4 de jul de 2017

Nilo dispara contra Luiz Augusto: não respondo porque ele é do baixo clero

BOCÃO NEWS

 
Por Aparecido Silva | Fotos: Roberto Viana//Arquivo//BNews
Nesta segunda-feira (3), o deputado  e ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) Marcelo Nilo (PSL) fez disparates ao vice-governador João Leão, que é presidente estadual do PP e secretário estadual do Planejamento. Luiz Augusto, deputado estadual pelo PP e vice-presidente da AL-BA, saiu em defesa do cacique pepista.
No Twitter, Nilo afirmou que Leão insinuou, em propaganda eleitoral na TV, ter construído pontes em Bom Jesus da Lapa e Carinhanha e que faria a ponte Salvador-Itaparica. Para o presidente do PSL, Leão estaria mentindo. Augusto, por sua vez, disse que Nilo não apenas perdeu a credibilidade, como vem se isolando politicamente. “Marcelo Nilo queria estar na chapa majoritária e não conseguiu. Agora, quer lutar para tirar um que já está. É difícil. O PP vai para eleição com Rui Costa e nosso candidato na chapa é Leão. Estaremos juntos e empenhados na permanência de Leão e na vitória eleitoral deste grupo político que vem dando respostas aos baianos”, disse o pepista.
Após as declarações de Luiz Augusto, Nilo retrucou: “não respondo a Luiz Augusto porque ele é considerado do baixo clero”. “Para responder a ele, teria que ter pelo menos 20% do meu currículo. Tenho sete mandatos eletivos de deputado estadual, cinco mandatos como presidente da Assembleia, governador interino por quatro vezes o sou o deputado que mais discursou na história daquela Casa”, elencou.
No início do ano, o clima entre Luiz Augusto e Nilo ficou tenso depois que o pepista resistiu e manteve sua candidatura e posterior apoio a Angelo Coronel (PSD) para a presidência da AL-BA, posto que o então presidente queria manter.
Notícias relacionadas: