17 de out de 2015

SECRETÁRIO DIZ QUE GOVERNO FEDERAL VAI PRIORIZAR A FIOL

16/10 - 10h33m
BAHIA ECONOMICA

Momentos antes de participar do II Fórum Bahia Econômica, nesta manhã (16), no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), em Salvador, o secretário da Casa Civil da Bahia, Bruno Dauster, falou com o portal sobre o andamento das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e sobre o Porto Sul.

Dauster lembrou que há cerca de dois meses, o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, participou de um encontro com empresários na Fieb, e na ocasião foram ressaltadas as preocupações em relação ao andamento das obras da Fiol. Segundo Dauster, “não ouve interrupção das obras. Essa é a boa notícia. A má notícia, é que as obras tiveram uma redução e hoje estão em ritmo muito lento”.

O secretário disse que a presidente Dilma Rousseff afirmou, em declarações recentes, que as obras da Fiol vão sofrer um atraso em 2017, mas o trecho até Caetité deve ser concluído nesse período. Ele destacou também que não houve redução das obras da Ferrovia Norte Sul, que deve ser concluída em meados de 2016. Sendo assim, “a Fiol será priorizada com os investimentos do governo federal”, comemora Dauster.

Em relação ao Porto Sul, o secretário informou que “nos últimos dias houve avanços, e a Bamin vai começar a produção de minério de forma contínua, inclusive com perspectiva de produzir 2 milhões de toneladas até 2018”. Além disso, Dauster ressaltou a assinatura de um contrato com a Bamin, em que ela é obrigada a disponibilizar minério, senão terá que haver um ressarcimento financeiro.