7 de jun. de 2022

Pesquisador da Embrapa realiza palestra sobre potencial de aproveitamento de resíduos de mineração na agricultura, nesta quinta (09), em Salvador

 

O pesquisador da Embrapa, Drº Eder Martins, é um dos convidados do II Fórum de Inovação e Sustentabilidade na Mineração, que acontece nesta quinta-feira (09), a partir das 09h, no auditório da Federação Baiana das Indústrias (FIEB), situado no bairro do Stiep. Doutor em Geologia pela Universidade de Brasília, ele irá palestrar sobre o potencial de aproveitamento de resíduos de mineração na agricultura.

 “O Brasil é um país agrícola e dependente da importação de fontes NPK para realizar esta atividade. Fontes regionais podem aumentar a eficiência de uso de nutrientes e substituir parcialmente estas commodities fertilizantes. As fontes regionais podem vir, em parte, de resíduos de mineração, desde que sejam agronomicamente eficientes e seguros do ponto de vista da presença de metais pesados, explica Martins. 

O diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Raul Jungmann, também participará do evento. Com extensa carreira profissional no setor público e privado, o novo diretor-presidente do IBRAM, vem à Bahia para discutir a situação atual da mineração brasileira e baiana, seus resultados e desafios, e também os planos e perspectivas do setor para os próximos anos. 

Promovido pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), o II Fórum de Inovação e Sustentabilidade abordará o reaproveitamento de resíduos de minérios, visando também o cuidado com o meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida das pessoas. As novas tecnologias e pesquisas sobre essa temática acompanham a tendência global de sustentabilidade e ampliação de investimentos com retornos consideráveis.

Para o presidente da CBPM, Antonio Carlos Tramm, eventos como esse são necessários para o desenvolvimento da mineração. “Falar de mineração e discutir uma utilização sustentável para os rejeitos da produção mineral é importante para o crescimento sustentável do setor. E é isso que buscamos com esse evento, colocar este assunto em pauta e buscar soluções eficazes”, pontua Tramm. 

Além disso, ele ressalta, que o aproveitamento de resíduos/rejeitos da mineração deverá resultar na criação de pequenas e médias empresas que, em conjunto ou isoladamente, aproveitarão a matéria-prima das mineradoras, o que deverá possibilitar a continuidade de uma cadeia produtiva para a mineração, com produtos a serem formatados para atender a área agrícola, a de construção ou a química.

Palestrantes 

Raul Jungmann – Atual diretor-presidente do IBRAM, Jugmann tem extensa carreira profissional no setor privado e público. É cofundador e Presidente Executivo da iniciativa não governamental IREE Defesa & Segurança. Assumiu a titularidade de Secretarias e Ministérios de Estado (Política Fundiária. Desenvolvimento Agrário, Defesa e Segurança Pública). Presidiu conselhos de administração – entre outros – em grandes companhias, como Banco do Brasil e Porto de Suape, tendo, também, presidido o IBAMA e o INCRA. Também cumpriu três mandatos políticos como deputado federal entre os anos de 2003 e 2019.

Eder Martins – É pesquisador da Embrapa Cerrados, desde 1997, é professor e orientador de pós-graduação em Geografia e Ciências Ambientais na UnB. Trabalha nos campos de pesquisa sobre Fisiologia da Paisagem, Agrominerais Regionais e Zoneamento Agrogeológico. Publicou mais de 150 artigos completos em periódicos científicos, organizou três livros e participou em 25 capítulos de livro. Participou na organização de eventos na área de solos e nas quatro edições do Congresso Brasileiro de Rochagem, em 1999, 2013, 2016 e 2021. Coordenou cinco projetos sobre caracterização de agrominerais silicáticos, desde 1999. Orientou 10 dissertações de mestrado e seis teses de doutorado.

Serviço: 

O quê: II Fórum de Inovação e Sustentabilidade na Mineração 

Quando: 09 de junho (quinta-feira) às 9h

Onde: Auditório da FIEB (Stiep, Salvador-BA)

Mais informações: http://www.cbpm.ba.gov.br/  ou pelo e-mail: ascom@cbpm.ba.gov.br 

FONTE - CBPM

Nenhum comentário: