4 de jan de 2017

Guanambi: Justiça decreta prisão de homem que tentou matar ex-companheiro no natal

O Juiz de Direito Plantonista Dr. João Batista Pereira Pinto decretou a prisão preventiva de Elton Fogaça de Souza, mais conhecido como Nego acusado de tentar matar sua ex-companheira Rita de Cássia Cardoso Santos.

O crime aconteceu na véspera de Natal no Bairro Boa Vista (Industrial) quando o Nego convidou Rita de Cássia a entrar em seu carro para conversar. Os dois estavam separados fazia uma semana e ele inconformado com o fim do relacionamento de quatro anos ardilosamente arquitetou a sua morte.

Desferiu vários golpes de facão, principalmente na cabeça arrancando pedaços de ossos do crânio, deixando a vítima em estado gravíssimo. 

Depois de várias diligências policiais sem sucesso com o objetivo de prender o indivíduo, o delegado titular Dr. José Ribeiro Lopes tomou vários depoimentos, reuniu provas e diante da grande repercussão em torno do caso, representou pela prisão preventiva que por fim foi decretada. Bonny Silva