“Linguagem, Surdez e Políticas Linguísticas”


por Evelly Freitas


Desde a criação do mundo o homem busca se comunicar com os outros de diversas maneiras, a linguagem de sinais é uma delas. Apesar de parecer universal existem vários tipos de língua de sinais usadas em todo o mundo, uma forma eficiente de comunicação entre pessoas surdas, mudas e com problemas auditivos. Para discutir esse e outros assuntos ligados ao tema, será realizada no próximo dia 5 de novembro, no campus da Uesb de Jequié, a conferência “Linguagem, Surdez e Políticas Linguísticas”.

A palestrante é a professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutora em Distúrbios da Comunicação Humana pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Márcia Goldfeld Goldbach. O objetivo é apresentar ao público as diferentes formas de comunicação para pessoas com deficiências auditivas, surdas e mudas, trabalhando temas como surdez, bilingüismo, aquisição de linguagem e fonoaudiologia.

O evento é gratuito e aberto a participação da comunidade. A realização é do projeto de extensão “Um olhar sobre a surdez: a Língua Brasileira de Sinais, linguagem e desenvolvimento humano”, coordenado pela professora do Departamento de Ciências Humanas e Letras (DCHL) de Jequié, Sirlândia Santana.

Mais informações, pelo telefone (73) 3528-9713 ou pelo e-mail umolharsobrea@gmail.com.

Assessoria de Comunicação da UESB
Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog