11 de jul. de 2022

REGISTRO DE ATROPELAMENTOS DE JAGUATIRICAS NA REGIÃO DE GUANAMBI

 

 


Nos últimos meses, o Blog do Latinha registrou atropelamentos de animais na BR-030 e nas BAs da região, destacando principalmente a mortandade de onças (jaguatiricas). O blog também registrou o atropelamento de jaguatiricas em Palmas de Monte Alto – Pé da Serra (BA-263), em Carinhanha e, recentemente, na estrada da Matina (BA-573), conforme fotos e vídeos enviados pelas redes sociais.

Caatinga abriga cerca de 178 espécies de mamíferos, que são representados por raposas, preguiças, tatus, tamanduás, macacos, onças, veados e capivaras, dentre outros.

“A jaguatirica (nome científicoLeopardus pardalis), também conhecida como ocelote, é uma espécie de mamífero carnívoro pertencente à família dos felídeos. É um animal solitário, noturno, territorial e os machos possuem territórios que se sobrepõem sobre os de várias fêmeas. Alimenta-se principalmente de roedores, mas também de animais de porte maior como unguladosrépteisaves e peixes. Caça à noite, formando emboscadas. Alcança a maturidade sexual entre 26 e 28 meses de idade, e as fêmeas dão à luz geralmente um filhote por vez, com cerca de 250 gramas. Geralmente, filhotes nascem a cada 2 anos. Em cativeiro, a jaguatirica pode viver até 20 anos, o dobro da sua longevidade no estado selvagem.Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A jaguatirica é um felino que está na lista de espécies ameaçadas de extinção e a destruição do seu habitat natural provoca a sua saída para procurar comida nas fazendas da região.





Nenhum comentário: