11 de jul. de 2022

BAHIA NOTÍCIAS: Flamengo de Guanambi acusa dirigente do Botafogo-BA de fazer ameaça de morte

 


Flamengo de Guanambi acusa dirigente do Botafogo-BA de fazer ameaça de morte
Foto: Reprodução / Instagram


O Flamengo de Guanambi fez um denúncia nas suas redes sociais neste domingo (10) acusando um diretor do Botafogo-BA de fazer ameaça de morte, em Senhor do Bonfim, antes do jogo entre as duas equipes pela Série B do Baiano. Segundo o clube, Idailton Jarle Santiago do Nascimento foi até o hotel onde estava a delegação Beija-Flor do Sertão e com uma arma na mão disse que ninguém sairia vivo independente do resultado da partida, pela 11ª e última rodada da primeira fase.


Além de Idailton Jarle Santiago do Nascimento, o Flamengo de Guanambi ainda denunciou que o gerente de futebol do Botafogo-BA, Allandeiwisson, também fez ameaças.

 

"Chegando ao Estádio Pedro Amorim, a delegação ainda foi surpreendida pelo gerente de futebol, onde nas dependências do estádio proferiu palavras de ameaças para a equipe", relatou o clube na nota.

 

Esta não é a primeira vez que dirigentes do Botafogo-BA se envolvem em confusão na Série B. No último dia 28 de maio, no empate em 2 a 2 do Índio Tupi com o Canaã, o ex-presidente do clube Peron Farias invadiu o campo da Arena Cajueiro e agrediu o árbitro Janielton Andrade de Oliveira com socos e ainda fez ameaças. Dias depois, ele pediu desculpas (lembre aqui e aqui). Em meados de junho, ele renunciou ao cargo (leia aqui). 

 

O Flamengo de Guanambi pediu por punição aos responsáveis pelas ameaças.


"Reiteramos que as medidas necessárias sejam tomadas para que os responsáveis por estes atos abomináveis e criminosos sejam punidos", completou.

 

Em campo, Botafogo-BA e Flamengo de Guanambi ficam no empate em 1 a 1. Beija-Flor do Sertão terminou a Série B estadual na oitava colocação com 14 pontos, dois a menos do que o Índio Tupi que ficou em sexto.



Nenhum comentário: