30 de abr de 2017

AÉCIO FOI ENGOLIDO PELA PRÓPRIA ESPERTEZA


"Quando a esperteza é demais, ela engole o dono", já ensinava Tancredo Neves; foi exatamente isso o que aconteceu com seu neto, o senador Aécio Neves (PSDB-MG); segundo o Datafolha, o político mineiro, que, em dezembro de 2015, liderava os cenários sobre sucessão presidencial, e poderia ser agora o líder de uma oposição responsável, hoje tem apenas 8%; os motivos são óbvios: Aécio articulou um golpe que feriu de morte a democracia brasileira e fez do cinismo e da hipocrisia a sua máscara; sua cruzada moralista esbarrou no seu próprio passado e hoje, com cinco inquéritos na Lava Jato, por corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, ele só empata com Romero Jucá (PMDB-RR); declínio de Aécio é mais uma prova do fracasso do golpe. 247 BRASIL