19 de out. de 2022

A importância da criação dos Circuitos Arqueológicos no Alto Sertão da Bahia

                          



No dia 18, no município de Caetité, o arqueólogo da Universidade Federal do Piauí Willian Pereira Leal e o ambientalista e técnico em arqueologia José Carlos Latinha visitaram o Arquivo Público Municipal, o Museu do Alto Sertão da Bahia (MASB) e o Sítio Arqueológico Moita dos Porcos “Toca do Tapuio”.

O objetivo foi ampliar a pesquisa histórica e cultural sobre o sítio arqueológico da Moita dos Porcos e o conhecimento sobre a presença de grupos indígenas no território, bem como contribuir para a criação dos Circuitos Arqueológicos do Alto Sertão e da 14ª Região do Turismo da Bahia.

Arquivo Público Municipal de Caetité

Arquivo Público Municipal de Caetité (APMC) fica localizado na Praça Dr. Deocleciano Teixeira, 52 – Centro e é o órgão responsável pela preservação e manutenção do acervo histórico e documental da cidade de Caetité, Palmas de Monte Alto, Paratinga e outros municípios da região. É vinculado ao Sistema Estadual de Arquivos Públicos do Arquivo Público da Bahia. 

A antiga “Casa de Câmara e Cadeia”, uma edificação do século XIX e foi restaurada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural – IPAC, abrigando os acervos do Arquivo Público Municipal de Caetité, desde o ano de 1996. 

O objetivo da visita ao arquivo público foi ampliar a pesquisa e a reflexão sobre a ocupação e a presença indígena no território, bem como levantar dados sobre aspectos históricos e geográficos dos sítios arqueológicos.



Museu do Alto Sertão da Bahia – MASB


                                                     
                                                        José Carlos Latinha, Arqueólogo Willian Leal, 
                                                             Museóloga Hilda Bárbara Maia Cezário 
                                                             e Historiadora Poliana da Silva Gomes

O Museu do Alto Sertão da Bahia (MASB) fica localizado na Rua da Chácara, 241 com sede no município de Caetité. É o museu do território, polinucleado,   tendo 12 núcleos museológicos constituídos englobando também os municípios de Guanambi e Igaporã.


A sede acolhe milhares de objetos arqueológicos pesquisados nos parques eólicos da região. A origem do MASB remonta às pesquisas arqueológicas realizadas desde 2009, no âmbito do licenciamento ambiental dos Parques Eólicos da Renova Energia neste território. Este trabalho identificou um vasto significativo patrimônio cultural, histórico e arqueológico, envolvendo o resgate de um extenso acervo, composto por mais de 20 mil peças arqueológicas.

O MASB tem uma importante parceria com a Associação de Amigos do Museu do Alto Sertão da Bahia (AMASB), que é uma organização jurídica sem fins lucrativos, de natureza sociocultural, que tem por objetivo assessorar a administração do MASB, através da colaboração técnica, material e financeira, visando a preservação, conservação e difusão do acervo e das atividades do museu.

O objetivo da visita ao MASB foi coletar dados das pesquisa e estudos das equipes do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE/UFBA), coordenada pelo Prof. Dr. Carlos Echevarne e do projeto de pesquisa da Profa. Dra. Maria Beltrão do Museu Nacional/UFRJ sobre o Sítio Arqueológico Moita dos Porcos.

Sítio Arqueológico Moita dos Porcos “Toca do Tapuio”





O sítio arqueológico fica localizado no distrito de Brejinhos das Ametistas no município de Caetité. A propriedade rural pertencente à família do Sr. João Custódio. Consiste em um abrigo sob-rocha cujas paredes apresentam gravuras rupestres em seu interior.

A visita ao sítio arqueológico propicia importantes dados e informações sobre a reflexão e a presença indígena na região.

O arqueólogo Willian Pereira Leal e o ambientalista José Carlos Latinha agradecem a receptividade dos excelentes profissionais do Arquivo Público Municipal de Caetité e do Museu do Alto Sertão da Bahia - MASB.

A valorização dos Sítios de Artes Rupestres e a criação de Circuitos Arqueológicos do Alto Sertão da Bahia é fundamental para a preservação dos monumentos históricos e culturais do território, visando a criação de uma nova região de turismo e a dinamização da economia regional e local.

Fonte: MASB e Arquivo Público Municipal de Caetité

 

Nenhum comentário: