18 de nov de 2015

A HISTÓRIA, AS BELEZAS DA PRAÇA JOSÉ FERREIRA COSTA E O DESCASO DO PODER PÚBLICO



Quem foi José Ferreira Costa






A Praça José Ferreira Costa foi inaugurada na gestão do Prefeito Gileno Pereira Donato, em 1987, através de um projeto de autoria da Secretária de Obras – Engenheira Sandra Naira Oliveira Boa Sorte.

A Praça foi denominada numa homenagem ao Sr. José Ferreira Costa que foi Prefeito Interino de Guanambi em 1930/1932 e Prefeito eleito de 1936/1943. Filho de uma família tradicional de Guanambi que prestou enormes serviços ao desenvolvimento da cidade. A construção do Grupo Escolar Getúlio Vargas foi iniciada na gestão de Helvécio Martins e inaugurado na gestão de José Ferreira.

Prefeito José Ferreira Costa.



A História da Praça José Ferreira Costa



A Praça José Ferreira foi considerada uma das mais belas praças e o cartão postal da cidade. Fica localizada no centro comercial e é uma  referência  histórica e cultural de Guanambi, onde funcionou o gerador de energia elétrica da cidade, o antigo BANEB. Ainda hoje funciona o Fórum Juiz Eduardo Daltro de Castro, várias clínicas e um hospital, além do Hotel Leopoldo considerado o mais importante de Guanambi (Bonny Silva).



A primeira urbanização da praça foi realizada em 1968 na gestão de Jonas Rodrigues. Em 1987, o Prefeito Gileno Donato construiu uma praça moderna, com banheiros públicos e outros equipamentos que possam combinar beleza e arquitetura.

A degradação da Praça José Ferreira Costa





















Hoje (18), o Blog do Latinha visitou e fotografou a praça. O descaso do Poder  Público é total. Lançaram a ideia de derrubar o antigo cartão postal da cidade para construir um estacionamento. Uma pergunta fica no ar: a construção de um estacionamento no centro vai resolver o problema de vagas? NÃO.

A praça está cheia de lixo, depósito de sujeiras, imundícies de toda espécie. O mato tomou conta, as palmeiras imperiais imponentes que ali foram plantadas, só restam duas.

A praça precisa ser revitalizada, resolver o problema da fonte luminosa e o acumulo de água, criar um espaço de atividades culturais, cuidar das plantas e do visual. NÃO A DESTRUIÇÃO DA PRAÇA JOSÉ FERREIRA E SIM A REVITALIZAÇÃO JÁ!


Fontes: Livro Respingos Históricos – Teixeirinha/Bonny Silva/Vida e Obras de Jonas Rodrigues.