5 de mar de 2017

AÉCIO, SERRA, MOREIRA E PADILHA NA LISTA DE JANOT


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedirá, nos próximos dias, aberturas de inquérito no Supremo Tribunal Federal contra os principais articuladores do golpe parlamentar de 2016, que depôs a presidente eleita Dilma Rousseff; o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que foi delatado por ter pedido e recebido R$ 9 milhões pelo caixa dois da Odebrecht, será investigado pelo esquema de propinas na construção da Cidade Administrativa de Minas Gerais; o também senador José Serra (PSDB-SP) por ter recebido R$ 23 milhões na Suíça na campanha presidencial de 2010; Moreira Franco, que recentemente ganhou foro privilegiado, será investigado por cobrar propinas nas concessões de aeroportos; já Eliseu Padilha, que se licenciou da Casa Civil, por ter pedido R$ 10 milhões à Odebrecht, pelo caixa dois da empreiteira; a lista de Janot ainda inclui os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR), Edison Lobão (PMDB-MA) e Eunício Oliveira (PMDB-CE). 247 BRASIL