II FÓRUM REGIONAL DE BIODIESEL

Na sexta-feira, dia 03/11/2006, na Câmara de Vereadores de Guanambi, ocorreu mais um importante evento promovido pela Prefeitura de Guanambi, Câmara de Vereadores e Brasil Ecodiesel e que contou com o apoio da CODEVASF, FETAG, SEBRAE, BNB, SEAGRI, BB e Escola Agrotécnica Federal. O objetivo do fórum foi para passar as informações para os agricultores da região sobre o programa de BIODIESEL do Governo Lula que tem como principais diretrizes a implantação de um programa sustentável, tanto técnica, como economicamente, através da produção e uso do biodiesel, com enfoque na inclusão social e no desenvolvimento regional, via geração de emprego e renda, com garantia de preços competitivos, qualidade e suprimento, na qual a sua produção seja feita a partir de diferentes fontes oleaginosas (mamona, algodão, girassol, pinhão manso, etc.), com ênfase no amplo potencial produtivo da agricultura familiar.

O fórum contou com as presenças do representante do Prefeito de Guanambi, o Secretário de Educação, Charles Fernandes; do Presidente da Câmara, Élder Guimarães; do Secretário de Agricultura, Indústria e Comércio Joventino Malheiros; do Deputado Estadual Edson Pimenta (PCdoB); do Secretário de Agricultura de Livramento, Élvio Dourado; do presidente do CDL, Hugo Costa, bem como de diversas lideranças do Pólo Sindical da FETAG e dos presidentes dos STRs da região e de representantes de diversas cidades. A programação foi coordenada por Adalgicio Lelis Costa que teve como palestrantes no período da manhã o Dr. Júlio Armando Martinez (Diretor da Brasil Ecodiesel) e o Dr. Uilson Menezes (Gerente da Brasil Ecodiesel) que abordaram sobre o programa do biodiesel no Brasil e forma de contratos com a Brasil Ecodiesel. Na parte da tarde, o Dr. Ariomar Rodrigues dos Santos, Diretor da Escola Agrotécnica Federal fez uma palestra sobre a intoxição de ruminantes por mamona. Logo em seguida, o Gerente do BNB, Dr. Fernando Teixeira, e o representante do Banco do Brasil, Sr. Arlem, fizeram exposições sobre as linhas de crédito para o biodiesel.

O destaque da atividade foi a discussão sobre as regras do processo produtivo a partir de diferentes oleaginosas, conforme a realidade regional, onde a cadeia produtiva do biodiesel, tem grande potencial de geração de empregos, promovendo, dessa forma, a inclusão social e possibilitando a participação da agricultura familiar e do agronegócio e a diversificação agrícola. Além disso, a área de cultivo pode ser consorciada com milho e feijão, onde a empresa garantirá o preço mínimo do produto, a assistência técnica, a doação de sementes e a garantia de compra da coleta, através de um contrato. Outro aspecto abordado por mim e pelo Deputado Estadual Edson Pimenta foi a necessidade da realização de uma discussão séria e ampla sobre a lavoura do algodão na região. A empresa Brasil Ecodiesel e a FETAG assumiram o compromisso de realizar um fórum de discussão sobre a recuperação dessa importante lavoura, pois o produto agrega valor no processo produtivo, através do caroço, da fibra e da torta. A mamona é mais uma alternativa para a região. Sobre a lavoura do pinhão manso os técnicos da empresa relataram que essa oleaginosa está ainda em fase de experiência e de análise. Quanto ao girassol é necessário garantir o zoneamento do produto para que as instituições financeiras possam fazer o seu financiamento. O Deputado Edson Pimenta falou também sobre o compromisso da CODEVASF de implantar uma Estação de Pesquisa do Biodiesel em Ceraíma (Guanambi) e uma esmagadora de biodiesel no Julião, destacando que todas essas ações do Governo Lula garantirá o desenvolvimento sustentável da nossa região.

O empresário Gegê Donato falou sobre o reflorestamento do nim, árvore de fácil adaptação ao clima e ao solo do semi-árido e que desenvolve de forma acelerada, garantindo a permanência do verde na área. Essa planta é de multiuso e uma alternativa rentável, produzindo madeira, óleo, hortas orgânicas, etc. Os interessados no assunto deve acessar o site:www.nimbahia.com.br ou fazer contatos pelos telefones 88022922 ou 88020657. A empresa dispõe de vinte mil mudas que podem ser adquiridas pelo valor de R$ 1,00.

Finalizando o fórum, o presidente da Câmara de Vereadores de Guanambi, Élder Guimarães, fez um pronunciamento sobre a importância da realização desse evento dizendo que as eleições é passado e que no momento devemos unir todas forças políticas e sociais da região em busca de garantir o crescimento e o desenvolvimento da região. O ato foi encerrado pelo Secretário de Agricultura e pelo coordenador Adalgisio Lélis que fizeram a distribuição de diversas mudas de nim.

José Carlos Lélis Costa
La
Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog