4 de mar. de 2022

Irmãs gêmeas da rede estadual de ensino são aprovadas com destaque em Medicina na UFRJ

 

                                                                 Foto: Divulgação

As irmãs gêmeas Sarah e Samyra Aramuni receberam, nesta terça-feira (22), uma notícia que é resultado de muita dedicação aos estudos: foram aprovadas, respectivamente, em 2º e 3º lugar, em Medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). As estudantes do Centro Territorial Estadual de Educação Profissional (Cetep) do Extremo Sul tinham uma rotina intensa, que chegava a dez horas diárias. Cada uma com seu estilo e planejamento, as futuras médicas querem iniciar o curso em busca de uma formação humanizada, com o objetivo de ajudar o próximo.

Nascidas em Nanuque, interior de Minas Gerais, com menos de um ano, as irmãs vieram com a família para a Bahia morar em Teixeira de Freitas. No município, criaram laços e logo se identificaram com o solo baiano. Ainda crianças, Sarah e Samyra já começavam a sonhar com o curso. “Desde muito pequenas, já falávamos que queríamos ser médicas, mas ainda era algo muito infantil. No Ensino Médio, começamos a ler sobre a grade curricular e assistíamos a vídeos de pessoas que cursaram. Decidimos, então, que era isso mesmo que queríamos. Cada uma de nós confirmou a ideia de forma individual, mas existia um desejo de ambas. Hoje, sinto uma mistura de medo, alegria, ansiedade e surpresa. Nunca achei que passaríamos em uma faculdade tão concorrida. Estamos vivendo um momento excepcional”, conta Sarah Aramuni.

Nenhum comentário: