CENTRAIS APROVAM GREVE GERAL PARA 30 DE JUNHO


Sessenta dias depois que o Brasil paralisou na maior greve geral da história recente, os trabalhadores voltarão a cruzar os braços pela saída imediata de Michel Temer, investigado e prestes a ser denunciado à Justiça por corrupção, organização criminosa e obstrução da Justiça, e pela suspensão de suas reformas que retiram direitos dos trabalhadores; principais centrais sindicais aprovaram nesta segunda-feira, 5, data da nova greve geral; antes, no dia 20, as entidades planejam organizar um "esquenta", com paralisações e atos nas principais cidades. Todo o calendário depende do andamento das reformas no Congresso – e também passará por assembleias das categorias; sindicalistas devem se concentrar em Brasília nesta terça-feira, 6, quando o Senado deve votar a reforma trabalhista. 247 BRASIL 
Share:

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog