Eleições UESB: servidores técnico-administrativos podem paralisar em defesa do voto paritário

BLOG DO ANDERSON
Foto: BLOG DO ANDERSON

Em nota enviada ao BLOG DO ANDERSON nesta terça-feira (10), o AFUS Sindicato [Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativo da UESB], através do seu presidente Francisco dos Santos Carvalho, informa uma possível paralisação por tempo indeterminado da categoria devido a regras das Eleições UESB. “Levamos ao conhecimento das comunidades acadêmica e regional que os Servidores Técnico-administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) podem paralisar as suas atividades por tempo indeterminado em defesa da permanência do voto paritário para eleição do Reitor(a) e Vice-Reitor(a). Desde o ano 1988, a UESB adota o voto paritário (1/3 para professores, 1/3 os servidores técnico-administrativos e 1/3 para os estudantes) como modalidade de cálculo para apuração dos votos que elegem os dirigentes máximos da Instituição. Trata-se de uma modalidade de votação defendia em âmbito nacional pela Federação dos Servidores Técnico-administrativos das Universidades Brasileiras (FASUBRA), União Nacional dos Estudantes (UNE) e Associação Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES) e outras representações da sociedade civil. Na próxima terça-feira, dia 17 de outubro de 2017, a AFUS Sindicato deverá realizar uma Assembleia Geral para deliberar sobre o assunto. EM DEFESA DO VOTO PARITÁRIO, OU SEJA, VOTO DE IGUALDADE, VOTO DEMOCRÁTICO! AFUS SINDICATO – JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!”, diz o comunicado.

Share:

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog