• 14.08.2018: UM DIA PARA FICAR NA HISTÓRIA DE GUANAMBI

    A TV Latinha registrou com fotos e entrevistas o Dia 14 de Agosto de 2018 – 99 anos de emancipação política de Guanambi rumo ao Centenário da cidade.

  • Guanambi 99 Anos: Abraço à Cidade da Fundação Joaquim Dias Guimarães

    Hoje (14), Dia do Aniversário de Emancipação Política de Guanambi - 99 Anos , a Fundação Joaquim Dias Guimarães - FJDG realizou o 24º Abraço à Cidade na Praça Coronel Cajaíba com a participação de crianças, jovens, adultos, idosos, autoridades, personalidades histórias e lideranças políticas, bem como de diversas entidades comunitárias e de instituições educacionais.

  • Degradação ambiental do Rio Carnaíba de Dentro e os Riachos do Belém e dos Brindes em Guanambi

    De acordo estudos de campo, observa-se que o principal problema de desenvolvimento de Guanambi é a questão ambiental, a preservação das bacias hidrográficas, os resíduos sólidos, o desmatamento das áreas verdes e degradação das áreas históricas e naturais

  • CONSELHO DA CIDADE E CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE VISITAM O RIACHO DO BELÉM EM GUANAMBI

    Hoje 11.08 – Dia do Estudante, uma comissão do Conselho da Cidade e do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Guanambi fez uma expedição pelo Riacho do Belém no trecho do Parque da Cidade até Ponte de Dona Dedé, onde observou-se o processo histórico de degradação da APP - Área de Preservação Permanente. Também analisou o problema do descarte de lixo, esgoto, desmatamento e queimada. Em contra posição identificou-se diversas espécies de aves, peixes, cágados e outros animais silvestres.

  • I Fórum Guanambiense de Educação Ambiental

    Hoje (08), das 8 às 13 horas, aconteceu o I FÓRUM DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE GUANAMBI organizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com o Conselho Municipal de Meio Ambiente e as secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer e de Assistência Social.

Embasa continuará cobrando 80% de esgoto em Guanambi, decide Justiça


O Juiz da 2.ª Vara dos Feitos Cíveis da Comarca de Guanambi Dr. Almir Edson Lélis Lima julgou a Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público contra o município de Guanambi e a Embasa contra a cobrança da taxa de esgoto no percentual de 80% e aplicação da Lei municipal 990/2015 que reduz à metade a cobrança da tarifa.

O Magistrado não acatou o pedido do Ministério Público para determinar a cobrança imediata da taxa de 40%. Condenou o município a regulamentar em até 180 dias através de decreto, a Lei municipal 990/2015 e a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico. Sem essas medidas, a Embasa continuará cobrando a famigerada taxa de esgoto no percentual de 80% sobre o valor mensal do consumo de água.

Em suas considerações, o juiz Almir Lélis Lima destaca que a lei municipal é fruto da legítima pressão popular, mas aponta que a Administração Pública se esquiva em regulamentar a lei municipal e elaborar o plano de saneamento básico.

O Ministério Público recorreu da decisão.
Share:

Secretaria de Meio Ambiente de Guanambi realiza mais uma ação de fiscalização, apreende gaiolas e realiza soltura de 58





A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Guanambi segue realizando ações firmes de fiscalização com apreensão de materiais e soltura de pássaros silvestres. A equipe de fiscalização ambiental, formada pelos fiscais Adinelton Vieira,  Dácio Plácido, Marcos Viana e Pablo Prates, realizou na manhã desta terça-feira (15), a terceira operação em pouco mais de 30 dias, que resultou na apreensão de 35 gaiolas de vários tamanhos e 58 pássaros silvestres das mais variadas espécies, como canário da terra, cardeal, trinca-ferro, bigodinho, pintassilgo, etc. A apreensão de todo material ocorreu em uma residência localizada no distrito de Morrinhos, e segundo constatação dos fiscais, seriam destinados ao comércio ilegal.

O prefeito em exercício Hugo Costa e o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Hélio Pereira (Lelé), acompanharam a apresentação de todo o material apreendido, em seguida os pássaros foram soltos em área rural e as gaiolas inutilizadas. “Celebramos o excelente trabalho desenvolvido pela equipe de fiscalização ambiental em uma reunião de balanço realizada esta semana, e hoje mais este saldo positivo em defesa dos pássaros silvestres e de toda a nossa fauna, pois inúmeros outros animais ameaçados de extinção estão sendo apreendidos e/ou capturados em Guanambi para serem devolvidos ao seu habitat natural”.

Os cidadãos podem auxiliar, entrando em contato com a Divisão de Fiscalização Ambiental da Secretaria, realizando denúncia através dos números de telefone: 3451-8705 ou 9 9999-5521, onde será garantido o total sigilo do denunciante. 

ASCOM - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO - PREFEITURA DE GUANAMBI –
Share:

Governador anuncia nomeação de 200 coordenadores pedagógicos

O Governo do Estado nomeará 200 coordenadores pedagógicos aprovados no concurso da Educação, realizado em agosto de 2018. A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa durante o programa #PapoCorreria, transmitido ao vivo pelas redes sociais, na noite desta terça-feira (15). 

A lista dos coordenadores nomeados será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta (16). "Nós conseguimos alcançar o número de 598 pessoas aprovadas no concurso. Vamos chamar agora 200 e os outros 398 coordenadores serão nomeados posteriormente. E por que não estamos chamando todos? Por uma questão: o Estado ainda está no chamado limite prudencial de gastos com pessoal. Assim que o Estado sair do limite prudencial, nós convocamos os demais", explicou Rui. 

O governador lembrou ainda que também será publicada nesta quarta-feira (16), no DOE, a nomeação dos 2.089 professores convocados no concurso. "Em nome do povo da Bahia, quero desejar boas-vindas a cada um de vocês. Que entrem no serviço público com vontade e dedicação, transformando a vida das pessoas. Nossas crianças dependem de todos nós para que tenham esperança e um futuro melhor", acrescentou Rui.
Share:

AUTORIZADAS OBRAS DE AMPLIAÇÃO DO DISTRITO INDUSTRIAL DE GUANAMBI

AUTORIZADAS OBRAS DE AMPLIAÇÃO DO DISTRITO INDUSTRIAL DE GUANAMBI
Após um período de discussão com associação Industrial, engenheiros e técnicos, o Prefeito em exercício Hugo Costa, assinou na manhã desta segunda-feira (14), o alvará para as obras de ampliação do Distrito Industrial de Guanambi. Ao lado do Secretário de Infraestrutura Márcio Luiz Marques e do arquiteto Alessandro Filgueiras, o documento foi assinado, junto com o conhecimento do projeto executivo, atendendo todas as exigências das legislações pertinentes.
Segundo Hugo Costa, a “nova área conta com 34 lotes distribuídos, que vão desde 800 metros quadrados a 3.000, contemplando os pequenos, médios e grandes projetos com vistas a desenvolver ainda mais a economia do município, traçando um panorama de política pública de excelência para a geração de emprego e renda”.
A ampliação contemplará uma área de tamanho igual a existente, com modernização do parque com uma infraestrutura de estacionamento, drenagem e área institucional para edificação do eixo administrativo do condomínio. A seleção para a nova área será feita mediante procedimento licitatório, na modalidade de concorrência, avaliando os melhores projetos que contemplem eixos arquitetônicos, econômicos e financeiros.
Para Hugo Costa, que também é Secretário de Industria e Comércio, pasta que gerenciou o projeto, o mesmo  é fruto de ampla discussão técnica, e segue o modelo de governo do Prefeito Jairo Magalhães, com iniciativas que fortalecem o empreendedorismo na cidade, que demonstram um pioneirismo reconhecido por entidades especializadas no setor, como prova do Prêmio Prefeito Empreendedor entregue pelo SEBRAE que destacou Guanambi diante de todos os 417 municípios da Bahia”. BAHIA ECONÔMICAF
Share:

Charles Fernandes diz que consultaria bases antes de aceitar vaga no secretariado de Rui

BAHIA NOTÍCIAS
por Lucas Arraz
Charles Fernandes diz que consultaria bases antes de aceitar vaga no secretariado de Rui
Foto: Divulgação

Cotado para assumir uma cadeira de secretário na gestão do governador Rui Costa (PT), Charles Fernandes (PSD) disse que inicialmente estará focado no seu mandato de deputado federal. Eleito suplente, Fernandes assumirá no lugar de Luiz Caetano (PT), impedido pela Justiça. 

“Teria que pensar”, falou sobre assumir o posto de titular em uma das pastas da gestão estadual. “Iria antes conversar com colaboradores que estiveram conosco nesta campanha. Não tomaria essa decisão sozinho, sem ouvir o povo da nossa região que nos apoiou”, ponderou o parlamentar. 

De acordo com a coluna Satélite do jornal Correio, a ida de Charles poderia ceder vaga na Câmara Federal para Paulo Magalhães (PSD), que não conseguiu a reeleição.  Nos bastidores, governistas dizem que o presidente estadual do PSD, o senador Otto Alencar, não abre mão de ter Paulo Magalhães no Congresso.

