13 de mar de 2017

UM FANTASMA ASSOMBRA A POLÍTICA DE MINAS


"Conta a lenda que de tempos em tempos um fantasma ronda o Palácio da Liberdade, sede e símbolo da velha política mineira", diz o colunista Carlos Lindenberg;  "É assim que, vira e mexe, o empresário Marcos Valério assusta a elite política de Minas, com a promessa de revelar o que diz saber, sob o compromisso da delação premiada. Na semana passada, Marcos Valério, criador do mensalão tucano, voltou a aparecer, como um fantasma, oferecendo ao Ministério Público de Minas Gerais novas informações, ao que diz, sobre o que houve em Minas na campanha de 1998. Aquela em que Itamar Franco derrotou Eduardo Azeredo.  Propõe também revelações sobre a chamada Lista de Furnas, um enigmático esquema financeiro que irrigaria o PSDB mineiro, a partir do agora inalcançável Dimas Toledo". 247 BRASIL