Prefeito de Andaraí corta metade do próprio salário, hora extra e festa por conta da crise

BAHIA NOTÍCIAS

por Alexandre Galvão


Prefeito de Andaraí corta metade do próprio salário, hora extra e festa por conta da crise
Wilson Cardoso | Foto: Francis Juliano / Bahia Notícias
Acossado pela crise, o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso (PSB), reduziu o próprio salário em 50%. De acordo com decreto assinado por ele, a receita municipal tem caído "abruptamente nos últimos meses, tendo em vista que os valores percebidos a título de FPM diminuíram e os recursos vinculados aos Programas Federais e Estaduais, em sua maioria, ainda não foram repassados aos Municípios neste exercício financeiro ou estão sendo transferidos com imenso atraso". Ainda de acordo com o gestor, 30% das despesas de custeio das unidades administrativas do município devem ser cortadas, além da prefeitura funcionar, agora, somente em um turno: das 8h às 14h. O decreto proíbe ainda a realização de hora extra, a utilização de carros da prefeitura (exceto segurança, limpeza pública, ação social, saúde e educação) e suspende todas as gratificações. Os secretários da cidade, ainda de acordo com o decreto, ficam proibidos de saírem do município para viagens com intuito de participar de eventos em outras cidades. As festas custeadas com o dinheiro municipal também ficam vedadas. As medidas valem por 120 dia e podem ser prorrogadas por igual tempo, "levando-se em consideração a conveniência e oportunidade da Administração Pública Municipal".
Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog