14 de mar. de 2022

ANALÍSE DAS ELEIÇÕES 2022 NA BAHIA

 

A novidade do processo eleitoral na Bahia é o lançamento da pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao governo da Bahia. Os analistas de plantão canta a vitória de ACM Neto antes do início do jogo com o argumento de que Jerônimo é um desconhecido. O mesmo argumento quando Jaques Wagner lançou a candidatura vitoriosa de Rui Costa em 2014. Em 2018, Rui foi reeleito no primeiro turno praticamente sem concorrente.

A Bahia, no período do carlismo, concentrava o seu desenvolvimento somente na região metropolitana de Salvador. Os governos Lula, Dilma, Wagner e Rui construíram um novo Estado com desenvolvimento sustentável e descentralização econômica com a implantação de 27 territórios de identidade.

A Bahia saiu do atraso político e do mandonismo com as eleições de novas lideranças com grande capacidade de administração, democracia e superação da perseguição política.

Muita água vai passar por debaixo da ponte. A candidatura de Lula está em primeiro lugar e as pesquisas consolidam a polarização Lula (Democracia) x Bolsonaro (Fascismo e Ditadura). Também apontam a vitória de Lula no segundo turno. No Nordeste e na Bahia, Lula ganha folgado. Vai ser Lula lá e Jerônimo cá.

A Bahia democrática não subestima a candidatura de ACM Neto, mas o quadro é muito favorável a conquista de mais uma vitória da renovação política da Bahia. Rui Costa faz um governo com alta aceitação popular, Wagner vai coordenar a campanha de Lula no Brasil e na Bahia.

A máquina do governo estadual funciona com muitas obras e avanços econômicos por todos os municípios e regiões da Bahia – Saúde, Educação, Agricultura Familiar, Política Territorial, Energias Renováveis, Mineração, Agronegócio, entre outras ações.

ACM Neto apoiou Bolsonaro, está sem candidatura nacional e isolado, contando somente com a Prefeitura de Salvador e dos grandes centros (Feira de Santana, Juazeiro, Vitória da Conquista, entre outras).

O jogo político está começando e ainda é muito cedo para declarar vitória antecipada. Em todas as pesquisas, onde o carlismo foi derrotado na Bahia, os candidatos do PT apareciam “fracos” e no final do jogo ganharam no primeiro turno.

A pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) é a novidade na política estadual. Professor da UEFS, Engenheiro Agrônomo, Mestre em Ciências Agrárias, Especialista em Desenvolvimento Territorial Sustentável, Ex-Secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Secretário de Educação e Pré-candidato de Lula, Wagner e Rui.

A Bahia está dando uma lição de formação de novas gerações na política do Brasil com sucesso administrativo e de desenvolvimento sustentável. ACM Neto representa a velha oligarquia política no Brasil e na Bahia – Carlismo Nunca Mais...

Vou ousar dizer: “O PT e os partidos aliados (PSB, PCdoB, PSD, PV) preparam o time para derrotar mais uma vez o carlismo!”

Lula lá, Jerônimo e Otto – Senador cá!


Nenhum comentário: