Licença concedida pelo Inema para operação da BAMIN preocupa comunidades de Caetité


A comunidade de João Barroca do município de Caetité (BA) se reuniu na última terça-feira (30) com a Secretaria do Meio Ambiente da cidade para solicitar o posicionamento do órgão e da prefeitura a respeito das licenças obtidas pela Bahia Mineração (BAMIN) para supressão vegetal em uma área de interesse público e que viola os direitos ambientais. A Secretaria se colocou à disposição, além de se comprometer em construir um relatório para apresentar a prefeitura, assim como fazer uma visita à comunidade na próxima semana, para construir um parecer técnico que possa protegê-los contra a investida da empresa na área de preservação da comunidade. A preocupação e revolta de muitas comunidades é porque o local que o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Inema concedeu a licença, contém uma raríssima área de floresta que preserva uma das poucas e mais importante nascentes de água, a Pedra de Ferro, que atende mais de três mil famílias. As informações são do CPT Bahia.

Via Brumado Agora
Share:

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog