Líderes tucanos temem que o PSDB seja dizimado

247 BRASIL

Agencia Brasil: Brasília - O governador de São Paulo, Geraldo Alckimim, e o senador Aécio Neves, durante Seminário Nacional sobre Aplicação de Medidas Socioeducativas a Adolescentes Infratores, na Câmara dos Deputados

O clima é de "salve-se quem puder" no PSDB; um dia após o início da divulgação do conteúdo da delação dos ex-executivos da Odebrecht, o partido reagiu de forma descoordenada à saraivada de acusações contra a sigla; nas palavras de um dirigente tucano, "o partido está sendo dizimado"; por não estar citado no caso, o prefeito paulistano, João Doria, é visto internamente como o grande beneficiário da confusão.
Share:
Postar um comentário

Acesse e Leia!

Mais Vistos da Semana

Total de visualizações

Arquivo do blog

Google+ Followers

Arquivo do blog