SISPUMUR ADERE A GREVE GERAL CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA



Aderindo a GREVE GERAL dos trabalhadores brasileiros contra a Reforma da Previdência e a nível local, contra as ameaças de retrocessos a direitos já conquistados, os Profissionais da Educação Municipal de Guanambi paralisaram suas atividades nesta segunda-feira (19/02) e realizaram conscientização à comunidade sobre os ataques contra os trabalhadores.

A “Reforma da Previdência” imposta pelo Governo Federal além de anular a participação do povo nas decisões do Estado, provoca grandes prejuízos aos trabalhadores brasileiros: aumento da idade e tempo para aposentadoria; desconsideração da condição da mulher pela sua jornada excessiva de trabalho; novo cálculo que visa reduzir o valor do benefício de aposentadoria; professores (as) deverão trabalhar mais tempo para terem direito ao que receberiam pela regra atual, dentre outros.

Entendemos que a reforma que o Brasil precisa, é a de congelar a corrupção, congelar o desrespeito aos direitos da classe trabalhadora, a intolerância. Precisamos de reformas que sejam discutidas democraticamente com a sociedade brasileira e que garantam políticas públicas de saúde, educação, habitação, geração de emprego e renda, enfim, políticas públicas para a juventude. 

Os trabalhadores não aceitam a Reforma da previdência e nenhum tipo de retrocesso que reduza direitos já conquistados.
Share:

Nenhum comentário:

Acesse e Leia!

Seguidores

Mais Vistos da Semana

Arquivo do blog

Arquivo do blog