CODEVASF AVANÇA NA IMPLANTAÇÃO DE NOVO PROJETO DE IRRIGAÇÃO NO VALE DO IUIÚ

Estão previstos 1.860 lotes agrícolas nos municípios de Malhada, Iuiú e Sebastião Laranjeiras; 40 mil pessoas serão beneficiadas.

A implantação do projeto público de irrigação Iuiú vai possibilitar a agricultura irrigada numa área de 30,3 mil hectares, beneficiando cerca de 40 mil pessoas no Médio São Francisco baiano. Para retomar o andamento do projeto, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está investindo R$ 12,5 milhões. O projeto abrange terras dos municípios de Malhada, Iuiú e Sebastião Laranjeiras.

“Estão previstos 1.860 lotes, sendo 1.150 para pequenos irrigantes, 550 para grandes empresas e outros 160 para assentados do Incra. Em termos de benefícios sociais, vislumbramos a melhoria de qualidade de vida dos habitantes da região”, explica Marco Aurélio Ayres Diniz, diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf.

Os investimentos para retomada do projeto estão sendo aplicados na atualização do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, incluindo a avaliação de impacto ambiental (AIA); consolidação do anteprojeto de engenharia das etapas 2 e 3; adequação do projeto básico e atualização e complementação dos estudos ambientais da etapa 1.

Segundo Renato Brito Chaves, gerente de Estudos e Projetos da Codevasf, para dar continuidade às ações foram celebrados, no mês de março deste ano, novos compromissos com a empresa de engenharia responsável pelo trabalho, com término previsto para o início de 2018.

“Após a conclusão desses contratos, a próxima fase será a elaboração do projeto executivo da primeira etapa e os projetos básico e executivo da segunda e terceira etapas, seguindo-se a execução da obra. Esse empreendimento promoverá desenvolvimento regional, com vistas a minimizar o êxodo rural e melhoria do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) na região, dentre outros benefícios”, destaca Chaves.

O projeto de irrigação Iuiú está situado no sudoeste do estado da Bahia, na região do Médio São Francisco, próximo à confluência do rio Verde Grande – que serve de divisa entre Minas Gerais e Bahia. O acesso, por via aérea, pode ser feito até a cidade de Bom Jesus da Lapa ou Guanambi, na Bahia, que ficam a uma distância do projeto, respectivamente, de 140 quilômetros pela BA-160 e 111 quilômetros pela BR-030. A distância de Malhada a Salvador é de cerca de 940 quilômetros.

Ass. Imprensa
Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog