12 de mar. de 2022

Projeto das Policlínicas Regionais de Saúde é apresentado a secretário-executivo do MS

 

O projeto dos consórcios interfederativos de saúde da Bahia foi apresentado, nesta quinta-feira (10), ao secretário-executivo adjunto da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde, Alessandro Vasconcelos. A exposição do processo de conformação e funcionamento dos consórcios que fazem a gestão das policlínicas regionais de saúde foi feita pela secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, e pelo Coordenador dos Consórcios de Saúde do Estado, Nelson Portela.

A secretário e o coordenador explicaram que as 21 Policlínicas Regionais de Saúde que já estão em funcionamento atendem moradores de 392 dos 417 municípios baianos, beneficiando uma população de 10,575 milhões de habitantes. “O estado constrói a policlínica, equipa e quando está em funcionamento entra com 40% do custeio”, explicou Adélia Pinheiro.

Nelson Portela destacou que durante todo o processo de formação dos consórcios, o Governo do Estado deu apoio aos municípios para a formatação da legislação necessária para adesão. “O primeiro passo foi fazer com que os municípios aderissem aos consórcios. Esse trabalho foi feito de forma regionalizada”, pontuou Nelson.

Além dos consórcios, durante o encontro foi apresentado também o projeto de cuidados paliativos nas unidades da rede estadual. A médica Karoline Apolônio falou da formatação da iniciativa na Bahia e como foi a definição dos protocolos.

Para Alessandro Vasconcelos, a escuta de experiências é importante para fortalecer a assistência à saúde em todo o país. “A gente pretende que o atendimento seja mais próximo da casa do cidadão, então precisamos de bons projetos para consolidarmos essa ideia”, afirma.

Nenhum comentário: