9 de jun. de 2022

BAHIA ECONÔMICA: METRÔ TEM IMPACTO POSITIVO DE R$ 11,1 BILHÕES NA ECONOMIA DA BAHIA


METRÔ TEM IMPACTO POSITIVO DE R$ 11,1 BILHÕES NA ECONOMIA DA BAHIA

O Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas gerou um impacto positivo de mais de R$ 11,1 bilhões na economia da Bahia. Os dados são do estudo “Impactos Sociais e Econômicos do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas”, realizado pelo Instituto Miguel Calmon (IMIC), lançado nesta quarta-feira, 8 de junho, na Casa do Comércio para autoridades e convidados.

A pesquisa faz uma análise do impacto econômico (a preços constantes de 2021) da implantação do metrô baiano em Salvador, Bahia e Brasil. Entre os anos de 2013 e 2021, a CCR Metrô Bahia investiu R$ 7,76 bilhões, no mesmo período, as despesas operacionais e com pessoal da concessionária foram de R$ 1,8 bilhões.

Os dados dão uma dimensão dos impactos diretos e indiretos na economia do estado. Já o impacto total no PIB de Salvador e da Bahia durante este período foi, respectivamente, de R$ 4,237 bilhões (0,60% do PIB de Salvador do período analisado) e de R$ 4,9 bilhões (0,16% do PIB da Bahia do período analisado).

De acordo com os dados apresentados no estudo, o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas também surge como um importante fomentador na geração de negócios e de empregos. Somente em 2021, a CCR Metrô Bahia gerou 4.885 empregos diretos e indiretos com os investimentos e operações na Bahia. Já no ano de 2016, quando ocorreu o “pico” dos investimentos, foram gerados 43.665 mil empregos diretos e indiretos na Bahia.

Foto: Divulgação / CCR Metrô Bahia

Nenhum comentário: