23 de mai. de 2022

História de Guanambi: Dados revelam como era a sociedade de Guanambi no ano de 1950


Dados interessantes e históricos de Guanambi revelam características interessantes de nossa sociedade. A fonte é a Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, de 02 de julho de 1958, lançada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
POPULAÇÃO - De acordo com o Censo Demográfico, de 1950, a população do município era de 18.853 habitantes, oferecendo a seguinte composição: 8.986 homens e 9.867 mulheres, sendo 10.398 brancos, 3.571 pretos e 4.869 pardos. Dentre as pessoas de 15 anos e mais existiam: 3.823 solteiros, 5.829 casados, 2 desquitados e 650 viúvos. Havia predominância do sexo feminino e da população de cor branca. A densidade demográfica era de 11.142 habitantes por km2. Em 1950, 82,96% da população localizavam-se no quadro rural.
ALFABETIZAÇÃO- Segundo o Censo de 1950, a população de 5 anos e mais era de 15 631, sendo 7 301 homens e 8 330 mulheres. Desse total, sabiam ler e escrever 3 013 (1.787 homens e 1.226 mulheres), ou seja, apenas 19,276%. Na cidade havia 1 792 pessoas de 5 anos e mais, das quais sabiam ler e escrever 964, sendo 448 homens e 416 mulheres.
ASPECTOS URBANOS - A cidade está localizada numa planície, possuindo ruas e praças largas. São 57 os logradouros, 22 dos quais pavimentados, 6 arborizados e 39 iluminados com luz elétrica. Contam-se 1 004 prédios, sendo que 262 estão servidos de luz elétrica. As principais artérias são a Rua 2 de Julho e a Praça Coronel Cajaíba. Funcionam na cidade três hotéis e cinco pensões com a capacidade total de 116 hóspedes. Há um cinema que acomoda 212 pessoas.
MEIOS DE TRANSPORTE E COMUNICAÇÕES - Estão registrados 35 automóveis, 22 caminhões e 202 bicicletas. O serviço de comunicações da sede é feito pela Agência Postal-telefônica do D. C. T.
Edição: João Roberto

Nenhum comentário: