LÉO PINHEIRO DIZ QUE AÉCIO RECEBEU PROPINA QUANDO ERA GOVERNADOR

BAHIA ECONÔMICA

O empreiteiro baiano Leo Pinheiro, da OAS, afirmou em delação premiada, que a construtora deu 3% de propina da construção da Cidade Administrativa a um interlocutor do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

“Em um dos encontros foi informado (…) que havia necessidade de pagamento de uma vantagem indevida de 3% do valor da participação de cada empresa no consórcio (…). A contraparte da OAS foi paga em espécie. (…) Segundo o declarante foi informado, as quantias eram condicionadas ao então governador Aécio Neves”, diz.

Segundo a revista Veja, o pagamento teria sido intermediado por Oswaldo Borges da Cota Filho, apontado como operador de Aécio. (Estadão)

Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog