MEC suspende autorização para curso de Medicina em Guanambi

Terça, 06 de Junho de 2017 - 12:40

BAHIA NOTÍCIAS

por Ailma Teixeira
MEC suspende autorização para curso de Medicina em Guanambi
Construção da sede da FIPMoc em Guanambi | Foto: Leitor BN / WhatsApp

O Ministério da Educação (MEC) decidiu suspender a autorização para o funcionamento de cursos de Medicina em Guanambi até a decisão final do processo que investiga fraude no edital de licitação para escolha da empresa que iria ofertar a graduação. Estão suspensas não apenas as atividades pedagógicas, mas também os procedimentos administrativos em andamento, a adjudicação de proposta vencedora e a assinatura de Termo de Compromisso. A portaria, que já está em vigor, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (6). A decisão foi tomada cerca de um mês depois que o MEC instalou um processo administrativo para apurar uma suposta fraude, que sagrou como vencedora a Sociedade Padrão de Educação Superior, mantenedora das Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros (FIPMoc). A pasta investiga se a troca de pareceres no edital – fases de avaliação foram invertidas e novos critérios de análise foram incluídos, segundo informações d’O Estado de S. Paulo – foi feita para beneficiar a FIPMoc, empresa que possui sociedade com a Samos Participações, de propriedade de Walfrido Moraes, ministro do Turismo de 2003 a 2007 (veja aqui). O edital, lançado em dezembro de 2014, tinha o objetivo de reduzir a carência de profissionais de Medicina no país em médio prazo. Prevista para ser inaugurada ainda neste mês de maio, a sede da FIPMoc em Guanambi está em fase de conclusão. O Bahia Notícias tentou contato com a instituição de ensino, mas não houve retorno.
Share:

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog