9 de mai. de 2022

Sucesso: 1ª Feira de Agricultura Familiar de Igaporã

 





Trabalhadores e trabalhadoras agrícolas participaram da 1ª Feira de Agricultura Familiar de Igaporã, na última quarta-feira, 4 de maio, na Praça Otávio Mangabeira, ao lado do Mercado Municipal.

A Feira foi realizada pela Prefeitura Municipal, com organização da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente e apoio das demais secretarias e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Durante todo o dia os agricultores comercializaram os seus produtos em barracas padronizadas e stands montados pela comissão organizadora.

A Feira foi organizada com o objetivo de divulgar os produtos da agricultura familiar, fortalecer a produção agroecológica, garantir um espaço cultural de comercialização dos produtos, bem como, propiciar a integração entre os agricultores e a comunidade de Igaporã.

O evento foi aberto oficialmente por volta das 9h, pelo Secretário de Agricultura, Rogério Batista, que convidou a todos para visitarem os stands e adquirirem os produtos expostos. Rogério agradeceu a toda a equipe da Secretaria pelo esforço desenvolvido na organização da Feira.

Em seguida, o Prefeito Newton Cotrim (Neto) enfatizou o esforço da equipe organizadora: “Não é fácil organizar um evento deste porte, logo após uma das maiores epidemias da história humana. Este evento é inédito na história de Igaporã. Parabenizo todos os que atuaram na preparação e realização da Feira. Agradecemos os parceiros da nossa gestão, que contribuíram para o sucesso da Feira: o Cesol, o Sebrae, a Fundifran, o Banco do Nordeste, a Bahiater, o IFBaiano de Guanambi e Bom Jesus da Lapa, a Aecofaba, de Riacho de Santana, e o Governo da Bahia, que colaborou decisivamente por meio da CAR”, destacou Neto.

A Prefeitura contou, ainda, com o apoio da Unicafes (Associação de Cooperativas de Agricultura Familiar). Em meio aos agradecimentos, o Prefeito criticou a ausência do Banco do Brasil, que havia se comprometido em participar da Feira de Agricultura Familiar.

O professor Cleber Bomfim, colaborador e integrante da comissão organizadora da Feira, destacou o papel dos parceiros na realização do evento: “o resultado da feira foi muito positivo. Além da comercialização dos produtos da agricultura familiar e do artesanato, houve participação significativa das instituições. O IF Baiano distribuiu mudas de variedades frutíferas, manivas de mandioca de mesa, com variedades novas que eles estão desenvolvendo de forma experimental. O sítio Beija Flor distribuiu mudas de umbu, umbu gigante, goiaba, manga, enfim, diversas variedades frutíferas. O BNB liberou financiamento no valor de R$ 520 mil, através dos programas Agroamigo e Agroamigo Variável, em favor dos agricultores familiares”.

Cleber enfatizou, ainda, a participação das instituições que enviaram representantes, responsáveis pelas palestras e treinamentos realizados durante todo o dia, nos stands e no galpão situado entre os dois mercados.

Professores do IFBaiano falaram sobre defensivos naturais e tecnologias sociais. A Fundifran ofereceu um treinamento para produção de doces, com um grupo de mulheres residentes no bairro Alto da Varginha.

“No decorrer da Feira, diversas atividades paralelas levaram informações atualizadas aos produtores. Nós conseguimos identificar alguns apicultores do nosso município e a Administração Municipal oferecerá o apoio para fortalecer a cadeia produtivo do mel, em Igaporã”, informou Cleber, que citou, também, o trabalho desenvolvido junto às associações de agricultores que fornecem produtos para a merenda escolar.

“O Cesol montou um stand com programação voltada para a qualificação dos produtos rotulados e a consequente agregação de valor comercial. A Escola Agrícola (Aecofaba), de Riacho de Santana, distribuiu mudas e demonstrou como fazer enxertias e melhorar a produção de plantas frutíferas. A programação da Aecofaba foi destinada, também, aos alunos da escolas de Igaporã“, finalizou Cleber.

Diante do sucesso da primeira edição, os participantes cobraram da comissão organizadora a realização de outras feiras semelhantes.

Foto: Foto: ASCOM/PMI              

Autor: Ascom/PMI

Nenhum comentário: