Foto: Ascom/ SEC

Cerca de 81.248 mil educadores deverão fazer as provas do concurso público promovido pelo Governo da Bahia, por meio da Secretaria da Educação do Estado (SEC), neste domingo (6). São 2.113 vagas ofertadas, sendo 1.806 para professor de diferentes disciplinas e 307 para coordenador pedagógico, distribuídas em diferentes Núcleos Territoriais de Educação (NTEs).

O secretário da Educação do Estado, Danilo de Melo Souza, disse que esta é mais uma iniciativa do Estado para fortalecer a aprendizagem dos estudantes. “Este é o segundo concurso público realizado na gestão do governador Rui Costa para professor e coordenador pedagógico. No primeiro, realizado em 2017, foram nomeados 3.404 professores e 708 coordenadores pedagógicos. E isto faz parte de um conjunto de ações adotadas com foco na qualidade da educação, o que passa pela carreira e valorização do magistério público estadual”, afirmou.

As provas serão realizadas nos seguintes municípios: Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Os locais de aplicação das provas podem ser consultados através do endereço www.concursosfcc.com.br.

As provas objetivas terão 50 questões para o cargo de professor e 40 para o cargo de coordenador pedagógico, além da prova discursiva que abordará conhecimentos gerais, específicos e interdisciplinares, a depender do cargo. Já a prova de títulos, de caráter classificatório, será aplicada aos habilitados na segunda etapa do certame, de acordo com o previsto em edital.

O resultado final do concurso e de todas as suas etapas e as informações complementares serão divulgados no site da FCC e, também, no Portal do Servidor. Vale ressaltar que ainda há a reserva de 5% das vagas destinadas a candidatos deficientes e 30% para aqueles que se autodeclararem negros. O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado apenas uma vez, por igual período. Outras informações, como conteúdo programático e cronograma provisório, deverão ser consultadas no edital.

Fonte: Ascom/ SEC