Share:

PRODUÇÃO DE BICICLETAS AUMENTA 15,9% NO BRASIL EM 2018

BAHIA ECONOMICA

PRODUÇÃO DE BICICLETAS AUMENTA 15,9% NO BRASIL EM 2018
As fabricantes de bicicletas produziram 773.641 unidades em 2018, volume 15,9% superior ao de 2017 (667.363 unidades), de acordo com dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), divulgados hoje (14) em São Paulo. Em dezembro, foram produzidas 21.857 unidades, volume equivalente ao do mesmo período de 2017 (21.879 unidades). Na comparação com novembro de 2018 (83.726 unidades), houve queda de 73,9%, informa a Agência Brasil.
Segundo o vice-presidente do Segmento de Bicicletas da Abraciclo, Cyro Gazola, a retomada nos negócios, após quatro anos em declínio, foi impulsionada pela maior oferta de produtos, preços mais competitivos e expansão da mobilidade urbana.
“Isso mostra com clareza o impacto positivo da ampliação das redes de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas nas cidades brasileiras”, disse. Ele ainda atribui ao desempenho positivo a uma redução do índice de inadimplência dos consumidores, aliada ao aumento da oferta de crédito pelas instituições financeiras.
Os volumes de bicicletas produzidos no Polo Industrial de Manaus (PIM) em 2018 foram distribuídos para comercialização para as seguintes regiões do País: Sudeste, com 55,4% das unidades; Sul, 19,5%; Nordeste, 14,7%; Centro-Oeste, 5,8%; e Norte, 4,6%. De acordo com a Abraciclo, a produção de bicicletas deve ter um aumento de 10,8% em 2019, chegando a 857.000 unidades.
Share:

EDITAL SOBRE PRODUÇÃO DE ALGODÃO SELECIONA PROPOSTAS VENCEDORAS

BAHIA ECONOMICA

EDITAL SOBRE PRODUÇÃO DE ALGODÃO SELECIONA PROPOSTAS VENCEDORAS
A World-Transforming Technologies (WTT) divulgou, no final de dezembro, os vencedores do edital Inovação com Sentido para Agricultura Familiar – Desafio Algodão Sustentável, projeto realizado em parceria com o Instituto C&A e Esplar. As oito iniciativas selecionadas serão implantadas no campo a partir de março de 2019. O edital tem como objetivo superar os principais desafios relacionados à agricultura familiar com aplicação de inovações sociais e tecnológicas voltadas à produção agroecológica do algodão.
“No Instituto, acreditamos que a ação coletiva é a melhor maneira para alcançarmos uma mudança duradoura na indústria da moda; e estamos muito felizes e confiantes com os projetos vencedores. Entendemos que essas iniciativas irão ajudar na superação de desafios enfrentados pelas famílias no cultivo do algodão agroecológico, além de fortalecer o setor na busca por matérias primas mais sustentáveis”, reforça Luciana Pereira, Gerente de Matérias-Primas Sustentáveis no Instituto C&A.
O corpo de jurados, composto por 22 especialistas – vindos de academias, empresas de pesquisa, organizações internacionais, empresas, ONGs e órgãos governamentais, recebeu 40 projetos que atendiam aos requisitos básicos do edital. As oito soluções escolhidas vieram de cinco proponentes diferentes, de quatro estados do país.
F
Share:

Obra de reforço da pista do aeroporto de Guanambi deve ficar pronta em um mês


Até meados de fevereiro, a pista do aeroporto Isaac Moura Rocha de Guanambi deverá voltar a receber pousos e decolagens. A estrutura está sendo reforçada com novas camadas asfálticas, com o objetivo de requalificar o aeródromo para operação de aviões comercias.

As operações estão suspensas desde 2 de outubro, quando as obras foram iniciadas. A obra está sendo executada com recursos da Secretaria de Infraestrutura do Estado,  pela construtora Paviservice Serviços de Pavimentação Ltda.

A empresa venceu a licitação para da obra e vai receber R$ 6.040.114,92 pelo serviço. A pista já poderia estar pronta se não fosse a interrupção da obra em 21 de dezembro. Segundo apurou a Agência Sertão, uma peça da usina de asfalto da empresa apresentou problema nessa data e interrompeu o serviço. A peça de substituição está sendo importada e a obra deve ser retomada até a próxima semana.

Entre 70 e 80% da obra já foi concluída, restando apenas a aplicação das últimas camadas asfálticas e a sinalização da pista. Com a conclusão, aeronaves particulares poderão voltar a operar no aeródromo.

A operação comercial ainda não tem previsão para começar, após concluídas as obras, os responsáveis pelo aeródromo deverão solicitar a requalificação da pista junto às autoridades aeronáutica. Após esse processo, a empresa interessada na operação faz a solicitação da linha e aguarda o deferimento para iniciar os voos. Caso todas as etapas sejam concluídas no prazo, até o fim do primeiro semestre a cidade poderá receber os primeiros voos.

A Azul Linhas Aéreas está interessada em operar voos a partir do Aeroporto Isaac Moura Rocha, a empresa tem expandido sua operação para municípios do interior do País. Só nessa semana, a empresa inaugurou dois voos no estado do Paraná, nos municípios de Toledo e Prato Branco.

Agencia Sertão
Share:

GUANAMBI: MORRE AOS 48 ANOS, O COMPOSITOR NEWTOM BASS

Morreu na noite desta sexta-feira, em Guanambi, 11 de janeiro, o compositor e baixista Rudinewton Paulo Pereira (Newton Bass), de 48 anos.

Conforme informação da 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), o corpo do músico foi encontrado em sua residência no bairro Massaranduba, por volta das 23h00.

Segundo informação da família, Newton Bass pode ter sofrido um infarto, mas só o exame de necropsia poderá confirmar. O corpo do músico foi encaminhado ao IML-Instituto Médico Legal de Guanambi, para exame de necropsia.

Com mais de 20 anos de carreira, Newton Bass era considerado um dos maiores baixista da história da cidade, além de ser um grande compositor, ele atuava na área de gravação e produção musical.

Artistas locais e amigos lamentaram a morte do músico, que tocou em várias bandas da cidade.

A família informou ao portal Folha do Vale, que o corpo será velado a partir das 11h00, na Pax Aliança, no bairro Marabá. O sepultamento acontece às 17h00.


FONTE: PORTAL: FOLHA DO VALE.COM
Share:

Pequenos produtores de algodão do Sudoeste da Bahia recebem novos kits de irrigação

A TARDE 



A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA) está beneficiando os pequenos agricultores do Sudoeste baiano com a doação de mais 49 kits de irrigação por gotejamentos e suporte técnico para garantir o desenvolvimento da produção de algodão na região. Além do equipamento para o plantio de um hectare, a entidade também disponibilizou insumos como sementes de algodão, fertilizantes para o solo e defensivos para controle de pragas, como o bicudo do algodoeiro. No Sudoeste, a previsão para a safra 2018/2019 é que sejam semeados 12,100 mil hectares de algodão, um crescimento de 16% em relação à safra passada.
O coordenador do programa fitossanitário da ABAPA, Antônio Carlos Araújo, explica que dois técnicos da entidade estão na região para garantir o acompanhamento dos produtores para que os kits de irrigação e os insumos sejam utilizados da forma correta. “Hoje, os pequenos produtores do Sudoeste estão utilizando as mesmas técnicas e insumos de quem planta algodão com sucesso no Oeste da Bahia”, afirma. Na safra de 2018/2019 foram beneficiados produtores dos municípios de Brumado, Candiba, Carinhanha, Guanambi, Iuiu, Lagoa Real, Malhada, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras e Serra do Ramalho.
O presidente da ABAPA, Júlio Busato, explica que o projeto de apoio aos pequenos cotonicultores do Sudoeste tem gerado resultados satisfatórios. Segundo ele, a região tem aumentado a área cultivada com algodão em sistema irrigado por gotejamento, aspersão e micro aspersão. “Até a última safra são, aproximadamente, 400 hectares de algodão e outras culturas irrigadas espelhados neste projeto que vem transferindo a tecnologia já utilizada com sucesso entre os produtores do Oeste da Bahia. Com isso, estamos garantindo ao produtor uma maior rentabilidade permitindo a sua permanência no campo e gerando mais emprego e renda no campo e nas cidades”, afirma.
Responsável pela produção de 98% de algodão na Bahia, na região Oeste foi plantado 321.487 mil hectares. Em todo o Estado, a ABAPA prevê crescimento de 26,5% da área de algodão na safra 2018/2019. Desde o início do projeto, ainda na safra 2014/15, a ABAPA totalizou a doação de 130 kits de irrigação complementar por gotejamento aos pequenos produtores da agricultura familiar no Sudoeste da Bahia. Também participaram da entrega dos kits os secretários de Agricultura dos municípios de Malhada, José Castor, e Iuiú, Jairo Prado, que representam a parceria das prefeituras no projeto.

Share:

Bahia vai assumir a liderança do setor de energia eólica do país ainda neste semestre

CORREIO DA BAHIA

O estado encerrou o ano de 2018 na contagem regressiva para a chegada ao primeiro lugar em geração eólica (João Ramos/Ascom SDE)

Nos últimos quatro anos, foram investidos R$ 13,06 bilhões em energias renováveis

A Bahia irá assumir ainda no primeiro semestre deste ano a liderança na geração de energia eólica em todo o país. Atualmente, este   ranking é liderado pelo  Rio Grande do Norte. Segundo dados atualizados, anteontem,  pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Bahia possui 138 parques eólicos em operação, com capacidade total para gerar 3.547 MW de potência.
O Rio Grande do Norte, por sua vez, está com 146 parques (3.910 MW) e até junho deve ganhar mais oito (180 MW). O estado potiguar tem ainda mais 21 parques eólicos (659 MW) com construção não iniciada e que devem ficar prontos em 2023. Com isso, nos próximos anos, o Rio Grande do Norte terá, no máximo, 175 parques com capacidade total para gerar 4.749 MW, enquanto a Bahia, estado que mais tem se destacado em leilões do setor, nesse mesmo período, estará bem mais adiantada.
Essa quantidade de energia é suficiente para atender a mais de 16 milhões de residências/mês, considerando que a média de consumo de residências do Nordeste é de 120 kWh/mês. Os investimentos totais na Bahia, até 2023, devem ficar em torno de R$ 7,49 bilhões, com a geração de aproximadamente 26,7 mil empregos em toda a cadeia produtiva, sobretudo em cidades e comunidades rurais próximas aos parques.
Diretora de Desenvolvimento de Negócios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) da Bahia, Laís Maciel observa que a liderança da Bahia já poderia ter ocorrido em 2018, uma vez que os projetos em construção estão com atraso. Segundo ela, “a maioria dos projetos deveria estar concluída em maio de 2018”, e outros “ainda entrarão em janeiro deste ano, conforme prazos de suprimento de energia dos leilões”.
Empregos
De acordo com a SDE , a Bahia  recebeu investimentos de mais de R$ 13,06 bilhões em energias renováveis nos últimos quatro anos. A energia eólica foi responsável por  R$ 9,93 bilhões  com a implantação de 102 parques (2.634 MW) e a geração aproximada de 39,1 mil empregos em toda a cadeia produtiva.
Já a energia solar fotovoltaica contou com  mais  R$ 3,13 bilhões, para implantação de 26 parques (630,7 MW), que geraram aproximadamente 15,3 mil empregos. Atualmente, há um parque solar na Bahia em construção em Casa Nova.
A secretária de Desenvolvimento Econômico, Luiza Maia, disse que “as energias renováveis são um bom exemplo do constante esforço feito pelo governo na interiorização dos investimento”. “A Bahia foi abençoada com ventos constantes e unidirecionais e um excelente nível de radiação solar. O que o governo tem feito é incentivar e desenvolver essas vocações naturais na busca de alternativas limpas para geração de emprego e renda”, afirma a secretária. 
A Bahia tem parques em operação nas cidades de Umburanas, Xique-Xique, Varzea Nova, Bonito, Brotas de Macaúbas, Brumado, Dom Basílio, Caetité, Cafarnaum, Campo Formoso, Casa Nova, Gentio do Ouro, Guanambi, Igaporã, Morro do Chapéu, Mulungu do Morro, Pindaí, Sento Sé e Sobradinho. Parques em teste, construção ou contratados estão em Igaporã, Caetité, Gentio do Ouro, Licínio de Almeida, Pindaí, Riacho de Santana, Sento Sé, Urandi e Campo Formoso. 
Segundo dados do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em dezembro de 2018, sobre o Produto Interno Bruto (PIB) das cidades, os investimentos em energia eólica e solar nos municípios de Gentio do Ouro e Tabocas do Brejo Velho fizeram os PIBs dessas cidades decolarem no ranking nacional. Gentio do Ouro (Chapada Diamantina) foi quem mais subiu no ranking nacional, ganhando 2.005 posições entre 2015 e 2016 (base de referência dos dados), passando de 4.496º para 2.491º maior PIB do país.
Em 2016, o PIB do município foi estimado em R$ 197,6 milhões, representando 0,003% da economia nacional. Um ano antes, havia sido, em valores correntes, de R$ 57,6 milhões, representando 0,001% do PIB do país. 
Tabocas do Brejo Velho, no Oeste, subiu 1.554 posições no ranking do PIB nacional, indo da 3.986ª posição para a 2.432ª colocação, devido ao aumento da arrecadação de Imposto de Importação de equipamentos para geração solar.
Os investimentos na cidade iniciaram em fevereiro de 2016, início da construção do Parque Solar Horizonte, empreendimento de US$ 110 milhões da Enel Green Power, uma multinacional da energia. O parque já está em operação, com capacidade instalada de geração de 103 MW.
Braskem
Com os empreendimentos entrando em operação, o mercado começa a se aquecer para as vendas de energia eólica. A Braskem, por exemplo, anunciou que se comprometeu a comprar energia por 20 anos da EDF Renewable do Brasil, uma das líderes do país no setor de energias renováveis. O valor do contrato alcança  recursos da ordem de R$ 450 milhões.
“Ao investir em uma matriz limpa e sustentável, a empresa reduzirá a quantidade de emissões de CO² em 325 mil toneladas ao longo do período do contrato”, declarou a Braskem, que não revelou o valor que irá pagar.
O empreendimento da EDF, chamado de Folha Larga, está localizado em Campo Formoso e foi viabilizado pela contratação de venda de energia de longo prazo nos leilões do governo, e também pela celebração do compromisso da Braskem no ambiente de contratação livre.
A Braskem declarou ao CORREIO que “investe fortemente na diversificação de sua matriz energética porque acredita que as fontes renováveis são essenciais para melhorar a produtividade e otimização energética de suas operações”.
A empresa busca ainda reduzir os riscos decorrentes de eventuais interrupções ou variações de energia e alcançar seus objetivos de desenvolvimento sustentável. “A companhia contribui assim para a redução de emissões de CO² e ajuda a desenvolver um novo mercado”, afirma o comunicado oficial.

Engie Brasil Energia conclui megaempreendimento
Dentre os empreendimentos que ficarão prontos até o final do primeiro semestre na Bahia está o Conjunto Eólico Umburanas, que dia 4 de janeiro teve a autorização por parte da Aneel da operação comercial de nove de seus 144 aerogeradores. 
De propriedade da Engie Brasil Energia, o empreendimento que está sendo construído nas cidades de Sento Sé e Umburanas, no centro norte, terá 360 MW de capacidade instalada e possui 83% das obras concluídas. Ele ficará pronto até abril.
Localizado nos mesmos municípios, o Conjunto Eólico Campo Largo está em operação comercial total desde 21 de dezembro de 2018, com 11 parques eólicos e 121 aerogeradores, que podem gerar até 326,7 MW. 
O parque eólico Campo Largo fica em sua maior parte (80%) no território de Sento Sé, mas a base para operação das empresas acabou sendo em Umburanas, que fica a menos de 20 km do empreendimento. Com isso, a movimentação do comércio, aluguéis de casas, dentre outros serviços, ficaram concentradas em Umburanas – Sento Sé fica a 160 km do empreendimento. 
Benefício direto quem teve foi uma comunidade próxima, chamada Campo Largo. Na comunidade, vivem cerca de 40 famílias. “Depois de conversarmos com a empresa, eles resolveram fazer uma praça no local, ficou muito boa”, disse a arquiteta e urbanista da prefeitura de Sento Sé Iasmim Pacheco Duarte. 
Em Umburanas, os aluguéis de casas subiram para R$ 3 mil a R$ 5 mil, de acordo com o secretário de Governo Juscelino Bruno da Cruz. “Os empregos locais não foram muitos, porque não tinha pessoal capacitado, pegamos mais a logística”, afirmou o secretário. 
Desafio
O diretor-presidente da Engie Brasil Energia, Eduardo Sattamini, declarou que “a implantação dos complexos na Bahia representou um grande desafio à empresa, superado com muito esforço e empenho de equipes que se dedicaram integralmente a estes que foram os primeiros empreendimentos da empresa no estado”.
“O início da operação comercial do Conjunto Eólico Umburanas Fase I, apenas um ano após o início de sua construção, materializa a captura das sinergias oriundas da implantação concomitante com a do Conjunto Eólico Campo Largo Fase I e demonstra a capacidade de execução do nosso time”, comentou.
Segundo o executivo, “o próximo passo será ampliar o Complexo Campo Largo, que já tem investimento viabilizado por meio da assinatura de mais de 60 contratos de comercialização de energia com clientes no Mercado Livre. Esta ampliação, também com 360 MW de capacidade instalada, conta com investimento estimado em R$ 1,7 bilhão”, afirma.
Sattamini explica que com esta segunda fase, a Engie ultrapassará 1.000 MW de capacidade instalada em energia eólica só no Estado da Bahia: “O aumento da participação das fontes solar e eólica na matriz energética brasileira é uma realidade irreversível, o que apenas confirma nossa decisão acertada de investir no segmento de energias renováveis há mais de uma década”.  

Prefeituras recorrem a assessorias tributárias para não perder dinheiro
Com a chegada das grandes empresas de energia eólica, Prefeituras da Bahia e de outros estados do Nordeste que tem recebido os investimentos estão recorrendo a assessorias tributárias para não perder dinheiro.
“A Prefeitura tem de recolher impostos de natureza municipal, sobretudo ISS [Imposto Sobre Serviços] e as cidades não conseguem fazer essa fiscalização, e acontece de as empresas não pagarem porque as prefeituras não sabem que têm direito a receber o dinheiro, sequer sabem quanto vão arrecadar”, disse o advogado Claudio Albuquerque.
Segundo o advogado, que atua em 75 prefeituras do Nordeste, sendo 23 na Bahia, já houve casos em que ele constatou até mais de R$ 5 milhões a receber. “E já tinha passado anos que a empresa tinha ido embora da cidade. Notificamos e recebemos o dinheiro”, declarou.
Muitas vezes, diz o advogado, o pagamento acaba sendo por meio de obras, como um gasto direto da empresa. “Ela pode bancar a reforma ou construção de uma praça, uma escola, repassar um veículo, várias formas. O que não pode é continuar devendo”, disse.
Dentre as cidades da Bahia que ele presta o serviço, estão as de Umburanas e Sento Sé, que recebem os empreendimentos da Engie Brasil Energia. O advogado preferiu não comentar sobre atuação de empresas.
Projetos socioambientais
Em paralelo às obras nos conjuntos eólicos, a Engie, segundo informou, tem investido em diversos projetos socioambientais que beneficiam a população residente no entorno. Cerca de R$ 3 milhões já foram aportados em projetos sociais nos municípios de Umburanas e Sento Sé, diz a empresa.
A previsão é de que, até o final das obras, esse valor alcance os R$ 9,2 milhões. Com 2.100 colaboradores, a Engie teve no Brasil em 2017 faturamento de R$ 7 bilhões.
“Ao unirmos investimento em energia renovável com iniciativas socioambientais, estamos tornando concreta nossa estratégia de promover o progresso harmonioso e liderar a transição energética no país”, disse o diretor-presidente da Engie Brasil Energia, Eduardo Sattamini.
Dentre os projetos desenvolvidos, estão pavimentação de estradas, contratação de empresas para a elaboração do Plano Diretor do município de Umburanas e dos Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de Umburanas e Sento Sé, reforma e ampliação de escolas, construção de praças e cursos diversos.
Na saúde foram investidos mais de R$ 480 mil em novos veículos. Além de uma Ambulância tipo B, totalmente equipada, o município de Umburanas recebeu duas vans com 20 e 15 lugares, cada, para auxiliar no transporte de pacientes que necessitam se deslocar para outras regiões a fim de realizar tratamentos.
Share:

Descanse em paz, minha querida amiga TEREZA DONATO



Com pesar e tristeza, comunicamos o falecimento da guerreira 
TEREZA DONATO, 
amiga e companheira de muitas jornadas de lutas e labutas. 
Meus sentimentos ao familiares. 
Descanse em paz!
Share:

SAC GUANAMBI - Projeto Pequeno Cidadão


POUCAS & BOAS - A TARDE

O projeto Pequeno Cidadão, lançado pelo SAC para facilitar o acesso de crianças de até 10 anos  à emissão de carteira de identidade, será levado a 13 postos do interior do estado, que realizarão atendimento exclusivo para o público infantil  sábado (12). Os postos contemplados são Alagoinhas, Conquista I e II, Feira de Santana I, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itabuna, Jacobina, Porto Seguro, Santo Antonio de Jesus, Senhor do Bonfim e Valença. O projeto já atendeu 2 mil crianças no interior. 
Share:

Prefeito em exercício Hugo Costa determina mutirão de limpeza em praças, avenidas e anel rodoviário



O Prefeito em exercício, Hugo Costa, determinou a equipe da Secretaria de Infraestrutura e a prestadora de serviço de limpeza urbana, Mendel, uma ampla operação de limpeza em praças, avenidas, Parque da Cidade e anel rodoviário. Segundo o mesmo, este é o momento de se fazer o serviço, devido a  passagem do período chuvoso mais intenso, que acumulou detritos nas vias e cresceu a vegetação nas laterais das pistas na área urbana.
A reunião aconteceu na manhã desta quinta-feira (10), e contou com a presença dos secretários de Governo, Nenzinho, e de Infraestrutura Marcio Luiz Marques, além de servidores da Secretaria de Infraestrutura e do gerente responsável pela Mendel, Chiquinho.
O Prefeito em exercício determinou ainda a aquisição de novas máquinas para acelerar a logística de manutenção das praças e do Parque da Cidade, locais de grande vegetação e que necessita de uma manutenção mais contínua. Foi autorizado ainda a aquisição de contêineres para ficar em locais de descarte natural fora da zona urbana, onde ocasionalmente são descartados o lixo doméstico.
“Estas ações visam melhorar o perfil urbano para que a nossa cidade seja cada vez mais agradável de viver”, salienta Hugo Costa.
ASCOM - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
- PREFEITURA DE GUANAMBI - 
Share:

Piso salarial de professor é reajustado para R$ 2.557,74

Quinta, 10 de Janeiro de 2019 - 10:20

BAHIA NOTÍCIAS

Piso salarial de professor é reajustado para R$ 2.557,74
Foto: Reprodução / Valor do Salário Mínimo
Com um reajuste de 4,17%, o piso salarial do magistério foi para R$ 2.557,74. A mudança, anunciada pelo Ministério da Educação nessa quarta-feira (9), entrou em vigor no último dia 1º. O valor corresponde ao vencimento inicial dos profissionais do magistério público da educação básica, com formação de nível médio, modalidade normal, jornada de 40 horas semanais.

Segundo informações da pasta, no caso desses profissionais, o piso salarial é atualizado anualmente no mês de janeiro, desde 2009. O artigo 60 da Lei nº 11.738 prevê que essa atualização seja calculada utilizando o mesmo percentual de crescimento do Valor Anual Mínimo por Aluno (VAA), referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano.
Share:

Rui Costa anuncia que dia 16 de janeiro vai convocar professores aprovados em concurso

Quinta, 10 de Janeiro de 2019 - 12:20

BAHIA NOTÍCIAS

Rui Costa anuncia que dia 16 de janeiro vai convocar professores aprovados em concurso
Foto: Carol Garcia/ GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou nesta quinta-feira (10) que vai sair no Diário Oficial do Estado no dia 16 de janeiro a convocação dos professores aprovados no concurso público. A declaração foi dada em entrevista à TV Bahia.

Nesta quarta (9), o Bahia Notícias passou o dia tentando uma resposta da assessoria do chefe do Executivo baiano sobre uma data, mas a única resposta obtida foi de que a nomeação estava prevista para acontecer ainda neste mês de janeiro (veja aqui).
Share:

Centro de Triagem de Animais Silvestres: quase 5 mil bichos foram atendidos no ano passado em Vitória da Conquista

BLOG DO ANDERSON 

Fotos: SECOM | PMVC
Receber, reabilitar e devolver à natureza os animais silvestres oriundos de tráfico, de resgates ou até mesmo de entregas voluntárias. Esse é o papel do Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), localizado no Parque Municipal da Serra do Piripiri, em Vitória da Conquista. Atualmente, este é o único dos três Centros da Bahia aberto para recebimento de animais, além de ser um dos poucos do Brasil mantidos por uma Prefeitura.
Somente no ano passado, 4.873 animais deram entrada no CETAS. Quando eles chegam, são identificados e alojados em recintos adequados. Então, recebem alimentação e cuidados médicos-veterinários. Sua recuperação é monitorada e avaliada dia a dia. Quando estão completamente reabilitados, em regra, são devolvidos à natureza.
Para isso, o CETAS possui o cadastro de algumas propriedades na região, aptas a receber os bichinhos. No momento da soltura, é avaliado o ambiente adequado para cada espécie. Por receber animais até mesmo de outros estados, a equipe do CETAS já precisou viajar para bem longe, para devolvê-los. Mato Grosso do Sul, São Paulo e Alagoas são alguns dos estados que tiveram de volta bichinhos cuidados pelo CETAS de Conquista.
“Temos em torno de mais de 73% de devolução à natureza. O óbito está em torno de 17%, fora a taxa de transferência para outros locais. É um dado que pode até impactar, quando a gente fala em 17% de óbito, mas a legislação ambiental aceita óbitos em até 50% como o reflexo de uma boa recuperação”, explica o coordenador e veterinário do CETAS, Aderbal Azevedo.
Há ainda um pequeno número de aves que podem ser destinadas a criadouros comerciais. O veterinário explica que são animais criados em meio à presença humana desde filhotes. Vivendo em cativeiros ou atrelados a poleiros, não desenvolvem a habilidade de voos longos, o que lhes impediria de buscar alimentos ou propagar espécies de vegetação ao fazer o transporte de sementes, por exemplo. Leia a reportagem na íntegra.
Por isso, quando essas aves não conseguem se reabilitar, é melhor para elas e para a natureza que continuem sob cuidados humanos. Mas tudo isso feito por meio de criadouros credenciados por órgãos ambientais, que permitem a compra de animais de forma legal. Dessa forma, evita-se o impacto no controle biológico da natureza.
Sobre isso, o veterinário explica o prejuízo que é tirar um papagaio do seu habitat natural de forma irregular. Para isso, ele conta que um papagaio vive mais de 60 anos e produz cerca de três filhotes por ano. Seus filhotes também deixarão três filhotes na natureza, e assim por diante, criando uma progressão. “A gente está retirando de 1.600 a 2 mil papagaios, quando se retira um só”, afirma.
Ao se levar para casa um animal silvestre de forma ilegal, o prejuízo pode não existir somente ao meio ambiente, mas também para a pessoa que comete esse ato. Isso por conta das zoonoses, doenças existentes nos animais que podem ser transmitidas aos seres humanos. Ao se adquirir o bichinho de forma irregular, não há como saber se ele está saudável, colocando em risco todas as pessoas que irão conviver com ele.
Por isso, Aderbal faz um apelo para que toda a população ajude na missão do CETAS: “Para que a gente não fique sozinho nessa tarefa, todos podem participar disso, adquirir uma consciência ambiental e não consumir caça, por exemplo.” E completa: “A gente não tem consciência de que cada espécie tem um papel importante na natureza, nada está aqui por acaso.”
Se você cria um animal silvestre de forma irregular, ou conhece quem faz isso, informe ao CETAS. A equipe irá buscar o bichinho e dar a ele os cuidados que ele merece. É só ligar para (77) 3423-2247 ou enviar um e-mail para cetasvca@yahoo.com.br.
Share:

Diretores e vice de colégios da rede estadual ameaçam entregar os cargos


BAHIA NOTÍCIAS

Diretores e vice de colégios da rede estadual ameaçam entregar os cargos
Foto: Divulgação

Os diretores e vice-diretores da rede estadual decidiram realizar ato público nesta sexta-feira (11), às 8h, na governadoria, que fica localizada no CAB, em Salvador. De acordo com a APLB-Sindicato, é possível que aconteça um pedido de exoneração coletiva (de diretores e vice-diretores de escola), o que pode comprometer o processo de matrícula e o início do ano letivo.

A direção da entidade de classe realizou, na manhã desta quarta-feira (9), no auditório do Sindicato, uma plenária com gestores de escolas da rede estadual para debater as próximas ações da categoria contra a Lei n° 14032 de 18 de dezembro de 2018, que determina Dedicação Exclusiva para Diretores e Vice-diretores dos colégios da rede estadual.

A categoria mantém posição contrária, exigindo a revogação imediata da medida e que seja estabelecido o diálogo direto com os gestores.
Share:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog