CODEVASF E PETROBRAS VÃO ESTUDAR NOVAS ÁREAS DE ÁLCOOL NO NORDESTE

Mais um importante projeto vem sendo estudado pela CODEVASF e PETROBRAS no sentido de analisar o potencial para o plantio de cana-de-açúcar e oleaginosas em regiões da Bahia. O objetivo é transformar as regiões em produtoras de álcool e biodiesel para exportação. Essa análise vai compreender 400 mil hectares de área irrigada e que já há projetos para o plantio de cana que podem ser desenvolvidos na região da Serra Geral. No caso do biodiesel, o ideal são as culturas de mamona, algodão, pinhão manso e girassol, conforme discussões realizadas no seminário promovido pela Câmara Municipal e Secretaria de Agricultura Municipal. Essa pode ser mais uma ação do Governo Federal no processo de desenvolvimento do sertão.
Outra ação importante para a nossa região é a conclusão da ponte sobre o Rio Carinhanha que liga a BR-135 até a BR-030, bem como a estrada que liga Palmas de Monte Alto até Urandi, beneficiando o Perímetro Irrigado do Estreito.
Share:

CONFISSÕES DE UM ASSASSINO ECONÔMICO

O livro do americano John Perkins narra e relata a sua luta para se libertar do sistema corrupto de dominação global implantado pela CIA (Central de Inteligência Americana) e pelo império americano. O livro também destaca o papel da mídia no processo de dominação e alienação dos povos. Eu recomendo a leitura desse livro brilhante. Leia e forme grupos de estudos sobre essa obra. Envie e-mails para os amigos, divulgando e criando uma corrente para incentivar essa leitura.
Share:

Revista Carta Capital mostra o desmonte do carlismo

Imperdível. Assinada pelo jornalista Leandro Fortes, a revista Carta Capital que está nas bancas mostra, em matéria intitulada O Desmonte do Carlismo, como o PT e as forças políticas que apóiam Jaques Wagner estão enterrando o que de mais atrasado e corrupto existe na política brasileira. O jornalista lembra que em 40 anos o grupo encastelado no poder transformou o Estado em propriedade privada. O fato de Jaques Wagner ter vencido o governador pefelista Paulo Souto nas eleições estaduais deste ano deixou a certeza de duas coisas. A primeira, de que o eleitor baiano seguiu uma tendência nacional de desprezar o furor da mídia contra a reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, por extensão, relegar ao lixo da história a mesmíssima estratégia usada pelos carlistas na Bahia. A segunda, de que a tentativa de Souto de se descolar do carlismo, foi tímida o suficiente para ser interpretada como falsa pelo eleitorado local. Não é por menos.

A matéria na íntegra só na versão impressa. Vale a pena correr às bancas. Mas a revista disponibilizou em seu site um texto bastante generoso, que se segue:

O DESMONTE DO CARLISMO

O PT vitorioso quer acabar com o poder de ACM, o maior cacique político do País
Por Leandro Fortes, de Salvador

Antonio Carlos Magalhães, ao contrário do que se pensa fora da Bahia, não ganhou o apelido de “Toninho Malvadeza” por ser um político nascido e criado à sombra dos generais, durante a ditadura militar (1964-1985), à qual serviu com fidelidade canina. Também não foi por ter usado a máquina pública da administração da Bahia para criar um império pessoal. Um feudo com vassalos. Muito menos por ter perseguido adversários e jornalistas, alguns dos quais chegou a agredir fisicamente com o próprio punho. ACM tornou-se Malvadeza na década de 1950, quando era jovem e, como na canção do conterrâneo Gilberto Gil, “ia procurar porrada na base da vã valentia” no Campo da Pólvora, zona central de Salvador, onde morava.

Acostumado a bater a torto e a direito, ACM levou uma surra histórica nas eleições deste ano, eternizada na imagem desolada do velho coronel de cabeça branca, flagrado pela câmera de Luciano da Matta, do jornal A Tarde, de Salvador, na noite de 1º de outubro.

A imagem foi captada em um átimo de porta entreaberta no Palácio de Ondina, sede do governo da Bahia, onde ACM acompanhava, cabisbaixo, a apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Naquela noite, quase madrugada, os computadores do TSE, em Brasília, tinham contabilizado quase 100% das urnas eletrônicas utilizadas no pleito. Desde cedo, no entanto, a maior surpresa anunciava-se, justamente, no terreiro de Antonio Carlos e da trupe pefelista mais aguerrida da nação.

Na Bahia, o candidato Jaques Wagner, do PT, caminhava para uma vitória ainda no primeiro turno das eleições. Concretizada a eleição do petista, o implacável ACM, reconhecido por aliados e adversários como Toninho Malvadeza, cuja liderança política forjou-se em três mandatos de governador, dois deles presenteados pelos generais da ditadura militar, sentou-se em um sofá e, então, caiu no mais puro desalento.

Por quatro décadas, descontados apenas dois anos do conturbado mandato de Waldir Pires no governo da Bahia, entre 1987 e 1989, o carlismo configurou-se como única força política do estado. Para tal, o grupo carlista estabeleceu uma relação privatizante entre a estrutura administrativa estadual e as diversas empresas da família, onde também abrigam-se até hoje parentes, aliados políticos e vassalos de toda ordem.

Acima de tudo isso, Antonio Carlos, quando ministro das Comunicações do governo José Sarney (1985-1990), deu-se de presente uma cadeia de televisão, a Rede Bahia, e, a partir dela, condenou a oposição local ao exílio do silêncio.

Foi, e ainda é, o mais poderoso coronel eletrônico do País.

A vitória do PT poderá lhe render, além de um ostracismo político irreversível, graves danos financeiros. O fato de Jaques Wagner ter vencido o governador pefelista Paulo Souto nas eleições estaduais deste ano deixou a certeza de duas coisas. A primeira, de que o eleitor baiano seguiu uma tendência nacional de desprezar o furor da mídia contra a reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, por extensão, relegar ao lixo da história a mesmíssima estratégia usada pelos carlistas na Bahia. A segunda, de que a tentativa de Souto de se descolar do carlismo, foi tímida o suficiente para ser interpretada como falsa pelo eleitorado local.

Não é por menos. O governador pefelista é uma típica criatura do carlismo, um engenheiro alçado da burocracia interna do estado, mas sempre se esforçou para ter melhores modos que os de seu criador. Registre-se como ato de coragem o fato de ele ter retirado do gabinete uma foto gigante de ACM para trocá-la, à guisa de sutil distanciamento, por uma de Luís Eduardo Magalhães.

Paulo Souto também livrou o Palácio de Ondina da prática pública e cotidiana de botinadas, tão cara ao seu mentor político, mas, no fim das contas, mantiveram-se em funcionamento todos os esquemas do carlismo. Desmontá-los, portanto, será a duríssima tarefa de Jaques Wagner a partir de 1º de janeiro de 2007.

LEIA A ÍNTEGRA NA REVISTA IMPRESSA, QUE JÁ ESTÁ NAS BANCAS

# posted by Oldack Miranda/Everaldo de Jesus @ 3:25 AM 0 comments
Share:

FUNDEB É APROVADO POR UNANIMIDADE

O Fundo de Educação foi aprovado no Congresso Nacional e no Senado e prevê um investimento de R$ 2 bilhões em 2007 que serão destinados à rede pública de ensino, da educação infantil ao nível médio. O programa vai beneficiar 48 milhões de alunos, desde os matriculados em creches até estudantes do ensino médio, além de garantir um piso salarial nacional para os profissionais da educação e a formação continuada dos professores. No total, a expectativa é de que o Fundeb cheque a R$ 50 bilhões ao final de sua implantação, sendo R$ 2 bilhões de responsabilidade do governo federal no primeiro ano, R$ 3 bilhões no segundo, R$ 4,5 bilhões no terceiro e 10% do total do fundo a partir do quarto ano até 2020, quando o fundo deve ser extinto. Esse programa de investimento na educação e a questão do desenvolvimento são fundamentais para que o país entre na rota de crescimento econômico e social.
Share:

UNIVERSIDADE FEDERAL EM GUANAMBI

Está cada vez mais consolidada a idéia de implantação de um campus da UNIVASF em Guanambi. No dia 07/12 (Quinta-Feira), aconteceu uma reunião em Salvador com as presenças do Diretor de Revitalização da CODEVASF, Jonas Paulo de oliveira Neres; do Vice-Reitor da UFBA, Professor Francisco Mesquita; dos representantes da FAPEX; e dos membros do Grupo de Trabalho responsável pela coordenação dos estudos de implantação do campus da UNIVASF em Guanambi, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória. Na oportunidade, José Carlos Lelis Costa, representante do núcleo de entidades e instituições de Guanambi,entregou os estudos sobre a realidade sócio-econômica e a oferta de ensino superior da cidade e da região, bem como as plantas e os dados sobre as estruturas físicas da Escola Agrotécnica Federal e da CODEVASF que estão a disposição para o funcionamento da UNIVASF. As expectativas é que o estudo da FAPEX seja concluído em março de 2007 e que em 2008 ocorra à implantação e o funcionamento da UNIVASF em Guanambi e região. Recursos para a implantação, apoio e manutenção já estão garantidos no Orçamento da União
Share:

SOLIDARIEDADE INTERNACIONAL AOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS DE URANDI

No dia 09/12 (Sábado) foi realizado uma solenidade de entrega de um veículo Kombi para a Associação Urandiense de Portadores de Necessidades Especiais feita pela entidade internacional da Áustria chamada MIVA, que tem a guanambiense Irani Costa como uma das suas ativas militantes. Na oportunidade, o presidente da entidade, Juvenal, agradeceu e prestou uma homenagem ao Sr. Antônio Wilson Lelis Costa (CODEVASF) que foi o responsável e articulador do processo de doação do veículo. Também foi homenageada a Engenheira Civil Roselece Nogueira que deu importante apoio ao projeto
Share:

GUANAMBIENSE NO SECRETARIADO DO GOVERNO WAGNER

Conforme previsão deste blog, o guanambiense e ex-militante do Centro Estudantil de Guanambi (CEG), Nilton Vasconcelos, está entre os nomes do secretariado do Governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), anunciado no dia 08/12 (Sexta-feira). Nilton Vasconcelos foi indicado pelo PCdoB para a Secretaria do Trabalho, Renda e Esporte. Ele é o primeiro comunista da Bahia a ocupar uma Secretaria de Estado. Atualmente é dirigente do PCdoB na Bahia e é também doutor em Administração Pública, professor do Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia (CEFET - Bahia) e coordenador de uma Incubadora de Cooperativas Populares. É mais um menino do CEG no poder. Aguardem que vem mais lideranças de Guanambi no segundo escalão do Governo Estadual...
Share:

II FÓRUM REGIONAL DE BIODIESEL

Na sexta-feira, dia 03/11/2006, na Câmara de Vereadores de Guanambi, ocorreu mais um importante evento promovido pela Prefeitura de Guanambi, Câmara de Vereadores e Brasil Ecodiesel e que contou com o apoio da CODEVASF, FETAG, SEBRAE, BNB, SEAGRI, BB e Escola Agrotécnica Federal. O objetivo do fórum foi para passar as informações para os agricultores da região sobre o programa de BIODIESEL do Governo Lula que tem como principais diretrizes a implantação de um programa sustentável, tanto técnica, como economicamente, através da produção e uso do biodiesel, com enfoque na inclusão social e no desenvolvimento regional, via geração de emprego e renda, com garantia de preços competitivos, qualidade e suprimento, na qual a sua produção seja feita a partir de diferentes fontes oleaginosas (mamona, algodão, girassol, pinhão manso, etc.), com ênfase no amplo potencial produtivo da agricultura familiar.

O fórum contou com as presenças do representante do Prefeito de Guanambi, o Secretário de Educação, Charles Fernandes; do Presidente da Câmara, Élder Guimarães; do Secretário de Agricultura, Indústria e Comércio Joventino Malheiros; do Deputado Estadual Edson Pimenta (PCdoB); do Secretário de Agricultura de Livramento, Élvio Dourado; do presidente do CDL, Hugo Costa, bem como de diversas lideranças do Pólo Sindical da FETAG e dos presidentes dos STRs da região e de representantes de diversas cidades. A programação foi coordenada por Adalgicio Lelis Costa que teve como palestrantes no período da manhã o Dr. Júlio Armando Martinez (Diretor da Brasil Ecodiesel) e o Dr. Uilson Menezes (Gerente da Brasil Ecodiesel) que abordaram sobre o programa do biodiesel no Brasil e forma de contratos com a Brasil Ecodiesel. Na parte da tarde, o Dr. Ariomar Rodrigues dos Santos, Diretor da Escola Agrotécnica Federal fez uma palestra sobre a intoxição de ruminantes por mamona. Logo em seguida, o Gerente do BNB, Dr. Fernando Teixeira, e o representante do Banco do Brasil, Sr. Arlem, fizeram exposições sobre as linhas de crédito para o biodiesel.

O destaque da atividade foi a discussão sobre as regras do processo produtivo a partir de diferentes oleaginosas, conforme a realidade regional, onde a cadeia produtiva do biodiesel, tem grande potencial de geração de empregos, promovendo, dessa forma, a inclusão social e possibilitando a participação da agricultura familiar e do agronegócio e a diversificação agrícola. Além disso, a área de cultivo pode ser consorciada com milho e feijão, onde a empresa garantirá o preço mínimo do produto, a assistência técnica, a doação de sementes e a garantia de compra da coleta, através de um contrato. Outro aspecto abordado por mim e pelo Deputado Estadual Edson Pimenta foi a necessidade da realização de uma discussão séria e ampla sobre a lavoura do algodão na região. A empresa Brasil Ecodiesel e a FETAG assumiram o compromisso de realizar um fórum de discussão sobre a recuperação dessa importante lavoura, pois o produto agrega valor no processo produtivo, através do caroço, da fibra e da torta. A mamona é mais uma alternativa para a região. Sobre a lavoura do pinhão manso os técnicos da empresa relataram que essa oleaginosa está ainda em fase de experiência e de análise. Quanto ao girassol é necessário garantir o zoneamento do produto para que as instituições financeiras possam fazer o seu financiamento. O Deputado Edson Pimenta falou também sobre o compromisso da CODEVASF de implantar uma Estação de Pesquisa do Biodiesel em Ceraíma (Guanambi) e uma esmagadora de biodiesel no Julião, destacando que todas essas ações do Governo Lula garantirá o desenvolvimento sustentável da nossa região.

O empresário Gegê Donato falou sobre o reflorestamento do nim, árvore de fácil adaptação ao clima e ao solo do semi-árido e que desenvolve de forma acelerada, garantindo a permanência do verde na área. Essa planta é de multiuso e uma alternativa rentável, produzindo madeira, óleo, hortas orgânicas, etc. Os interessados no assunto deve acessar o site:www.nimbahia.com.br ou fazer contatos pelos telefones 88022922 ou 88020657. A empresa dispõe de vinte mil mudas que podem ser adquiridas pelo valor de R$ 1,00.

Finalizando o fórum, o presidente da Câmara de Vereadores de Guanambi, Élder Guimarães, fez um pronunciamento sobre a importância da realização desse evento dizendo que as eleições é passado e que no momento devemos unir todas forças políticas e sociais da região em busca de garantir o crescimento e o desenvolvimento da região. O ato foi encerrado pelo Secretário de Agricultura e pelo coordenador Adalgisio Lélis que fizeram a distribuição de diversas mudas de nim.

José Carlos Lélis Costa
La
Share:

FORMATURA DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA UNEB

No dia 03/11/2006 (Sexta-Feira), no auditório do Colégio Modelo, ocorreu a formatura da turma de 2002 do curso de Educação Física da UNEB. O ato solene foi coordenado pelo Diretor Osaná Macedo e pela Coordenadora Mariângela Ribeiro. Na oportunidade, o professor de educação física Wladimir Bastos foi homenageado pelos estudantes, professores e funcionários da UNEB, sendo o paraninfo da turma. O patrono da turma, Deputado Estadual Javier Alfaya, foi representado por José Carlos Lélis Costa (Latinha), na qual destacou o compromisso do Vereador Paulo Costa, de Javier Alfaya e do Deputado Federal Daniel Almeida de contribuir para a implantação do projeto 2° tempo e pela melhoria do parque esportivo da instituição. A Coordenadora do curso, professora Mariângela, prestou também uma homenagem a única aluna de Guanambi, Geane Baliza, que é filha do professor de educação física, Homero Baliza. Aos novos profissionais de educação física queremos desejar sucesso. O ato foi encerrado com um animado baile de formatura.
Share:

AVALIAÇÃO DA VOTAÇÃO DE LULA NA REGIÃO

No primeiro turno das eleições nas regiões: Sudoeste, Serra Geral e Médio São Francisco, Lula perdeu somente em Vitória da Conquista (48,09% para Alckimin e 42,09% para Lula) e em Pindaí (47,76% para Alckimin e 47,60% para Lula), enquanto que no segundo turno Lula saiu vitorioso em toda a região, sendo que os maiores índices de votações ocorrerão nas cidades de Bom Jesus da Lapa, Brumado e Candiba, com as percentagens de 80,90%, 79,33% e 79,32% respectivamente. A observação que merece ser analisada foi as votações de Vitória da Conquista (56,74%) e Carinhanha (61,38%) , municípios administrados pela esquerda e onde Lula teve as menores votações na região.

Outros aspectos a serem destacados foram as eleições de Guanambi, onde Lula ampliou a sua votação de 58,31% para 69,98% no segundo turno, ampliando a derrota do candidato apoiado pelo grupo Nilista; e da cidade de Urandi, onde a esquerda sob a liderança de Zé Cardoso, enfrentou as oligarquias locais, ampliando a vitória de Lula de 69,52% para 77,25%. A leitura política dessas vitórias fortaleceu as lideranças de Paulo Costa (PCdoB) e de Zé Cardoso, pois os deputados do PCdoB foram os mais votados da esquerda, onde o Deputado Federal Daniel Almeida teve 4.285 votos em Guanambi e1.401 votos em Urandi; o Deputado Estadual Javier Alfaya teve 1.351 votos em Guanambi; e o Deputado Estadual Edson Pimenta teve 1.044 votos em Urandi e 598 em Guanambi, significando que os mesmos são fortes candidatos nas eleições de prefeito em 2008.
Share:

PROJETO CERAÍMA

A CODEVASF está elaborando um importante projeto para o Perímetro de Irrigação de Ceraíma. Diversas ações e intervenções serão realizadas ou já estão em fase de andamento com o objetivo de revitalização dessa importante área agrícola. Ceraíma, historicamente, teve um papel fundamental na estruturação da economia de Guanambi. A valorização dessa área, que tem enorme papel no desenvolvimento da cidade, precisa ser garantida e a população local merece ser recompensada. Ceraíma tem um grande potencial de crescimento e desenvolvimento da agricultura familiar, do turismo doméstico, de psicultura e fruticultura e de diversos pequenos negócios.

Por isso, a ação da CODEVASF será debatida por todos os órgãos ( CODEVASF, Cooperativa de Ceraíma, Associações de Moradores do Núcleo, da Vila , da Beira da Barragem e da Zona Rural, Escola Agrotécnica Federal, Associação dos Pescadores. Instituições Financeiras, SEBRAE e comunidade local).

José Carlos Lelis Costa
Latinha
Share:

A NOVA CODEVASF

A CODEVASF no governo Lula voltou a cumprir o seu verdadeiro objetivo social que é a promoção do desenvolvimento sustentável do Vale do São Francisco. No passado, a empresa só desenvolvia ações nos períodos eleitorais onde prevaleciam os interesses dos grandes lobistas, através de emendas parlamentares para a realização de obras eleitoreiras, tais como: horas de trator, poços artesianos, aguadas, etc. Na atualidade, a instituição e o Núcleo Avançado de Guanambi tem como área sob sua jurisdição 25 municípios da Serra Geral perfazendo uma área de 35.918 Km2 e um contingente populacional de 563.046 habitantes, sendo um agente de desenvolvimento desta região.

Diversas ações estão sendo efetivas pela empresa para cumprir os seus objetivos: fiscalização e acompanhamento de contratos e convênios de obras de engenharia; acompanhamento da Assistência Técnica (ATER) a 664 irrigantes sendo 436 no Estreito I/III, 116 no Estreito IV (Gabriela I, II e III) e 112 no Perímetro de Ceraíma; gestão da barragem do Poço do Magro e acompanhamento da implantação da adutora para abastecimento de Água de Guanambi e região; gestão e monitoramento dos açudes de Estreito e Cova de Mandioca; gestão da barragem de Ceraíma; participação e coordenação na formação dos Comitês de Bacia dos Rios das Rãs, Rio Carnaíba e Rio Verde Grande; participação e coordenação do Programa de Revitalização do Rio São Francisco; implantação e acompanhamento do Território Sertão Produtivo; implantação e acompanhamento de 116 irrigantes do Estreito IV; revitalização do Estreito com a modernização do sistema de irrigação de sulco para micro aspersão e gotejamento em 600 hectares do projeto, bem como a liberação de verba para a elaboração do projeto de asfaltamento da estrada de Sebastião Laranjeiras até Urandi, que hoje está considerada como concluída pelo DNIT e que na prática não foi realizada; revitalização do Projeto de Irrigação de Ceraíma com mudança do sistema para micro aspersão e gotejamento já iniciado por 12 produtores, limpeza e reforma completa da Barragem em andamento, construção de adutora para aumentar a produção de alevinos da estação de psicultura de Ceraíma e liberação de 20 tanques rede para criação de peixes para a Associação dos Pescadores (CODEVASF/Banco do Brasil); execução de projetos básicos em sistemas simplificados de água e eletrificação rural para pequenas comunidades; suporte estrutural (barragens e poços) a pequenos produtores de tomate na comunidade de Morrinhos, horticultura na comunidade de Quixaba, ambas em Guanambi e cultura do alho a pequenos produtores de Pindaí; construção da Barragem do Poço do Magro com obras complementares como a ponte sobre o Riachão, estrada e passagem molhada no Morro de Dentro, instalação de tanques rede, construção de cisternas de água de chuva, instalação da rede elétrica no Morro de Dentro e Barreiros depois se estendendo a outras comunidades; construção da ETA (Estação de Tratamento de Água) da Barragem do Poço do Magro que irá atender os municípios de Guanambi, Pindaí e Candiba, com possibilidades de estender para Mutans e Palmas de Monte Alto; implementação do Programa de Biodiesel que compreenderá as áreas do Projeto do Iuiú e Estreito, com implantação junto com o INCRA de 400 famílias de assentados, via agricultura familiar em 5.000 ha situadas em Canabrava e Malhada (projeto Iuiú) e 5.000 ha no Projeto Estreito que necessitará do plantio de 120.000 ha de um total de 400.000 ha vinculada a uma unidade de produção de 40.000 litros/dia de biodiesel na cidade de Montes Claros – MG, instalação em Malhada de uma unidade de esmagamento de sementes com capacidade de 400 t/dia e instalação em Ceraíma de uma Estação de Pesquisa do Biodiesel;e diversas ações de pequeno porte visando atender aos interesses dos pequenos e médios produtores.

Além dessas ações, a CODEVASF jogará papel importante no Projeto de Revitalização do Rio São Francisco, que já conta com recursos aprovados pelo Congresso Nacional, da ordem de R$ 270 milhões ano, durante o período de 20 anos; na revitalização dos Perímetros Irrigados de Ceraíma e Estreito; na gestão de Projetos de APLS (Arranjos Produtivos Locais) de psicultura, caprinocultura e fruticultura da região; na organização do Território Sertão Produtivo; na organização dos Comitês de Bacia: Comitê da Bacia do Rio das Rãs, sub-comitês das Bacias dos Rios Carnaíba de Dentro e de Fora e das Barragens de Ceraíma e Poço do Magro; etc.

Por isso, a atuação do Núcleo Gestor de Guanambi, coordenada pelo Supervisor Antônio Wilson Lelis Costa, que conta o apoio irrestrito do Sr. Jonas Paulo de Oliveira Neres - Diretor de Revitalização da CODEVASF, vem sendo elogiada pela comunidade regional. Para aqueles que têm saudade dos velhos tempos da CODEVASF eleitoreira, o povo brasileiro já deu a resposta nas urnas, mantendo por mais 4 anos Lula no poder. A vitória de Wagner no Estado representará um enorme avançado e uma parceria importante na perspectiva de garantir ações e intervenções com o objetivo de garantir o desenvolvimento sustentável da economia regional. Hoje, a CODEVASF cumpre o seu verdadeiro papel que é implementar o desenvolvimento social e econômico do sertão, o maior exemplo é a iniciativa do órgão em trazer um campus da UNIVASF (Universidade do Vale São Francisco) para Guanambi
Share:

EVOLUÇÃO DO QUADRO POLÍTICO DE GUANAMBI

Um vendaval eleitoral passou pela Bahia e vai de vento em popa invadindo o interior e o sertão. No primeiro turno a direita carlista sofreu uma fragorosa derrota histórica com a eleição, não prevista pela mídia e pelas pesquisas tendenciosas do estado, de Wagner para Governador. A previsão da vitória de Wagner no primeiro turno foi analisada por nós no dia 27/07/06 em e-mail enviado aos sites de Guanambi, conforme matéria “As pesquisas do Ibope na Bahia”. A Bahia foi liberta do carlismo.
Lula não ganhou no primeiro turno, mas têm certo mal que vem para o bem. A sua vitória no primeiro turno, com uma margem pequena de votos, serviria de pretexto para que a direita golpista levasse a eleição para o terceiro turno, ou seja, ganhar no tapetão. O segundo turno, portanto, significou a legitimidade da reeleição de Lula com uma vitória com mais de vinte milhões de votos à frente do candidato da direita. O povo deu um grito de basta à mídia tucana, que usou e abusou da mentira e da manipulação tentando corromper a consciência do povo brasileiro. No sertão Lula ganhou em todas as cidades. Em Guanambi ampliamos a frente de Lula de oito mil para quinze mil votos. O grande derrotado foi o PP e o PSDB local que entraram na contra mão da história apoiando as forças conservadoras, enquanto que o povo da cidade, em festa, reelegeu Lula e contribuiu para a esmagadora vitória de Wagner na Bahia e do projeto de construção de um Brasil desenvolvido com distribuição de renda. A esquerda de Guanambi (PCdoB, PT e PSB) é a força vitoriosa do processo, particularmente, o PCdoB, que garantiu uma votação significativa para os deputados Daniel Almeida, Javier Alfaya e Edson Pimenta. A liderança de Paulo Costa está em alta na cidade e no estado.
Por isso, o vendaval Lula e Wagner mudaram o curso do quadro político do interior. A candidatura de novas lideranças de esquerda nas cidades do sertão da Bahia é uma conseqüência extraordinária da conjuntura política atual. Guanambi já está sintonizada com esse novo quadro político. Após essas importantes vitórias vamos arregaçar as mangas das camisas e trabalhar cada vez mais para ampliar as obras e as conquistas sociais do Governo Federal e do futuro Governo Popular da Bahia. O povo brasileiro e baiano mostrou a sua fibra derrotando as velhas oligarquias udenistas.
Finalizando, não poderia deixar de defender a necessidade de haver uma democratização da mídia. Hoje, todos os canais de televisão e a maioria esmagadora dos jornais estão nas mãos da iniciativa privada e dos grandes grupos econômicos. O direito democrático da livre manifestação de idéias está sendo bloqueado e manipulado pelo grande capital, pela iniciativa privada e pelos grupos políticos da direita, tanto na capital como no interior. A resposta do povo está no uso da internet e no acesso democrático aos blogs independentes. O boicote à mídia falida e aos jornais e revistas tendenciosas é fundamental para a construção de país mais democrático. Fortalecer os meios de comunicação alternativos e as cooperativas de jornalistas é a nossa palavra de ordem. Viva a imprensa livre e democrática!

José Carlos Lélis Costa (Latinha)
Share:

AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA IMPLANTAÇÃO DA UNIVASF EM GUANAMBI

No dia 25/10/06 (Quarta-Feira), às 9 horas, no Clube de Campo de Guanambi ocorreu a audiência pública de estudo e análise técnica para implantação dos campi da UNIVASF em Guanambi, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória. A atividade contou com a participação importante da juventude estudantil das diversas escolas e colégios da rede municipal e estadual e de uma caravana de estudantes de Candiba e de representantes das cidades de Malhada e Caetité. Diversas entidades sociais e institucionais participaram também do ato, com destaque para o Diretor de Revitalização do Rio São Francisco, Dr. Jonas Paulo Oliveira Neri; o Vice-Reitor da UNIVASF (Universidade do Vale São Francisco), Dr. Paulo Cezar Lima; da representante da FAPEX (UFBA), Professora Enir; do Vice-Prefeiro e Secretário de Educação de Guanambi, Charles Fernandes; da Juíza do Trabalho, Dra. Márcia Novaes Guedes; da Prefeita de Carinhanha, Chica do PT; da Ex-Prefeita de Guanambi, Sizaltina Donato; da Diretora da Direc, Lajucy Donato; dos vereadores de Guanambi, Paulo Costa (PCdoB), Dr. Ruy (PT) e Dr. Robério; do ex-presidente da Câmara Municipal de Caetité, Francisco Nelson; da representante da Escola Agrotécnica, Professora Sayonara Cotrim; do Superintendente da 2ª SR CODEVASF, Luis Geraldo Santos; do Chefe do Escritório Técnico de Guanambi da CODEVASF, Antonio Wilson Lelis Costa; dos representantes dos Sindicatos de Trabalhadores Rurais de Guanambi e Malhada; do Coordenador do Pólo Sindical da FETAG, Cosme Nascimento; do Vice-Presidente da FETAG-Ba, Cláudio Bastos; do representante da Paróquia de Santo Antônio, Padre João; entre outras personalidades da região. A marca principal do ato foi o grau de representatividade, participação e mobilização da sociedade civil de Guanambi e Região.

Depois dos vários pronunciamentos de afirmação do compromisso de implantação do campus da UNIVASF em Guanambi a Professora Enir (FAPEX) fez uma explanação sobre o Grupo de Trabalho que coordena os estudos técnicos, destacando as atividades e ações a serem desenvolvidas, tais como: levantamento de informações em sítios e órgãos; contatos com parceiros; audiência pública; viagem a campo; reuniões de trabalho; e elaboração do documento final. No contexto do estudo sobre a realidade das microregiões de Guanambi, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória serão realizados levantamentos sobre o histórico; diagnóstico econômico; demanda potencial e oferta de educação superior; infra-estrutura física disponível e necessária; marcos legais norteadores de implantações dos campi; alternativas de modelos de gestão; alternativas de arquiteturas acadêmicas, com ênfase no processo de acesso à universidade.

No final da audiência pública, o Diretor de revitalização do Rio São Francisco, Dr. Jonas Paulo reafirmou o compromisso de implantação imediata do Campus da UNIVASF em Guanambi, destacando as ações do Governo Federal no sentido de garantir a implantação de universidades nas cidades pólos e os encaminhamentos práticos sobre os recursos orçamentários da União com vista a concretizam do sonho da comunidade regional de Guanambi, que é a UNIVERSIDADE FEDERAL na região. A representante da Escola Agrotécnica, Professora Sayonara Cotrim, colocou o campus da escola à disposição para abrigar o futuro campus da UNIVASF. O sinal verde foi dado para a concretização do campus da UNIVASF em Guanambi. Já se cogita a realização do vestibular em 2007.

Finalizando, vale ressaltar o empenho das entidades organizadoras do ato para o sucesso desse movimento – Fundação Joaquim Dias Guimarães, PRISMA, Secretaria de Educação de Guanambi, UNEB, Paróquia de Santo Antônio, Conselho Municipal de Educação, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Guanambi e Região (SISPUMUR), entre outras. As nossas homenagens às professoras Nice Amaral, Helena Amaral, Dete e Dizinha, que em todos os momentos da luta foram solidárias e firmes com os propósitos e sonhos da comunidade regional.

“Sonhos só se concretizam quando transformamos idéias e reflexões em ações concretas. Este ato vitorioso representa a semente da futura UNIVERSIDADE FEDERAL DA SERRA GERAL em Guanambi. Quem viver verá”.


José Carlos Lelis Costa
Latinha


LIDERANÇA POLÌTICA DE GUANAMBI EM ALTA

É quase certo à presença de uma importante liderança política da cidade no futuro secretariado de Wagner.
Share:

PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE GUANAMBI

Guanambi está se preparando para um novo ciclo de crescimento. Para que este desenvolvimento seja sustentável e de inclusão social é fundamental planejar a cidade de forma participativa. Por isso, a Prefeitura Municipal, por intermédio da Secretaria de Infra-Estrutura, está estimulando a mobilização dos movimentos comunitários, da Câmara de Vereadores, das entidades civis e de toda a sociedade para a elaboração do planejamento estratégico da cidade por um período de 10 anos, conforme prevê a Constituição Federal, o Estatuto das Cidades, a Constituição Estadual e a Lei Orgânica do Município.

O QUE È O PLANO DIRETOR?

“O Plano Diretor é um instrumento para garantir a todos os cidadãos um lugar adequado para morar, trabalhar e viver com dignidade, proporcionando acesso à habitação, saneamento ambiental, ao transporte e mobilidade, ao trânsito seguro e aos serviços e equipamentos públicos”.

O Plano Diretor será aprovado por Lei Municipal e tem como objetivo construir soluções a curto, médio e longo prazo para os problemas que afligem os moradores da cidade, que cresce de forma desordenada, excludente e desequilibrada, penalizando principalmente a população mais carente. É a construção da política municipal de desenvolvimento urbano e rural. Um plano de ação já está sendo incrementado pelo Núcleo Gestor e pelas Comissões Técnica; Divulgação, Mobilização e Comunicação; e Coordenação. Os grupos de trabalhos reúnem-se semanal, quinzenal e mensal tendo o objetivo de implementar ações com vista a garantir a participação popular no Plano Diretor Participativo (PDP) de Guanambi. Diversas reuniões, plenárias e oficinas foram realizadas e, posteriormente, serão realizadas diversas reuniões até maio/2007, tais como: reuniões setoriais de bairros e da zona rural; reuniões em Mutans, Ceraíma, Morrinhos e Baixio, bem como debates de diversos temas (meio ambiente, cultura e agenda 21; educação; saúde; esporte e lazer; desenvolvimento sustentável; feira livre; agricultura, comércio, indústria e turismo; segurança pública, etc.).

A Prefeitura disponibilizou uma sala especial para a elaboração do PDP que fica próxima da Embasa no prédio do gabinete do Prefeito. Colabore com o desenvolvimento da nossa cidade e dê a sua contribuição para a construção da cidade de nosso sonho. Vamos construir a Guanambi do futuro e de todos. Participe!

Acessem os sites da cidade e vejam as matérias sobre o lançamento do Plano Diretor de Guanambi.


CAMPUS DA UNIVASF EM GUANAMBI E BOM JESUS DA LAPA

Depois da grande manifestação regional realizada em Guanambi em defesa da implantação de uma universidade federal na região uma comissão da FAPEX, o Diretor da Codevasf Jonas Paulo e Vice Reitor da UNIVASF (Universidade do Vale São Francisco) estarão chagando a cidade no dia 25/10/2006 (Quarta-feira), onde reunirão com as entidades civis em audiência pública com o objetivo de discutir os aspectos técnicos para implantação dos campus da universidade em Guanambi e em Bom Jesus da Lapa. A plenária será realizada no auditório da Clube de Campo Guanambi, às 09 horas. A participação de todos os setores organizados e das autoridades do município e da região é fundamental para garantir mais esta conquista para a região da Serra Geral e do São Francisco. Esse é mais um importante passo para a conquista da Universidade Federal da Serra Geral, conforme projeto do Deputado Nelson Pelegrino (PT). Vale ressaltar o papel de Antônio Wilson Lelis Costa, Gerente da Codevasf – 2º SR de Guanambi, na luta e nas articulações para a concretização desse sonho e, principalmente, a iniciativa louvável do nosso amigo Zé Luiz na defesa da Universidade Federal da Serra Geral, bem como de todas as entidades civis e personalidades políticas da região que estão diretamente envolvidos no processo de luta em defesa dessa causa.

Acesse os sites da cidade e vejam as matérias sobre a manifestação em defesa da UNIVASF na região de Guanambi.

NÃO TROQUE O CERTO PELO DUVIDOSO
GUANAMBI E O SERTÃO QUEREM LULA DE NOVO

O povo de Guanambi e do sertão não vão cair no conto golpista da direita, do TSE tucano e da mídia falida do Brasil. A população da nossa região tem motivo de sobra para votar em LULA DE NOVO, senão vejamos as obras e os benefícios que recebemos do governo popular do nosso presidente:

1. Construção da Barragem do Poço do Magro e da estação de tratamento de água da cidade;
2. Negociação das dívidas dos pequenos e médios agricultores;
3. Ampliação dos recursos do PRONAF, da agricultura familiar e do crédito para as pequenas e médias empresas,bem como para os aposentados;
4. Valorização do salário mínimo;
5. Liberação de verbas para Ceraíma , bairro Alto Caiçara e para a estação de tratamento de esgotamento sanitário de Guanambi;
6. Programa Luz Para Todos, Fome Zero,PROUNI e Bolsa Família beneficiando toda a nossa região;
7. Ampliação dos recursos federais para a educação, saúde e dos diversos programas sociais nos municípios da região;
8. Continuidade da construção da ponte sobre o rio Carinhanha e construção do cais de Carinhanha;
9. Apoio às áreas de reforma agrária da região e do perímetro irrigado do Estreito;
10. Apoio ao esporte com liberação de diversas quadras esportivas na região;
11. Combate à seca com construção de cisternas, poços artesianos e barragens, bem como diversas outras intervenções do governo federal na região.

Por tudo isso e pela garantia de que não vamos retornar a época do desgoverno de FHC Lacerda que entregou as empresas estatais e colocou o país nas mãos do FMI é que a região e a Bahia derrotou o candidato de ACM e da Opus Dei no primeiro turno. Não vamos trocar o certo pelo duvidoso. O sertão vai ajudar a ampliar os votos e eleger LULA DE NOVO. A vitória de Lula é o melhor para a região e a garantia de que o sertão estará aliado com o Governo Federal e Estadual na busca do desenvolvimento sustentável e de que os programas sociais para as populações pobres sejam cada vez mais ampliados e não reduzidos como propõe o candidato de FHC Lacerda ao sugerir os cortes nas áreas sociais para atender as ordens do FMI. Povo do sertão fique atento porque os golpistas farão de tudo para tirar o Brasil do caminho de desenvolvimento e da construção de um país mais justo e mais fraterno. À direita, a revista Veja e a mídia, a CIA, o TSE Tucano e os golpistas do PSDB/PFL querem retornar ao poder no Brasil para manter os privilégios dos ricos e submeter o país ao controle do Governo Americano. É LULA DE NOVO PARA A FELICIDADE DE NOSSO POVO.

CONVITE DO PCdoB DE GUANAMBI

O PCdoB de Guanambi realizará uma plenária da reta final da campanha de Lula
no dia 25/10/06 (QUARTA-FEIRA), às 20 horas na sede do partido no fundo do Colégio Luiz Viana. Paulo Costa (Presidente do PCdoB) convida os amigos e militantes para participar deste importante evento. Participe e dê a sua contribuição para a campanha de LULA.
Share:

As pesquisas do IBOPE na Bahia

Artigo escrito em 27/07/2006 e enviado para os sites de Gunambi

Analisando os dados de boca de urna do IBOPE nas eleições de governador/2002, na Bahia, e fazendo um paralelo com os dados atuais podemos observar que:

1. A previsão do IBOPE era que Paulo Souto teria 53% contra 18% de Wagner, sendo que o resultado foi de 53,7% para Paulo Souto e 38,5% para Wagner, ou seja, uma diferença de 20,5% entre a previsão de boca de urna e o resultado final. Até hoje o IBOPE não deu nenhuma explicação para tal diferença. Com a palavra o IBOPE?

2. A maioria dos meios de comunicação da Bahia divulgavam uma vitória surpreendente do candidato Paulo Souto, quando na prática o resultado eleitoral dos candidatos da oposição somaram-se 46,02%, significado que houve uma manipulação com o objetivo não caracterizar a realização do segundo turno.

3. Uma pergunta fica no ar: quando o IBOPE acertará os resultados reais das pesquisas da Bahia?

Quanto ao resultado atual, na qual Paulo Souto aparece com uma frente de 43% e a grande imprensa noticiam o surpreendente e imaginável embalo de Souto. As pesquisas do IBOPE na Bahia não é nenhuma surpresa. A surpresa maior será o resultado final das eleições, senão vejamos:

1. Wagner foi candidato nas eleições de 2002 com uma coligação de 4 partidos, tendo dois minutos no espaço eleitoral e o apoio de 7 prefeitos; enfrentou as máquinas do Governo Federal (FHC) , Governo Estadual (Cesar Borges) e a maioria esmagadora das Prefeituras Municipais.

2. Wagner não teve apoio do prefeito de Salvador e de nenhum prefeito da Região Metropolitana e, mesmo assim, ganhou com uma frente de 240 mil votos na capital e região.

3. Wagner conta com o apoio de João (PDT) na capital e de 6 prefeitos da Região Metropolitana, bem como de 70 prefeitos das principais regiões da Bahia, contando com uma aliança de nove partidos políticos (PT, PMDB, PCdoB, PSB, PTB, PRB, PMN, PV e PPS).

4. A banda B do governo está aderindo à oposição.

5. A insatisfação do povo com o esquema de ACM é grande, conforme pesquisa que afirma que 82% dos baianos querem mudanças na política do Estado.

6. Wagner conta com o apoio total do Governo Lula, que detém 60% nas pesquisas para presidente, sendo que o Governo Federal fez importantes investimentos econômicos e sociais que garante o crescimento de 10% do PIB na Bahia.

7. Wagner conta com 9 minutos no horário eleitoral de TV contra menos de 6 minutos de Souto.

O quadro político da Bahia evolui para a realidade de 1986. O anseio por mudanças é uma realidade incontestável. A verdadeira pesquisa eleitoral é a de senador, na qual João Durval (candidato da oposição) aparece com 28%, Imbassahy (candidato de Paulo Souto) com 25%, José Maria (PSTU) 3% e Rodolpho Tourinho (candidato de ACM) com 2%, estando na lanterna e empatado com André Luiz (PSOL) e Juca Chaves. Quando iniciar a propaganda eleitoral a realidade política da Bahia vai ser desvendada e mais uma vez o IBOPE terá que justificar o porque as suas pesquisas não batem com o resultado final das eleições, a exemplo do ocorreu em 2002. Esse filme é velho e já foi visto na Bahia... Vem aí um vendaval da oposição - A BAHIA SERÁ LIVRE E DEMOCRÁTICA!

José Carlos Lelis Costa (LATINHA)
Guanambi - Bahia
Share:

Lançamento do Blog do Latinha

O lançamento do Blog do Latinha tem o objetivo de analisar de forma independente a conjuntura política municipal, estadual, federal e internancional, bem como tratar de outros temas (cultura, meio ambiente, educação e desenvolvimento sustentável). Os internautas poderão fazer comentários e análise crítica dos artigos. Viva a liberdade de imprensa!
Share:

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog