19 de abr. de 2022

Museu Pedagógico da Uesb está aberto para visitas e acesso à história

 



FONTE - UESB


Espaço vivo de defesa e proteção do patrimônio cultural e da história, o Museu Pedagógico fica localizado na Praça Sá Barreto, bairro Alto Maron, em Vitória da Conquista. O local é vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Proex). Para mais informações, ligue (77) 3421-3894 ou envie um e-mail para museupedagogico@uesb.edu.br.


Implantado em 1999, o Museu Pedagógico da Uesb – Casa Padre Palmeira é um espaço aberto à comunidade para difusão do conhecimento multidisciplinar. Em funcionamento de segunda a sexta, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, o Museu conta acervos especiais, fontes documentais de colégios extintos, exposições fixas, além de todo o conjunto de obras disponíveis na Biblioteca Albertina Lima Vasconcelos.

Na Biblioteca do Museu Pedagógico, é possível conferir livros e periódicos nas áreas da Educação, História, História da Educação, Filosofia, Literatura. Além disso, os interessados podem ter acesso a um conjunto de enciclopédias e títulos especiais na área da Educação, Psicanálise, História da Arte etc. Atualmente, são mais de cinco mil exemplares catalogados.

Os interessados em conhecer o espaço poderão realizar visitas guiadas individuais ou em pequenos grupos, sem necessidade de agendamento. Atualmente, o Museu conta, ainda, com três exposições temporárias: “A educação pública brasileira: memória, história, utopias e distopias” e “100 anos da Internacional Comunista”, ambas do artista plástico Edmilson Santana em parceria com os Grupos de Pesquisa do próprio Museu; além de “As evidências da Ditadura Militar”, com registros fotográficos de Evandro Teixeira.

Instalação do artista plástico Edmilson Santana, no Museu Pedagógico (Foto: Acervo do Museu)

Pesquisa e inserção nacional – Além dessas possibilidades, o Museu Pedagógico da Universidade reúne uma série de grupos de pesquisa, dedicados a estudar temáticas como a Memória e a História da Educação, a partir de enfoques interdisciplinares. A lista completa de cada um desses grupos, bem como outras informações a respeito da produção científica do espaço podem ser acessadas no site do Museu.

Parte de suas atividades anuais, o Museu integra, também, a programação da Semana Nacional de Museus, evento coordenado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), com duração de uma semana. A iniciativa visa mobilizar os museus brasileiros em torno da execução de programações especiais, sempre voltadas para uma temática definida dentro desse contexto. A próxima edição está agendada para o mês de maio e trará “O poder dos museus” como tema central.

Nenhum comentário: