25 de out. de 2022

BAHIA ECONÔMICA: PROJETOS DE ENERGIA RENOVÁVEL CRIARÃO MAIS DE 2 MILHÕES DE EMPREGOS NO NORDESTE; BAHIA É DESTAQUE

 

PROJETOS DE ENERGIA RENOVÁVEL CRIARÃO MAIS DE 2 MILHÕES DE EMPREGOS NO NORDESTE; BAHIA É DESTAQUE

BAHIA ECONÔMICA

O Nordeste, que já ocupa o 5º lugar no ranking mundial em produção de energia eólica, agora se prepara para ter um protagonismo ainda maior no segmento solar ao receber inúmeros novos projetos.

A fonte solar fotovoltaica já corresponde a 9.1% da matriz energética e ocupa o terceiro lugar, atrás apenas da doente hidrelétrica e eólica.  Dados da ANEEL apontam que na região Nordeste a energia solar já chegou a 1.775 municípios

Foram mais de 265 mil geradores de energia solar instalados desde 2012 na região. Só este ano foram mais de 105 mil sistemas e em 2021, foram 94.516 sistemas instalados no Nordeste. Em 1 ano praticamente dobrou.  Só em Salvador, são mais de 5.096 sistemas instalados

De acordo com dados da ABSOLAR, a Bahia é o 7º maior estado do Brasil em sistemas de energia solar em geração distribuída (nos telhados das casas, empresas e pequenos comércios), à frente do Ceará 11º, Pernambuco 12º, Maranhão 14º, Rio Grande do Norte 15º, Piauí 16º, Paraíba 18º, Alagoas 22º e Sergipe 23º.

De acordo com a ABSOLAR, o potencial do Nordeste brasileiro para energia solar é considerado excelente graças à grande incidência média diária de sol. O alto índice de irradiação solar da região representa um total que varia de 4,5 a 6 kWh (quilowatt-hora), sendo atrativo para o desenvolvimento de novos projetos solares de pequeno, médio e grande portes.

A expectativa é que cerca de 2 milhões de empregos sejam gerados nos próximos anos no Nordeste por meio das energias renováveis.  Segundo estimativas internacionais, para cada megawatt instalado de energia solar, são gerados aproximadamente 30 empregos diretos e indiretos. Portanto, estima-se que 84 mil empregos já tenham sido gerados por meio da energia solar.

Nenhum comentário: