A TARDE - Levi Vasconcelos

Na ponte - No discurso ele disse que no primeiro mandato realizou 469 viagens pelo interior (na média, mais de uma por dia, o que lhe valeu o apelido de Correria). Priorizou educação, por achar que nela está a saída para muitos dos  males que nos afligem, como a violência, e saúde.
Diz que no segundo mandato pretende tocar o que já vem sendo feito, contribuir para destravar a Fiol, ou Ferrovia Oeste Leste (algo que Bolsonaro também quer para atender ao agronegócio), ampliar o metrô, construir o VLT e deixar como grande legado na área de infraestrutura a construção da ponte Salvador-Itaparica.
Oxalá dê certo.
Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog