28 de jun de 2017

Concluída licitação de obra que irá modernizar projeto de irrigação Ceraíma, no semiárido baiano


As intervenções visam a alta eficiência no uso de recursos hídricos,
com substituição do sistema de irrigação por sulcos pelo de microaspersão

Foi concluída a licitação da obra para recuperação e modernização da infraestrutura do projeto público de irrigação de Ceraíma, em Guanambi (BA), no Médio São Francisco baiano, fruto de convênio firmado entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e a Prefeitura de Guanambi no valor de R$ 2,5 milhões. A empresa contratada terá até o final deste ano para fornecer os materiais no valor total de R$ 2 milhões - recursos originários do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emenda parlamentar. A licitação foi realizada pela convenente - a Prefeitura Municipal de Guanambi. O investimento irá beneficiar as 112 famílias de produtores familiares do projeto.

Trata-se de um esforço real da Codevasf no sentido de ir ao encontro da diretriz do Governo Federal em minimizar o impacto da crise hídrica nos nossos perímetros e, como consequência, na bacia do rio São Francisco”, diz o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, Harley Nascimento.

Os recursos conveniados serão empregados de acordo com um plano de intervenções que prevê alta eficiência no uso de recursos hídricos, com substituição do atual sistema de irrigação por sulcos pelo de irrigação por microaspersão. As estruturas de condução da água, como canais e acéquias, também devem ser substituídas por tubulações, de modo a permitir que a água chegue aos lotes agrícolas com o mínimo de desperdício possível, o que possibilitará a diminuição em quase 50% do volume utilizado anualmente para uma mesma área irrigada. Além disso, o novo sistema de distribuição é planejado totalmente por gravidade, o que dispensa a utilização de energia elétrica na captação principal.

Essas ações serão complementadas em breve quando for concluída a licitação, já em andamento, com a mesma finalidade, no valor de R$ 6 milhões (já disponibilizados), também com recursos originários do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emenda parlamentar.

Todas essas ações devem proporcionar a sustentabilidade ambiental, graças à eficiência na condução hídrica, eliminando o enorme desperdício ocasionado no modelo anterior, e tendo maior eficiência e menor consumo de água. Será um dos poucos perímetros irrigados que não necessitará de bombeamento para captação e transporte da água até os lotes. Também será possível trazer de volta vários agricultores para o processo produtivo, com a expectativa de geração de cerca de 1.500 empregos diretos”, diz Hudson Faria, gerente de Irrigação da Codevasf na 2ª Superintendência Regional da Codevasf, em Bom Jesus da Lapa.

Como parte dos R$ 2,5 milhões, do convênio entre Codevasf e Prefeitura de Guanambi, já foram investidos cerca de R$ 500 mil na elaboração do projeto executivo referente à obra.