4 de nov. de 2022

História: Revelação de inéditos mapas oficiais de Guanambi do ano de 1944 ajudam a fundamentar a história de nossa cidade

A pesquisa e o garimpo de documentos históricos, muita das vezes demoram vários anos, até que se configura uma aprazível e valorosa conquista para a historicidade e fundamentação documental, através de fontes oficiais que ajudam a fortalecer e a corroborar a história de uma sociedade. 

Com detalhes e minúcias que irão contribuir para a comparação histórica, desde os arruamentos e edificações urbanas: pontes, lagoas e demais formações naturais, é possível denotar características socioeconômicas que se pode observar no estilo de ocupação daquela época, nas suas ruas, praças e largos. 

Podemos dizer que os mapas de Guanambi do ano de 1944, elaborados e reconhecidamente oficiais através do Decreto-Lei nº 311, de 2 de março de 1938, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas e Francisco Luís da Silva Campos, que pode ser consultada na íntegra no link https://bit.ly/3zL2H0d irão ajudar os pesquisadores de nossa cidade a fundamentar a posição geodésica e cartográfica, de nossa cidade, nos seus tempos mais remotos e primários da ocupação urbana, por estas terras, mais precisamente, duas décadas após a sua emancipação, que transformou a sede do Arraial de Beija-Flor, à categoria de vila pela lei estadual nº 1.364 de 14 de agosto de 1919 e que também criou o Município com o nome de Guanambi, com o território desmembrado do de Palmas de Monte Alto, com instalação em 1º de janeiro de 1920.





Por: João Roberto 

Informações: IBGE

Nenhum comentário: