8 de jun de 2017

Governo lança editais para construção de três centros de canoagem




(Fotos: Paula Fróes/GOVBA)


Destaque nos Jogos Olímpicos Rio 2016, a canoagem baiana trouxe medalhas para o estado e revelou talentos. Nesta quarta-feira (7), a modalidade ganhou reforço do Governo da Bahia com o lançamento dos editais para licitação de construção de três centros de treinamento, nas cidades de Itacaré, Ubaitaba e Ubatã. O evento de lançamento foi realizado na Governadoria, em Salvador. 

“O governador Rui Costa assumiu um compromisso com Isaquias Queiroz e com Erlon Silva depois de ver o brilho da Bahia mundialmente, nas Olimpíadas. O resultado foi muito importante e também é muito importante apoiar o esporte de base”, afirmou a secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana, sobre o compromisso com a formação de novos atletas.
 
O investimento do Governo do Estado no projeto será de R$ 3,2 milhões. As propostas de construção devem ser recebidas até o dia 7 de julho. Após análise, será assinada a ordem de serviço. “Considerando que cada um desses centros levará entre seis meses e um ano para ficar pronto, eu acredito que, a partir do início do primeiro trimestre do ano que vem, já teremos pelo menos um pronto. Ao longo do segundo trimestre, os outros dois estarão prontos, de forma que os três centros de canoagem deverão ser operacionais ainda no primeiro semestre de 2018”, explicou o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster.

O Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), assinou também um termo de cooperação com a Associação Cacaueira de Canoagem. “Eu estou muito emocionada com essa conquista. O nosso trabalho não vem só da Olimpíada para cá, a gente trabalha há mais de 30 anos e hoje somos reconhecidos mundialmente”, destacou a presidente da Associação Cacaueira, Camila Lima. 

Na capital, também será construído um centro de treinamento, que deverá funcionar no Parque de Pituaçu. O projeto básico da unidade de Salvador está em processo de elaboração e não faz parte deste edital.

Repórter: Lina Magalí