28 de abr de 2017

SEM VOTO E REJEITADO POR 92%, TEMER PODE TER A MAIOR GREVE DA HISTÓRIA


Protagonista do capítulo mais vergonhoso da história do País, Michel Temer, que chegou ao poder por meio de uma conspiração de políticos corruptos contra uma presidente honesta e, em seguida, lançou uma agenda de reformas altamente impopular, rejeitada por 92% dos brasileiros, enfrenta, nesta sexta-feira, seu mais duro teste: uma greve geral que pode ser a maior de todos os tempos; “Além do engajamento do movimento sindical, que tem a tarefa de parar a produção e circulação das riquezas e pessoas, é uma greve que vai ter muitas ações desenvolvidas por movimentos sociais e populares. Existe uma forte unidade dos movimentos popular e sindical, das centrais sindicais, das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo. Isso nos dá segurança para afirmar que será a maior greve da história do Brasil”, diz Raimundo Bonfim, da Central de Movimentos Populares. 247 BRASIL