AUMENTA A PROCURA POR CARTEIRA ESTUDANTIL EM SALVADOR

01/05 - 12h49m
BAHIA NOTÍCIAS

Desde as últimas duas semanas, quando grandes espaços culturais de Salvador começaram a rejeitar o comprovante de matrícula como forma de validar os ingressos com valor de meia-entrada para estudantes, a busca pela carteira de identificação estudantil (CIE) tem aumentado na internet e nos dois principais pontos autorizados pela União Nacional dos Estudantes (UNE) para emissão do documento na capital.

Somente em uma das sedes da União dos Estudantes do Brasil (UEB), no Politeama, foram emitidos, em menos de uma semana, mais de 200 documentos. A UNE, até o fechamento desta edição, não informou a quantidade de documentos impressos. No entanto, segundo estudantes que solicitaram a confecção das carteiras via endereço eletrônico da entidade, o site encontra-se constantemente congestionado por causa do grande número de solicitações.

A exigência da CIE está prevista na Lei Federal 12.933/2013. A medida passou a ser cumprida com mais rigor depois que UEB entrou com uma representação no Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) exigindo mais rigidez na aplicação da lei no estado.

Por causa disso, só serão aceitas as carteiras confeccionadas pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), entidades estaduais e municipais filiadas, além dos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e centros e diretórios acadêmicos. (A Tarde)
Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog