15 de mai. de 2022

PORTAL VERMELHO: Biografia de Haroldo Lima terá lançamentos na Bahia

 

De 16 a 19 de maio, haverá lançamentos diários de Haroldo Lima -coragem e dedicação à luta do povo, em Salvador, Jequié, Vitória da Conquista e Itabuna.

A biografia ‘Haroldo Lima – coragem e dedicação à luta do povo’ (Editora Anita Garibaldi), que conta a história do ex-deputado constituinte e dirigente comunista baiano que foi vítima da covid-19, em 24 de março de 2021, terá quatro sessões de lançamento na Bahia. Os eventos serão realizados em Salvador e em mais três municípios do interior: Jequié, Vitória da Conquista e Itabuna.

O primeiro lançamento no estado será na capital, no dia 16 de maio, às 19h, no Grande Hotel da Barra (Rua do Forte de São Diogo, nº 2, na Barra). Depois, será a vez da região sul, com o evento no dia 17, às 18h, na sede do Sindicato dos Bancários de Itabuna.

Em Jequié, no território Médio Rio de Contas, a atividade será no dia 18, na Casa de Cultural Pacífico Ribeiro (Rua Gerônimo Sodré, no Campo do América), a partir das 19h. O lançamento em Vitória da Conquista, na região sudoeste, acontece no dia seguinte, 19 de maio, às 19h, na Livraria Nobel.

Todos os encontros contarão com uma sessão de autógrafos do também ex-deputado federal constituinte Aldo Arantes, que foi quem organizou a obra, com o auxílio da família de Haroldo Lima. A pesquisa reuniu documentos, imagens e textos escritos por Haroldo, materiais que ajudaram a contar a trajetória de vida e luta de uma das principais lideranças políticas do País.

“Nesta biografia estão registrados, pelas mãos do próprio Haroldo, muitos destes casos e tenho certeza que irá despertar o interesse e a emoção de todos os que o lerem, particularmente daqueles que, como eu, tiveram a sorte de conviver com esta imensa figura humana”, afirmou Aldo Arantes, que assinou o texto da orelha da biografia.

O livro de Haroldo Lima foi lançado oficialmente em março deste ano, no Festival Vermelho, em Niterói (RJ), durante as comemorações pelo centenário do Partido Comunista do Brasil (1922-2022). Agora, a Editora Anita Garibaldi e a Fundação Maurício Grabois, que também integra o projeto, organizam sessões de apresentação da obra pelos estados.

Homenageado


Haroldo Lima nasceu em Caetité, interior da Bahia, em 1939. Estudou engenharia elétrica na Universidade Federal da Bahia (UFBA), integrou o movimento estudantil e combateu a ditadura civil-militar (1964-1985), o que lhe rendeu perseguições, torturas e prisão.

Com a redemocratização, Haroldo foi eleito cinco vezes deputado federal – uma delas para a Constituinte de 1987/88, tendo se tornado um importante colaborador para o processo de elaboração da atual Constituição de 1988. Ele também foi diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), cargo que assumiu no governo do ex-presidente Lula.

Nenhum comentário: