorioso representa a semente da futura UNIVERSIDADE FEDERAL DA SERRA GERAL em Guanambi. Quem viver verá”.


José Carlos Lelis Costa
Latinha


LIDERANÇA POLÌTICA DE GUANAMBI EM ALTA

É quase certo à presença de uma importante liderança política da cidade no futuro secretariado de Wagner.
Share:

PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE GUANAMBI

Guanambi está se preparando para um novo ciclo de crescimento. Para que este desenvolvimento seja sustentável e de inclusão social é fundamental planejar a cidade de forma participativa. Por isso, a Prefeitura Municipal, por intermédio da Secretaria de Infra-Estrutura, está estimulando a mobilização dos movimentos comunitários, da Câmara de Vereadores, das entidades civis e de toda a sociedade para a elaboração do planejamento estratégico da cidade por um período de 10 anos, conforme prevê a Constituição Federal, o Estatuto das Cidades, a Constituição Estadual e a Lei Orgânica do Município.

O QUE È O PLANO DIRETOR?

“O Plano Diretor é um instrumento para garantir a todos os cidadãos um lugar adequado para morar, trabalhar e viver com dignidade, proporcionando acesso à habitação, saneamento ambiental, ao transporte e mobilidade, ao trânsito seguro e aos serviços e equipamentos públicos”.

O Plano Diretor será aprovado por Lei Municipal e tem como objetivo construir soluções a curto, médio e longo prazo para os problemas que afligem os moradores da cidade, que cresce de forma desordenada, excludente e desequilibrada, penalizando principalmente a população mais carente. É a construção da política municipal de desenvolvimento urbano e rural. Um plano de ação já está sendo incrementado pelo Núcleo Gestor e pelas Comissões Técnica; Divulgação, Mobilização e Comunicação; e Coordenação. Os grupos de trabalhos reúnem-se semanal, quinzenal e mensal tendo o objetivo de implementar ações com vista a garantir a participação popular no Plano Diretor Participativo (PDP) de Guanambi. Diversas reuniões, plenárias e oficinas foram realizadas e, posteriormente, serão realizadas diversas reuniões até maio/2007, tais como: reuniões setoriais de bairros e da zona rural; reuniões em Mutans, Ceraíma, Morrinhos e Baixio, bem como debates de diversos temas (meio ambiente, cultura e agenda 21; educação; saúde; esporte e lazer; desenvolvimento sustentável; feira livre; agricultura, comércio, indústria e turismo; segurança pública, etc.).

A Prefeitura disponibilizou uma sala especial para a elaboração do PDP que fica próxima da Embasa no prédio do gabinete do Prefeito. Colabore com o desenvolvimento da nossa cidade e dê a sua contribuição para a construção da cidade de nosso sonho. Vamos construir a Guanambi do futuro e de todos. Participe!

Acessem os sites da cidade e vejam as matérias sobre o lançamento do Plano Diretor de Guanambi.


CAMPUS DA UNIVASF EM GUANAMBI E BOM JESUS DA LAPA

Depois da grande manifestação regional realizada em Guanambi em defesa da implantação de uma universidade federal na região uma comissão da FAPEX, o Diretor da Codevasf Jonas Paulo e Vice Reitor da UNIVASF (Universidade do Vale São Francisco) estarão chagando a cidade no dia 25/10/2006 (Quarta-feira), onde reunirão com as entidades civis em audiência pública com o objetivo de discutir os aspectos técnicos para implantação dos campus da universidade em Guanambi e em Bom Jesus da Lapa. A plenária será realizada no auditório da Clube de Campo Guanambi, às 09 horas. A participação de todos os setores organizados e das autoridades do município e da região é fundamental para garantir mais esta conquista para a região da Serra Geral e do São Francisco. Esse é mais um importante passo para a conquista da Universidade Federal da Serra Geral, conforme projeto do Deputado Nelson Pelegrino (PT). Vale ressaltar o papel de Antônio Wilson Lelis Costa, Gerente da Codevasf – 2º SR de Guanambi, na luta e nas articulações para a concretização desse sonho e, principalmente, a iniciativa louvável do nosso amigo Zé Luiz na defesa da Universidade Federal da Serra Geral, bem como de todas as entidades civis e personalidades políticas da região que estão diretamente envolvidos no processo de luta em defesa dessa causa.

Acesse os sites da cidade e vejam as matérias sobre a manifestação em defesa da UNIVASF na região de Guanambi.

NÃO TROQUE O CERTO PELO DUVIDOSO
GUANAMBI E O SERTÃO QUEREM LULA DE NOVO

O povo de Guanambi e do sertão não vão cair no conto golpista da direita, do TSE tucano e da mídia falida do Brasil. A população da nossa região tem motivo de sobra para votar em LULA DE NOVO, senão vejamos as obras e os benefícios que recebemos do governo popular do nosso presidente:

1. Construção da Barragem do Poço do Magro e da estação de tratamento de água da cidade;
2. Negociação das dívidas dos pequenos e médios agricultores;
3. Ampliação dos recursos do PRONAF, da agricultura familiar e do crédito para as pequenas e médias empresas,bem como para os aposentados;
4. Valorização do salário mínimo;
5. Liberação de verbas para Ceraíma , bairro Alto Caiçara e para a estação de tratamento de esgotamento sanitário de Guanambi;
6. Programa Luz Para Todos, Fome Zero,PROUNI e Bolsa Família beneficiando toda a nossa região;
7. Ampliação dos recursos federais para a educação, saúde e dos diversos programas sociais nos municípios da região;
8. Continuidade da construção da ponte sobre o rio Carinhanha e construção do cais de Carinhanha;
9. Apoio às áreas de reforma agrária da região e do perímetro irrigado do Estreito;
10. Apoio ao esporte com liberação de diversas quadras esportivas na região;
11. Combate à seca com construção de cisternas, poços artesianos e barragens, bem como diversas outras intervenções do governo federal na região.

Por tudo isso e pela garantia de que não vamos retornar a época do desgoverno de FHC Lacerda que entregou as empresas estatais e colocou o país nas mãos do FMI é que a região e a Bahia derrotou o candidato de ACM e da Opus Dei no primeiro turno. Não vamos trocar o certo pelo duvidoso. O sertão vai ajudar a ampliar os votos e eleger LULA DE NOVO. A vitória de Lula é o melhor para a região e a garantia de que o sertão estará aliado com o Governo Federal e Estadual na busca do desenvolvimento sustentável e de que os programas sociais para as populações pobres sejam cada vez mais ampliados e não reduzidos como propõe o candidato de FHC Lacerda ao sugerir os cortes nas áreas sociais para atender as ordens do FMI. Povo do sertão fique atento porque os golpistas farão de tudo para tirar o Brasil do caminho de desenvolvimento e da construção de um país mais justo e mais fraterno. À direita, a revista Veja e a mídia, a CIA, o TSE Tucano e os golpistas do PSDB/PFL querem retornar ao poder no Brasil para manter os privilégios dos ricos e submeter o país ao controle do Governo Americano. É LULA DE NOVO PARA A FELICIDADE DE NOSSO POVO.

CONVITE DO PCdoB DE GUANAMBI

O PCdoB de Guanambi realizará uma plenária da reta final da campanha de Lula
no dia 25/10/06 (QUARTA-FEIRA), às 20 horas na sede do partido no fundo do Colégio Luiz Viana. Paulo Costa (Presidente do PCdoB) convida os amigos e militantes para participar deste importante evento. Participe e dê a sua contribuição para a campanha de LULA.
Share:

As pesquisas do IBOPE na Bahia

Artigo escrito em 27/07/2006 e enviado para os sites de Gunambi

Analisando os dados de boca de urna do IBOPE nas eleições de governador/2002, na Bahia, e fazendo um paralelo com os dados atuais podemos observar que:

1. A previsão do IBOPE era que Paulo Souto teria 53% contra 18% de Wagner, sendo que o resultado foi de 53,7% para Paulo Souto e 38,5% para Wagner, ou seja, uma diferença de 20,5% entre a previsão de boca de urna e o resultado final. Até hoje o IBOPE não deu nenhuma explicação para tal diferença. Com a palavra o IBOPE?

2. A maioria dos meios de comunicação da Bahia divulgavam uma vitória surpreendente do candidato Paulo Souto, quando na prática o resultado eleitoral dos candidatos da oposição somaram-se 46,02%, significado que houve uma manipulação com o objetivo não caracterizar a realização do segundo turno.

3. Uma pergunta fica no ar: quando o IBOPE acertará os resultados reais das pesquisas da Bahia?

Quanto ao resultado atual, na qual Paulo Souto aparece com uma frente de 43% e a grande imprensa noticiam o surpreendente e imaginável embalo de Souto. As pesquisas do IBOPE na Bahia não é nenhuma surpresa. A surpresa maior será o resultado final das eleições, senão vejamos:

1. Wagner foi candidato nas eleições de 2002 com uma coligação de 4 partidos, tendo dois minutos no espaço eleitoral e o apoio de 7 prefeitos; enfrentou as máquinas do Governo Federal (FHC) , Governo Estadual (Cesar Borges) e a maioria esmagadora das Prefeituras Municipais.

2. Wagner não teve apoio do prefeito de Salvador e de nenhum prefeito da Região Metropolitana e, mesmo assim, ganhou com uma frente de 240 mil votos na capital e região.

3. Wagner conta com o apoio de João (PDT) na capital e de 6 prefeitos da Região Metropolitana, bem como de 70 prefeitos das principais regiões da Bahia, contando com uma aliança de nove partidos políticos (PT, PMDB, PCdoB, PSB, PTB, PRB, PMN, PV e PPS).

4. A banda B do governo está aderindo à oposição.

5. A insatisfação do povo com o esquema de ACM é grande, conforme pesquisa que afirma que 82% dos baianos querem mudanças na política do Estado.

6. Wagner conta com o apoio total do Governo Lula, que detém 60% nas pesquisas para presidente, sendo que o Governo Federal fez importantes investimentos econômicos e sociais que garante o crescimento de 10% do PIB na Bahia.

7. Wagner conta com 9 minutos no horário eleitoral de TV contra menos de 6 minutos de Souto.

O quadro político da Bahia evolui para a realidade de 1986. O anseio por mudanças é uma realidade incontestável. A verdadeira pesquisa eleitoral é a de senador, na qual João Durval (candidato da oposição) aparece com 28%, Imbassahy (candidato de Paulo Souto) com 25%, José Maria (PSTU) 3% e Rodolpho Tourinho (candidato de ACM) com 2%, estando na lanterna e empatado com André Luiz (PSOL) e Juca Chaves. Quando iniciar a propaganda eleitoral a realidade política da Bahia vai ser desvendada e mais uma vez o IBOPE terá que justificar o porque as suas pesquisas não batem com o resultado final das eleições, a exemplo do ocorreu em 2002. Esse filme é velho e já foi visto na Bahia... Vem aí um vendaval da oposição - A BAHIA SERÁ LIVRE E DEMOCRÁTICA!

José Carlos Lelis Costa (LATINHA)
Guanambi - Bahia
Share:

Lançamento do Blog do Latinha

O lançamento do Blog do Latinha tem o objetivo de analisar de forma independente a conjuntura política municipal, estadual, federal e internancional, bem como tratar de outros temas (cultura, meio ambiente, educação e desenvolvimento sustentável). Os internautas poderão fazer comentários e análise crítica dos artigos. Viva a liberdade de imprensa!
Share:

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog