4 de ago de 2016

BIOFÁBRICA BAIANA RETOMA PRODUÇÃO DE MUDAS DE BANANA E CACAU


BAHIA ECONÔMICA

A produção de mudas de banana e os experimentos com genótipos de cacau foram retomados pelo Instituto Biofábrica de Cacau (IBC), vinculado à Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura do Estado (Seagri). A expectativa é que em dezembro deste ano sejam disponibilizadas para os agricultores cerca de 600 mil mudas de banana das variedades prata e terra.

“Em parceria com a biofábrica, vamos produzir, multiplicar e distribuir aos agricultores materiais genéticos de alta produtividade e alto valor agronômico, associado à produção de mudas selecionadas de frutíferas tropicais compatíveis com os diversos ecossistemas da Bahia”, disse o secretário estadual, Vitor Bonfim.

O experimento com cacau visa testar em escala comercial a propagação por enraizamento de miniestaca, técnica que promove incrementos na produção de mudas, uma vez que se pode coletar significativa quantidade de miniestaca por planta. Em paralelo, está sendo realizado um experimento com cacau por estudantes de mestrado da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), com colaboração da Biofábrica, no intuito de gerar ciência e tecnologia para essa produção.

O cultivo das mudas de banana é feito por micropropagação vegetativa no laboratório do IBC, com a fabricação de mudas indexadas, sem patógenos (microrganismos que causam doenças em outros organismos), com garantia de origem, de qualidade e sanidade, com foco na prevenção da Sigatoka-negra, uma das principais doenças da bananeira. As atividades ocorrem no parque fabril do instituto, localizado no povoado Banco do Pedro, em Ilhéus, no Sul da Bahia.