20 de out de 2016

PSDB, a nova UDN, se cala diante da prisão de Cunha


:
Partido que assumiu viés moralista nos últimos anos não soltou um pio na tarde desta quarta-feira 19, quando o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso por determinação do juiz Sérgio Moro; no Congresso, o presidente do PSDB e senador Aécio Neves (MG), que já teve o nome citado por vários delatores na Lava Jato, frustrou os jornalistas hoje ao passar direto sem comentar o caso Cunha (confira o vídeo); outras lideranças, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o governador Geraldo Alckmin e o deputado Carlos Sampaio também nada disseram até o momento; apenas o deputado Antônio Imbassahy (BA), líder do PSDB na Câmara, soltou uma nota discreta sobre o assunto. 247 BRASIL